História Demônios Internos - Now united - Capítulo 20


Escrita por:

Postado
Categorias NOW UNITED
Personagens Any Gabrielly, Bailey May, Diarra Sylla, Heyoon Jeong, Hina Yoshihara, Joalin Loukamaa, Josh Beauchamp, Krystian Wang, Lamar Morris, Noah Urrea, Personagens Originais, Sabina Hidalgo, Shivani Paliwal, Sina Deinert, Sofya Plotnikova
Visualizações 62
Palavras 207
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, LGBT, Luta, Romance e Novela, Saga, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 20 - Conhessam Sabina Hidalgo


Fanfic / Fanfiction Demônios Internos - Now united - Capítulo 20 - Conhessam Sabina Hidalgo

Pov Sabina 

Sou Maria Sabina hidalgo Pano 

Tenho 17 anos 

Sou filha de um Empresário famoso, porém machista, homofóbico, e qualquer outro tipo de preconceito. 

Bom sou mexicana, mas vim para cá quando minha mãe morreu, então em nossa casa mora Luna minha irmã , eu e meu pai. 

Ele não acredita que mulheres sejam algo a mais do que objeto reprodutor. 

E estou arranjada num casamento, que Dios mio ! .

Bom o por que estou sendo forçada a casar? Porque o pai de Carlos Eduardo é muito mais rico que meu pai, e os dois estão interessados em ju tarde suas fortunas, e a forma de garantia adivinha! Sou eu. 

Carlos Eduardo é um mongolóide, lerdo e muito medroso, por isso não tem coragem de assumir que é gay. 

E eu não quero casar com um cara sem amor nenhum de nenhuma das partes.

Desde que minha mãe morreu, adquiri depressão. 

Mas meu pai fala que é frescura, coisa de adolescentes, uma fase, estou chamando atenção. 

Então a única coisa que me deixa bem é sair as escuras para ver as corridas de Kartis do Carlos, que se tornou um amigo. 

Coisas que eu odeio 

Preconceito 

Julgamento 

Injustiça 

Coisas que eu amo 

Nada (por enquanto )




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...