História Densetsu no Yõkai - Capítulo 148


Escrita por: e OkuriGhost

Postado
Categorias Mitologia Japonesa
Personagens Personagens Originais
Tags Densetsu, Japonesa, Mitologia, Norashi, Samurais, Yokai, Yumi
Visualizações 12
Palavras 1.225
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Bishoujo, Bishounen, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Lírica, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Seinen, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Survival, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir culturas, crenças, tradições ou costumes.

Capítulo 148 - A luta contra as chamas de Kozun


O grupo foi pra Haiski depois de receber informações de Akira, eles pararam no meio do caminho para comer e descansar, quando chegarem a Haiski eles acham Kozun que conhece Yuuto.

Kozun - Yuuto…o maior chorão dos dragões infernais, como vai você?

Yuuto - Kozun escute…

Kozun - Claro eu posso escutar como você anulou minhas chamas negras?

Norashi - Precisamos sair daqui...

Yuuto - Não posso… - Os olhos dele estão quase fechados, evitando olhar pro general.

Kozun fica com as chamas negras, o grupo inteiro menos Yuuto se afastam, Yuuto também usa as chamas negras que começam a sair de todo o seu corpo.

Kozun - Eu não guardo realmente ressentimentos, não se preocupe…

Yuuto - ….

Os soldados do exército os cercam, Norashi olha pra todos e começa a pensar no que fazer.

Yuuto - Eu peço desculpas por tudo.

Kozun - Eu sou seu amigo, não guardo rancor - As chamas de Kozun ficaram tão intensas que o próprio Yuuto começa a suar.

Yuuto - …

Kozun - Agora como seu amiguinho digo que vocês estão presos, por falsidade ideológica, por serem yonins criminosos conspiradores e olha…Haiski não tem prisão…que pena…

Kozun já segura a katana e ataca Yuuto, ele desvia, porém a katana do general acerta o chão, no lugar acertado se abre uma fenda de onde sai muito fogo, o resto do grupo se afasta.

Norashi - Essa merda não é nada boa.

Yumi - Precisamos lutar contra o general.

Norashi - Não, se lutarmos contra ele vai acabar destruindo a cidade e afastar barba ruiva.

Yumi - Então o que a gente vai fazer?

Uma esfera de energia cobrem eles e os soldados tentam ataca - los porém as lanças deles se quebram ao atingir a esfera, Tenshumaru estava flutuando, Norashi já soltava as correntes presas em seu braço, espadas de Yumi flutuavam, Kora sorria, Hana respirava fundo.

Norashi - Vamos ter que nos separar… - Ele sussurrava junto com Yumi, somente quem estava dentro da esfera ouvia o que diziam.

Hana - Que? Porque pow?

Norashi - O Japão mandará reforços e irá comprometer a missão, e se lutarmos contra ele aqui...

Yumi - Vai destruir a cidade e mesmo que a gente se afaste mais reforços iram vir.

Norashi - Yumi você conhece mais Yuuto e Tenshumaru pode ajudar você a cura - lo depois disso, eu, Kora e Hana vamos pra cidade enfrentar barba ruiva, vocês dão um jeito no general, nos encontramos na minha casa no mundo yõkai, entendido?

Yumi - Entendido.

Norashi - Levem os soldados pra longe de Kozun, os reforços ainda viram porém com sua distração nós já estaremos instalados na cidade e a missão será concluída.

Kora - Ssssssss..

Tenshumaru - Já que este é o único jeito - A esfera de energia se desfaz.

Hana - Até depois pow…

Norashi usa as correntes e prende dois soldados juntos.

Norashi - GRAAAA! VAMOS VOLTAR PRA FLORESTA! - Ele grita para todo mundo ouvir - ME SIGAM!

Ele puxa os soldados pra perto e os presenteia com um soco na face de ambos que vão imediatamente para o chão que se racha.

Norashi - Caminho aberto! - Ele sai correndo pra dentro da floresta.

Kora - Eu queria me divertir mais um pouco.

Ela falava enquanto desviava de uma espada dos soldados que acertava outro soldado, ou seja um acertava o outro.

Kora - Hihihi!

Kora seguia Norashi.

Hana - Esperem pow!

Dois inimigos aparecem na frente da raposa que salta sobre eles e pisa na cabeça dos mesmos, os três correm para floresta.

Yumi - Agora precisamos resolver isso aqui.

Kozun vai cortando o ar lançando fogo da sua katana, Yuuto vai para a forma yõ e do céu lança as flechas que param as chamas de Kozun.

Yuuto - Mesmo eu admitindo meu erro e pedindo perdão, você não irá me perdoar não é mesmo?

Kozun - O que acha?

Kozun

Kenjustu: Akai Honõ!

A katana de Kozun fica com fogo vermelho, então ele finca a arma no solo e as chamas saem do chão direto pra Yuuto, que tenta desviar sem sucesso, o yonin é atingido mas o fogo logo é absorvido pela sua pele, mesmo o absorvendo, Yuuto ainda se queima um pouco.

Kozun - Aprendeu a absorver as chamas vermelhas então vamos elevar um pouco o nível.

Kozun

Kenjustu: Midori no Honõ.

Ele faz o mesmo movimento de antes, e Yuuto não desvia novamente, a pele dele absorve as chamas mas dessa vez ele cai no chão e se debate.

Yuuto - AAAAAAAH!

Kozun - Yuuto, pequeno príncipe, não se absorve as chamas que são feitas de magia negra pura.

Yuuto para de queimar graças a sua resistência, dessa vez ele pega três flechas e mira para Kozun.

Yuuto - Aqui eu não morro, já disse tudo o que eu queria - Ele muda o tom da voz e o olhar dele agora está mais vivo.

Yumi - Então já está na hora de acabar com isso…

Yumi vai por trás de Kozun, em uma enorme potência surpreendendo o general que focava em Yuuto que por sua vez estava surpreendido também, Kozun é mandado para os céus, Yumi na sua forma yõ, voa para onde o inimigo se encontra, Tenshumaru e Yuuto fazem o mesmo.

Kozun - Tinha esquecido de vocês... - Fogo sai dos pés e das mãos dele fazendo ele voar, aquilo se transformou numa batalha aérea.

Yumi - Tenshumaru, leve ele pro porto de Haiski.

Tenshumaru - Entendido.

Yuuto - Esperem, essa é minha luta.

Yumi - Não mais…

Tenshumaru faz uma barreira gigante de energia e começa a empurrar o general.

Kozun - Sério? - Com apenas um movimento ele quebra a barreira, dos destroços da barreira surge Yumi segurando a katana vermelha e indo acertar Kozun que consegue parar o golpe com a espada flamejante.

Kozun - Essa não é a katana Kaiji? Feita do próprio fogo do Deus dos dragões? Bela katana você tem.

Yumi - …

Yumi vai dando diversos golpes seguidos em Kozun que se defende de todos, eles vão voando acima da cidade, Yuuto atirava flechas porém ambos desviavam, Tenshumaru os seguia, Yumi e Kozun passaram um bom tempo assim.

Kozun - O que você pretende? Sabe que desse jeito não vai a lugar nenhum.

Yumi - Na verdade, eu fui pro exato lugar onde eu queria - Diz ela se afastando e dando um sorriso de boca.

Kozun - Que? - Ele olha em volta e depois olha para baixo, onde enxerga a água do mar, eles trocaram tantos golpes que se afastaram da cidade e passaram um pouco do porto.

Yumi - Seu ponto fraco, general, é que você presta atenção em uma coisa de cada vez, Tenshumaru mande ele pra baixo!

Um enorme quadrado de energia fica acima dos dois, Yumi vai pra longe e o quadrado denso, desce imediatamente.

Kozun - De novo?

Ele impede o quadrado de cair com sua katana, a segurando com as duas mãos.

Yumi - Acabou...

Yumi

Kenjustu: Poseidon!

As águas do mar começam a agitar, uma grande onda, um tsunami que fica entre Yumi e Kozun, Tenshumaru e Yuuto vão para o lado de Yumi.

Kozun - Ah não…

O tsunami atinge em cheio Kozun apagando as suas chamas e o engolindo para o mar, ele vai afundando e o trio observa o local antes de sair dali.

Kozun

"Yuuto fez amigos que sabem brincar hahahaha! Eu quero brincar também! "



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...