História Dependente de você - Imagine Taehyung e Jungkook - Capítulo 10


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Blackpink, HyunA, Stray Kids
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Tags Colegial, Drama, Jungkook, Novela, Romance, Taehyung
Visualizações 58
Palavras 903
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Bishoujo, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Hentai, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência, Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiee, antes de qualquer coisa, quero falar que meu celular descarregou e não pude postar mais cedo, então, aqui está um cap, como prometido, espero que tenham gostado. Bjsss😘

Capítulo 10 - Mantenha a calma


Fanfic / Fanfiction Dependente de você - Imagine Taehyung e Jungkook - Capítulo 10 - Mantenha a calma

~•°•°Flashback off•°•°~


Ao lembrar disso uma lágrima solitária caiu, rapidamente a sequei voltando a olhar para frente


— Você está bem S/N?— a professora disse chegando perto


— E-estou bem sim professora— a minha vontade de chorar cresceu mais com essa pergunta


— Não, não está, saia um pouquinho para pensar, mas logo volte ok? Apenas para pensar


— Obrigada professora— disse respirando fundo e levantando


— Professora, posso ir junto?— Rose perguntou se levantando


— Não, os problemas dela ela resolve sozinha.


 Sai da sala, e fui para a enfermaria, lá era calmo, então poderia respirar um pouco. Logo sinto meu celular vibrar, pego o mesmo e leio a mensagem


~••°°•• Celular ••°°••~


~Oppa chato~— Oi maninha, sabe que hoje é meu último dia aqui na Coreia né? E sua promessa de sair comigo?


~S/N maninha~— Oi Nam, eu sei que prometi não esqueci, que tal aproveitarmos esse tempo que ainda está aqui e ir no parque de diversões?


~Oppa chato~— Tudo bem, mas tem que ser rápido, vou te buscar depois da sua aula acabar, ok?


~S/N maninha~— ok? Vou te esperar


~••°°••Celular off••°°••~


 Isso me animou um pouco,  não estava me sentindo bem, mas sei que meu irmão sempre me anima, mas não posso contar tudo para ele, ele pode se preocupar e ficar desfocado na própria vida, não posso fazer isso. Vou fazer como sempre fiz, fingir que está tudo bem, o que faço de melhor...


 Respiro fundo, e vou beber água, torcendo para não encontrar ninguém, se não iria me sentir mais mal ainda, me desabanndo em choro, estava prestes a contar a qualque um o que estava acontecendo e chorar em prantos, sorte minha que não vi ninguém.


 Voltei para a enfermaria, e me deitei na maca que tinha lá, então e por isso... Os boatos que estão tendo, que as meninas falaram no banheiro mais cedo, ele acreditou, Taehyung, não acredito nisso, espero que Jungkook não tenha pensado o mesmo... Eu nunca faria isso, não mesmo. Mas... Se ele prefere acreditar, problema é dele, não vou correr atrás de ninguém, cansei de ser a idiota.


 Enquanto várias coisas passavam na minha cabeça, eu acabei chorando mais, e acabei pegando no sono.


~°•°•QDT•°•°~


 Acordo sentindo uma sombra sobre mim, abro os olhos e vejo Félix ali, parado na minha frente


— O que faz aqui?— perguntei me levantando


— Eu que pergunto, está melhor?— pergunta passando a mão no meu rosto— Vim conversar com você.


— Estou sim, não foi nada de mais, só uma dor de cabeça, já até passou— digo sorrindo tentando disfarçar


— S/N— diz com sua voz grossa me assustando— Sério que vai mentir para mim? Eu sei de tudo já.


— T-tudo o que? Como sabe?— digo olhando para ele assustada


— Sou seu melhor amigo, como não saberia?— disse me abracando— Vai ficar tudo bem, não se preocupem okay? Não acredite no que elas dizem, era apenas isso que eu queria dizer.


 Como sempre, Félix sempre me surpreendendo. Ele sempre foi assim, nos meus momentos difíceis, chegava do nada e me consolava, não é de se admirar.


 Uma lágrima caiu do meu rosto, mesmo sem o meu querer, abaixo a cabeça tentando esconder,


— Não esconda de mim, não confia mais em mim?— disse levantando meu rosto e secando minha lágrima— pode contar comigo baixinha!


 Ele disse apertando minhas bochechas, o que me tirou um sorriso


— Essa é minha S/N, a feliz e sensata!— disse sorrindo


" TOC, TOC"


Ouço batidas na porta, que logo é aberta dando visão a JiSoo, que logo correu para me abraçar


— Já vou indo— Félix disse indo para a porta da enfermaria — Fique bem! — disse soltando uma piscadinha e logo saiu


— Me desculpe miga, você passando por problemas e eu nem estava sabendo... Você está bem, eles te fizeram alguma coisa?


 Ela disse sem nem respirar segurando meu rosto e quase arrancando meu pescoço para ver se tinha machucados


— Estou bem sua boba.— disse soltando um riso e logo vendo a mesma se acalmar


— Como está? Vai lidar com a volta deles? Se quiser eu-


— Vou lidar sim... Logo acostumo, só vou tentar evitar eles no máximo— Disse segurando sua mão que estava fechada no ar, pronta para cair na porrada com socos.


— Espero que sim...— disse me abraçando— Vamos? A professora mandou vir te buscar, já e matéria nova e ela não quer que perca, nem eu.


 Concordei com ela e fui para a sala, chegando lá, recebi olhares de todos, mas não liguei muito


— Está melhor S/N?— A professora me perguntou


— Sim professora, obrigada, estou melhor sim, foi apenas uma dor de cabeça, já passou.— disse sorrindo simplista


— Então ok, pode se sentar.


 Voltei para meu lugar ao lado de Taehyung, o mesmo me olhou preocupado, abriu a boca para falar mas não falou nada, apenas ignorei, ele não estava falando comigo, não é? Preferia acreditar em tudo que ouvia, se ele quer que seja assim, será...


 A professora voltou a explicar, e eu estava prestando atenção, até que Rose joga um bombom para mim com um papelzinho escrito te amo, solto um riso não muito alto, mas alguns escutaram mas ignoraram, guardei o bombom na mochila e voltei para frente, quando olhei meu estojo não estava lá, mas ué, estava aqui agora


 Procurei a procurar por debaixo da mesa e me virei para procurar na minha mochila, e lá estava, eu não coloquei aqui, estranho.


 Olho meu caderno e estava escrito;


 *"Posso falar com você depois?"*




Continua...


Notas Finais


Oi de novo! Espero que tenham gostado mores! Um beijo e até a próxima🤗❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...