1. Spirit Fanfics >
  2. Depois ... >
  3. Enfim uma família

História Depois ... - Capítulo 14


Escrita por:


Notas do Autor


Dois mil anos depois..... desculpa pela demora. Esse capítulo é um pouco🔥🔥🔥 só para avisar.

Capítulo 14 - Enfim uma família


Já avia passado um, duas, três quase quatro horas que Hermione estava parada em frente a clínica, continuava na mesma posição, olhando fixamente para entrada com a mão na barriga. Ela não tinha coragem para dar nem mais um passo se quer.

Mary vemdo que a mulher não ia embora pegou um cartão no balcão onde trabalhava e saiu da clínica. Foi ate onde a menina se encotrava.

- aqui pega isso e vai embora.- disse Mary a marena entregando o cartão. Quando Hermione olhou viu que era de um médico.

- eu não vou precisar disso- falou decidida. - eu vou... eu...eu vou abortar. - disse com muita pouco convicção e muita  tristeza.

- não vai nao. - Hermione olhou para mulher espantada e confusa - se você fosse ja teria entrado.- disse pondo a mão no ombro dela.

- mas é q... eu... - Hermione tentava justificar mas não tinha palavras.

- olha vai pra casa ceme alguma coisa e depois liga para o médico e marca uma consulta.

- como sabe se é isso que eu quero? - perguntou indignada com a intromissão da mulher.

- se não fosse isso que quisesse já teria entrado lá. - Hermione deu um sorriso olhou uma última vez para o local.

- obrigada- falou isso e foi embora para casa no caminho pensou em como iria falar com Rony sobre isso eram duas crianças ainda não tinham conquistado nada na vida e agora tinham que cuidar de um bebê.

Ela foi andando para casa assim seria melhor para pensar. Teria um longo caminho pela frente, mas se tudo desse certo não trilharia sozinha teria Rony com ela ou não, Sera que depois de tudo que ela fez ele passar, ainda a perdoaria por toda a dor que lhe causará.

Ele perdeu a casa, a família so porque ela ia tirar o bebê e agora ela não teve coragem. Rony era muito nervoso e se ficar com raiva dela e terminar tudo. Não iria conseguir cuidar de uma crianças sozinha. Mas so avia uma maneira de descobrir.

Ela estava parada na frente de casa, o mundo estava mais lento e seu coração batia tão rápido que fazia uma sinfonia de fundo para o que ia acontecer. Ela abriu a porta e encontrou Rony sentado no sofá ele levantou assim que a viu passar pela porta seus olhos cheio d'água estava pestes a chorar pensando o pior. 

Ele correu e a abraçou dando todo o poio que ela precisava. Foi então que ele percebeu que avia algo de errado com ela não estava chorando ou triste.

- como foi lá? - perguntou ele ainda abrasado a ela - como veio? Não sabia que podua andar depois... - não conseguiu completar a frase.

- não pode andar. - disse de forma estática não sabia como contar.

-  então como veio pra cá? - indagou confuso.

- andando 

- mas você disse que não pode - ele estava muito preocupado com ela. Não sabia como essas coisas trouxas funcionava e se ela estava ferida sera que chamava um medbruxo ou levava para um hospital. São tantas coisas que seu cérebro estava pirando.

- eu estou bem Rony. - falou depois de ver a cara que ele fez- nós estamos bem- disse pondo a mão na barriga.

- como assim... você não ia...- ele estava mais confuso que nunca.

- eu ... - "chegou a hora Hermione força " falou para se mesma  antes de continuar- eu não tive coragem. - ela olhou nos olhos dele. Rony não disse nada ficou estático- desculpa Rony mas... é que quando cheguei lá eu... - estava perdida, ela tentava se justificar  mas ele não tinha reação alguma será que está zangado? Ou feliz? Não dava para saber. O desespero começou a tomar conta dela e as lágrimas a cair. - Rony fala alguma coisa por favor? - ela implorava.

- vou ser pai?!!- era muita alegria que ele nem conseguiu falar suas lágrimas agora era de felicidade teria um filho com a mulher que ele mais amou  e amará na vida.  - vou ser pai!!!! - exclamou navamente.Hermione concordou com a cabeça. 

Essa alegria que Rony sentia contagiou Hermione também, ele tomou sua boca em um beijo voraz, ansioso e cheio de saudade. Voi um beijo molhado (como diria Harry), mas dessa vez era de alegria.

Subiram a escada ainda aos beijos tropeçaram algumas vezes, mas conseguiram chegar no quarto. No caminho ate acama algumas roupas ficaram para trás, chegaram na cama so com as roupas íntimas. Rony começou a distribuir beijos e mordidas ao longo do seu pescoço e a cada toque dele uma onda de eletricidade percorria o corpo dela, ja podia sentir o volume de sua cueca rosar contra a sua intimidade. Rony com muito cuidado e pouca destreza tirou o sutiã dela, então abocanhou um seio enquanto masagiava o outro. Hermione não podia controlar mas seu corpo e muito menos os gemidos que saia de sua boca ja estava completalmente entregue ao seu ruivo favorito.

Rony depois de provar o mais doce dos manjares desceu os beijos pela barriga dela ate chegar ao cós da calcinha, ele olhou para ela pedindo permissão que foi consedida de bom grado, ao tirar a última peça ele olhou para ela com cobiça e vontade. Rony tentou gravar o máximo que pode da Deusa que avia a sua frente antes de provar o mais doce mel que ja virá.

Hermione era só gemidos e estimulo quanto mas Rony fazia mas ela queria ele, então em um movimento rápido ela trocou as posições. Enquanto beijava Rony ela rebolava o enchendo de prazer ela desceu os beijos pelo corpo dele, e acada beijo Rony soltava um gemido ele estava tão entregue a ela quanto ela a ele. Hermione retirou a cueca dele com uma gula imensa ao ver o membro dele em resti, livre da gaiola que o prendia. Hermione pegou ele e o chupou e lanbeu até quase fazer Rony chegar ao orgasmo.

Rony puxa Hermione para sua boca e trocou as posições novamente e invadiu ela sem pedir permissão, o que Hermione adorou e a cada estocada que dava mais vontade e sede eles tinham um pelo outro e a vontade só crescia ate chegar no orgasmo mais perfeito de todos. Os dois estavam cansados e suados deitados um do lado do outro.

Após recuperar o folego Rony puxa Hermione para seu peito e juntos adormecem pensando na linda família que vam formar.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...