História Depois da determinação - Capítulo 22


Escrita por:

Postado
Categorias Undertale
Personagens Asgore Dreemurr, Asriel Dreemurr, Chara, Frisk, Muffet, Sans, Toriel, W. D. Gaster
Tags Sans X Asriel, Sans X Chara, Sans X Frisk, Undertale
Visualizações 100
Palavras 967
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Drama (Tragédia), Ecchi, Harem, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Universo Alternativo
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Chegamos ao fim. Agradeço a todos por acompanharem essa ''básica'' história que eu tive na minha mente e usarei outro modo de escrita, espero que consigam entender.
Boa leitura..

Capítulo 22 - A volta da genocida


Fanfic / Fanfiction Depois da determinação - Capítulo 22 - A volta da genocida

A neve ficava mais densa cada vez que o grupo de sans adentrava na tempestade que uma noite sem fim. Avistam uma casa ao longe totalmente coberta pelo branco do inverno. Começam a correr freneticamente, não se importando pelo os obstáculos no caminho, principalmente para sans.

Chegando ao local, arrombam a porta com uma expressão de felicidade em seus rostos mas logo foi tomada pela angústia, frustação e desespero por todos os seus corpos.

- DROGA!! Ela não está aqui! - Disse sans enquanto chutava e quebrava algumas coisas para diminuir sua raiva.

- Pra aonde ela deve ter indo? e será que levou frisk? - Chara 2 se perguntou.

Imediatamente Error Sans abre um portal dimensional para contatar Ink Sans, através do espelho da torre para o mesmo espelho que a ''Determinação'' chegou ao mundo.

- INK SANS!! ESTÁ AI?! - Rapidamente gritou Error Sans, esperando uma resposta na torre do relógio.

Todos escutam e correm para o banheiro para saber de onde essa voz via.

- ERROR SANS!! O que houve? descobriu alguma coisa? - Perguntou Ink Sans bastante eufórico e ansioso.

- Eu descobrir o porquê essa ''coisa'' está nesse mundo. - Error Sans respondeu sem atrasos.

- Nós já sabemos dessa parte. Ela quer a sua outra ''parte'', ela quer a Frisk desse mundo. - Ink Sans falou bastante desapontado.

- Ela não quer, ela já tem. - Error sans.

Ao falar isso, Sans se controlar e vai ao encontro do espelho querendo respostas concretas.

- O QUE VOCÊ QUER DIZER COM ISSO?! - Grita Sans esperando uma resposta bastante rápida do seu outro ''Eu''.

- É ele ink sans? - Error Sans pergunta.

- ME RESPONDA!! - Sans se agita e quase soca o espelho de raiva mas ele precisava de respostas.

Ink Sans balançou a cabeça afirmando e assim, Error sans prosseguiu.

- Talvez seja melhor eu mostra a você. Para todos vocês aqui a verdadeira personalidade da garota Frisk - Error Sans muda a imagem.

Na nova imagem feita no espelho, vemos uma garota com uma faca real em sua mão direita e uma... estrela na esquerda em um  extenso corredor de colunas e gigantescas janelas transparentes, andando calmamente. Vários guardas viam em sua direção, ela entrava em batalha e um por um, eles morriam ou caiam no chão com um grande corte em seus peitos, decorando a sala em um mar de sangue.

Quando cada guarda morria ou caíra, ela não demostrava pena, remorso, arrependimento ou culpa, mas mostrava um longo sorriso de alegria e felicidade que ia de orelha a orelha. A sua sanidade mental tinha sido tirada, aquela parecia outra pessoa, parecia uma... genocida.

- AQUELA NÃO É FRISK!! EU A CONHEÇO MUITO BEM! - Falava o esqueleto querendo não acreditar em seus olhos.

- A Frisk que você conhecia era somente um receptáculo, esperando ser possuída pela verdadeira Frisk ou melhor.. pela Determinação.

- Aonde ela está? - Perguntava Ink sans.

- Pelo meus cálculos temporais que eu fiz e por ser um local bastante familiar para mim, ela está.. - Error sans foi interrompido!

- No castelo! eu conheço esse corredor, ela dar exatamente na sala dos corações humanos. - Disse Asriel bastante assustada.

Ink Sans e Error Sans ao ouvirem isso, rapidamente entram em pânico.

- Precisamos impedi-la!! Não devemos permiti-la de tocar nos corações humanos. - Disse Ink Sans com uma expressão de medo.

- Meu pai disse que o poder do corações humanos poderiam tirar os monstros da barreira dos humanos - Falou Asriel.

- Elas não serves somente para esse propósito; quem possuir algum coração humano tem um grande poder em suas mãos - Explicou
Error Sans tentando passar calma e tranquilidade para o seu amigo.

- Bem, alguém tem algum plano de chegar daqui ao castelo em menos de 1 minuto? - Disse Chara em um tom sátiro.

Rapidamente Ink Sans e Error Sans tiveram uma ideia, a mesma ideia.

- Já sei! - Disse os 2 ao mesmo tempo.

- Pensou no mesmo que eu? - Perguntou Ink Sans com um sorriso de esperança no rosto.

- Eu pensei primeiro que você kkk - Respondeu Error Sans com um sorriso sacana.

- Você vai salvar ela! - Os 2 apontam para Sans que fica surpreso.

Ao falarem isso, os dois tocam o espelho ao mesmo tempo que começa a brilhar cada vez mais forte, o pincel de Ink Sans e os fios temporais de Error Sans são fundidos. O espelho rapidamente muda e coloca no final do mesmo corredor, aonde se encontra Toriel como uma última barreira.

- Vamos deixa-lo aqui, contamos com você!! - Fala Ink Sans com um extenso sorriso.

- E vocês? - Pergunta Sans antes de atravessar o portal.

- Vamos pelo caminho difícil, eu protegerei elas, pode confiar em mim! - Ink Sans faz uma promessa com seu novo ''irmão''.

- Eu prometo que salvarei Frisk, cheguem lá a tempo para comemoramos como uma família. - Disse o esqueleto com lágrimas em seu rosto caindo lentamente.

- Não chore! você vai ficar bem, eu sei que vai, você é meu sans!! - Chara dar um abraço de despedida.

Após isso, Sans entra no portal e chega ao corredor de seus sonhos..

- SANS?! COMO CHEGOU AQUI?! - Pergunta Toriel bastante assustada.

- Depois eu explico, tenho um assunto pedente a resolver - Respondeu enquanto se preparava para o pior.

- Você tem razão, precisamos impedi-las a todo custo! - Disse Toriel deixando Sans confuso.

- Impedi-las? - Perguntou esperando uma resposta mas foi surpreendido.

Entre os cadáveres e corpos de soldados da guarda real no chão, aparece Frisk e atrás dela uma figura familiar a Sans.

- C..C..Ch... Chara? - Disse o mesmo enquanto tremia de puro medo e.. raiva.

 

Fim do capítulo 22

 

 

 

 


Notas Finais


Não prometerei a nada da previsão do próximo capítulo, ele virá no momento aonde você menos esperar..
Até logo..


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...