História Depois da infância - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias A Turma Do Bairro
Personagens Personagens Originais
Visualizações 28
Palavras 500
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Hentai, Literatura Feminina, Luta, Magia, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi, você vem sempre aqui?

Capítulo 1 - Cap. 1


Autora on

Era pra ser mais um dia comum no quartel general da turma do bairro. Mais o assunto que a turma tratava era estremamente importantae. Daqui a 4 messes, eles todos fariam aniversário…aniversário de 13 anos. Onde eles deixariam de ser crianças, e passariam para a adolecência. Não seriam mais a turma do bairro, e, provavelmente, não se lembrariam um do outro. Não podem deixar isso acontecer!

-O que vamos fazer? - número 3 pergunta, estava tentando quebrar o gelo que estava no quartel. Estavam todos quietos a aura negra se espalhava pela sala.

-… Bom, nossos aniversários estão chegando e em breve vamos ser adolecentes. E ainda vão apagar as nossas memórias, e corremos o provável risco de não lebrarmos uns dos outros. Eu não quero que isso aconteça e, obviamente, vocês tambem não. Precisamos de ideias. O que vocês sugerem? (Número um (1) )

O comodo ficou silêncioso, não faziam a menor ideia do que fariam. O dessespero de perderem uns aos outros bloqueavam suas mentes criativas. Estavam de mãos atadas

-Muito bem. Até o final do dia eu quero essas ideias. Dispençados!

E bastou só isso para que os quatro fossem para seus quartos, de cabeça baixa... E quando as portas se fecharam, seu lider suspirou e abaixou a cabeça. O que seriam deles? Seria esse… o fim da turma do bairro?





UMA DAS REGRAS DA PIRIT É QUE HISTORIAS COM MEOS DE 300 PALAVRAS NÃO SÃO ACEITAS, EU EDITEI O CAP E ESSSES DIAS PRETENDO, AINDA, ATUALIZAR O 2

MAIS ABAIXO ESTA A CONTINUAÇÃO DA FIC 👇

BJS.
















































































































Abigail/ número 5 on

Nunca fui a mas criativa ou a mais doce do grupo, como a número 3, minha criatividade é pessima e nem meu estoque de doces pode me animar agora. O doce, em pouco tempo, vai ser uma das coisas pelas quais terei menos contato. “ Porcaria de adolecência" a adolecência tirou sua irmã, Cree, ex-número 11 a melhor agente lutadora da turma do bairro em uma chata adolecente apaixonada, pelo Maurice, número 9 que passou dos 13 anos mais ainda é membro da turma do baiiro, segundo ele, alguns agentes ainda trabalham na turma do bairro após os treze (13) anos para enviar informações dos adultos e adolecentes tiranos. Claro, alguem ou alguns do setor podem selecionados para continuar na turma? Sim, podem sim. Mas e os outros? Claro, se aceitassem ser contratados pelos adolecêntes, se veriam, claro. Mas ver que seus ex-companheiros de setor não se lembrariam de nada  do que pasaram juntos era e seria torturozo de mais. Ou seja, se todos não forem selecionados para continuar na turma do bairro, ninguem iria. 

Imprecionante. Os adolecentes tem armaduras e tudo mais, mas mesmo assim perdem pra um bando de “pirralhos" ou “guris" como os tiranos adolecêntes os chamam… armadura… ela tinha uma lampada ao lado da cabeça , mas ela não estava acesa. A ideia est na ponta da lingua… na ponta da lingua.

Bom… se a ideia não aparece, o jeito é esparar que apareça…








Armadura…… capacete…





A ideia está na ponta da lingua…



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...