1. Spirit Fanfics >
  2. Depois da juventude - Shivley Maliwal >
  3. Você? EP1 S2

História Depois da juventude - Shivley Maliwal - Capítulo 22


Escrita por:


Notas do Autor


HAHAHAHA, voltei quer vocês queiram ou não, gosto, gosto, num gostou, problema seu, brincadeira seus lindooos, espero que gostem da segunda temporada❤️

Capítulo 22 - Você? EP1 S2


– Shivani?? Meu amor?? Quanto tempo que saudades!! Como está a pequena Ivy??

– Você? – falo franzindo a testa

– Eu senti sua falta Shiv – o garoto fala

– Eu também senti a sua Harvey – falo abrindo os braços e o mesmo me abraça


Bom Harvey foi meu amigo durante o ano colégial, na verdade ele gostava de mim, mas eu nunca quis ficar com ele, não conseguia ver-lô mais que amigo, ele sempre me apoiou em tudo, desde o início ao fim, quando Bailey me abandonou ele me ajudou a retornar a Índia, ele não queria que eu fosse embora porém me apoiou, tenho só a agradecê-lo, o considero como um irmão


– Quando vou conhecer a pequena? – ele fala coçando a nuca

– Quer ir lá em casa hoje? – falo sorrindo

– Eu até queria, mas tenho que arrumar minha casa, porque acabei de me mudar – ele fala tentando não ser grosso

– Ta bom anjo, se cuida – o abraço novamente


Me despeço e vou pra casa


– Oi meu amor – Bailey me abraça e logo em seguida me dá um selinho – Você demorou

– Desculpa encontrei um amigo no caminho – falo sorrindo

– Boa tarde mamãe, boa tarde papai – Ivy fala vindo em nossa direção bocejando – Quem você encontrou?

– O tio Harvey filha – falo e a garota sorri

– Eu quero conhecer ele, ele parecia ser legal pelas chamadas de vídeo

– Eiii vocês não vão se esquecer de mim neah? – Bailey fala choramingando

– Claro que não papai – Ivy fala depositando um beijo na bochecha do mesmo

– Ainn sou muito rendida em vocês – falo abraçando os dois

– Hum, momento familiar – Sina diz descendo as escadas

– Sininho eu encontrei o Harvey – falo sorrindo

– Uou, sério? – Sina fala dando pulinhos – Sinto falta dele, ele te ajudou muito

– O que ele fez mamãe? – Ivy fala curiosa

– É o que ele fez? – Bailey fala enciumado

– Depois eu te falo amor – falo sorrindo – Ivy filha vai brincar com o Peter e a Mia – falo e a mesma sai saltitando

– Amor você vai me deixar na curiosidade? – Bailey fala cruzando os braços

– Tá eu conto – falo e vejo Sina se retirando do local – Bom é que quando você foi embora ele me ajudou, não vou mentir... ele tinha sim sentimentos por mim, mas eu nunca senti nada por ele, há não ser amor de irmão – falo com medo do que Bailey pode pensar

– Ah… então você nunca namorou, ou sei lá ficou com ele? – o moreno pergunta

– Não, jamais – falo meio tensa – Você acredita em mim né? – falo e abaixo a cabeça

– Shivani – ele toca em meio queixo e levanta minha cabeça – Claro que acredito em você, confiança é a base do relacionamento. Eu te amo pequena – Ele fala e logo em seguida me dá um beijo calmo

– Eii estamos no meio da sala – falo saindo do beijo rindo

– Opa, me esqueci – ele fala rindo junto

– Tia! Tia!! Tia!!! – Mia vem gritando meu nome ofegante

– O que houve princesa? – falo e vejo os olhos da garota marejarem

– A Ivy caiu e tem sangue debaixo da cabeça dela! – Mia falava soluçando por conta do choro


Eu simplesmente corro até o quarto, quando chego e vejo minha filha naquela situação eu só consigo chorar, graças a Deus tenho o Bailey, o mesmo se agachou, pegou Ivy no colo e a levou pro carro, o acompanho até o carro e vamos pro hospital, chegando lá Ivy é atendida com urgência, se passaram umas duas horas, eu e Bailey fomos para o lado de fora do hospital para tomarmos um pouco de ar, já era noite e estava tudo deserto


– Se acalma meu amor – Bailey fala se aproximando de mim

– Como eu vou me acalmar Bailey? – falo gritando – Merda eu já cansei de você falando isso, não tá vendo que minha filha está dentro de um hospital sozinha, já faz duas horas, duas benditas horas que eles não dão alguma notícia da Ivy, eu preciso respirar um pouco, dá pra você parar de ficar enchendo o saco! – termino a frase ofegante de tão rápido que falei

– Shivani, pelo amor de Deus quem tem que parar é você! Não está vendo que eu tô tentando te ajudar, e se eu estou tentando ajudar é porque eu gosto de você, ainda mais da Ivy – Bailey fala gritando no mesmo tom que eu – Se fosse outra pessoa nem estaria aqui acompanhando todo o processo – ele fala e eu entro ignorando o mesmo

– Senhora Paliwal? – o médico fala e eu me levanto e fico de frente contra o mesmo – Shivani?

– Harvey? É desculpa, podemos discutir sobre isso outra hora? Como está Ivy? – falo trêmula

– Calma Shiv, ela está bem só foi um corte, fizemos um corativo, amanhã há tarde ela já vai ser liberada – Harvey fala e eu respiro aliviada – Bem que eu estava a reconhecendo de algum lugar, nossa ela é muito parecida com você

– Obrigada, não sabia que você tinha se formado em med… – sou interrompida por uma voz masculina

– Shivani? – era Bailey me chamando

– O que você quer? – falo seca

– Sério mesmo que você vai ficar assim por causa de bobeira? – ele fala amoado

– Éeer, melhor eu ir indo – Harvey fala se retirando

– Tchau Harvey – falo e o mesmo acena de longe

– Hum, então esse é o famoso Harvey… – o britânico fala franzindo a testa

– É sim, mas Ivy só vai ser liberada amanhã, eu vou ficar aqui no hospital, se você quiser pode ir embora – falo irritada

– Shivani, para com isso, por favor – Bailey fala segurando em minhas mãos

– Tá… desculpa Bailey, é que eu tava irritada, é difícil ver minha filha naquelas condições – falo deixando uma lágrima escorrer

– Eu te entendo, ela também é minha filha agora, mas a gente tem que ser forte e mandar energia positiva para a nossa pequena – ele fala dando um sorriso de canto

– Eu te amo – falo e o abraço

– Eu amo mais – ele me dá um selinho


Umas 23hrs da noite resolvemos ficar no hospital até o amanhecer para ver Ivy, então avisamos ao pessoal que iríamos dormir ali e que amanhã estávamos de volta


Notas Finais


eai gostaram?

pensaram que era o pai da Ivy neah? KKKKK


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...