História O Hospício Mal assombrado -Jimin - - Capítulo 8


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Big Bang, Black Pink, Got7
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Taeyang
Tags Big Bang, Bts, Got7, Hospicio, Jimin, Romance, Sobrenatural
Visualizações 417
Palavras 633
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Científica, LGBT, Luta, Mistério, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência, Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oii gente, eu mudei onde a história se passa e algumas outras coisas mais espero que gostem e tchau.

Capítulo 8 - Filha da puta


Fanfic / Fanfiction O Hospício Mal assombrado -Jimin - - Capítulo 8 - Filha da puta

P.V.O S/N

- Meu nome é s/n/c  tenho 22 anos, moro na Coréia do Sul  na cidade de Seul em um hospício , Amo coisas sobrenaturais pra falar a verdade eu sempre amei, sou Brasileira meu pai mora no Brasil já minha mãe faleceu quando eu era muito pequena mal me lembro do rosto dela,ela morreu em um acidente de carro,  e sempre que eu falo com meu pai sobre a morte dela ele fica estranho meio que irritado não sei ao certo, mais algo me diz que ela ainda está viva eu sei! todos dizem que ela morreu, mais no acidente não foi encontrado o corpo dela, e dez da morte da minha mãe tenho tido sonhos estranhos em lugares que eu nunca fui mais eu tenho a sensação de que já estive lá, e às vezes até  visões com seres não humanos e por causa dessas visões todos dizem que eu sou loca ou que estou traumatizada com a morte da minha mãe, eu tenho que tomar  remédios horríveis. -

-As únicas que acreditam em mim  são as minhas amigas,  elas também  moram no hospício , eu até poderia dizer que nos somos as populares as mais lindas as divas mais eu estaria mentindo, pelo contrário nos preferimos ficar no Anonimato, fazer o que? nos somos asim, a eu e minhas amigas estamos nesse  hospício  póis  elas também são diagnosticadas com problemas mentais ou seja somos todas louças.  

- NARRAÇÃO OFF -

- Estou no dormitório com minhas amigas até que,  o sinal que mostra que as aulas iriam começar toca,  eu e as meninas fomos a sala  de aula, chegando lá somos  recebidas pelas populares ou melhor putas do hospício. - 

Lisa : Olha se não é as loucas kjkkkkkk. 

Rose : Meu Deus acho que vi milha mãe morta!- diz a mesma se referindo a minha mãe. - 

S/n: sua.... - antes que eu pudesse xingar até os ancestrais daquela puta, Anilha  me impede - 

Anilha  : Não perca seu tempo  com elas - diz a mesma e vamos em direção ao fundo da sala e sentamos em nossas cadeiras - 

- o professor chega na sala - 

Profi : Bom dia alunos, teremos novos pacientes! - diz e todas da sala começam a cochichar - 

Profi: SILÊNCIO......- O professor diz e toda a sala fica  em silêncio - como eu estava dizendo, são 2 novos pacientes, eles iram chegar amanhã e espero que todos vocês os tratem os bens, me ouviram? 

Todos : SIM! 

Lisa: mais são garotos? 

Profi : São sim, mas porque o interesse? 

S/n: ela é rodada, e deve tá cansada de pegar as mesmas pessoas né Lisa! 

Lisa: tá me chamando de puta? 

S/n: não precisa, você atende pelo nome! 

Lisa: CALA A BOCA SUA IDIOTA, EU VOU DAR NA SUA CARA! 

S/N: VEI ESTÃO VADIA! 

Profi : CHEGA! VOCÊS DUAS SAIÃO  DA MINHA  SALA E VÃO PARA A DIRETORIA,  AGORA! - Saímos da sala e vamos em direção Da diretoria.  - 

Lisa: por sua culpa o professor nos expulsou da Sala! - diz a mesma ainda a caminho da diretoria - 

S/n: ninguém mandou você ser uma puta de carteirinha! - digo parando de andar - 

Lisa : o que você disse? - fala se fingindo de surda - 

S/n: além de puta e surda? Impressionante. - digo fria e grosa - 

- Lisa olha pra mim é me dá um tapa na cara,  na mesma hora puxo  seu cabelo, e jogo a mesma no chão,  e distribuiu socos na vaca que se defende, estávamos brigando até que os doutores do hospícios tenta nos separar mais sem querer acabo chutando um deles que me segura bruscamente e me augema . -

- ��PENSAMENTO   ON��-

- Fudeu - 

- �� PENSAMENTO OFF - 

CONTINUA.......... 

 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...