História Depois de tanto tempo (Eunhyuk - Super Junior) - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Super Junior
Personagens Lee Hyukjae "Eunhyuk", Personagens Originais
Tags Eunhyuk, Super Junior
Visualizações 129
Palavras 1.299
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção, Fluffy, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


AEEEE PORRAAAAA! TO DE VOLTA!
Até que enfim consegui fazer um capítulo dessa estória! Mas não vou fazer discurso agora, vou deixar vocês lerem hihihi.
Boa leitura 😘

Capítulo 5 - Parque de diversão - Parte 1


*POV’s Eunhyuk

 

Acordei e fui logo fazer minha higiene matinal. Mas não tive paz tão cedo com os meus pensamentos. Não acredito que mais uma vez fomos interrompidos ao quase consumarmos o ato! Poxa, eu quero tanto beijá-la! Não sei direito o que está acontecendo comigo, o que sei é que estou cada vez mais ansioso para sentir o gosto dos lábios da minha melhor amiga. Será se me apaixonei? Não, não posso ter me apaixonado!

É claro que ter algo com (S/n) não seria nem um pouco ruim, porém não quero estragar uma amizade tão boa e verdadeira como a nossa. Sem contar que não tenho ideia dos sentimentos dela, mas não a vi se afastar de mim durante as duas vezes que tentei lhe dar um beijo. Aish! Por que tenho que ficar pensando nesse tipo de coisa? Já chega! Vou fingir que nada aconteceu, seguir de forma normal com a nossa amizade.

Mas ainda tem uma coisa que está me deixando bem confuso. A reação de Donghae ao presenciar nós dois em um quase beijo. Realmente não entendi, ele nunca me disse nada sobre sentir algo por (S/n), mas reagiu como se estivesse com ciúmes dela ontem. Talvez seja pelo fato de ser muito protetor com ela, sem contar que ele é como um irmão para a garota, já que a mesma sempre me diz isso. Mas tudo bem, não quero ficar queimando meus neurônios pensando nessas coisas.

Já disse que ainda não consegui matar a saudade da (S/n) direito? Fazer o quê se ela é a minha pessoinha favorita nesse mundo. Não me importa que já a vi ontem mesmo, só quero aproveitar o tempo que ainda tenho de folga para ficar em sua companhia. Logo, logo meus afazeres como Idol voltarão. Ah, que saudade de toda aquela correria e treinos para melhorar a performance para o comeback!

Já que estou atoa, vou aproveitar para chamá-la para fazer algo hoje. Espero que ela esteja livre. Ligo para o seu celular, aguardando ela atender.

- Alô?

- (S/a)! Vamos ao parque de diversões que inaugura hoje? Ou você vai trabalhar?

- Nossa, não me dá nem um bom dia.

- Bom dia, minha linda! Você vai ou não?

- Bom dia, anchovinha! Vou sim, meu pai me deu férias do trabalho. Que horas vamos?

- Às 18h eu passo aí pra te buscar. Pode ser?

- Pode! E vê se toma banho! – ouço ela rir, o que só me faz bufar de raiva pelo seu comentário. Sério que ainda tenho que ouvir isso? Maldito passado que me condena!

- Até você? Esses dias mesmo o Shindong me disse a mesma coisa! Fica tranquila que já abandonei o hábito de não gostar de tomar banho, sua chata!

- Tudo bem, tudo bem! Não falo mais nada então.

- Bom mesmo! Nos vemos às 18h então. E vê se não se atrasa!

- Calma! Agora vai querer me alfinetar como troco também?

- Nós dois sabemos o quanto você se atrasa pra ir pros lugares.

- Tá legal! Não vou me atrasar só pra jogar na sua cara que posso ser pontual! Até mais, macaquinho!

- Até, florzinha! – desligo a ligação, rindo da careta de brava que ela deve estar fazendo agora por causa do jeito que a chamei.

Se a conheço bem, ela não gosta que chamem-na de florzinha, por achar que esse apelido soa tão falso. Só que o problema é que eu adoro irritá-la, não perderia por nada a chance de fazer isso.

Enfim, vou fazer algo para eu almoçar, pois a fome já está batendo na minha porta.

__

Acordo assustado com o despertador tocando. Aproveitei para tirar um cochilo antes de ir para o parque, já que ainda me encontro desocupado.

Tomo um banho, me visto com uma camiseta branca, blusa xadrez por cima e uma calça jeans escura. Penteio o cabelo para o lado, passo um perfume e calço meus tênis brancos. Agora estou pronto para buscar (S/n).

Saio de casa, trancando a porta. Vou para a garagem, entro no meu carro e parto para a casa da minha amiga.

Chego lá, logo batendo na porta. Espero a garota atender, já esperando vê-la atrasada para o nosso passeio. Mas assim que ela abre a porta, percebo que estava totalmente enganado.

(S/n) está com os cabelos soltos, maquiagem leve do jeito que gosto, uma camiseta branca e uma xadrez por cima, calça jeans escura e um tênis branco.

Arregalo os olhos por estarmos vestidos praticamente do mesmo jeito. Olho para ela e vejo que também está de olhos arregalados.

- Não acredito que estamos vestidos da mesma forma! Por que não me disse, Eunhyuk? Agora todos vão pensar que somos namorados. Eu vou trocar de roupa.

- Você está linda assim! Não vá trocar de roupa, senão vamos nos atrasar e perder tempo de andar nos brinquedos.

- Mas vão pensar que namoramos!

- E daí? Eu não ligo. Não to nem aí para o que vão achar, só quero sair e me divertir com a minha melhor amiga. Eu não posso?

- Aish! Claro que pode! Vamos então.

Vamos em direção ao meu carro. Abro a porta para (S/n), fazendo questão de mostrar o meu cavalheirismo. Ela entra, fecho a porta e vou para o lado do motorista.

Dou partida no carro e sigo para o parque.

- Você percebeu que eu nem me atrasei hoje?

- Percebi sim! Que milagre, viu? Nem acreditei quando vi! – digo rindo só para irritá-la.

- Aff! E eu percebi que você tomou banho hoje. Isso sim é um milagre! – ela ri escandalosamente.

- Aish! Fica na sua vai, baixinha!

Percebo que a mesma ainda está rindo da minha cara, então decido não falar mais nada até chegarmos ao parque.

__

- E aí? Em qual vamos primeiro? – pergunto assim que acabamos de comprar os ingressos.

- Ah, não sei! Decide aí.

- Vamos no carrinho de bate-bate.

- Eu amo esse brinquedo! – ela diz, saindo correndo em direção a fila.

- Ei, me espera sua doida! – digo enquanto corro atrás dela.

- Vem logo! Não quero pegar muita fila, não!

Parecemos duas crianças loucas por um parque de diversão.

Logo chega a nossa vez de brincar. Nos divertimos muito, enquanto batemos um no carrinho do outro e nos das outras pessoas.

Depois fomos na montanha russa, onde (S/n) quase infartou de tanto medo. Eu só soube rir da coitada, já que amigos servem para isso mesmo.

- Compra um algodão doce para mim? – ela me pergunta.

- Não quero comprar nada para você! – falo, percebendo ela fazer um biquinho. Ah, por que tão fofa?

- Poxa, eu passei tanto medo naquela montanha russa. Você poderia pelo menos ter compaixão de mim por causa disso e me dar um algodão doce.

- Já disse que não quero te dar um!

- Compra um para mim, por favor! Compra, oppa! – ela diz, fazendo uma carinha fofa.

- Aigoo! Você sabe que não resisto quando faz aegyo e me chama de oppa. Tá bom, eu compro um para você. – pego em sua mão, nos guiando até a barraquinha de doces.

Enquanto caminhávamos até o local, vejo que um cara de bicicleta se aproxima de nós em alta velocidade. Assim que percebo que ele não vai conseguir freiar e nem se esquivar da gente, puxo (S/n) para mim e me desequilibro. Caímos no chão em seguida.

Escuto o rapaz gritar que sente muito, mas nem consigo prestar atenção nele. Olho para cima, percebendo que minha amiga caiu por cima de mim. Ela me encara. Que olhos lindos ela tem!

Ficamos em transe, olhando um para o outro. Eu quero tanto beijá-la, não consigo me segurar mais. Então aproximo meus lábios dos seus, roçando-os.

- Que putaria é essa aqui?


Notas Finais


Espero que tenham gostado desse capítulo.
Me perdoem pela demora, mas é que eu passei por um bloqueio criativo do caramba. Me desculpem mesmo!
Não posso prometer que postarei os próximos capítulos logo, já que minhas aulas na faculdade já voltaram.
Já adianto que tenho ideias para finalizar a parte 2, então acredito que nesse fim de semana posto. Vou dar o meu melhor!!!
Até o próximo 😘 😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...