História Depois de tudo - Capítulo 26


Escrita por: ~

Postado
Categorias A Seleção
Personagens America Singer, Anne, Aspen Leger, Carter Woodwork, Celeste Newsome, Kriss Ambers, Lucy, Marlee Tames, Mary, Maxon Calix Schreave, May Singer, Rainha Amberly, Rei Clarkson, Shalom Singer
Tags América, Amexon, Maxerica, Maxon
Visualizações 173
Palavras 1.875
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção Adolescente, Hentai, Luta, Mistério, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


O capitulo é engraçado mas se Preparem para o final....

Capítulo 26 - Visita...


Fanfic / Fanfiction Depois de tudo - Capítulo 26 - Visita...

America- Clarkson quem é?

Clarkson- É...

Assim que ia falar algo a porta inicial se abriu e..... 


Assim que ia falar algo a porta inicial se abriu e entraram quatro pessoas, dois bebes lindos nos braços de quem deveria ser o Rei e a Rainha.

Clarkson- Não esperava a vossa visita, pelo menos hoje.

America- Nem eu...- Disse baixo a Maxon.

Maxon- Eles têm dois filhos.- Sussurrou.

America- São lindos eles.- Sussurrei.

Maxon- Os reis ou os bebés?- Sussurrou.

America- Os bebés...

Maxon- Ainda bem que são só os bebés.

America- Que ciumento!

Clarkson- Querem ir visitar o palácio? 

America- Filho...

Max- Sim mamãe? 

America- Voce tem sono ou está triste.

Max- Tris-te mamãe...

Maxon- Meu amor me olhe, eu não vou deixar que isto avançe muito, quero que me ajude.

Max- Eu que-ro aju-dar!

Maxon- Otimo meu amor!

Clarkson- Vamos então, Maxon America estes são o Rei e a Rainha de Inglaterra.

Eu e Maxon nos olhamos e em seguida olhamos para Audrey e Max, senti uma mão no ombro meu olhar que agora estava em Max, foi para o dono da mão, Clarkson tocava me Clarkson Schreave que me odiava estava me tocando, olhei para Maxon e ele riu do meu ar de surpresa.

Clarkson- Apresentem-se!- Pediu em um sussurro.

Maxon- Maxon Schreave, Rei de Illea, prazer!

America- America Schreave (Singer) Rainha de Illea! Prazer.

Clarkson- Já que se apresentaram, podemos proseguir? 

Maxon- Porque não deixa eles se apresentarem pai? Quer dizer temos de saber pelo menos o nome das pessoas que vão ficar com a nossa filha.

Clarkson- Claro, é o...

America- Eles podem se apresentar Clarkson.

Clarkson- Claro... (Clarkson sendo ignorando hehe)

xxx- Edward York Rei de Inglaterra. (Quem sabe quem eu só quero dizer que explico tudo na notas finais voces vão me matar kkk)

America- Ele tem o nome do filho?- Sussurrei ao ouvido de Maxon discretamente.

Maxon- Deve ser comum em Inglaterra o filho ter o nome do pai.

America- Não deixa de ser estranho.

xxx- Elizabeth York Rainha de Inglaterra.

Clarkson- Bom já que se apresentaram podemos finalmente proseguir? 

Elizabeth- Mas ainda não conhecemos os bebés de Illea.

Maxon- E vão conheçer.

America- Este é o Max!- Disse virando Max para eles.

Max- Olá...- Disse tímido e se agarrando a mim.

America- São eles meu amor.

Max- Vão fi-car com a mana?

America- Infelizmente sim...mas porque não cumprimenta eles?

Max- Eu já fiz...

Maxon- Ele não costuma ser timido mas como sabe a história toda fica tímido.

Elizabeth- É normal Maxon, os bebés tímidos são os mais fofos! (Verdade kkkk)

Maxon- Meu amor?

Audrey- Não papai...- Audrey estava escondida no peito de Maxon não querendo virar para nós todos.

Maxon- É só para conhecer sim linda?

Audrey- Papai...

America- Se voce virar eu te dou a melhor sobremesa do mundo, aquela que eu prometi no outro dia lembra?

Audrey- Sim mamãe...

Maxon virou Audrey que segurou a mão de Max assim que os olhou, seu olhar era simplesmente desconfiado, olhou para a Rainha e fitou seus olhos verdes, a rainha tinha olhos verdes e era loira, se soubesse a sua altura podia dizer que era da minha, magra e seus olhos escondiam alguma mágoa e sofrimento será que é feliz, será que foi obrigada a casar com o Rei, olhei para ele e era igual aos meus bebés, cabelo castanho e olhos azuis era alto muito alto, se notava que era feliz, sempre sorrindo.

Audrey- Mamãe...

America- Sim?

Audrey- Quem é? 

Maxon- São o Rei e a Rainha.- Riu.

Audrey não respondeu se limitou a esconder de novo a cabecinha no peito de Maxon, olhei para eles e riram, risada diferente mas também não muito exageradas, ela sorria para Audrey os seus olhos brilhavam já ele olhava para Max que estava olhando para ele também.

Edward- Ele é o herdeiro?

America- Sim, é ele que vai ter 35 garotas lutando por ele não é meu amor?

Max- Sim mamãe.

Edward- Vai dar um príncipe muito adorado por todas as garotas de Illea.

Elizabeth- Vai se tornar voce então...

Ri com a acusação de Elizabeth mas aquilo me deixou confusa, ela disse aquilo em um tom brincalhão e sem um pouco de raiva, Clarkson que estava ouvindo tudo bufou de irritação pois ele queria mostrar o palácio a eles já que esse foi o pedido dele fomos começar a visita pelo palácio.


Depois da tão chata visita o Clarkson finalmente nos deixou, ficamos com eles de novo só que desta vez sozinhos, Maxon me olhou e eu o olhei também, não tinhamos mais nada para falar com eles, fomos até ao salão e fiquei acariciando o cabelo de Maxon.

Maxon- Voce está nervosa?

America- Um pouco será que eles estão gostando? E também estou um pouco nervosa será que ela é feliz com ele?

Maxon- Ainda bem que não fui o unico a reparar nisso.

America- Será que ela foi obrigada a casar com ele?

Maxon- Eu acho que não, mas um momento ela parece ser feliz e em outro parece ser infeliz ao lado dele.

America- Eu queria perguntar a história deles mas não se é boa ideia.

Maxon- Se quiser eu posso perguntar.

America- E se eles acharem que estamos a ser curiosos demais?

Maxon- Ou podem achar que queremos apenas conheçer as pessoas que supostamente vão tratar da nossa filha.

America- Gosto dessa desculpa meu querido.

Maxon- Eu sei que sim!- Riu virando se para Elizabeth e Edward.- Eu não sei se é pedir muito mas queriamos muito saber como são as coisas em Inglaterra e se também a vossa história de como se conheceram....- Virou para mim assim que lhe pediu para contarem a história deles, fechei os olhos na esperança de eles perceberem que não queriamos ser curiosos.

Elizabeth- Não precisam de ficar assim, nós estávamos pensando em se iamos contar ou não, podia ser um pouco chato para vocês. 

America- Claro que não, aliás queremos muito saber.

Edward- A história é um pouco longa. 

Maxon- Podem começar!- Sorriu e depois beijou minha mão.

Elizabeth- Primeiro de tudo eu não fui obrigada a casar com o Edward...- Sorriu assim que disse aquela frase, olhei para Maxon e ele me deu um sorriso vitorioso.- Conheci-o quando estava na floresta, tinha de falar com o herdeiro em honra do meu ex marido que morreu na guerra, precisava das roupas do meu ex marido que defendeu os York na guerra, quando fui me encontrar com o herdeiro que era o Edward o filho mais velho...- Seu olhar para Edward que sorriu assim que viu a felicidade dela, parecia que não ficava feliz há muito tempo.- Não sabia o que sentia, nos olhamos e como voces ja perceberam o Edward não é daqueles Reis que leva as coisas a sério nem mesmo uma relação, mas assim que me olhou parece que parou...

Maxon- Posso dizer que o Edward ficou tentado por si.

Edward- Sim foi isso que aconteceu mesmo.

Elizabeth- Depois de eu pedir as roupas do meu ex marido, no outro fui ter com ele de novo para ter as roupas que me eram merecidas ja que eram propriedade minha e do meu marido, assim que ele chegou aconteceu algo que vocês sabem mas...

Edward- Ela apontou me uma faca e eu afastei me logo que vi aquilo.- Ri.

Elizabeth- Uma semana depois, voltamos a nos encontrar, ele pediu em casamento e eu aceitei, pois acabei por me apaixonar por ele.- ri.

Maxon- Voce a amava ainda mesmo ela apontando uma faca ao seu Rei?

Edward- Sim, todas as noites pensava nela não conseguia me controlar.

America- A vossa história é linda! (É linda mesmo, tou rindo com o que ela fez para afastar ele kkkkk)

Elizabeth- E a vossa? 

Maxon- Me apaixonei pela garota que só estava aqui pela comida, que me odiou assim que me conheceu e que insultou, ah e também que me deu uma joelhada nas minhas partes íntimas (para nós JOIAS REAIS kkkk)

Edward- Eu não sei qual é pior, apontar uma faca nesse lugar ou levar uma joelhada!- Riu.

America- Os homens são todos muito apressados, connosco devem ser carinhosos.

Edward- Com a Elisabeth não é bem assim pois não?- Se virou para a esposa e apertou sua perna, fazendo com que eu e Maxon rimos.

Maxon- Elas dizem que querem que sejamos carinhosos mas na hora nada disso é verdade.

America- Maxon Schreave!

Maxon- Eu não disse nada...- Ri.

America- Hmm...eu espero que voces não levem a mal...mas voces são felizes?

Elizabeth- Claro que somos, eu amo o Edward e acho que ele me ama também.

Edward- Eu amo você também, te dou tanto carinho.- Apertou a perna de Elizabeth de novo.

Maxon- Até o Rei de Inglaterra diz que é carinho...- Riu.

America- A falar em carinho, voces ainda não apresentaram os vossos filhos. 

Elizabeth- A Mary foi a primeira filha que tivemos e como em Inglaterra há uma regra que é que as mulheres não podem ser herdeiras e sim o filho do Rei e da Rainha mesmo que seja o último filho que tem, um tem de ser do sexo masculino.

America- Isso também é assim aqui, mas é só com o Clarkson. 

Edward- Só queremos que saibam que a Audrey vai ser muito bem tratada e não vamos fazer com que alguém lhe faça algum mal.

De noite

America- Voce gostou deles?

Maxon- Sim gostei, mas gosto mais de nossa filha aqui.

America- Voce ainda vai fazer algo para impedir o seu pai de continuar com a ideia da Audrey ir com eles?

Maxon- Sim, eu gostei do Edward e da Elizabeth, mas eu quero a Audrey aqui.

America- Ela está calma...

Maxon- Audrey tem medo de ficar com eles.

America- E o Max tem medo de ficar sem ela.

Maxon- Não vamos falar disso agora minha querida...

Maxon me beijou e assim me levantou, andou até a uma porta que supostamente era a porta do banheiro, senti uma das mãos de Maxon mexer descontroladamente tentando abrir a porta, quando finalmente conseguiu, começou a tirar meu vestido e eu sua camisola, quando finalmente estavamos sem roupa Maxon ligou a agua que agora estava escorrendo, como estava com os olhos fechados não sabia bem se já estava na banheira ou não até que senti a água no meu cabelo, parei de beijar o Maxon e senti suas mãos acariciando os meus seios e beijando meu ombro e meu pescoço.

Depois do banho ainda ficamos na cama nos beijando mas nada avançava, estava com os seus braços em volta de mim, depois de um tempo adormeci.

Quatro dias depois 

Kriss On 

(Preparem se para chorar)

Assim que os Britânicos vieram visitar Illea, eles ficaram bem proximos de America e Maxon, hoje os gémeos faziam 1 ano e 3 meses e hoje de noite eu ia fazer aquilo que planeava fazer assim que cheguei ao palácio para ser criada, vingança é o que chamo e é isso que eu vou fazer, neste momento estava servindo o Rei Edward, ele era l-i-n-d-o os olhos o cabelo sempre bagunçado, nunca estava arranjado, aquilo me deixava com um sentimento diferente, o Rei era lindo mas não tanto como o Maxon...

De noite

Estava no quadro de Maxon e America ao lado dos berços, mais especificamente ao lado do berço de Audrey.

Kriss- Olá...

Audrey- Não é a mamãe...

Max- A mamãe e o papai?

Kriss- Eles estão falando com o vosso avô meu queridos...

Audrey- Quem és? 

Kriss- Eu sou a Kriss a vossa segunda mãe.

Audrey- Não, só te-mos uma mamãe!

Kriss- Agora vai ter minha querida.

Peguei em Audrey e corri até a porta inicial, sim eu vou ficar com Audrey Schreave a futura princesa de Illea e filha de Maxon e America Schreave, eu precisava de fazer isso, me desculpe Maxon mas voce e sua querida esposa merecem, corri para fora do palácio e olhei para a porta.

Audrey- Papai......

Foram as últimas palavras de Audrey...


Notas Finais


Eu estou chorando com isto, com certeza este é o capitulo mais triste de todos, eu quero matar a Kriss e voces me vão querer matar também...
Sim a história tem haver com The White Queen um pouco mudei umas coisas apenas...
Espero que gostem, o que acho difícil este capitulo é triste mesmo.... 💙


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...