História Depois de tudo eu ainda te amo - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias A Seleção
Visualizações 20
Palavras 973
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Gente esse é meu primeiro capítulo eu espero que vcs gostem está em português de Portugal misturado com Brasil então me desculpem.

Capítulo 1 - Como assim ?


Era cedo. Eu acordei meio cansada, a noite tinha sido longa. Tinha acabado de completar 19 anos e tinha bebido demais, a minha ressaca era enorme. Me levantei e fiz minha higiene matinal. Depois desci as escadas e fui tomar o café da manhã. Quando cheguei na cozinha toda minha família estava já comendo. Desejei bom dia e eles todos responderam com um sorriso no rosto. Eu amava minha família. Me sentei e comecei a comer. De repente meu pai falou:

— América você começa hoje seu trabalho nos escritórios.

Puta que pariu eu havia esquecido completamente.

— Ah, sim claro pai. Eu sou responsável e me lembro completamente, por quem você me toma ? — Eu disse meio nervosa, a verdade é que não tinha preparado nada. Meu deus vai dar merda.

— Bem — meu pai começou — Como você sabe estamos com aquele caso complicado e vamos ter que nos aliar com nossa inimiga a Schreave & sons.

— Quê ? Que merda ter que trabalhar com esses abutres! — Disse meu irmão Kota. Ele ainda não sabia da notícia porque meu pai não quis contar. Ele odiava os Schreave de todas as formas.

— Kota! Olha a linguagem filho, por amor de Deus eu também não gosto deles mas não tô os ofendendo e dizendo palavrões.

— Desculpa, Mamãe! — meu irmão disse e na hora todo o mundo desatou na gargalhada, menos minha mãe Dona Magda. Não dava pra levar a sério esses dois.

— Bem — disse meu pai tentando continuar novamente — eu disse que me ia encontrar com Clarkson e o filho dele no escritório mas surgiu um imprevisto e vou ter que chegar atrasado logo você vai começar a reunião.

— Eu? — grito surpresa.

— Sim filha. — Meu pai diz calmamente. Meus irmãos e minha mãe só assistem a cena. — Você é minha melhor advogada e por isso vai me representar, por um tempo na reunião, eu prometo que você fica lá pouco tempo, eu sei que você não gosta deles por isso não vou fazer tortura com você. — Meu pai ri, e de certa forma eu também, não vai ser tão difícil assim tenho certeza.

— Tudo bem. — Me levantei da mesa e meu pai pareceu surpreso, normalmente eu era muito teimosa e não ia aceitar fácil mas desta vez eu estava tranquila. 

— May, vem comigo me ajudar a arranjar pra eu arrasar aqueles Schreaves ? — Minha irmã levantou da mensagem no mesmo momento e me puxou pelas escadas acima, indo em direção ao meu quarto.

Ela me obrigou a fazer uma maquiagem mais poderosa que as que eu costumava fazer e tenho que admitir essa maquiagem realçou meus olhos azuis muito bem.

Depois ela me deu para as minha mãos uma saia justa preta com uma racha que deixava minhas pernas muito à mostra mas de uma forma controlada e correta, depois me deu um top vermelho com alças finas e um decote em V na frente que mostrava uma grande parte dos meus seios e para meio que amenizar a situação do decote o top tinha uns pequenos folhos, coloquei umas jóias de diamantes simples em mim e fiz um rabo de cavalo com uma trança no cimo da cabeça com alguns cabelos saindo de fora bem encaracolados. Calcei meu salto preto, peguei minha pasta e me vi no espelho uma última vez, eu tinha que admitir eu estava muito linda e sexy dentro do padrão "escritório de advogados".

Quando desci as escadas meu pai e meu irmão já me esperavam e quando me viram só pude ouvir "UAU" ou "Nossa" de meu pai e irmão que me iam acompanhar até à empresa e depois iriam logo embora para tratar o tal "imprevisto".

— Fechem essas bocas e entrem no carro. — Eu disse e eles riram. Eu era igual á minha mãe, péssima a dar ordens.

Quando chegamos na nossa empresa o ambiente era legal, meu irmão e meu pai saíram do elevador e depois eu. Quando saí todos os olhares se voltaram para mim, e eu corei no momento. Ao fundo do corredor estava a sala da reunião e agora ainda estava mais nervosa pois ninguém tirava os olhos de cima de mim, não se era por causa da roupa sexy e chamativa ou por causa do meu sumiço na empresa durante uns meses. 

POV Maxon

Estava esperando o senhor Shalom e o seu filho à já algum tempo mas ninguém aparecia, eu já perdia a paciência e meu pai também. De repente ouço um pequeno alarido mas nem ligo, devem ser eles a chegar. A porta do escritório se abre e meu pai diz alto:

— Shalom!

Mas quem entra não é Shalom é uma garota com uns 19 anos. Ruiva e com os olhos bem azuis, sexy demais e linda de morrer, eu fico a passar mal na hora. Acho que nunca tinha visto uma garota tão bonita em toda minha vida. O secretário de meu pai que estava bebendo água assim que a vê se engasga e fica com a boca meio aberta babando nela. E por incrível que pareça meu pai fica ainda mais chocado. Então ela diz confiante me deixando ainda mais surpreso:

— Prazer, América Singer ! Meu pai o senhor Shalom e meu irmão Kota tiveram um imprevisto e por isso eu ficarei parte da reunião com vocês.

— C-Claro! — Diz meu pai gaguejando. 

— Bem podem sentar-se e estar à vontade desculpem realmente pela demora.

— Não tem problema. — Eu digo. Ela fica me encarando como se não soubesse quem eu era então eu me apresento. — Maxon Schreave.

POV América

Assim que o filho do Schreave se apresentou eu fiquei perplexa ele era o posto do pai moreno de olhos castanhos escuros. Ele tinha cabelo loiro cor de mel e olhos castanhos esverdeados. Depois de nos apresentarmos e de Clarkson dar uma bronca em seu secretário por estar babando em mim, demos início à reunião.

 


Notas Finais


Me digam se vcs gostaram e se vcs querem que eu mude algo ou assim. Bjs.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...