História Depois de tudo eu ainda te amo - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias A Seleção
Visualizações 19
Palavras 453
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Espero que gostem nos vemos nos comentários ? Beijos ♡

Capítulo 2 - Tudo contra mim


A reunião estava prestes a terminar e nós já tínhamos tratado de tudo para o meu pai resolver o caso com o Schreave. De início o caso era meu, mas eu não queria estar sempre me encontrando com o Senhor Schreave, não sei porquê mas eu não me sentia à vontade com ele, então quando meu pai e meu irmão chegaram à reunião eu tratei logo de dizer que tinha outros casos e deixaria esse para eles.

— Me desculpem mas eu não vou tratar desse caso. Eu sei que no início era o suposto, mas tenho outros casos e prefiro deixar esse para pessoas com mais experiência. — Indiquei com a cabeça para meu pai e Clarkson que logo acentiram.

Mas para minha infelicidade meu irmão recordou ao meu pai do "imprevisto" e ele disse que os dois não poderiam tratar do caso com o senhor Schreave. Que merda mas está tudo contra mim ?

De repente e pela primeira depois da bronca de Clarkson o secretário dele,  falou alguma coisa que só Senhor Schreave e seu filho perceberem. Depois de um tempo em silêncio a pensarem, resolvi quebrar o silêncio.

— Aconteceu alguma coisa Senhor Schreave?

— Não nada, não se preocupe. Bem na verdade meu secretário acabou de me relembrar que eu já estou com muitos casos então não foi poder trabalhar nesse. Mas você e meu filho, estão disponíveis.

Fiquei tensa. Estava achando Maxon um engomadinho sem sal que está ali por obrigação, tá que ele era bonito, mas acho que não passava disso. Ele nem tinha participado muito na reunião apenas concordava com seu pai em tudo o que ele dizia Não qeria faltar ao respeito e não tinha mais desculpas, não sabia o que dizer. Tinha ficado sem fala.

POV Maxon

No momento em que meu pai falou em eu e América irmos trabalhar juntos eu fiquei super nervoso mas estava sentindo uma atração por ela e então não sei como disse:

— Eu estou disponível e posso assumir esse caso como o meu principal processo.

América parecia com raiva mas ao mesmo tempo surpresa. Eu já tinha percebido que ela não queria o caso, mas porquê a surpresa?

— Sim eu aceito. — Disse América meio que me enfrentando. —  E vai ser colocado agora como meu caso principal.

POV América

Não sei o que me deu. Só sei que quando percebi já estava dizendo para o Maxon ir em meu escritório dentro de meia hora para tratarmos de alguns detalhes. Quando saí da reunião meu pai estava orgulhoso e meu irmão , bem ele estava com cara de nojo dos Schreave.

Me despedi de todos na sala de reuniões e fui para o meu escritório mas a meio do caminho esbarrei com alguém.


Notas Finais


Espero que tenham gostado. Beijos !!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...