História Depois de tudo eu ainda te amo - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias A Seleção
Visualizações 16
Palavras 1.333
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Esse capítulo vou tentar bater mil palavras! Bem não vemos lá embaixo. Desculpem os erros.

Capítulo 4 - Apaixonada?


Quando cheguei em casa contei tudo para Marlee minha melhor amiga e ela logo se prontificou para na segunda me ajudar com o look do escritório para deixar o Schreave babando e eu aceitei.

A segunda-feira chegou rápido infelizmente e Marlee me deixou bem sexy e provocando mas também não parecendo uma vadia ou puta.

Assim que entrei no meu gabinete o Maxon já lá estava.

— Uau ... Você ... e-está linda. — Ele disse e eu corei.

— Obrigada, agora vamos trabalhar.

Eu estava vestindo um vestido azul marinho com um decote deixando uma parte das minha coxas aparecerem e usava um meu habitual salto preto.

Trabalhamos a semana inteira no caso e aos poucos eu e o Schreave nos íamos conhecendo mais e mais, e ele não falou sobre o beijo e eu o agradeci por isso.

Na sexta feira estava saindo quando alguém me puxou pelo braço e me colou contra a parede, era Aspen o secretário de Clarkson e de Maxon. Na hora eu tentei me libertar mas não deu em nada ele era bem mais forte do que eu. Ele começou a subir meu vestido quando eu já estava numa cadeira presa e depois começou a abrir sua calça e tirou seu pau para fora. Eu sentia nojo, tristeza, raiva, estava chorando e gritando muito e de repente vejo Aspen caindo no chão e Maxon lhe batendo.

— Se afasta dela, entendeu.

— Eu faço o que eu quiser e ela estava gostando. Não estava ? — Ele pergunta para mim.

Eu só conseguia chorar Maxon chamou os seguranças que ainda não tinham ido embora e eles levaram Aspen até a delegacia onde informaram Clarkson e meu pai do ocorrido. Meu pai estava em outro país com minha família em uma viajem de negócios e eu tinha medo de ir para casa sozinha então perguntei para Maxon:

— Acha que eu poço ir para sua c-casa ? É que minha família foi viajar por causa de um caso do meu pai e eu não tenho para onde ir e não quero ficar sozinha.

— Claro, tudo bem. Eu te levo pro meu apartamento.

— Obrigada Maxon por tudo mesmo. Pelo apoio e por me ter protegido, se não fosse você agora eu não sei o que estava acontecendo. — Digo começando novamente a chorar.

— Por favor. — Ele pede. — Não chore. Eu não suporto te ver triste.

— Desculpa.

— Chegámos. — Ele disse.

POV Maxon

Depois daquilo com o canalha do Léger tinha de dar apoio a América a família dela tinha ido em viagem, então quando ela perguntou se podia ficar em minha casa eu aceitei sem pensar duas vezes.

Quando chegámos ela já se tinha acalmado mas ainda estava muito em choque. Ela quase foi estuprada.

POV América

Entramos em casa de Maxon e senti uma sensação de proteção.

— Obrigada. — Eu agradeci novamente.

— Não tem de quê. Você tem fome quer comer alguma coisa ou assim ?

— Não só quero tomar um banho. O de é o banheiro.

— Última porta do corredor à esquerda. — Ele disse.

— Obrigada.

Fui para o banheiro mas percebi que só tinha a roupa com que Léger tinha me tentado estuprar então gritei:

— MAXON ?

— Que foi América? Tá tudo bem com você ? Aconteceu alguma coisa? — Ele pergunta preocupado e nervoso.

— Não calma está tudo bem é só que eu só tenho está roupa.

— Ah ... — Ele disse. Parecia não saber o que fazer 

— Pode me emprestar um boxer seu e uma camiseta ?

— Ah claro. Me desculpe.

Passado um minuto Maxon apareceu com uma camiseta na mão e um boxer, eu agradeci e tomei meu banho. Quando eu terminei meu banho e me vesti reparei que com os boxers minha bunda ficava meio de fora e a camiseta nem chegava a tapar totalmente minhas coxas. Que se dane!

Saí do banheiro e Maxon estava sentando no sofá concentrado na TV ele perguntou:

— Quer ver um filme ou assim ? Eu escolho!

— Não eu escolho! — Eu disse rindo. Estava-me esquecendo do dia péssimo que tinha tido.

Não eu esco... — Ele parou no meu da frase assim que viu minha bunda e coxas, e a camiseta ainda favorecia meus seios. Meu deus ele deve estar achando que eu o tô provocando. Bem na verdade eu não posso dizer não estou gostando.

— Tá você escolhe. — Ele se rendeu.

Durante o filme eu não parava de olha para ele com um desejo enorme de beijá-lo. Nem estava prestando atenção ao filme e acho que ele também não.

Não sei o que me deu só sei que eu já não sou virgem e tenho a certeza que ele também não é, só pensava que eu queria ser dele então subi para seu colo.

— O que você está fazendo América ? 

— O que eu tenho vontade. — Respondi, beijando ele intensamente nossas línguas se envolviam cada vez mais e eu começava a ficar com um grande desejo e calor dentro de mim. Mas eu não sabia o que eu estava sentindo.

Tirei sua camisa e ele tomou controle da situação começando a dar chupões em meu pescoço mas de repente ele parou.

— O que aconteceu ? — Eu perguntei.

— América, eu quero muito isso, a sério mas hoje aconteceram muitas coisas e nós só nos conhecemos à uma semana e meia, acho melhor não.

— Não tudo bem você tem razão.

— Eu vou dormir aqui na sala. Você dorme no meu quarto.

— Maxon não seja parvo. Eu tô com medo e quero dormir com alguém para me sentir protegida portanto anda.

— Tá ok já vi que você é muito teimosa, minha querida.

— Eu não sua querida.

— Tá ok calma não se enerva nem me bate, minha América.

— Anda, idiota.

Chegamos no quarto e nos aconchegamos nos cobertores acabando os dois por adormecer.

Acordo de manhã com os braços fortes de Maxon em minha cintura. Ele tem muitos músculos e ontem pude constatar que tem um tanquinho incrível de se babar. Ele sem dúvida não é um engomadinho sem sal.

Sou tirada dos meus devaneios pelo meu celular tocando era Marlee.

— Alô?

— América?

— Sim. Oi Marlee.

— Oi América. Tudo bem soube do que aconteceu porque você não ligou para mim? Ou não dormiu em minha casa? Sou sua melhor amiga.

— Calma Marlee eu não me esqueci de você. Lembra aquele que ia trabalhar naquele caso complicado comigo?

— Maxon Schreave né?

— Sim. Bem então ele chegou mesmo a tempo de eu não ser estuprada e eu pedi para ir para casa dele pois minha família inteira tá viajando por causa dos negócios do meu pai. Desculpa na altura eu não quis incomodar você.

— Você nunca incomoda América. Mas vem cá ? Não foi com o Schreave que rolou um beijo no seu escritório ? 

— Sim Marlee. Mas não rolou nada ontem comigo e ele.

— Tá ok. Bem daqui a duas semanas nós vamos ver por causa daquele envento de angariação de fundos dos advogados né?

— Sim Marlee. 

— Bem então América eu vou levar um rapaz com quem eu tô ficando você podia levar Maxon !

— Tá eu vou pensar e eu também quero logo conhecer esse eu ficante.

— Tá beijos Best.

— Chau Marlee.

Desligo. E sinto alguém envolver minha cintura com suas mãos. Maxon

— Com que então não rolou mais nada entre nós ?

— Não! E agora vem que eu quero aproveitar bem esse final de semana. — Eu disse o puxando para fora do quarto. E realmente foi um grande final de semana eu e o Maxon fomos no cinema, parque de diversões, jantamos fora no local que até era bastante romântico e sempre dormimos em conchinha, nunca rolou nenhum beijo. E eu estava a começar a sentir alguma coisa por ele só não sabia o que era.

POV Maxon

Depois da noite de sexta-feira com América e o fim de semana com ela eu a conheci muito melhor, sei que ela tem 4 irmãos Kena, Kota, May e Gerad. E agora sem praticamente tudo sobre ela e ela sobre mim. Mas agora vinha um dilema. Eu acho que estou apaixonado por ela.


Notas Finais


Gente em breve a primeira vez deles vai acontecer mas lembrem-se a felicidade não dura para sempre.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...