História Depois De Você - Capítulo 37


Escrita por:

Postado
Categorias Danielle Campbell, Justin Bieber
Personagens Danielle Campbell, Justin Bieber, Personagens Originais
Visualizações 21
Palavras 1.097
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Famí­lia, Mistério, Romance e Novela, Suspense

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 37 - Dia de frio


-Vai dar certo sim, sou ótimo na cozinha, bebê. -Ele se gabou e Anna riu.

-Você por acaso sabe fazer pizza? -Ela perguntou.

-Meu amor em que século você vive? É para isso que existe o Google. -Ele disse óbvio.

-Ta bom, então olha aí. -Ela pediu e ele pegou o celular

Biel olhou em um site de receitas culinárias e ia ditando os ingredientes que seriam usados enquanto Anna ia os pegando. Eles até que fizeram direitinho o passo a passo, más como já imginado bagunçaram toda a cozinha, estava tudo coberto de farinha de trigo, inclusive eles dois, dessa vez não tinha empregadas ou Maria para ajuda-los a limpar, então não tinha saída, enquanto a pizza assava no forno eles limpavam a bagunça.

-Eu disse que não daria certo. -Anna reclamou limpando a mesa.

-Foi divertido, confessa! -Ele pediu se referindo a "guerra de farinha" que tinha acontecido ali minutos antes.

-Não é divertido ter farinha grudada em seu cabelo, Gabriel. -Anna reclamou de novo e ele riu.

-Se quiser eu até faço uma escova em você, sou ótimo com cabelos também. -Ele se gabou enquanto Pegava a vassoura para varrer a cozinha.

-Tinha que ser mesmo, do jeito que cuida desse cabelo.

-Ha ha engraçadinha. -Ele riu sem humor.

-É apenas a verdade. -Ela deu de ombros.

Depois de limparem a cozinha eles deram um jeito de tirar o excesso de farinha do corpo e foram comer a pizza que estava tão gostosa que não sobrou nada dela, Biel comeu cinco fatias enquanto Anna comeu as outras três, isso rendeu muitas piadas mais tarde, Anna zombava de Biel dizendo que o mesmo não aguardava de ruim já que era magro e comia muito. Depois das brincadeiras, os dois tomaram banho, primeiro Anna, depois ele, enquanto o mesmo ainda estava no banheiro ela secava os cabelos com a toalha.

Quando Biel saiu do banheiro, Anna não estava no quarto, ele se vestiu e desceu a procura da mesma e se sentiu aliviado ao vê-la sentada no sofá conversando sorridente com os filhos por uma vídeo-chamada, ele se aproximou e viu que quem segurava o celular era Lucas, Enzo estava sentado em seu colo enquanto Mia estava ao seu lado.

-Agora deixa eu segurar Lucas, você segurou demais. -Mia pediu tentando pegar o celular.

-Não, Mia espera, você vai derrubar. -Alertou Lucas quando a irmã conseguiu pegar o aparelho de sua mão.

-Não vou não. -Ela disse convicta tentando achar um bom ângulo onde os pais pudessem ver os três.

-Ei, crianças sem brigas. -Biel pediu e só então sua presença foi notada, Anna sorriu quando o mesmo se sentou ao lado dela no sofá.

-Papai! -Mia se animou ao vê-lo, pelo ângulo em que ela deixou o celular apenas ela aparecia na tela.

-Oi meu amor, não estou vendo os seus irmãos deixe o Lucas segurar o celular. -Ele pediu.

-Esta bem. -A menina revirou os olhos más fez o que o pai pediu.

-Ela é igualzinha a você. -Biel sussurrou para Anna.

-Não é não. -Anna se defendeu.

-Você sabe que é. -Ele disse e realmente a birra que as duas faziam eram parecidas.

-Papai, você já comprou os meus presentes? -Mia perguntou e Lucas revirou os olhos.

-Mia, pelo amor de Deus! -Anna a repreendeu.

-Só perguntei..

-Não, eu ainda não comprei filha espera mais um pouquinho. -Biel pediu.

E ficaram conversando com as crianças mais um longo tempo, conversaram até com Maria e Dulce, tranquilizaram as duas dizendo que estavam bem e que não tinha acontecido nada, obviamente não contaram nada sobre a reconciliação, ainda era recente então preferiram não dizer para não criaram expectativas.

Depois do fim da ligação, Biel e Anna assistiram um filme de romance no sofá onde acabaram acontecendo, horas depois Biel acabou acordando pelo frio que fazia, Anna estava agarrada a ele ainda dormindo e suas mãos estavam geladas, Biel sorriu ao ver que ela respirava tranquila dormindo em seus braços, más ali não era o lugar adequado para dormirem então ele levantou com cuidado e a pegou no colo, ele conseguiu leva-la para o quarto sem acorda-la, a mesma só despertou quando já estava deitada na cama e Biel não estava no quarto, ela já ia se levantando da cama para procura-lo quando o mesmo passou pela porta.

-Eu já ia atrás de você. -Ela disse e ele sorriu com a preocupação dela.

-Eu já estou aqui, não se preocupe. -Ele disse arrumando sua coberta no colchão que estava ao lado da cama para deitar-se.

-O que está fazendo? -Anna perguntou confusa.

-Ué, me deitando?

-Ta frio, dorme aqui. -Ela pediu.

-Ta me chamando por que gosta de dormir comigo ou só por que ta frio? -Ele perguntou e ela revirou os olhos.

-Olha, se não quiser..

-Eu quero! -Ele a cortou e literalmente pulou para a cama, Anna riu com a atitude dele.

Trocaram uns bons beijos mais os dois estavam cansados e estava tão tarde que não passaram deles, dormiram feito anjos aquela noite, acordaram meio tarde no outro dia, tomaram café na cama e ficaram quase o dia todo nela de tão frio que fazia. Os dois assistiram juntos três filmes, dois de comédia e um de terror, os três quem escolheu foi Biel, ele não podia correr o risco de deixar Anna escolhe senão passariam o dia asisstindo todos os filmes da Saga Crepúsculo. Depois dos filmes, eles conversaram ainda na cama sobre vários assuntos, conversaram também com as crianças e até namoraram um pouco, Anna ficou constrangida quando na ligação de vídeo que fez com Bia para explicar que tinha voltado com Biel, a mesma percebeu um chupão que tinha em seu pescoço. Biel ria da situação enquanto Anna se enrolava ao explicar como foi que tinha ficado marcada daquele jeito, ele até levou uns tapas por ter rido da situação. Depois do fim também dessa chamada, Biel sugeriu que fizessem alguma coisa para espantar o tédio.

-E então, O que vamos fazer? -Ele perguntou se deitando sobre ela que estava deitada na cama.

-Eu, não sei, más você vai sair de cima de mim, anda. -Ela pediu e ele beijou seus lábios.

-É sério, tá um tédio horrivel aqui, vamos sair?

-Sair pra onde Gabriel? Não inventa. -Ela pediu.

-Ah, vamos vai, podemos ir em uma baladinha, conheço uma ótima aqui e ninguém vai ver a gente. -Ele tentou novamente convencê-la.

-Como tem tanta certeza?

-Porque eu já fui lá duas vezes e essa é uma balada famosa entre as celebridades por ser discreta, anda vai, diz que sim vai ser legal eu prometo. -Ele insistiu.

-Ta legal, vamos nos aprontar então. -Ela disse e ele se animou.

CONTINUA....



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...