1. Spirit Fanfics >
  2. Depois do crepúsculo >
  3. Singela madrugada.

História Depois do crepúsculo - Capítulo 1


Escrita por: Curious-girl

Notas do Autor


Isso é um teste, talvez eu insista, talvez não.
Mas parecia doce o suficiente para ser compartilhado.

E depois de escrever algo pesado na outra história eu precisava se algo simples e doce.

Aproveitem...

Capítulo 1 - Singela madrugada.


Ele parou observando seu namorado sentado no sofá lendo um livro, um romance qualquer, a visão aparentemente aleatória aquecia o coração de Midoriya, vendo Shouto se distrair e enfrentar o condicionamento que seu pai criou em sua mente, ler apenar por ler, agir para o próprio prazer deixando para trás os anos de tortura emocional e física disfarçadas de treinamento, não permitindo se tornar uma mera ferramenta.

Mas algumas coisas não são perfeitas, eles não tinham pretensão de que fossem de qualquer maneira, pois aqui estavam eles acordados em uma sexta feira a noite, ou sábado de madrugada se quisermos ser específicos, o relógio na parede marcava um pouco além das duas, o dormitório estava vazio para as férias de verão e os dois eram os únicos que não foram pra casa. A lembrança do verão passado quando Shouto tentou voltar ainda os feria, e talvez fosse o que assombrou sua mente o dia todo e o trouxe para cá.

- Oi Shou – ele chamou, beijando a cabeça do seu namorado – Aceita um chá?

Os olhos cansados se prenderam nos seus antes que ele sorrisse, e o coração apaixonado de Midoriya reagiu, ele sabia que daqui a anos ainda se perderia neste sorriso lindo que via com tanta frequência nos dias de hoje, não foi sempre assim, demorou muito tempo para Shouto ter vontade se sorrir e ainda mais tempo para se sentir confortável em fazê-lo, então Midorya guardava cada lembrança preciosa, provas de que ele era feliz e da confiança que tinha em Midorya.

- Eu gostaria Izuku, obrigado – voz doce e carinhosa fazia Midorya corar e a julgar pelo leve aumento do seu sorriso isso não passou despercebido, não que ele tentasse esconder, já fazia um bom tempo que Izuku o encarava abertamente, mesmo se estivesse desconfortável, corando envergonhado ou triste, o que fosse. Um acordo que tinha sido feito quando perceberam que palavras não ditas podiam ser mal interpretadas e sentimentos guardados não desapareceriam, não foi indolor, e nem sempre era fácil, mas se empenhavam para cumprir.

Na resposta de Shouto estava mais uma mudança, agora ele aceitava ser mimado, carinhos e pequenas ações, sabendo que nada seria exigido em troca, não de Midoriya.



[...]


Notas Finais


Isso foi curto 🤗
Obrigada por ler
💜💙


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...