História Depois do Fim. - Capítulo 10


Escrita por:

Postado
Categorias Pretty Little Liars
Personagens Spencer Hastings, Toby Cavanaugh
Tags Amor, Brasil, Casal, Fanfics, Love, Pll, Prettylittleliars, Romance, Spencerhastings, Spoby, Toby
Visualizações 4
Palavras 377
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Romance e Novela

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 10 - A dor


Eu não podia crer, João estava enrolado no cordão umbilical de Spencer, lutando por sobreviver, e lá estava eu, olhando minha esposa lutar pela vida dela e do bebê, acariciando a mão dela ali, adormecida.

Só pude ouvir o medico pedindo para mim sair, dizendo que a situação era grave, sai dali com o coração na mão, e orando muito pela minha família.

Meia hora de parto, e quando eu ouvi aquela notícia, chorei, mas chorei muito.

Spencer estava bem, porém o bebê, o bebê não havia conseguido se safar, ele havia morrido ali, quando o médico veio trazer a notícia, meu chão caiu,chorei mas chorei muito.

Tudo ficou em câmera lenta, e eu não imaginava que aquilo estava acontecendo, e  eu só ficava pensando em como iríamos aguentar com aquela dor, com aquela perda. João se fora,nosso João, e eu não conseguia parar de pensar em Spencer.

Queria entrar lá, abraca-la e dizer que tudo iria ficar bem,que iríamos superar.

Quando me liberaram pra entrar no quarto, Spencer acordou, sorriu e disse:

-Ele se foi não é?

E o meu coração partiu.

-Eu sonhei com ele amor, ele disse que estava indo. Eu já sabia que ele iria embora.

E comecei a chorar.

-Mas calma, ele disse que seríamos muito felizes, e que teríamos outra oportunidade. E que não queria me ver chorando, e que em breve estariamos bem. E realizados, mas que ele tinha que partir.

Abracei minha esposa, e ali choramos, passamos umas 2 horas ali abracados chorosos.

Ela olhou pra mim e sorriu e disse:

-Como é bom ter você na minha vida, eu te amo meu amor, acima de qualquer dor, iremos superar.

-Vamos sim meu amor, eu te amo muito minha Hastings

Passou-se 2 dias, depois, fomos para casa. Spencer foi deitar e todas as manhãs aquela memória da Spencer acariciando o João sentada na cadeira de balanço não saia da minha mente.

Conversamos sobre o quarto, e decidimos trocar algumas coisas, porém,deixar para o nosso próximo filho. E eu não entendi o porquê João se fora tão derrepente.

Mas as vezes, o vento assopra um pouco mais forte no jardim, e algumas borboletas se vão. Mas, não é o fim ainda.

O jardim não se acabou.

So estava dando espaço para  borboletas nascerem!



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...