História Depois do Fim. - Capítulo 8


Escrita por:

Postado
Categorias Pretty Little Liars
Personagens Spencer Hastings, Toby Cavanaugh
Tags Amor, Brasil, Casal, Fanfics, Love, Pll, Prettylittleliars, Romance, Spencerhastings, Spoby, Toby
Visualizações 5
Palavras 662
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Romance e Novela

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 8 - Uma surpresa emocionante


Com esse terror todo, acabei me esquecendo de que o Quarto do bebe não estava pronto, é só fui me lembrar quando isso me aconteceu.

Foi em uma Sexta feira, depois da mudança, nossa casa ficou do jeitinho Spoby, só que conforme o tempo ia passando eu ia ficando mais cansada, e mais lenta ao me movimentar, nosso bebê crescia firme e forte.

Eu achei legal, fazer essa surpresa pra Spencer, ela estava tão apavorada com A e com os acontecimentos que havia acontecido, que ela se esqueceu daquilo que ela mais prezava, acordei mais cedo, e Spencer desconfiada logo acordou, fiz cafuné até ela voltar a pegar no sono, e quando ela pegou, levantei devagar, era 5:00 horas da manhã, e puxa comecei a trabalhar.

Fui peguei a tinta e comecei a pintar o quarto, Spencer amava a cor azul bebê,e dizia que o quarto do nosso filho tinha que ser daquela cor, e foi assim que eu fiz, enquanto ela dormia eu reformava o quarto,e deixava dos sonhos, nada era tão importante quanto aquele quarto pra ela.

Eu sabia que ela, dormia muito mais tempo quando ela não estava grávida, vivia cansada e se queixando, "Toby Jr." (Como minha sogra acostumou a chamar), estava mais vivo e mais animado o possível para nascer.

Muitas pessoas me perguntam qual era o meu maior medo, e a minha resposta é:

perder a Spence,amo ela demais.

E quando me pego pensando nela é automático o sorriso no rosto,e é automático a vontade de beija-la, não me vejo com outra pessoa, e mesmo o quando eu estava com a Ivone, não me imaginava vivendo com a Ivone, me imagnava Vivendo com a spence.

E quando Toby Jr, passou a existir, passei a ama-la em dobro,e a deixá-la com muito mimo.

O quarto ficou pronto, perfeito, eu já tinha comprado os móveis antes, e as luminárias também, então, na verdade, era só montar tudo mesmo.

O quarto ficou incrível, e eu nem acreditava que eu iria ser pai, minha mãe dizia que eu iria ser um ótimo homem, e eu seria muito feliz.

E olha, era verdade, sou o homem mais feliz do mundo inteiro!!!

Spencer acordou lá pelo 12:00 dia, então tive tempo o suficiente pra deixar tudo pronto, inclusive uma comida  perfeita, ela acordou coçando os olhos:

-Toby? Amor? Bom dia.

-Ooi meu amor, Bom dia. Fiz o almoço está com fome?

-Hmmm, o cheiro esta uma delícia, eu quero sim.

Ela levantou com dificuldade, colocou o chinelo e foi na sala.

Sentamos, comemos, e ela foi pra cozinha preparar um suco, foi quando, eu a chamei:

-Amor? Vem aqui rapidinho?

-O que foi Toby? aconteceu algo?

-Nao, só vem cá.

O quarto estava tudo escuro, quer dizer, eu coloquei uma venda nela, ela em choque, nem relutou, mas fez um questionário grande viu?!

Levei ela até o centro do quarto, e ali soltei a venda.

Spencer, quando abriu os olhos e visualizou o quarto, começou a chorar

-Toby!!!!! Meu Deeeus!!! Isso é.....Isso é lindo!!!!! Amooor!!! Meu Deus!!

-Eu te amo meu amor,não precisa se preocupar com mais nada.

-Eu te amo também.

E começamos a chorar.

Por vezes, via spence ali, naquele cantinho, sentada na poltrona, com um livro infantil nas mãos lendo para a barriga, e balançando na cadeira de balanço, essa cena eu nao vou esquecer, nunca mesmo.

Peguei minha câmera e comecei a registrar esse momento, cada olhar que ela dava, cada movimento, cada toque na barriga, ali estava, a mulher dos meus sonhos, o meu bebê, ali, nós naquele lugar que nos trouxe tanta dor, e tanto sofrimentos.

Aquela foi uma surpresa e tanto, nunca esperei ter aquilo, nunca imaginei que ser mãe era algo tão precioso, e tão perfeito, nunca imaginei que um dia eu teria aquele quarto,amava minha vida.

Amava cada coisinha nela.

As borboletas nos trouxeram sorte, pousaram no nosso jardim, e cultivamos ele muito mais, e ali, se passou a ser o nosso cantil. Nosso mundo, nosso pedacinho do céu.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...