História Depois do fim - Capítulo 30


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Kakashi Hatake, Naruto Uzumaki, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara
Tags Ação, Depoisdofim, Drama, Naruhina, Narusaku, Naruto, Romance, Sasusaku
Visualizações 242
Palavras 1.446
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Luta, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 30 - Parte III - A brutal end


DEPOIS DO FIM - CAP XXX

A brutal end

Por mathkun_


...

- Quem são vocês ? Perguntou  um homem olhando pela pequena janela na porta do Castelo.

- Ahh. .. ah somos de Konoha. Queremos conversar com Davos. Falou Naruto se inclinando tentando enxergar por entre as gretas da janela.

-Se identifiquem... insistiu.

Naruto respirou fundo.

- Sou Naruto Uzumaki, esses são Sora, Maia e Hanna.

- Sao só vocês ?

- Hai!

O homem os entreolhou, então ouviu-se o barulho das engrenagens enferrujadas da porta se abrindo.

O homem agora visível, segurava uma espada e vestia uma armadura, parecia um cavaleiro bravo.

- Me acompanhem, Davos estava esperando vocês.

Os homens se olharam desconfiados. Entraram com repúdio a imundice do lugar.


< Sakura >

Gastaram 2 dias para retornar a Konoha. Sakura estava fraca e desidratada, seu bebê parecia um zumbi, que sugava todas as suas forças. Na maioria do tempo passou mal e sempre Ino tinha de fazer uma parada e consolar Sakura. Ela chorou algumas vezes, o fato de não saber quem era o pai do próprio filho a afetava de maneira ruim. Quando estavam perto dos muros da vila, uma anciã as pararam no caminho.

- Sakura-chan? Falou a velha.

As duas se entreolharam.

- Me desculpe senhora mas não a reconheço. Falou a rosada de forma gentil.

- Sempre tão gentil. Eu ajudei sua mãe a cuidar de você quando era criança, tens razão ao não lembrar.

Sakura assentiu com um leve sorriso.

- Eu voltei pra Vila a alguns dias. Eu me tornei uma vidente, uma kekei genkai do emu cla é prever o futuro e adivinhar coisas, trabalhava para um lorde, mas como sabes eles estão morrendo como moscas esses tempos. Deu um sorriso irônico.

As meninas deram um sorriso amedrontado.

- Eu vejo que estas aflita...

Sakura se afastou.

- Eu estou bem minha senhora.

- Não é o que seus olhos dizem - a velha passou a analisa-la agora. Fez uma cara de espanto - você está grávida!... Voce nao sabe quem é o pai?

A rosada abaixou a cabeça.

- O pai é alguém que gostas muito, tem um passado obscuro, vejo escuridão. Seu filho terá sede, sede de vingança e ele vai ser o salvador que vai livrar o mundo de males perigosos. Ele vai salvar milhares... mas minha filha somente a morte paga pela vida. Alguém que amas muito esta em perigo, mas é tarde demais... não consigo ver o futuro dele...

- O que significa?

- Significa que ele não tem futuro, significa que ele vai morrer, e seu filho crescerá sem pai.

Sakura se enrrigeceu. Era de Naruto ou de Sasuke que ela falava? Mas por que ela falava aquelas palavras? Não era verdade, concluiu. Ino a olhou aflita.

- Bom minha filha, tome cuidado foi bom reve-la.

- Digo-lhe o mesmo. Arigattou pelas palavras anciã. 

A velha a afastou bateu o cajado no chão e desapareceu repentinamente.

Ino estava prestes a falar mas Sakura interrompeu sua reação.

- Não fale isso..

- Sakura o pai é o Sasuke.

- Você falou

- Passado obscuro, liga as coisas..  agora você o abandonou e...

A interrompeu.

- O pai é Naruto.

- Porque?

- Eu sinto que vai ser ele. Começou a chorar.

- Sakura vem cá - encostou a cabeça no ombro de Ino.

- Eu não quero que ele seja do Sasuke. 

- Tá bem ... se acalma. Você nem conhece aquela velha, pode ser só uma pessoa tentando brincar com você.

- Ela adivinhou que eu estou grávida e ... e...

Ino a apertou.

- Meu filho vai crescer sem pai... 


< Naruto >

- A Fortaleza Cherry é um lugar espaçoso, temos 45 quartos, 4 Torres, uma cantina para todos os servos e a sala do lorde.

Um homem se aproximou a cuxixou algo no ouvido do guia.

- Naruto?

-Hai.

- Sor  Davos quer conversar com você.

Naruto assentiu. Sora o seguiu. O guia o impediu.

- Ele quer falar a sós com Naruto.

O olhar de raiva de Sora se aguçou.

- Aos outros vou mostrar o restante do castelo. Por favor me sigam.

...

- Venha comigo Naruto.

- Hai. .. foi mal não me apresentar é que você já sabia meu nome. Apertaram a mão.

- Sou o filho mais novo de Davos, Yzuna Orvo. 

Naruto assentiu.

- Ouvi falar bastante de seu pai. Falou Naruto.

Naruto olhava os arredores do corredor escuro, o tapete vermelho e as colunas gigantescas 20 m de altura, o teto em formato de cúpula inteiramente de vidro ilustrado com cenas de batalhas.

- É ele tem fama ... mas você não vai gostar dela. Chegamos. Yzuna abriu a porta também gigante. 

Agora a falta de luz foi recompensada por janelas enormes na parede do fundo da sala, ofuscando a visão do homem sentado no trono, em cima de um altar com escadarias ao redor. Tinham-se toxas de tamanho grande pelo caminho e o mesmo tapete vermelho que estendia até a base do trono. Era cercado por dois grandes homens, seus guarda costas, com escudos e espadas sintilantes. Armaduras vazias a localizavam atrás das colunas e o cheiro de incenso era marcante no lugar.

- Sou Uzumaki Naruto.

Se curvou.

- Estava esperando por você. Sou Davos Orvo. Me digas o que queres!

- Procuro kakashi, o Hokage. Ele Farias uma viagem para cá...

O interrompeu.

- Kakashi esteve aqui a algumas semanas, mas partiu a menos de uma. Tinha problemas pra resolver na terra de outro lugar.

- Agradeço pela prestividade. Mas peço uma coisa, viemos de longe precisamos de um lugar pra descançar.

O homem o olhou, seu olho negro se realçou a luz. Se levantou com um manto vermelho nas costas.

- Vocês podem passar essa noite no Castelo. Sirvam-se e usem nossas camas, um pequeno agrado  por cuidarem bem do meu herdeiro na sua vila.

- Arigattou.

O homem deu uma leve erguida na cabeça e olhou com ferocidade.

- Por enquanto, podes me acompanhar até o Jardim? Esse cheiro de incenso está me encomendando e meus cavaleiros estão um pouco inquietos hoje.

- Hai. 

O homem vagarosamente desceu as escadas.


< Sasuke >

Sasuke ouviu rumores da partida de Sakura. Não insistiu em segui-la, se partiu é por que tinha motivos, além do mais era problema pra ser resolvido depois. Seguiu os rastros do enorme exército até encontrar um dos comandantes tomando banho em um lago. Parecia estar sozinho, o exército deveria estar perto. 

Sasuke se escondeu em uma árvore, sorrateiramente o o decapitou com sua Kunai, foi fácil mata-lo, achou que ainda iria apressiar o gosto de uma pequena batalha com o ninja, mas foi em vao. Vestiu as roupas do ninja e com um genjutsu mudou sua cara para a do ex comandante. Se infiltrar seria o caminho mais fácil.

Entrou pela floresta, por um primeiro momento não conseguiu acha-Los, mas os gritos vindos de um lugar mais abaixo chamaram sua atenção. Se aproximou.

- Fukata estou com alguns problemas. Yori se dirigiu a ele. - O Uzumaki chegou na fortaleza. 

....


< Naruto >

O Jardim do castelo era enorme e florido. Seria um lugar que Sakura gostaria e estar pensou Naruto.

- Meu filho - Colocou a mão nas costas do loiro - podes me dizer o que está acontecendo? O seu hokage...?

- Kakashi sumiu, não dá notícias a alguns meses...

- Que pena...

 Naruto começou a perder a paciência

 - O último lugar em que ele esteve foi aqui.

- Ow tem certeza??

Começaram a se aproximar de um velho cemitério nos fundos do Jardim.

Naruto o olhou e Davos falou.

- Perdoe minha ignorância. Esse cemitério é dos antigos membros da minha família, desde meus avós até os meus pais e seus irmãos, todos estão enterrados aqui. Lugar de glória. Só os que tem estão enterrados nesse local.

Continuou a fixar os olhos em Naruto.

- Ele está aqui Uzumaki.

Naruto franziu a testa, começando a achar estranho o comportamento de Davos.

- Onde? Ele está preso? O que você quer dele?

- Eu disse que ele tinha coisas pra resolver nas terras de alguém.

Com um sinal de mão Davos selou os braços de Naruto, o deixando imóvel. Naruto caiu de joelhos na terra fofa do lugar, não conseguia falar e nem gesticular.

Davos com seu manto vermelho e suas roupas escuras, o segurou pelo pescoço o fazendo se curvar para o chão. 

- Me diga o que você vê garoto? Ele não está realmente cuidando de terras?

Naruto transverteu o olhar tentando manter a cabeça imóvel mas não pode, Davos o forçou a olhar a lápide de um túmulo:

Kakashi Hatake.. o tolo.

Kakashi estava morto a missao havia falhado antes mesmo de começar. Naquele instante os olhos de Naruto se encheram de lágrimas e seu sangue ferveu nas veias, seu rosto avermelhou e então percebeu Davos sorrindo ferozmente ao seu lado.

Percebeu então como as coisas aconteceram. Primeiro Davos o separou dos outros ninjas, segundo lembrou da mão em seu ombro, foi naquele instante que ele colocou o fuinjutsu em Naruto.

Tentou tirar forças de onde não tinha mas foi em vão, o selo era muito forte. Naquele instante só pensava em uma coisa VINGANÇA.

...









Notas Finais


Parte 3 ja esta chegando ao fim agora. Muita emoção esse cap hueheu. Adeus Kakashi (sad ). O que voces acharam da profecia da velha pra Sakura? E o pai quem vocês acham que é? Sasuke se passando por um dos inimigos eles vão perceber? Se chegou ate aqui obrigado até a próxima fui :)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...