1. Spirit Fanfics >
  2. Depressão e suicídio >
  3. Confissões

História Depressão e suicídio - Capítulo 10


Escrita por: e Hierofante24


Notas do Autor


Oi eu de volta, para entristecer o leitor.

Eu venho também agradecer ao querido leitor: @Lucookie, pelo motivo de sempre participar conosco e mesmo já sabendo o que vai acontecer, lê tbm no Wattpad e participou através da pesquisa de opinião ( https://forms.gle/nd7TXBDwevdzZkMU6 ).

Capítulo 10 - Confissões


Após a luta entre André e o guaxinim eles começaram a catar alguns gravetos para acender a uma fogueira e assar o peixe. 



-Fogueira acessa e peixe assado-


Igor ao sentindo o calor do fogo, ia cada vez mais perdendo o frio e se sentindo melhor, ficou pensando: "por que será que André não vai direto para casa após a aula? "


Ele resolve perguntar a André:


-André, por que é que você não vai direto para casa após a aula? 



André meio sem jeito,  terminou de comer o peixe briguento e respondeu meio triste:


-É que...bem, eu..., não me dou muito bem com o meu pai.


-Uê?  Por que não? 


-É que..., pouco antes das aulas começarem,  a minha mãe sofreu um acidente enquanto estava dentro do ônibus a caminho do povoado Estrela,  para visitar a irmã que estava doente,  era uma noite de chuva,  portanto,  como de natureza,  aqui em Montana é chuva o ano todo,  e se tem chuva,  tem muita neblina na parte rural.  Bem, havia muita neblina no caminho,  e o motorista não conseguia enxergar bem,em ccerto trecho,  um buraco que balançou muito o veículo,  e quando foi da a curva aberta,  o ônibus deslizou pela lama até a beirada da estrada que estava quebrando,  o ônibus caiu do alto da colina Caminho até a Estrela,  foi parar perto do rio: Sky, ninguém sobreviveu ao acidente. Desde então, o meu pai começou a beber muito e a ter confusões com os clientes, e a tentar me bater. 


-Sinto muito. 


-De boa,  e você? Por que é tão triste? 


-Vou resumir: a minha mãe não liga pra mim e só me crítica em tudo. 


(Igor não sabe do abandono)


-Que coisa. 


-Pois é, e o que o seu pai é? 


-Carpinteiro,  da Carpintaria Seu José.


-Conheço,  era uma boa carpintaria, antes do dono querer dar uma martelada na cabeça de um cliente e fazer cena durante serviço. 


-Verdade. 



Escureceu mais,  e André e Igor vão para suas casas. 


Notas Finais


By: A-S.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...