1. Spirit Fanfics >
  2. Derrota vitoriosa >
  3. Próximo ano

História Derrota vitoriosa - Capítulo 2


Escrita por: bllkyuu

Capítulo 2 - Próximo ano


Fanfic / Fanfiction Derrota vitoriosa - Capítulo 2 - Próximo ano

Ja no espaçoso vestiário,Atsumu adentrou o primeiro boxe,ligando o chuveiro,e junto a água vieram as lágrimas de frustração.


Eles perderam. Ele perdeu.


Durante o banho nenhum dos outros disseram nada,Kita achava que todos deveriam ter seu curto tempo para sentir,mesmo que fosse dor. Era necessário...


No corredor para a saida do ginásio,viram o ruivo pulando de alegria,dessa vez com Bokuto que repetia pela segunda vez "Este é meu kohai Hey Hey Hey"...bom,eles pareciam animados.


-Vamos —Kita incentivou o time a continuar seu caminho inicial—


As mãos de Atsumu suaram,seus olhos não piscavam,como se tivessem medo de perder a bela visão do sorriso do corvo menor. Travou seu maxilar e continuou o percurso até os portões.


Direcionaram-se até o estacionamento,onde naquele dia,fora reservado pelo governo, apelas para os transportes que traziam os jogadores de outras províncias.


Seus passos desaceleraram ao chegar em frente ao onibus,que estampava um letreiro em branco e vermelho "Inarizaki". Aran percebeu que,Kita buscava palavras pra tentar conforta-los,queria o ajudar,mas,sem duvidas sentia tanto quanto os outros...Eram sua ultima chance com os terceiristas.


Kita se virou para os membros,esses que mantinham a cabeça baixa,menos Osamu,mas ainda sim ele não parecia lamentar menos. Atsumu se perguntava onde tinha errado,errou ao tentar o ataque rápido da dupla de ouro do karasuno? Errou ao dar abertura demais na desefa? Errou com Osamu?


-Hoje tivemos alguns erros cometidos —Kita chamou a atenção de todos— Embora tenhamos tido uma otima partida,não foi o suficiente para vencermos,parece que karasuno está realmente forte esse ano.


Um silêncio estrondoso aconteceu no periodo de alguns segundos,e a voz do capitão foi novamente ouvida.


-Não vamos ficar nos lamentando por essa perda,perdemos para um time forte,e acredito que alguns sairão daqui com novos aprendizados. A partir do ano que vem,alguns de nós não estarão aqui pra puxar a orelha de vocês —Referia-se a ele e Aran,que com certeza eram os que botavam o time nos trilhos—


" Isto não é um adeus,ainda teremos tempo de jogarmos juntos de novo,no entanto quero que se reergam e levantem a cabeça,quero que hajam como o time forte que somos,e que ano que vem levem nosso time as nacionais novamente".


Atsumu levantou sua cabeça,e após um longo suspiro,sorriu,ele estava seguindo. Ambos jogadores se curvaram diante ao capitão,este que sorriu e os abraçou. 


Eram quase cinco da tarde,o sol se punha lentamente,o vento bagunçou alguns fios de Atsumu.


Foi um longo dia


O céu alaranjado passou uma sensação de tranquilidade a Osamu e Suna,estava tudo bem. Os olhos de Atsumu estavam presos nas pequenas nuvens espalhadas pelo céu,sua coloração o lembrou os cabelos de Hinata. Droga ele não estava com raiva,por que? Por que sentia que havia encontrado alguem que amasse tanto o vôlei quando ele?


E como se seus pensamentos fossem reais,Inarizaki viu quando karasuno parou ao lado deles,so então perceberam que seus ônibus ficavam lado a lado. Tanaka e Nishinoya fecharam a cara,estavam na defensiva após os acontecidos durante a partida.



Ryu se pós a frente de Shoyo ao perceber o olhar do gêmeo loiro em si. Daichi chamou sua atenção. Não estava afim de estragar o clima.


Kita se curvou e saiu,assim sendo seguido por seu time. Até o momento em que Atsumu se sentou no banco,seus olhos seguiram o ruivo,que saiu de seu campo de visão ao se direcionar a porta do ônibus,


Os membros de Karasuno,ja todos em seus devidos acentos,permitiram descansar seus corpos exautos,precisam de mais energia,e nada como um bom sono.


Hinata se sentou na janela,Kageyama cogitou sentar ao seu lado,mas não queria correr o risco de ser todo babado como da última vez. Então apenas se sendou no fundo.


Hinata ao olhar pro lado percebeu o olhar de Atsumu sobre si,porra ele estava ficando envergonhado. E assim se seguiu,até o transporte do colégio Inarizaki dar partida primeiro.


O pequeno ruivo se sentia feliz,como se uma grande muralha tivesse caído aos seus pés,se sentiu grande.

Eles gostou de sentir aquilo,aquela sensação de que ninguém pode o parar,ele queria mais e mais,estava faminto. 


Sorriu ao lembrar do que o Miya loiro disse mais cedo,ele estava ansioso por isso. 


E com essa boa sensação,o ônibus seguiu seu percurso.




Notas Finais


Desculpem os erros de português,estarei sempre procurando revisar! 𓃬


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...