História Desabafo - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Visualizações 11
Palavras 684
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia)

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 1 - Então.....


Oi gente , eu só estou escrevendo isso porque eu estou mal estes dias , eu acabei as histórias aqui , por que sempre acontece que o Spirit apaga uma parte essencial pra história e eu me irritei , desculpa .

Agora , eu queria falar sobre mim , por favor  , me ouçam um pouco :

Bem eu queria pedir desculpas por tudo 

Desculpa pai e mãe, por entrar na vida de vocês derrepente sem aviso , sei que vocês fizeram de tudo que podiam para aguentar mais um filho no meio do divórcio , fiz vocês sofrerem por mais 9 meses perto um do outro , mas a minha pergunta é : pai , porque você não faz um teste pra ver se eu sou mesmo sua filha ? Sei que temos muitas coisas aparecidas na personalidade e aparência , mas outro homem pode se parecer com você . Mãe por que você não pediu pra ver se era realmente a filha de vocês que estava ali ? Poderia ser alguém melhor que realmente trouxece orgulho pra vocês . Irmão por quê falou pro pai que queria um irmão ou irmã ? Por quê não um cachorrinho? Ele poderia ser melhor que eu , ele ia te animar , em quanto eu aí roubar toda a atenção da família e você iria levar a culpa por tudo . Vô , por quê você falou que um filho já não era suficiente ? Você já tinha tantas brigas com meu pai . Vó , porquê você não falou " Carolina você quer mesmo ter outro filho com o Daniel , sei que forcei vocês a se casarem , por que teriam um filho por acidente , mas vocês estão infelizes , essa crianca só vai fazer vocês sofrerem mais " . Pri , eu sei que você me ama e foi a melhor madrasta que alguém poderia ter , que me criou deste pequena , e você sabia que aquele homem já tinha um filho , oque seria mais difícil na relação , então porque não fez o meu pai trair a minha mãe uma ou duas semanas antes? Como eu sei ? É óbvio , meu avô me contou , também era nítido que vocês duas se odiavam , quero muito te agradecer por me ouvir depois da morte do meu avô , sei é o seu trabalho de psicologa te impede que não querer me ouvir mas mesmo assim , obrigada . Eliza , desculpa por te fazer ouvir meus mimos todos os dias e tentar me alegrar com esse seu sorriso fofo e suas covinhas que eu amo , suas piadas sem graças e você xingando os funqueiros da escola , essas são as coisas mais preciosas pra mim , te ver feliz , você sempre tentou me ajudar , mas quer saber  eu só falo que tô bem , porque não quero chegar um dia na escola e saber que você me acha louca ou que você não aguentou tudo e se matou , é por isso que eu prefiro ouvir do que falar , não me importo . Obrigada por me fazer aquela promessa na quela ligação , aposto que se não tivesse me ligado eu já estaria morta . Você dizendo que eu sou uma pessoa boa , me faz querer dizer " não você que é , eu sou só uma pessoa que Deus errou , acho que ele me pôs aqui pra sofrer , acho que sou realmente uma cria do demônio , e não mereço uma amiga como você , tu que é uma pessoa boa ." Mas eu só digo " eu tento " . Desculpa por tudo , mesmo .

Mãe , pai , família que eu sei que no fundo devem sentir pena de mim nascer como nasci , desculpa , desculpa por tudo , Eliza desculpa , você foi a melhor amiga pra alguém como eu , todos me desculpa por ter que fazer todos ficarem juntos para receber um ser insignificante na vida de vocês . Desculpa eu não queria encomodar ....


Notas Finais


Desculpa leitores por ter que ler me desabafo ......
Eu não vou fazer nada , só ficar pensando um pouco ......


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...