1. Spirit Fanfics >
  2. Desabafos de uma ansiosa em quarentena >
  3. Não deixe acontecer.

História Desabafos de uma ansiosa em quarentena - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Eu só me fodo nessa vida.

Capítulo 2 - Não deixe acontecer.


Primeiramente, não faça isso. Evite isso, impeça a todo custo. Eu deixei acontecer, eu me distrai, eu estava com fogo no cu e não percebi o buraco que eu me meti.

Eu me distrai porque eu estava com os malditos hormônios me mandando foder. Eu estava bem brincando com fogo no twitter, mas eu tinha que ir zoar com a criatura! Ele era uma das 4 pessoas pra quem eu mandava fotos aleatórias quando eu me sentia uma puta gostosa, principalmente porque é um dos 4 que respondem a isso. E a qualquer coisa que eu mande já todo mundo me abandonou mesmo. 

Eu me deixei levar pelo conforto que ele transmitia. Mas agora? Eu cansei dele. Botei na cabeça em algum momento que seria legal tranzar com ele, mas como veio, a ideia foi. Completamente do nada. Me fez perceber que dei trela pra alguém que não fica por ficar, completamente diferente de mim, deixei meu amigo idiota criar expectativa, mas corto a asa dele o tempo todo, estamos em quarentena. E do jeito que vai, antes do fim do ano isso não acaba. 

Por esse mesmo motivo meu interesse nele foi jogado no lixo com tamanha maestria que eu me sinto um monstro. Conversar pelo celular em um caso desses nunca da certo. Enquanto ainda tinha interesse mandei sim algumas fotos — porque eu ainda faço isso? kkk— e sei muito bem pra que ele as usa. No começo me deixava animada, agora já estou cansada das tantas fotos do pau dele, agora elas só me dão raiva, principalmente porque ele não tem mais nenhum senso de quando mandar essas coisas. Não me surpreende. 

Me enche de raiva o quanto essa ideia fez sentido e o quanto agora eu só quero mandar ele parar — e vou mesmo — mesmo sabendo que o pobre coitado só caiu na minha armadilha emocional, que pegou a mim mesma e agora que jogar ele fora. Ele não deixa de ser um ótimo amigo, ele só não é mais o que meu estado emocional debilitado e manipulador quer pra agora, o que é muito feio da minha parte, mas eu também estou sendo manipulada por mim mesma.

Talvez isso tenha começado na semana da minha reclusão causada pela recaída. Ele não parava de fazer aquela brincadeira idiota sobre salsichas e eu já estava triste e com raiva o suficiente e então veio aquela merda de foto dele comendo de boca aberta pra zoar comigo, aquilo me encheu de uma repulsa válida. 

Eu odeio a quarentena, mas ainda bem que ela me impede de bater no meu próprio amigo com um pedaço de cano.


Notas Finais


"Manda tomar no cu que resolve."
Eu, toda vez, pra tudo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...