História Desafios para estar ao seu lado - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Hora de Aventura
Personagens Ash, Beemo "BMO", Cake, Finn, Fionna, Gunter, Hudson Abadder, Jake, Lady Íris, Lord Monocromicórnio "Lormo", Marceline, Marshall Lee, Personagens Originais, Princesa Caroço, Princesa De Fogo, Princesa Jujuba, Principe Chiclete, Príncipe de Fogo, Rainha Gelada, Rei Gelado
Tags Hora De Aventura
Visualizações 11
Palavras 2.852
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi, oi, olha eu aqui de novo!
Desculpem por ter demorado postar, é que eu que eu não estava muito inspirada para escrever, e desculpem também por ele estar grande, mas, chega de enrolação, boa leitura❤❤

Capítulo 5 - Escola nova, amigos novos


Fionna On

Hoje é meu primeiro dia de aula, já estou no segundo ano do ensino médio,  mas muitas pessoas pensam que eu tenho 14 por causa do meu tamanho e do meu rosto, aff, as vezes isso me irrita, mas não ligo muito. Só de pensar que vou estudar em outra escola, me dá um enorme frio na barriga, já que vou ser a "novata", acho que vou chamar um pouco a atenção de alguns alunos.

Já acordada, me levanto da cama e vou ao banheiro, escovo os dentes e faço minhas higienes, quando saio do banheiro o Finn aparece no meu quarto.

Fionna- bom dia Finn!- ele me olha com surpresa.

Finn- ah, bom dia Fi, pensei que você ainda tava dormindo, eu já ia te chamar para irmos pra escola.

Fionna- ata, e os outros? Já estão acordados?

Finn- sim, menos a Cake, como ela pode dormir tanto? Ela parece um cadaver, eu sacodi ela várias vezes, mas ela nem se mexeu.

Fionna- haha, essa Cake, tudo bem Finn, deixa que eu acordo ela.

Finn- tabom, mas vão logo, nós saimos daqui dez minutos.

Fionna- tá- ele sai do quarto seguido por mim, vou em direção ao quarto da Cake, e vejo que ela dorme profundamente.

Fionna- bom, hora de acordar a fera- vou pra perto da cama dela, tiro seu cobertor com tudo e a puxo, que caí com tudo no chão.

Cake- AII, PESTE, PORQUE ME PUXOU?- pergunta ela com uma cara nada agradaveu no chão.

Fionna- vamos logo, se arruma para a escola- ela se levanta com tudo e pega o traviseiro, então eu começo a me afastar de perto dela- ou vamos nos atrasar!- assim que ela taca ele, eu corro em direção a porta e a fecho com tudo, escutando o traviseiro bater com força  na porta- ufa, essa foi por pouco!

Vou para meu quarto para me trocar, visto uma blusa branca listrada com preto, uma calça jeans de cintura auta preta, com rasgos no joelho e um all star preto e amarro meus cabelos em um rabo de cavalo, desço as escadas indo para cozinha, e vejo que já está todo mundo tomando café, sento ao lado da Cake e vejo que ela está maumorada.

Fionna- desculpa por ter te derrubado da cama maninha- falo lhe abraçando.

Cake- não venha não, estou de mau humor- fala virando a cara- você me derruba e ainda quer que eu te desculpe, só você viu?

Fionna- haha, tabom, tabom- me afasto dela e pego uma maçã para comer.

Tio- bom, eu já vou indo, boa aula pra vocês, tchau!

Todos- tchau!- ele termina de tomar o café, coloca a caneca na pia e depois saí.

Quando todos terminaram seus cafés, fomos ao banheiro escovar os dentes, depois fomos para garagem, e lá estava uma caminhonete bem bonita de quatro portas.

Fionna- uau, de quem essa caminhonete?- pergunto de boca aberta.

Jake- é minha- fala chegando perto da mesma.

Cake- ué? E desde quando você dirige Jake?

Jake- desde o começo do ano.

Cake- o tio que te deu a caminhonete?

Jake- sim, ele queria comprar outro carro, e já que eu faço 18 anos lá perto do final do ano, ele me deixou ficar com a caminhonete.

Finn- legal né? - pergunta se aponhando com o braço no meu ombro.

Fionna- sim, muito, mas porque não não fomos com ele ontem no parque?- pergunto cruzando os braços.

Jake- ah, que tal porque a Cake precisa perder uns quilinhos?

Cake- o que?- ela o olha indignada-  ora seu, agora você vai ver- ela tenta pegar o Jake, mas ele entrou bem rápido no carro, no banco do motorista, e fechou a porta com tudo, com a situação eu e Finn acabamos dando risada.

Jake- tá, parei com as piadas, agora entrem logo, ou vamos nos atrasar- nós entramos no carro, eu e a Cake ficamos atrás enquanto os meninos ficaram na frente, depois o Jake abre o portão da garagem com o botão, ele sai com o carro, fecha o portão de novo, e logo fomos a caminho para a escola.

No caminho o Finn e o Jake ficaram falando de como as coisas funcionam na escola, para nos deixar mais tranquilas.

Fionna- ah, mas mesmo assim, da um pequeno frio na barriga só de pensar que vou ter que entrar na sala, e a maioria das pessoas já se conhecem, e vamos ser umas desconhecidas, e se alguém mexer com a gente?

Cake- calma Fi, não se preocupe,  eu vou ficar com você, qualquer coisa, se alguém mexer com você,  me chama, que eu deço um barraco.

Finn- calma vocês duas, não é como se alguém fosse mexer com vocês logo no primeiro dia, mas, por precaução, nos chamem, mas é claro que não vamos resolver na porrada.

Jake- mas se precisar...- acamos rindo do comentário do Jake, depois encerramos a conversa.

Já na escola, o Jake arruma uma vaga no estacionamento e estaciona o carro, depois nós decemos do mesmo, e acabo percebendo alguns olhares na gente, meia nervosa, fico bem perto da Cake, que parecia não estar muito nervosa como eu.

Finn- calma Fi, não se preocupe, é normal, vocês são novatas, é claro que muitas pessoas vão olhar pra vocês. 

Fionna- tá.

Entramos na escola, muitas pessoas estavam guardando seus livros nos armários, enquanto outras conversando pelo corredor.

Jake- Fi, você tem o número do seu armário ai?

Fionna- sim, é esse daqui- falo apontando pro mesmo.

Cake- droga, não é perto do meu.

Fionna- é mesmo, onde é o seu Cake?

Cake- eu acho que é mais pra frente.

Fionna- e o de vocês meninos?

Finn- ficam meio perto do da Cake.

Fionna- droga, eu vou ficar meio afastada de vocês. 

Jake- mas não se preocupe, seu armário fica bem do lado de uma amiga nossa, que aliás esta demorando muito pra chegar.

Fionna- bom, melhor alguém do que nada- falo dando de ombros.

Finn- olha Jake, quem tá entrando na escola- ele aponta para uma menina loira.

Jake- oi, bom dia amor- ele chega perto dela lhe dando um celinho.

???- oi- ela retribui o celinho- bom dia- fala nos olhando.

Todos- bom dia.

Jake- meninas, essa é minha namorada, Íris. Íris, essas são minhas irmãs, Fionna e Cake- fala apontando pra cada uma de nós- as que eu falei.

Íris- é um prazer conhece-las - fala apertando  nossas mãos.

Fionna/Cake- igualmente.

Até que ela é legal, pensei que fosse alguma garota chata, porque comparada com as antigas namoradas do Jake, ela é bem melhor, e ela é bem bonita também, tem os cabelos loiros que nem os meus, só que mais claro,  os olhos verdes, a pele clara, e é  alguns centimetros maior que eu, e também pude perceber que ela tem um sotaque diferente, eu acho que ela era de outro país. 

Finn- cade seu primo Íris?

Íris- ele tá lá fora, daqui a pouco ele entra.

Finn- ah, e você viu alguém da nossa galera?

Íris- eu acho que a maioria ta lá fora também, só o Marshall e a Marcy que ainda não chegaram- a não, tinha me esquecido que esse ser estuda na mesma escola que eu.

Jake- então depois apresentamos nossa galera pra elas- logo depois o sinal toca.

Jake- vocês duas querem que nós a acompanhamos para sala de vocês?- pergunta ele e o Finn nos olhando.

Fionna- não, podemos ir sozinhas.

Cake- é. 

Jake- tabom então, até o intervalo- os dois vão para outro corredor.

Fionna- a minha primeira aula é história, e a sua?

Cake- droga, matemática- falamos enquanto caminhamos.

Fionna- então parece que vamos ter a terceira aula juntas, que vai ser artes.

Cake- é.

Fionna- então até lá.

Cake- até- fomos para corredores diferentes.

Enquanto caminhava para minha sala, começava a sentir meu soór frio.

Fionna- calma Fi, é só o primeiro dia, depois começo a pegar amizade com todo mundo- falo comigo mesma- não tem nada demais se o povo ficar te encarando quando eu estiver na frente me apresentando- falo pra me manter calma, até chegar na porta da minha sala.

Fionna- bom, vamos lá- bato na porta, e logo escuto um " pode entrar" então abro a mesma, logo me deparo com todo mundo olhando para mim.

Professor- oi, Fionna né?

Fionna- sim- falo indo pra frente, ai, que vergonha.

Professor- bom Fionna, meu nome é Kássio, sou o professor de história, seja bem-vinda a nossa escola, espero que goste daqui.

Fionna- obrigada- falo com a voz meia fraca.

Professor- bom, pode se sentar na na fileira da janela, na quarta carteira.

Fionna- tá- vou em direção a carteira que o professor falou, e me sento na mesma colocando minhas coisas, olho para meu lado e vejo um garoto com os cabelos verde marinho me encarando, até que ele é fofinho.

???- você por acaso conhece um cara loiro chamado Finn- fala ele se aproximando um pouco de mim.

Fionna- ah, sim, ele é meu irmão.

???- a sabia- fala estralando os dedos.

Fionna- você conhece ele?

???- sim, ele e o Jake, eles são meus amigos.

Fionna- ah, e como você adivinhou que eu era irmã dele?

???- porque você me lembra muito ele, e por ele falar que suas duas irmãs estavam vindo estudar aqui, Cake e Fionna.

Fionna- ata, e você? Como se chama?

???- Bryan, Bryan Montter, mas todo mundo me chama de BMO.

Fionna- ah, prazer BMO, bom como você já sabe, eu sou a Fionna- falo apertando sua mão.

BMO- sim, então, o que ta achando da escola?

Fionna- bom, até agora não sei dizer, fiquei pouco tempo aqui, mas parece que é legal.

BMO- que bom, eu sei como você está se sentindo, é meio ruim não conhecer quase ninguém né? Eu cheguei aqui ano passado, e não conhecia ninguém, mas agora, conheço metade da escola.

Fionna- nossa, isso sim que chamo de inovação.

BMO- pois é- alguns minutos se passaram na aula, e pude conhecer o BMO melhor, ele é um cara bem legal, ficamos conversando um pouco durante a aula até alguém bater na porta.

Professor- pode entrar- a porta se abre e por ela entra uma garota pálida e com os cabelos longos negros, não sei porque, mas ela me lembra alguém. 

???- oi professor, desculpe o atraso, é que eu acabei perdendo a hora- fala se aproximando dele.

Professor- tudo bem Marceline, pode se sentar no seu lugar.

Marceline- tá- ela caminha no meu corredor e se senta na minha frente.

BMO- oi Marcy.

Marcy- oi BM- ela enterrompe o que ia falar e me encara- ah, oi, você é aluna nova?

Fionna- ah, sim- falo confirmando com a cabeça.

BMO- Marcy, essa é a Fionna, a irmã do Finn e do Jake- ela me olha com surpresa.

Marcy- ah, então você é a irmã do Finn- fala apoiando os cotovelos na minha mesa- puxa, bem que eu suspeitei, vocês são parecidos.

Fionna- é, todo  mundo fala isso.

Marcy- ah, acabei nem me apresentando, meu nome é Marceline Abadeer- fala esticando a mão para mim apertar.

Fionna- prazer- falo apertando sua mão.

Marcy- então, chegou que dia aqui?

Fionna- ontem.

Marcy- ah, sabe, soube que você era do Texas, você morava com quem lá?

Fionna- com a Cake e minha mãe.

Marcy- hum, e já esta se acostumando com a cidade grande?

Fionna- é, mais ou menos, é que  aqui é muito difícil encontrar campos, então isso ainda é meio estranho pra mim.

Marcy- ah entendo, bom, espero que sejamos boas amigas- fala pegando no meu ombro.

Fionna- é.

Marcy- BMO, a Chama veio hoje?

BMO- não, ela disse que hoje teria que ir pro médico.

Marcy- nossa, logo no primeiro dia de aula, ela vai ver quando ela chegar aqui, vou dar vários béliscões nela- acabo rindo do que ela fala, bom, meu primeiro dia de aula está sendo ótimo, já fiz dois amigos, isso parece que vai ser um bom começo de ano pra mim.

Depois de algumas horas já estavamos indo para o intervalo, eu estava sendo acompanhada pela Cake e pela Marcy, ainda bem que a Cake gostou dela, e por falar em gostar, ela disse que conheceu o primo da Íris, e que ele se chama Mono, e que o armário dele é ao lado do dela, ela disse que parece que já está começando a gostar dele.

Fionna- nossa Cake, mas você nem conhece ele direito.

Cake- eu sei, mas é que ele é tão bonito, e também bondoso, eu quase não abro meu armário hoje, mas ele me ajudou e ainda me levou para porta da minha sala.

Fionna- hum, se é assim.

Marcy- não se preocupem, o Mono é gente boa, ele é bem legal- fomos em direção ao refeitório, tinha várias mesas com seus grupinhos, tinham os populares, os esportitas, os nerds, os dançarinos e por ai vai, fui a merenda pegar comida com a Cake.

Fionna- não vai comer não Marcy?

Marcy- não, estou sem fome.

Fionna- ah- depois de pegarmos nossa comida, seguimos a Marcy até uma mesa onde estavam os meninos e mais algumas pessoas.

Finn- Fionna, Cake, sentem-se aqui- fala apontando para o banco, me sento ao lado da Cake e da Marcy, e vejo que tem 5 pessoas aqui, e o BMO também.

Jake- gente, essas são nossas irmãs, Cake e Fionna.

Fionna/Cake- oi- falamos acenando.

Finn- meninas, esse é o Caiky- fala apontando para um menino de cabelos meio rosas- mas pode chamar ele de Chiclete, porque quando ele quer alguma coisa, ele nunca desgruda.

Chiclete- fala sério, isso não tem nada a ver, mas podem me chamar por esse apelido bobo mesmo.

Finn- essa é a Carol- fala apontando para uma garota de cabelos cacheados rochos.

Jake- mas podem chamar ela de Caroço, porque quando ela sabe de alguma coisa da sua vida, ela vira um incomodo, assim como um caroço no seu pé.

Caroço- nossa, que exagero, só porque espalhei alguns boatos sobre a vida de algumas pessoas- fala fingindo estar magoada- ó, hoje em dia ninguém mais pode ficar atualizado- acabamos rindo de seu pequeno teatro, já sei que com essa não vou poder contar nenhum segredo.

Finn- esse é o Mono- fala apontando para um garoto de cabelos longos cinza escuro amarrados, então esse é o Mono, ele olha para a Cake que logo fica vermelha e solta um sorriso, já to vendo amor pelo ar.

Finn- esse é o Flávio- fala apontando para o garoto com os cabelos avermelhados e arrepiados, ele tem um olhar sério, não sei porque, mas meu coração se agitou um pouco quando ele olhou para mim- mas nós o chamamos de Flame, por causa da cor do seu cabelo que lembra muito o fogo.

Finn- e esse é o-

Fionna- BMO! Eu conheci ele hoje na primeira aula.

Finn- ah, bom, e essa é a Julia- fala apontando para garota de cabelos rosas- mas podem chamar ela de Jujuba- ela mostra um pequeno sorriso para gente, ela parece ser alguém legal.

Finn- bom, vocês ja conhecem a Íris.

Cake- sim.

Jake- então, essa é a nossa galerinha- fala abrindo os braços, depois de algum tempo começamos a conversar, para nos eteragir um pouco, acabei virando muito amiga da Jujuba também, ela é gente boa, eu conversei com a Caroço também, mas nem tanto quanto a Jujuba e a Marcy, a Cake ficou conversando com o Mono, não sei dizer, mas ta parecendo que esses dois nasceram pra ficar juntos, conversei com os meninos também, o Chiclete é um garoto bem inteligente, enquanto o Flame é mais na dele, mas mesmo assim ele conversava.

Marcy- vocês viram o Marshall?- nossa, tinha me esquecido dele.

Jake- ele tinha dito que hoje ia comer em outro lugar.

Marcy- ata, só meu primo mesmo- fala inclinando a cabeça um pouco para trás, na mesma hora eu arregalei os olhos.

Fionna- perai, ele é seu primo?

Marcy- sim, você não sabia?

Fionna- não- bem que ela me lembrava alguém.

Marcy- pois é, moramos juntos desde de pequenos, e hoje eu cheguei atrasada por causa dele, ele acordou tarde, só não dei um cascudo nele porque não deu tempo- acabo rindo com seu comentário, onde será que o Marshall está? 

Depois de alguns minutos o intervalo acabou, fui para minha sala com a Marcy, agora era aula de artes, e a professora estava explicando a matéria.

Marcy- afe, não gosto de artes, não sei desenhar nem uma flor- fala bufando.

Fionna- calma Marcy, ela pediu pra fazer só figuras geométricas com sombra, até crianças de ensino fundamental faz.

Marcy- então se é assim vou lá pedir para eles fazerem para mim- lhe dou um pequeno tapa no seu braço e começamos a rir, essa Marcy tem resposta pra tudo, enquanto estava fazendo minha atividade, sinto estar sedo observada pela janela, olho para ela e não vejo nada, está sensação me encomoda um pouco.

Fionna- professora, posso ir ao banheiro?- pergunto levantando a mão. 

Professora- claro, mas não demore

Fionna- tá.

Marcy- o que foi Fi? Você ta bem?

Fionna- sim Marcy, é que só me deu vontade de usar o banheiro.

Marcy- ata, volta logo viu? Se não, não consigo fazer esse desenho sozinha.

Fionna- haha, pode deixar- saio da sala indo ao corredor, que estava completamente vazio, vou em direção ao banheiro, pego um pouco de água e jogo no meu rosto.

Fionna- ah, que refrescante, tava precisando mesmo- depois seco minhas mãos e saio do banheiro, mas acabo me trombando com alguém na saída.

Fionna- ah, cuidado- olho para cima e vejo que era o Marshall- M-Marshall?- ele está com um pouco de sangue na mão e no rosto, ele está me encarando, com um olhar quase sem vida. 

Marshall- F-Fio- de repente ele caí, mas só que em cima de mim, nós dois fomos pro chão.

Fionna- arg, M-Marshall, o que você tem, saí de cima de mim, Marshall? - eu pego em seu rosto, parece que ele desmaiou.

Fionna- Marshall??































Notas Finais


Então foi isso, esper que yenham gostado, e me desculpem pela demora, sério, eu estava sem nenhuma inspiraçao mesmo, mas obrigada por terem lido, até a próxima❤❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...