1. Spirit Fanfics >
  2. Desbotado >
  3. Não tenho nada a perder

História Desbotado - Capítulo 9


Escrita por:


Notas do Autor


Olá! No capítulo anterior, Jungkook entrou no site da Corp e como já era de se esperar ficou interessado, vamos ver no que isso vai dar?
Boa leitura..

Capítulo 9 - Não tenho nada a perder


Cogitei a hipótese de fazer uma visita ao local, já que tinha uma cede deles aqui bem no centro. Fui até lá conheci as instalações e fui me informar, sobre o que eles podiam fazer por mim, no entanto tive que marcar uma entrevista com um cirurgião que avaliaria meu caso, isso seria dentro de três longos dias. Neste período eu me mantive um pouco distante de Jimin e até do V que agora estava morando com Jhope. Eu só falei com meus pais da possibilidade, pois eram eles que iam pagar . Então não dava pra esconder, eles ficaram esperançosos, para mim voltar a ter uma vida normal sem dores ou analgésicos quase que diários seria muito bom. Passado os dias voltei a Corp com meus pais .

--Bom dia senhor e Senhora Jeon, Jungkook.  No que posso ser útil?

--Dr. Vimos que teve sucesso com paraplegia, e outros problemas até de nascença! Estamos empolgados com o que possa oferecer ao nosso filho.

--Trouxeram todos os exames já feito até hoje?

--Sim, está tudo aqui! 

--Vou analisar, cada um deles e provavelmente pedir mais. Então hoje quero um exame de sangue recente e por favor deixe me ver como estão as suas pernas. - fiquei só de cueca, meio sem jeito, mas eu queria mais do que tudo, voltar a correr, saltar,não ia deixar a vergonha me intimidar. Ele apertou alguns pontos, esticou as no limite,  isso foi bem doloroso, minhas pernas ficaram meio arqueadas depois do acidente, mesmo com fisioterapia não conseguia mantê -las 100% esticadas. Isso era frustrante...

--O que posso dizer a princípio a vocês é que tem chance sim, mas vamos fazer outros exames para ver a melhor maneira. - Ter esperança me fez acreditar que tudo ficaria bem e que eu poderia ser  quem eu era de novo...E fui pra facul, peguei o último tempo da aula de PJ. Só para vê lo. Assim que a aula encerrou eu fui atrás dele, que parou e me perguntou.

--Jeon, o que quer dessa vez?

--Só contar a novidade de que vou voltar a andar ! 

--Isso é realmente bom, Jungkook . Fico feliz que conseguiu.

-- Eu também, devo me afastar das aulas quando fizer a cirurgia com Dr. Turner.

--Dr. Turner? Da Corp? - A expressão de Jimin mudou de alegre para preocupado.

-- Sim, esse mesmo, por que?

-- Você quer mesmo saber?

-- Preciso! 

-- Provavelmente ele retirará seus ossos e substituirá por um encaixe ciborgue em toda extremidade afetada, você vai sentir uma dor infernal, até seu organismo se adaptar.  É isso mesmo que quer?

-- Eu suporto qualquer dor para ter minhas pernas funcionando outra vez!

-- Então vá em frente, boa sorte...- Jimin sabia que as consequências podiam ser a morte ou Jeon poderia perder toda sensibilidade da cintura pra baixo, ou ainda pior, Jeon poderia ficar como ele...Então foi até Romeu, que como sempre o vigiava do carro.

-- Você ainda me surpreende! Como sabia que eu estava nesse carro, se mudei ?

-- Não se faz de besta! Por que Jeon?!

-- Pra brincar com seu psicológico, talvez?

-- Você já tem o Taehyung e estão quase terminando Yoongi! Deixem Jungkook em paz!

--Tá com pena do aleijadinho? Pensa bem na potência que ele vai ter nas pernas quando foder você, depois que estiver concluído o procedimento! 

-- Ainda vou matar você por isso...

--Então nesse seu coraçãozinho podre nutre sentimentos pelo garoto?! Não acredito que o terrível Park Jimin se afeiçoou a alguém? Depois de JJ e D.O você não fez mais amigos e depois de Namjoon você nunca mais se deu ao luxo de amar ninguém!

-- Lave a boca antes de falar deles! Seu monte de merda! 

--Nem pense nisso Jimin,  se controle. Olhe a sua volta.  - Jimin percebeu que pequenas gotículas de água flutuavam ao seu redor e antes que as mesmas se juntassem e afogassem Romeu ali mesmo, ele as conteve, e seguiu para o ponto de ônibus, ajeitou  os óculos para disfarçar o tom azulado que seus olhos tomaram. Ao chegar em casa ele não tava se aguentando de raiva só tinha um jeito de aplacar aquilo, matando Romeu sem deixar rastros ou aliviando seu estresse num mergulho profundo nas águas do mar...Então viajou por quase  uma hora, para chegar a praia mais perto ele entrou no mar e ficou por lá por muito tempo...Jimin nasceu com má formação em alguns órgãos internos, o coração não era forte o bastante, só tinha pulmão esquerdo, um rim, a chance de sobrevivência era de no máximo 7 dias nos aparelhos, mas seu pai era dono de laboratórios de genética, mas que havia um certo geneticista que fazia esperimentos não autorizados ,ma com o consentimento de Park Jihon, pai de Jimin e antes que a medicina tradicional condenasse seu filho por completo ele roubou o menino do hospital e conseguiu reverter seu quadro de morte, mas com certeza o pequeno Jimin  nunca seria normal.  A partir daí fizeram outros experimentos e os fazem até hoje, Associado com tecnologia robótica e outras coisas mais...depois do mergulho Jimin, decidiu que iria sumir de novo! Porém mudou de idéia ao avistar seu pai encostado em seu carro esperando até que ele saísse da água.  



Notas Finais


É aí continuo?

Sigo de volta favorita que favorito! Bjs fui..


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...