História Desbotado (Yoonkook) - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Tags Bts, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Kookie, Nanjoom, Suga, Vhope, Yoongi, Yoonkook
Visualizações 30
Palavras 1.250
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Festa, LGBT, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura ❤

Capítulo 6 - Capítulo 6


A madrugada fria era acompanhada da quietude e do silêncio das ruas. Jungkook e Yoongi sentiam seus pés gelar ao pisar no asfalto, ambos decidiram por tirar os sapatos, nem sabiam ao certo o porquê, talvez fosse apenas pelo simples prazer de se sentirem mais livres.

Com os sapatos nas mãos, os dois caminhavam de volta para o hotel um pouco cambaleantes, resultado da garrafa que fora furtada de Jimin e das muitas outras antes dela.

- Fico feliz de termos saído daquele carro, estava ficando enjoado. - Afirmou Jungkook olhando para trás e vendo os carros dos amigos se distanciando. V e Namjoon voltavam para o ponto de partida da corrida novamente, para a última e prometida partida. - Acha que essa vai ser a última mesmo?

- Até parece-e que… - Yoongi se enrolava um pouco para falar. - que, que não conhece aqueles dois, vão continuar de revanche em revanche até se esquecerem quanto tá o placar.

As risadas deles ecoavam pelas ruas desertas até se perderem ao longe. Nenhum carro ou pessoa passavam por ali, estavam completamente sozinhos naquela cidade adormecida.

- Tem razão… nenhum dos dois é propenso a aceitar a derrota. - Jungkook se desequilibrou enquanto falava, porém decidiu não se apoiar em Yoongi senão seriam dois levados ao chão, pois o amigo de certo não aguentaria ajudá-lo a se equilibrar.

Yoongi apenas abriu um largo sorriso ao ver Jungkook caído próximo à calçada.

- Você tá bem? - Perguntou ainda sorrindo.

- Tô. - Disse ao se levantar vagarosamente. - Eu acho.

- A primeira-a… queda após algumas garrafas a gente nunca se esquece… tem sorte de não ter sido na frente dos seus colegas de escola.

- Com você foi assim?

- Sim, e eu adoraria poder apagar aquela noite na minha cabeça. E aquelas pessoas também.

- Foi tão ruim assim?

- O pior semestre da minha vida. Por sorte foi o do meu último ano, eu detestava aqueles idiotas.

- Eles implicavam com você?

Yoongi sorriu sutilmente para o moreno.

-Isso não tem importância mais.

Yoongi seguiu na frente, Jungkook foi logo depois.

- Olha aquilo Kookie. - Exclamou Yoongi apontando para frente e correndo.

Jungkook olhou e logo avistou que se tratava de uma pequena praça que continha no centro dela três balanços coloridos. Ele não correu como Yoongi havia feito, se sentia tonto para fazer qualquer movimento além de andar.

Jungkook não era muito tolerante a bebida, por isso era o que menos bebia do grupo, porém naquela noite ele havia extrapolado todos seus limites quanto à  ingerir álcool.

Quando ele chegou no centro da praça Yoongi já se balança em um dos balanços.

- Vamos Yoongi, eu quero chegar logo no hotel. - Pediu Jungkook, ele sentia suas pernas doerem simplesmente por estar de pé.

- Não seja um estraga prazeres Kookie, senta aí.

De olhos fechados e curvando o corpo para trás, Yoongi se balançava como uma criança que pouco queria ir embora. Jungkook decidiu se dá por vencido e sentar no balanço, mas não se balançou, apenas observou Yoongi, os cabelos dele se embaralhando com o vento, sorriu ao ver aquela cena tão sutil.

Sentia seu coração palpitar mais rápido ao se imaginar falando para Yoongi tudo que sentia em relação à ele. Haviam se beijado, não era possível que aquilo que sentiu, toda aquela necessidade de sentir os lábios um do outro teria sido só de sua parte. Havia sentimento, por mais que houvessem afirmado que era um beijo como outro qualquer.

Jungkook saiu de seus pensamentos ao levar um breve susto quando viu Yoongi saltar pra frente e se jogar no chão, ficando deitado por ali mesmo sorrindo.

- Você me assustou… seu idiota. - Recrimou indo até ele. - Pensei que tivesse caído.

- Eu queria voar.

- Mais um pouco e você com certeza voaria pra algum lugar, mas não nessa vida.

- Não exagera.

- Vem, vamos voltar pro hotel.

Jungkook o ajudou a se levantar e com um braço na cintura dele os dois seguiram para o hotel. Chegaram na recepção caindo, por sorte não havia ninguém além do porteiro para presenciar aquela cena.

- Yoongi você pelo menos devia tentar me ajudar um pouquinho… - Dizia Jungkook aos risos, pois o amigo não estava tentando nem um pouco ficar de pé.

Quando entraram no elevador o moreno apoiou Yoongi na parede.

- Parece que sua energia chegou à zero não é mesmo? - Brincou ao ver que Yoongi começava a ter dificuldade de manter os olhos abertos.

Jungkook ainda o segurava pela cintura enquanto estava concentrado olhando para os números do elevador, estavam quase chegando no andar quando Yoongi puxou seu rosto para olhá-lo.

- Eu-u amo você sabi-a? - Declarou e Jungkook apenas sorriu. - Muito. Pra sempre.

- Você deve está mesmo bêbado demais não é?

Yoongi não teve tempo de formular uma resposta para ele, pois o moreno o puxou para fora do elevador quando chegaram no andar de seus quartos. Jungkook guiou Yoongi até o quarto dele, depois o jogou na cama, o movimento o fez cair nela também, não estava em seu total equilíbrio e Yoongi não ajudava sem um pouco.

Quando tentou se levantar da cama Yoongi o segurou pela mão.

- Fica. - Pediu com a voz calma e sonolenta.

- Você tem que dormir e eu também. A gente tem gravação amanhã.

- Dorme comigo?

Aquele pedido fez Jungkook perder o fôlego e qualquer palavra que poderia dizer naquele momento.

- É melhor eu ir pro meu quarto. - Declarou por fim, mas a mão de Yoongi continuava segurando a sua impedindo qualquer tentativa de sair dali.

- Eu não quero ficar sozinho.

Talvez fosse por aqueles olhos brilhantes que tanto o encantava, talvez pela fragilidade na voz de Yoongi ao implorar pra não ficar sozinho aquela noite ou talvez pelo simples fato de que queria ficar, queria saber a sensação de estar tão próximo à ele enquanto adormeciam um do lado do outro. Jungkook aceitou.

Yoongi se afastou e deu espaço para o moreno se deitar, ambos deitados de lado encarando um ao outro.

- É verdade. - Afirmou Yoongi após um longo minuto de silêncio entre os dois.

- O quê?

- Que eu amo você. - Declarou um pouco antes do cansaço o vencer.

Yoongi fechou os olhos.

- Yoongi? - Chamou Jungkook, mas não obteve resposta, Yoongi havia pegado no sono.

Jungkook permaneceu de olhos abertos admirando o rosto adormecido de Yoongi, tentando absorver o que ele acabará de lhe dizer. Yoongi disse que o amava, mas Jungkook não deixou que seus sentimentos pelo amigo lhe cegasse ou o fizesse pensar que o amor dele por si fosse diferente do que o que ele sentia pelos demais amigos. Alguns minutos depois foi a vez de Jungkook deixar que seu cansaço vencesse.


Ao amanhecer Jungkook sentiu uma mão balançar seu ombro acompanhada de uma voz que chamava por seu nome. Resmungou algumas palavras e se virou para o lado tentando dormir.

- Acorda Kookie. - Era Namjoon que tentava acordá-lo. - Acorda, por favor.

- O que foi Namjoon. - Perguntou Jungkook esfregando as mãos nos olhos ao se sentar na cama bocejando. - Já é hora de gravar? Que horas são?

- Não, ainda é cedo pra irmos gravar.

Jungkook imitiu um som de desegrado quando notou que ainda estava com as roupas que usou na festa.

- Eu to fedendo a bebida.

- Está mesmo.

Sem ainda conseguir abrir direito os olhos ele tentava visualizar o rosto de Namjoon, mas sem sucesso. Olhou em volta e percebeu que não estava em seu quarto.

- O que eu tô fazendo no quarto do Yoongi?

- Boa pergunta, e tem muitas outras sem respostas e precisamos da sua ajuda. - Afirmou Nanjoom seriamente.

- O que aconteceu?

- Estamos com um problemão.


Notas Finais


Desculpa pela demora :/ tentarei postar os próximos capítulos com mais frequência. Bjsss e muito obrigado a quem acompanha ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...