História Descendants - Jikook - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Park Jimin (Jimin)
Tags Bts, Jikook, Jimin, Jungkook
Visualizações 77
Palavras 1.251
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Fluffy, Lemon, LGBT, Magia, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Bom, aqui estou eu denovo :3
Me desculpem se ficar pequeno, prometo que amanhã posto mais um!
Boa leitura <3

Capítulo 3 - Capítulo 2


Os olhos dos jovens vilões brilhavam enquanto o carro passava pela barreira da Ilha. Para eles, era impressionante como apenas um botãozinho abria o que em anos, ninguém conseguiu.

Hoseok roubava alguns doces que haviam pelas gavetas do banco de trás, e Taehyung só sabia rir das bochechas cheias de gulouseimas do mais velho. Enquanto os dois se divertiam durante a viajem, Jimin estava planejando uma de suas primeiras brincadeiras para aprontar no reino. Seu peito se enchia de adrenalina só de pensar que usaria feitiços e uma ansiedade enorme o preenhchia.

Park Jimin nunca foi fácil. Aprendeu a trapacear antes mesmo de aprender a falar e andar. Sua mãe foi uma ótima professora nas traquenagens, ensinou tudo que o pequeno sabe, e hoje faz muito bem.

O moreno percebeu que estavam quase chegando pela vista de algumas bandeiras do reino. Ele não aguentava mais esperar pelo que estava por vir.

O carro parou, e sons de bandas marciais foram ouvidos pelos meninos. Eles não entendiam o porquê disso, nunca foram esperados dessa forma.

A porta foi aberta, e uma senhora baixinha foi vista erguendo a mão, para os ajudar a sair.

Educação.

Eles saíam lentamente, enquanto seus olhos rodeavam o grande palácio e as pessoas muito bem vestidas subindo as escadas, entrando para ter suas aulas. A banda continuava tocando, até um bater de palmas ser ouvido, o que indicava o fim da música.

- Bem vindos, novos alunos! Eu sou a Fada Madrinha. Creio que não devem estar entendendo muita coisa. - Pigarreou. - Bom, tudo será esclarecido em suas aulas. Após elas, vocês irão conhecer o príncipe Jungkook. Agora, Yoongi levará vocês aos seus quartos. - Deu um passo para o lado, mostrando um garoto, um pouco mais alto que ela.

E saiu andando, aparentemente ela devia ter seus compromissos. Junto, foram as bandas marciais e os porta-bandeiras. O garoto branco ficou os olhando, e parecia memorizar cada detalhe dos três garotos.

- Venham comigo, seus quartos ficam no segundo andar do dormitório da escola. - Os chamou com a mão e começou a andar. - Bom, eu não vou mostrar muito daqui, quem deve fazer isso é o Jugkook. Chegamos.

Eles pararam em um corredor onde haviam portas brancas com símbolos lilás. Aparentavam ser quartos, por haverem portas até demais. Jimin quase ficou tonto pela quantidade de cores claras. Sentia falta do preto nessas paredes. Talvez resolveria isso mais tarde.

- Vocês ficarão em um mesmo quarto, eles são bem grandes. - Se pronunciou, Yoongi. - Não se preocupem, tem sim três camas.

- Não fazemos questão. - Respondeu sério o moreno.

Yoongi ignorou totalmente o Park. Ele sabia que em diante seria assim, e ele também não é fácil. Pegou em seu bolso, as chaves do quarto dos três e entregou para Jimin.

- Gostei de você. - Sorriu de canto. - É aqui que eu vou partir. Se tiverem dúvida, o gostozão' irá encontrar vocês mais tarde. Bom é isso, foi um prazer conhecer vocês. - Piscou para Taehyung. - Sou Min Yoongi.

E assim, ele saiu, sumindo entre os corredores. Jimin abriu a porta e se assustou por suas malas já estarem lá dentro.

- Como eles...?

- Aqui é Auranoch, Jimin! - Gargalhou Hoseok, se jogando na cama. - A Fada Madrinha não reclamaria por eu faltar o primeiro dia de aula, não é?

- Sim, Hobi, ela reclamaria. - Respondeu Taehyung, abrindo o guarda - roupas e se encantando com as peças maravilhosas e chiques que haviam ali dentro.

Jimin deitou - se, já sabendo que teria de contar para seus amigos sobre o plano de sua mãe. Respirou bem fundo e limpou sua garganta.

- Ela quer que a gente apronte. - Riu pelos rostos confusos de seus amigos. - Minha mãe. Ela quer que nós façamos bagunça aqui e que usemos feitiços. Ela até me deu o livro dela! - Bufou.

- Então vamos fazer, oras! Somos vilões Jimin. É tudo que sempre sonhamos. - Disse Hoseok, se levantando.

- Tudo bem! Iremos fazer sem hesitar!

-X-

O sino já tocava, indicando que a aula já havia acabado. E que aula! Essa com certeza, foi a pior matéria que esses jovens vilões tiveram em todas as suas vidas. Aula de Bondade era a mais entediante e muito sem graça.

- Ah Jiminnie, eu não aguento mais! Ainda bem que acabou... - Se encostou no ombro do menor.

- Eu concordo com o Tae, só não sei como você acertou todas as questões! Até parece que é bonzinho - Disse rindo, o ruivo.

- É só escolher a opção que não é divertido - Revirou os olhos.

Jimin não gostava nada da idéia de ter que estudar Bondade, mas precisava continuar em Auranoch. Estava de saco cheio de ter que pedir perdão sempre que esbarrava em alguém, ou ver essas coisas claras.

- Vamos logo! Temos que encontrar o tal príncipe Jungk-

- Me procurando?

Nada nunca assustava o Park, mas aquilo o pegou de jeito e o assustou sim. Estava irritado, ninguém nunca o assustou. Se virou para o mais alto, que estava com um sorriso largo no rosto.

- Você é o príncipe? Você? - Fitou Jungkook dos pés a cabeça.

- Sim, Park Jimin. - Convencido, ele pega a mão do menor, deixando um pequeno e rápido selar na mesma.

Já fora de si, Jimin puxa sua mão fortemente. Ele odiava intimidades assim, e achava esse principezinho muito abusado. Quanto a seus amigos, só sabiam olhar e rir da cara de bravo do menor.

- Vai nos mostrar a escola, ou não? - Pergunto entediado.

- Ah claro, vamos começar. - Desperta de seus desvaneios e começa a andar em direção ao pátio e quadra. - Bom, como estão vendo, aqui é o pátio de lazer e mais para frente é onde podem lanchar, ou sentar em algumas mesas para descansar ou conversar. -

Mais algumas horas andando, e conhecendo o palácio da escola, os jovens vilões já estavam entediados. Pensavam que seria só uma voltinha, mas o príncipe fez questão de contar detalhadamente tudo.

- Bunny! Ah achei você! - Uma voz fina se fez presente e Jungkook revirou os olhos. - O que está fazendo? Oh, está mostrando a escola para os monstrinhos novos?

Jimin bufou, e por pouco não partia pra cima daquela garota. Aquela voz conseguia o enjoar muito mais que as paredes daquela escola.

Agradeceu por Taehyung o segurar, não saberia do que seria capaz. Ele não sabia quem era, e muito menos qual o grau de intimidade com o príncipe Jungkook. Só queria acabar com aquele rostinho artificial.

- Jiwon, agora não é uma boa hora, e aliás, eu pedi para que fosse experimentar o vestido. Vai logo, antes que eu mude de ideia! - Jungkook disse, massageando as têmporas. A garota saiu de lá de cabeça baixa, mas nada acabava com sua alegria.

Essa garota sempre foi um pé no saco para Jugkook. Ela vivia se esfregando em si e dizendo que estavam comprometidos um para o outro pelo destino. Ele teve que fazer a vontade dela e levá - lá para a coroação. Se não fosse isso, ela não largaria do seu pé.

- É sua namorada, Bunny? - Perguntou Jimin, zombando do mais alto.

- Não!!! Quer dizer...não, claro que não. É apenas uma menina que eu convidei para a minha coroação. Eu não podia ir sozinho, então ela me veio em mente.

Jimin afirmou, mas logo percebendo que estava ficando escuro. Ele precisava descansar para poder aprontar no próximo dia, bem cedo.

- Já vamos indo Bunny-bu, precisamos descansar. - Saiu sorrindo de lado.

Amanhã seria um longo dia...


Notas Finais


É isso. Até amanhã sz
Eu tô muito feliz por ter gente que está gostando de "Descendants"
xoxoxoxo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...