História Descendants School - Capítulo 12


Escrita por:

Postado
Categorias Descendentes, High School Musical
Personagens Carlos de Vil, Evie, Jay, Mal, Príncipe Ben
Tags Easthigh, Longliveevil, Musical
Visualizações 104
Palavras 1.427
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Crossover, Famí­lia, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Mil perdões por demorar a postar
Feliz ano novo pq dizem q dps do carnaval q começa o ano!
OBRIGADA PELOS FAVSSS AAA TO FELIZ
Enjoy!

Capítulo 12 - Headshot


- O que ela faz aqui -repeti a pergunta vendo a mesma fingir se encolher ao lado da minha mãe. Mamãe apenas me fuzilou pelo olhar mais me mantive intacta cruzando meus braços ainda fuzilando Uma.

- Querida, assim que vai tratar sua visita?  -Minha mãe abraçou Uma de lado me fazendo bufar por a mesma sorrir fingindo inocência. – Esqueceu que a convidou...

- Eu não a convidei -a interrompi engolindo em seco pelo outro olhar fuzilante de mamãe. – Ela se convidou.

- Esse quarto tem espaço enorme, então ela fica! -disse mamãe por fim e trocou um olhar com Evie que ela entendeu antes de sair.

- Sua casa é legal -se pronunciou Uma de uma forma meiga, revirei os olhos me sentando na beira da cama.

- Não deve ser tão ruim ter mais uma aqui, não é M? -falou Evie se sentando ao meu lado acariciando meus cabelos, mas eu continuava emburrada. – Sem essa carinha e muito menos esse bico.

Desmanchei e forcei um sorriso não tão convincente, Evie apenas fez uma careta que me fez rir de verdade. Voltamos a conversar, mas Uma ficava calada até tentava interagir.

- E se a gente jogasse um jogo -optou Jane já pegando qualquer jogo de tabuleiro. As meninas já estavam se animando com a ideia, mas eu estava farta daqueles jogos.

- Queria algo diferente -murmurei pensativa. – Algo mais podre, já sei! Quebra de braço.

- Eca, isso é jogo para garotos! -reclamou Audrey fazendo uma careta.

- Bom, por mim eu topo! -fiz um high-Five com Lonnie enquanto Evie já arqueava a sobrancelha, fazia isso quando suspeitava que eu estava tramando algo.

- Parece ser divertido -falou Jane entusiasmada. Peguei uma cadeira virando o assento de frente para mim e me sentando colocando meu braço na mesinha das refeições que eu fazia as vezes em meu quarto, encarando Uma com um sorriso desafiador.

- Vamos começar por mim, eu desafio a Uma -apontei para a mesa mantendo meu braço na mesa esperando, a mesma começou a rir.

- Quer mesmo fazer isso? Tem raiva de mim por conta do Ben? -perguntou se apoiando na mesa e me encarando com um sorriso malicioso nos lábios.

- Não temos que colocar ele nisso -disse entre dentes a mesma voltou a rir como se só estivesse eu e ela ali.

- Pode parecer desnecessário mais, é tão mais divertido te provocar com ele -sussurrou apenas para eu ouvir e tive que me segurar para não estragar aquela noite. – O negócio é o seguinte...

- E voltamos para o passado -retruquei já me cansando de esperar. Ela apenas forçou um sorriso e se sentou estendendo o braço e segurando o meu.

- Se você ganhar, eu deixo você e o Benjamin em paz -agarrei a sua mão no mesmo instante. – Não vai querer saber o que eu vou querer?

- Nem nos seus piores sonhos -respondi na lata fazendo a mesma sorrir vitoriosa por me tirar da paciência. Começamos a fazer força para uma derrubar o braço da outra.

- Meninas isso é apenas para se divertir -se pronunciou Jane com receio da gente. Aproveitei o deslize dá Uma que pareceu voltar à tona levando sua maldade embora e venci a queda de braço.

- Espero que cumpra o que disse -sussurrei em seu ouvido sabendo que ali era real. A mesma apenas riu negando.

Ben POVs - no dia seguinte

Aproveitamos que era intervalo, fomos para quadra usando o tempo livre para jogar. Ficamos agrupados para separar os times.

- E ai como vai ser? -perguntou Carlos pela milésima vez fazendo uma discussão aumentar sobre quem iria liderar os times. Ouvimos um apito soar ganhando atenção dos demais e era apenas o Harry com seu cobaia, Gil.

- O negocio será o seguinte, meu time contra o time de vocês -ele apontou para mim, carlos e jay. Troquei um olhar rápido com os meninos e demos ombros, mas eu não conseguia encarar ele sem o fuzilar.

O time foi separado, era 5 contra 5. no meu time era: Jay, Carlos, Doug, Encantado e Eu, já no do Harry era: Ele, Gil, Zeke, Gaston e Luke. O jogo começou, estava uma disputa nem por diversão e sim de decisão. Harry não deixava nenhum do seu time fazer cesta, apenas ele e toda vez que ele fazia me encarava com um risinho vitorioso. Estava pronto para receber um passe, mas Harry se interviu no meio dando um salto e me acertando com o cotovelo. Cai no chão vendo tudo ficar preto e sentir minha cabeça doer ao tocar o chão e aí não lembro de mais nada.

Harry POVs

Confesso que Benny bobo desmaiar não estava nos meus planos, mas foi um bônus que me fez sorrir ao vê-lo no chão desacordado.

- Ben! Ben! -exclamou Carlos o chacoalhando que não reagia.

- Acorda aí, Cara -Jay foi ao socorro dele e o que me fez mais feliz ver todos ali preocupadinhos com o fracote.

- Ele não está reagindo -murmurou Carlos em tom de desespero. Jay levantou para me encarar ficando cara a cara comigo.

- O que você tem na cabeça em fazer isso? Ficou doido? -esbravejou Jay que estava pronto para partir pra cima.

- Eu não fiz nada, apenas defendi meu time -dei ombros sem tirar meu sorriso de canto o que deixou a duplinha mais irritada.

- Você fez isso de proposito e todo mundo viu -Doug se pronunciou e só o encarei o fazendo voltar a ter medo.

- Você pegou pesado -comentou Gil sem perceber e o encarei de canto o mesmo engoliu em seco saindo em passos rápidos. – Vou chamar alguém.

- Nariz dele está sangrando -disse Encantado antes de desmaiar por ver sangue mas os demais ainda ficaram socorrendo Benjamin.

Gil POVs

Corri o mais rápido para encontrar a diretora que só a encontrei conversando com Evie e Mal.

- Direto -indago tentando recuperar o folego. A mesma me encarou preocupada junto com as meninas. – Tem uma emergência, ah oi Mal e Evie.

- Oi -elas acenaram com um pequeno sorriso, mas curiosas com o que eu tinha a dizer.

- E qual é a emergência? Algo grave? -perguntou a diretora aflita, confesso que havia esquecido o que era a emergência.

- Ah emergência? -pensei um pouco tentando recordar até ver o armário da Mal aberto e nela uma foto do Ben, apontei para o Ben e encarei a diretora. – Ele está caído no chão da quadra desacordado.

- Meu Deus! -exclamou Evie e Mal saindo correndo até lá junto com a diretora me deixando ali.

- É uma historia engraçada, que Harry bateu o cotovelo no Ben e -notei que estava falando sozinho como sempre. – Ei! Espere por mim.

Evie POVs

Fomos correndo para quadra e encontramos os meninos brigando.

- O que está acontecendo aqui? Parem já com isso -exclamou a diretora no mesmo instante os meninos pararam de brigar.

- Ben -murmurou Mal indo até ele que estava desacordado com o nariz sangrando me fez desesperar por vê-lo assim encarei os meninos sentindo um ódio me consumir por fizerem isso com ele.

- Quem fez isso com ele? -esbravejei fazendo os demais terem medo e saírem de perto do Harry, minha vontade era de acabar com aquele sorrisinho debochado dele.

- Foi sem querer -indagou fazendo se de inocente para sua mãe mais fez gesto com a boca sem som dizendo ‘’querendo’’.

- Diretora, seu filho derrubou Ben de propósito! -se pronunciou Jay enquanto fui até meu irmão.

- É verdade diretora, todos nós vimos -completou Carlos cruzando os braços e os demais assentiram.

- Agora vão ser todos contra mim? -me referi aos meus colegas de time. – Não tenho culpa se ele é fraco.

- Repete se eu não arrebento sua cara -disse Jay partindo para cima, mas os meninos o seguraram.

- Já chega! -disse a diretora por fim. Ouvi um resmungo, olhamos para Ben e o mesmo estava acordando. – Ele acordou.

- Ben! -eu e mal dissemos em uníssimo enquanto os meninos ajudavam ele a levantar. O mesmo parecia fraco que tentou partir para cima de Harry.

- Vou acabar com você -disse cambaleando, mas Mal o segurou junto comigo.

- Não vale a pena -sussurrei o encarando de cima a baixo com desdém o mesmo riu do meu irmão.

- Ele não pode, mas, a gente pode! -Jay fez um sinal e levamos Ben para sentar enquanto os meninos foram para suas posições, a diretora ficou calada e se sentou ao nosso lado.


Notas Finais


O que será que vai acontecer?
Continuaa...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...