História Descendentes - DC's Comics - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias The Flash
Personagens Barry Allen (Flash), Cisco Ramon (Vibro), Iris West, Personagens Originais, Wally West (Kid Flash)
Visualizações 21
Palavras 536
Terminada Não
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 1 - Piloto


Ah, oi! Meu nome é Mathew West-Allen, eu tenho quinze anos e sou filho do homem mais rápido do mundo, para o mundo lá fora eu sou um adolescente comum, mas secretamente eu continuo sendo um adolescente comum.

Pois é, eu não dei a sorte grande de poder correr na velocidade da luz ou de poder arremessar raios. Pra simplificar, eu não tenho poder algum.

Diferente de mim, meus melhores amigos herdaram habilidades de seus pais. Ah, esqueci de falar sobre eles, bem, tem o Ethan por exemplo, (filho do tio Cisco e da Dipsy) tem seus poderes de vibração, mas para meu alívio momentâneo ele tem o mesmo problema do pai para controlar os poderes. Fora ele tem também a Cassandra, chamada por todo mundo de Cassie, filha do tio Wally (atual Flash), por sinal ela tem tudo o que é necessário para ser uma excelente velocista, (claro ela é filha do segundo mais rápido velocista que existe) mas por ser insegura ela nunca teve um bom desempenho.

Nossos pais fizeram um programa de treinamento para garantir a geração futura de heróis, e por isso todos os dias meus amigos treinam nos laboratórios S.T.A.R. enquanto eu os vejo se divertindo.

Basicamente, eu sou o único “humano” dos meus amigos, todos os dias eles me dizem que um dia eu posso dar a grande sorte de ganhar meus poderes, mas eu sei que isso não vai acontecer, a Dra. Snow já fez milhares de testes em mim e nunca encontrou traços de matéria escura no meu DNA. Então eu tenho que me contentar com quem eu sou e seguir em frente.

Hoje meu pai pediu pra conversar comigo, eu não fazia a menor ideia do que ele iria me dizer, até porque ele parecia muito sério quando disse isso, o que não é muito natural da parte dele.

Residência West-Allen – 14:22 / 17 de Outubro de 2041

Chegando no quarto estava lá meu pai me esperando sentado numa cadeira, ele pediu para mim sentar também e então começou a falar:

Barry: Filho, eu sei que é muito frustrante ver seus amigos treinando todos os dias, aprimorando suas habilidades e etc. Mas isso não é para sempre, eu sei que já ouviu de todos que um dia você irá ganhar seus poderes, mas eu quero enfatizar isso, não como um pretexto vão, mas porque eu sei que o seu poder está adormecido, acredite porque já aconteceu comigo. Eu só te peço que aguarde, um dia chegará o momento em que você irá receber essa dádiva, e esse dia pode chegar como um flash.

Mathew: Valeu pai. – Foi o que eu disse depois de dar um forte abraço no meu pai.

Eu me senti muito melhor naquele momento, foi tudo o que eu precisava ouvir, sabe. No mesmo momento em que eu me senti aliviado aos montes eu também me enchi de esperança e tinha convicção que o dia chegaria, poxa, eu sou o filho do Flash, eu sou o futuro, está no meu sangue a coragem e bravura de um velocista.

Me aguarde Central City, pois um novo velocista está por vir, porque meu nome é Mathew West-Allen e eu serei o garoto mais rápido do mundo.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...