1. Spirit Fanfics >
  2. Descendentes Shippuden >
  3. Corpos trocados.

História Descendentes Shippuden - Capítulo 44


Escrita por: Gabie_No_Sabaku

Notas do Autor


Oi pessoas e varinhas mágicas👉💫👈
Turu bom com vocês? Eu espero que sim❤
Capítulo Novo para vocês e desculpa a demora.

Capítulo 44 - Corpos trocados.


Fanfic / Fanfiction Descendentes Shippuden - Capítulo 44 - Corpos trocados.

No final do capitulo anterior.

 

O Centro de Konoha estava cercado por raízes de árvores e pessoas que haviam sido petrificados, era horrível de se ver. Em um estabelecimento específico, estava por algum motivo cercado de rãs e sapos, dentro dele parecia ter vários sapatinhos de cristais…

 

No capitulo de hoje.

                  Konoha
                                  *

                       *

                       *
 Já fazia aproximadamente uma hora desde que Kankuro é Gaara saíram a procura de suas amadas namoradas, Ino e Yumi, bom eles já estavam de saco cheio com a situação, droga! Quem poderia ter feito uma coisa dessas com Konoha? Essa era uma das várias perguntas sem respostas que eles tinham.
 Os dois filhos de Jafar, já tinham vasculhado cada canto do centro de Konoha, só faltava um lugar o restaurante da família de Yumi o "Tiana Place" esse era o único lugar que faltava, para ser bem sincera eles não tinham muitas esperanças de conseguirem achar algo…

 

-Será que vamos achar algo aqui? - Perguntou Gaara para o mais velho. - Já olhamos cada canto desse lugar, e não encontramos nada. - Continuou o mesmo.

-Para ser sincero… - Começou Kankuro a falar dando um suspiro. - Não, tenho quase certeza que não iremos encontrar nada aqui, mas oque custa procurar? - Continuou o mesmo dando um leve sorriso.

 

Os dois ao chegarem ao restaurante e se deparam com várias rãs cercando o local.

 

-Aqui tem coisa, nunca vi esse lugar cheia de rãs. - Falou Kankuro, olhando para aquilo.

-Vamos entrar! - Diz Gaara determinado, ali tinha algo e ele queria muito descobrir oque era.

 

Ao entrarem no local, eles ficaram mais chocados tinha vários e vários sapatinhos de cristais, aquilo estava estranho demais! 

 

-Nossa, então esse é o tão famoso sapatinho de cristal da Cinderela, se a professora Tremaine estivesse aqui, ela estaria doida de alegria. - Fala Kankuro enquanto pegava um dos sapatinhos que estavam no chão.

-Isso ta muito estranho Kankuro, tome cuidado, não sabemos oque podemos encontrar aqui. - Diz Gaara, que não conseguia parar de olhar para tudo aquilo.

-Digo mesmo. - Falou o moreno.

 

Eles continuaram vasculhando o lugar, mas só encontravam sapatos de cristal e rãs, os dois filhos de Jafar já estavam prestes a ir embora, quando de repente! Eles escutam uma pessoa gritando!

 

-SOCORRO! ALGUÉM NOS TIREM DAQUI! - Gritou a pessoa, que estava desesperada.

-Você ouviu isso? Ou eu tô focando doido? - Perguntou Kankuro, olhando para o ruivo em sua frente.

-Ouvi sim, tá vindo dos fundos. - Respondeu Gaara, já indo em direção aos gritos junto de seu irmão.

 

Os dois então foram aos fundos do local, já que os gritos estava vindo de lá, até que eles pararam em frente a uma porta.

 

-Tem alguém aí? - Perguntou Kankuro.

-KANKURO É VOCÊ? POR FAVOR, NOS TIREM DAQUI! - Implorou a pessoa atrás da porta.

-Yumi?! Calma que eu já vou tirar você daí! - Fala Kankuro com alívio, ele finalmente encontrou sua amada.

-SE O KANKURO ESTÁ AQUI… SIGNIFICA QUE O GAARA TAMBÉM ESTÁ! GAARA SOU INO! - Diz Ino animada.

-Ino… Kankuro abre logo essa porta! - Mandou o ruivo.

-Calma! - Retrucou Kankuro, que começou a andar alguns passos. - Vocês duas se afastem um pouco da porta.

 

O mesmo correu em direção a porta e com o próprio corpo, bateu nela e conseguiu a abrir-lá.

 

-Gaara! - Fala Ino correndo até o seu namorado o abraçando.

-Yumi? Oque você está fazendo? - Perguntou Gaara sem entender o motivo de Yumi o abraçando.

-Eu também gostaria de saber. - Diz Kankuro, sim, ele estava com ciúmes.

-Não precisa ter ciúmes Kankuro, eu sou a Yumi. - Falou Ino, olhando para o mesmo.

-Como assim? - Perguntou Gaara. 

-Longa história, mas resumindo, nos duas acordamos aqui com os corpos trocados. - Falou Yumi que, na verdade, era a Ino.

-Isso. - Concordou Ino que, na verdade, era Yumi.

-Nossa… - Falou Kankuro, sem acreditar nisso. - Estamos lidando com uma força bem maior doque podemos imaginar. - Concluiu o mesmo.

-Pera… aconteceu mais coisas, além disso? - Perguntou Yumi preocupada.

-Sim, todas as pessoas de Konoha foram petrificadas, e até o momento estamos sem sinal da Sakura ou de quem está por trás disso tudo. - Gaara começou a conta os últimos ocorridos. - Sem contar o fato da Tsunade ter sido transformada em um rato, e a Hinata, Neji e Shikamaru terem sido colocados para dormi, mas isso já resolvemos.

-Minha nossa! Quem teria coragem de fazer uma coisa dessas?! - Diz Ino sem acreditar no que o ruivo havia contado.

-Depois disso que você contou, acho melhor irmos para um lugar mais seguro. - Avisou Yumi.

-Vem, vamos para nossa casa. - Diz Kankuro pegando na mão de Ino, quer dizer Yumi!

 

(Quebra de tempo)

 

Um tempo depois, Kankuro, Gaara, Ino e Yumi, haviam chegado em casa, eles estavam pensando de como iriam explicar aquela situação para os outros, como Shikamaru sempre fala, que problemático!

 

-Chegamos! - Avisou Gaara, entrando na casa, junto dos outros.

-Encontraram elas? - Perguntou Tenten indo ao encontro deles.

-Olá! -  Comprimentou Ino e Yumi, que estavam atrás de Gaara e Kankuro.

-Yumi! - Falou Tenten animada, abraçando a amiga, e logo depois indo abraçar Ino. - Vocês estão? Oque aconteceu? 

-Sim estamos bem, mas temos um pequeno problema. - Diz Yumi.

-Que tipo de problema? - Perguntou Tsunade que estava no ombro de Sasuke.

-Estamos com os corpos trocados! - Falou Ino de uma vez.

-Como assim? - Perguntou Sasuke.

-Ino, na verdade é a Yumi e a Yumi é, na verdade a Ino. - Explicou Kankuro.

-Me explique essa história direito. - Mandou Tsunade.

 

É assim foi o resto da tarde, eles ficaram falando dos acontecimentos do dia e bom… eles teriam que ter mais cuidado ainda, já que dois deles estavam feridos por causa daquela fera. Infelizmente Tsunade não pode ajudar Yumi e Ino em relação aos corpos trocados, bem provável que elas teriam que ficar assim até que tudo isso acabasse. Gaara e Kankuro foram até o quarto onde Temari estava descansando, ela não tinha nenhum risco de vida, mas teria que focar de repouso por pelo menos três a quatro dias.

 

-Oi… - Comprimentou os dois filhos de Jafar, enquanto entravam no quarto.

-Oi… - Comprimentou a loira de volta.

-Como você está? - Perguntou Gaara, olhando para a mais velha.

-Bem na medida do possível. - Diz Temari mentindo, ela não estava nada bem, sua ferida doía e ela  estava toda dolorida. 

-Tenten, Sasuke e Naruto nos explicaram o ocorrido. - Falou Kankuro, ele sabia que ela estava mentindo, ela era orgulhosa demais para admitir que não estava bem.

-E vocês? Pelo visto acharam elas, ouvi a voz das duas. - Falou Temari mudando de assunto.

-Sim, encontramos elas. - Falou Gaara.

-Precisaram usar o amuleto, em algum momento? - Perguntou Temari.

-Não. - Respondeu Kankuro.

-Ainda bem, eu tava com receio de vocês acabarem esquecendo tudo que eu disse é acabarem não conseguindo usá-lo. - Fala Temari dando um leve sorriso de lado.

 

Eles passaram quase duas horas conversando, oque os surpreendeu, fazia bastante tempo que eles não tinham uma conversa sem brigas.

 

(Quebra de tempo)

 

De noite Shikamaru resolveu ir até o quarto onde Temari estava, depois do beijo que o fez acordar eles não haviam conversado sobre aquilo, e ele não esperaria que ela tomasse a iniciativa.

 

Toc toc

 

-Entre. 

-Oi… - Falou Shikamaru meio baixo. - Precisamos conversar.

-Eu já devia ter adivinhado. - Falou Temari, ela sabia que mais cedo ou mais tarde eles teriam que conversar.

-Olha, eu sei que se fosse por você, a gente nem teria essa conversa, mas mesmo assim nós tem que deixa as coisas claras um para o outro, principalmente depois do beijo. - Falou Shikamaru claro. - Bom eu vou te falar a real, eu gosto de você mais doque uma amiga ou ficante! É se fosse por mim a gente já estaria em um relacionamento sério, mas eu sei que as coisas são complicadas para você é principalmente agora que as coisas estão complicadas, eu nem deveria está pensando nisso, mas estou, então por favor me fale, oque você sente por mim? - Diz o mesmo, sendo sincero.

 

 

 

 

 

 

Continua...

 

 

 

 

 

 

 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...