História Descobertas - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Romance Lgbtq+
Visualizações 4
Palavras 1.138
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: LGBT, Romance e Novela
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


O amor pode estar na pessoa que você menos imagina, então abra o coração pro tanto esperando amor entrar

Capítulo 3 - Conquista


Fanfic / Fanfiction Descobertas - Capítulo 3 - Conquista

 No dia seguinte se repetiu a mesma rotina anterior, Jonna acordou com o despertador tocando e com seu pai patendo na parto para levá-lo até a escola. Então ele levantou, tomou café, foi ao banheiro, escoveu os dentes e rapidamente foi para o carro. No caminho até a escola Jonna vê Miles através do vidro do passageiro, ele estava com cara de abatido então Jonna pediu para seu pai para o carro, e foi ver o que tinha acontecido 

- Pai, o senhor pode por favor, para o carro aqui, quero ver o que aconteceu com o meu "amigo. Eu vou com ele até a escola 

- Claro filho, mas é pra ir, não quero que você pegue a mania de matar aula.

- Ok pai! Pode deixar eu vou ir sim.

Então Jonna caminhou até Miles é perguntou.

- Oi Miles, o que houve? Porque você está chorando tanto?

- Oi Jonna, meu pai, ontem quando cheguei em casa, durante o jantar contei aos meus pais sobre eu ser Bissexual. Logo em seguida meu pai começou a gritar comigo, me chamando de aberração e me expulsou de casa sem ao menos poder dizer tchau para a minha mãe!.

- Sei como é, só que lá em casa foi diferente, minha mãe que surtou e saiu da sala de jantar gritando comigo, por causa que eu também me assumi Bissexual.

Então Jonna fez com que Miles, enxugasse as lágrimas de seu rosto, e os dois foram para a escola. Ao chegar na escola foi todo aquele clima tenso na entrada, pois grande parte de seus colegas da escola eram seus vizinhos e tinha ouvido seu aí gritando com ele pelo fato de sua orientação sexual, os garotos, logo poderiam perceber que em cada canto da escola tinha uma conversinha sobre eles. Até que Miles ouviu a seguinte conversa

- Ainda bem que o pai dele o expulsou de casa, imagina se vai visita na casa dele e da filho, está com o "namorado" Jonna, se pegando no quarto, pensa que vergonha ele iria passar.

Miles ouvindo aquilo, correu para o banheiro e Jonna sem entender correu atrás dele, Miles não conseguia parar de chorar e pensar na sua vida dali para frente, até que Jonna teve a seguinte ideia

- Miles, porque você não vem morar em casa comigo? Eu falo para os meus pais que você é um amigo que não tem onde morar, pois acabou de sair de um orfanato.

- Jonna, você tem certeza disso? O que seus pai vão pensar, ainda mais a sua mãe que não te aceita, se ela descobrir que sou Bissexual também, vai me chutar da sua casa

- Nós vamos dar um jeito Miles, confia em mim, quando chegar lá, eu digo que você é Heterossexual, meu pai vai entender sua condição.

Passando as horas, Miles decide ir até a casa de Jonna, até aí tudo bem, mas as coisas  complicaram quando eles chegaram lá. (Jonna aos gritos) Mãe, Pai, trouxe um amigo pra passar uns dias aqui, ok? Os pais de Jonna foram correndo para a sala, pois queríam saber porque Miles estava lá, e qria passar uns dias, mas Jonas não sabia o que dizer para ele então a mãe dele logo diz

- Jonna o que se garoto está fazendo aqui? E por que ele quer passar uns dias aqui em nossa casa? 

Jonna com cara de medo, respira fundo e diz.

- Mãe ele não tem onde ficar, pois acabou de sair do orfanato e não tem família e nen parentes, então eu me padeci da situação dele e resolvi ajudar. Então nós podemos ajudá-lo?

Os pais de Jonna, ficam pensando alguns minutos sobre a história é decidem deixá-lo ficar em sua casa mas com as seguintes regras.

1- Dormir antes das 22:00

2- Arrumar a cama 

3- Não deixar roupas espalhadas pela casa e nem no banheiro

4- Ajudar a preparar o café

5- Ajudar a limpar a casa 

- Eu sei que não é uma tarefa fácil, mas vamos ter que fazer isso em quanto a empregada está de ferias (mãe)

- Ok senhora! Vou fazer o máximo possível para cumprir todas as regras de sua casa. (Miles)

Depois de toda a conversa para que Miles entendesse tudas as tarefas, Jonna resolve levá-lo até o quarto em que ele vai dormir

- Miles vamos lá para cima, vou mostrar o lugar onde você ira passar essa noite, Ok?

- Claro Jonna, vamos sim!

Os garotos então sobem para o quarto, Miles fica empressionado com o tamanho da casa de Jonna, até que finalmente Jonna mostra seu quarto para Miles, com a intenção de demonstrar algum interesse no garoto, e continua dizendo

- Miles, esse é o meu quarto, quando quiser pode dormir aqui junto comigo, não vai ter problema algum dividir o quarto com você, mas se não quiser eu entendo.

Miles não sabia o que responder, então ficou vermelho e em silêncio por alguns segundos, porém susurra no ouvido de Jonna

- Eu adoraria dormir aqui com você, mas em troca de te fazer companhia, eu quero ter uma noite especial com você

- Você tem certeza disso? Não quero forçar a barra, ainda mas porque acabamos de nos conhecer, então é estranho ter uma noite com algum que você não conhece direito (Jonna)

- Olha, vou te dizer a verdade, quando ouvi aqueles garotos brigando com você no banheiro, eu queria bater neles porque me sentia obrigado a te defender, já vi e ouvi muitos garotos brigando por serem Gays e Bissexuais, mas com você foi diferente eu queria te ajudar, mas não consegui porque sou um covarde(Miles)

- Miles, esqueça isso, já passou, e eu fico feliz por você não ter feito nada, porque se fizesse também teria apanhado e machucado esse seu rosto lindo (Jonna)

- Jonna, vou te dizer a verdade, já conheci muitas pessoas LGBTQ , porém a única que consegui me conquistar com tanto pouco tempo foi você, não sei te explicar, mas estou me apaixonando por você, sei que é muito cedo mas gosto de você e da sua companhia também, promete pra mim que nunca vai me abandonar, promete que vai estar do meu lado todo o tempo, sei que você não tem nenhuma obrigação comigo, mas já sinto que você está ganhando meu coração pouco a pouco(Miles)

Então Jonna foi se aproximando de Miles e sem perceber deu um beijo nele, mas não foi qualquer tipo de beijo, foi aqueles que demoram e que agente sente o gosto da alma da pessoa que está nos beijando, foi disse jeito que Miles se sentiu naquele momento.

Mas como tudo tem que ter "início, meio e fim" o beijo também teve e ao cair da noite, os garotos se despediram e foram cada um para seu quarto, mas ainda tinha ficado a dúvida na cabeça de Miles.

- Será que Jonna sente o mesmo que eu? Ou ele me beijou para que não ficasse aquele clima esquisito entre nós.






Notas Finais


Sei que esse capítulo não ficou tão bom, mas vou fazer o possível para melhorá-lo. Espero que gostem Bju


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...