História Descobrindo o Amor - Imagine Park Jimin - - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Amor, Anjos, Drama, Jimin, Magia, Revelaçoes, Romance, Sentimentos
Visualizações 26
Palavras 2.368
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ecchi, Festa, Hentai, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá pessoal, eu sei que eu disse que eu postaria dias de segunda e sábado, mas a internet falhou ontem e eu não pude postar o capítulo, mas estou postando hoje para compensar vocês.
Ainda to tentando postar o capítulo 5 do Imagine Jungkook, então provavelmente para a semana eu consigo terminar, não pense que eu esqueci.
E para deixar melhor eu vou postar sábado dois caítulos.
Perdoem qualquer erro e BOA LEITURA S2.
S2S2S2S2S2S2S2S2

Capítulo 2 - Uma nova oportunidade


Eu andei bastante pelas ruas, parava pra descansar na calçada as vezes, até que eu chego em uma praça, eu vejo um homem sentado com um violão velho, há no chão um chapéu onde as pessoas jogam moedas de vez em quando, ele está sentado num banco, perto de uma fonte, a melodia que sai dessas notas me faz lembrar da minha casa, e minha antiga vida antes de parar aqui, eu correspondo cantando, cantar sempre foi minha fuga, dos dois lugares céu e agora, terra...

As pessoas que antes me ignoravam e olhavam torto pararam só pra me ouvir cantar, eu ouvia frases como " Que voz linda" ou "Isso é majestoso", atraídos pelo canto que nem os marinheiros, mas não posso parar, cantar é que me deixa feliz. Até que algo interrompe minha concentração, eu escuto vários gritos eufóricos de meninas

Que não seja outra pessoa pendurada!

Assim que paro de cantar as pessoas aplaudem, mas não dou muito a mínima, só corri para onde as meninas com placas e máscaras correm, eu vejo uma grande casa que tinha um tapete vermelho até sua entrada, no final do tapete um tipo de veículo comprido com um emblema enorme desenhado nele, estava escritos as letras B, T, e S, eu olhava pra as meninas e elas estavam com placas em formato de coração

Coração, a mesma coisa que o Chung disse que tinha haver com amor, será um tipo de sentimento?

Eu me aproximo mais da multidão e vejo pessoas saindo do veículo, eram homens, sete deles, tinham o cabelo colorido, se vestiam bem e assim que saíram as meninas ficaram mais agitadas, mas as cordas não permitiam elas se aproximarem deles, eu os olhava fixamente para tentar entender o que eles tinha haver com sentimentos, se é que tinha haver

 

- Licença, mas quem são eles?

Xx - Oh garota você tá doida? É hater por acaso?

- O que é isso?

- Deixa de ser idiota, eles são o grupo mais famoso da indústria do kpop, tá vendo aqueles lindos, são Kim Namjoon, Kim Seokjin, Kim Taehyung, Jung Hoseok, Mim Yoongi, Jung Jungkook e o Park Jimin, eles são idolsss

- Vocês tem amor por ele?

- SOMOS LOUCAS POR ELES!!!! JJIIMINNN OLHA PRA CAAAAAA!!!!!

 

A menina deu um grito tão forte que um deles olhou pra onde nós estávamos, mas ele não parou, ele ficou encarando, será que ele estava olhando pra mim? Eu não pude nem tirar essa dúvida, foi quando um homem todo de preto os apressou para que entrasse na grande casa, a multidão na hora se dispersou, e eu acabei ficando sem minha resposta. Voltei para o banco da praça, o homem do violão não estava mais lá, eu me sentei no mesmo lugar onde estava às horas passam, eu acabo ficando com fome, mas não há como conseguir comida, é preciso de dinheiro para isso. Acaba escurecendo, o número de pessoas diminui, devia já se passar da meia noite, a praça estava vazia agora, vazia e estranha algo dentro de mim estava diferente, eu comecei a chorar, mas eu não sabia porque eu chorava, as lágrimas saiam porque queriam? Que tortura isso que eles fizeram comigo... Não consigo me segurar, não há pessoas aqui, posso cantar em paz, posso tentar fazer essas lágrimas pararem de escorrer. Eu canto e canto com força sem dar à mínima se alguém aparecesse isso me acalma...

Enquanto isso...

 

Suga - Finalmente essa reunião acabou

Namjoon - Falou e disse, não aguentava mais esse papo de música nova, ainda estamos no prazo!

J- Hope - Vem gente, a van já chega

Jimin - Pessoal eu tô com fome, vou comprar alguma coisa nessa praça aqui

Jungkook - Se tiver algo aberto, me traz hambúrguer e refrigerante

 

Jimin PV ON

Eu estava indo pra a praça pra ver se eu conseguia achar algo para comer, até que eu ouvi de longe uma melodia, e era incrível, suave, e dava pra ficar ouvindo o dia todo

- Quem tá cantando? - Falo pra mim mesmo, em seguida corro em direção de onde vem à melodia, paro e deslumbro da voz de uma garota, ela estava usando um vestido de renda, sua pele morena e cabelos brancos feito a neve, era incrível! Foi aí que eu tive uma ideia

- Licença, moça..

(S/N) - Sim...q q quem é você?

 

Não sei se devo dizer meu nome de verdade, mas espera, essa era a mesma menina que estava junto com as Armys quando saímos da van, ela não estava gritando nem tentando chamar nossa atenção, só estava parada..e porque ela está descalça nesse frio?

 

- Quem é você? Me responda

- Eu, eu sou uma pessoa que quer te oferecer uma oportunidade de conseguir um emprego melhor

- Eu não tenho emprego

- Melhor ainda! Vai te dar tanto dinheiro que poderá comprar sapatos

- Eu não tenho casa, não tenho roupas, não tenho sapatos, eu não tenho mais nada...

- Você é uma mendiga?

- Não, eu sou um anjo - Não tenho mais nada a perder mesmo e ficar nesse papo com esse estranho é perda de tempo - Desculpa, eu preciso ir embora

- Olha, eu não estou brincando com você então não precisa brincar comigo - Pego no seu braço impedindo dela ir embora

- Escuta.....se eu te provar que eu sou um anjo, você me deixa ir embora e ainda promete não contar nada, não quero ter mais um motivo pra estar aqui

- Entenda, eu sou um idol, meu grupo precisa lançar uma música nova em dois meses, estamos com boa parte da letra, mas sem melodia e a sua voz é completamente hipnotizante, vai fazer nossa música querer ser ouvida várias vezes, me ajuda

- OLHA, EU NÃO SOU QUALQUER PESSOA!

 

Ela se solta de minha mão a algo ainda mais incrível acontece, surgem belas asas em suas costas, elas eram enormes e ela me olhava com cara de quem me avisou

- Viu? Sou um anjo

- I i impossível...

- É possível, mas não sou qualquer anjo, eu caí, fui punida e agora estou aqui, tudo isso no mesmo dia

- Mas, mas isso muda tudo, você não pode se mostrar para as pessoas e ainda por cima vive nas ruas? - Foi quando eu escuto uns gritos vindos de longe, eram os meninos me chamando para ir embora, mas eu não podia simplesmente deixar ela assim, pego meu celular e faço uma ligação

- Jungkook, primeiro não gritem que nem loucos no meio da rua, e segundo, podem ir embora depois eu dou um jeito - Desligo o telefone e volto a falar com ela - É o seguinte, não posso deixar você aqui, err..como se chama?

- (S/N)

- Que tal fazermos um trato, depois de eu ter visto um anjo de verdade, algo que eu ainda não estou acreditando, quero que você faça a melodia da música em troca, você pode morar comigo

- Sério? Posso ficar na sua casa? Mas espera ainda não me disse quem você é

- Meu nome é Park Jimin

 

Jimin PV OFF

- Park Jimin? Calma, eu vi você hoje, estava junto com outros seis homens!

- Ah, eu também vi você, ainda bem que se lembra de mim, espera, os membros vão acabar vendo você, não quero que eles descubram quem você é

- Eu posso ficar invisível pra eles, é uma das minhas habilidades

- Mas vai ficar invisível pra mim também?

- Não, só para eles, pra você eu fico visível

- Tem certeza?

- Tenho

- Okay, está fechado - Ele esticou sua mão para um aperto e eu apertei - Mas agora eu tenho outro problema

- Qual?

- Voltar para casa, é longe e você deve estar com frio e cansada demais né?

- Pior que sim, mas eu tenho uma ideia, você tem medo de altura?

- Tá sugerindo que eu vá voando nas suas costas?

- Sim! Vem, sobe

- Não sei se é uma boa ideia...

- Não se preocupa não vou te deixar cair - Abri minhas asas e me virei de costas - Confia em mim? - Ele fez que sim com a cabeça em seguida subiu em minhas costas

- Não sou pesado?

- Nem um pouco kkkk - Abrir minhas asas e voei, quando olhei para trás ele estava de olhos fechados – Jimin abra os olhos, veja como é incrível! Além do mais preciso que me guie - Ele abriu os olhos e se encantou com a vista de Seuol

- Nossa... Ah, é ali, ali, aquele prédio grande!

- Aterrissando... - Pousamos com sucesso

- Vamos!

- Espere, preciso ficar invisível pra quem?

- Todos os meninos que você viu e qualquer outra pessoa

- Certo - Usei minha habilidade e peguei na sua mão para não me separar dele, quando eu o olhei ele ficou vermelho - Por que seu rosto mudou de cor?

- Por nada! Vamos! - Nos entramos e eu me deparei com um luxuoso apartamento, era enorme! Andamos pela sala em seguida fomos pra um corredor - Meu quarto fica no final do corredor, droga..

Suga - Jimin, como chegou tão rápido, pensei que iria andar mais para arranjar um táxi

- Não, eu fui rápido, hehehe

- Tá estranho, encontrou alguma fã na rua? Normalmente a gente anda com seguranças

- Não, eu tô bem

 

Ele me mantia escondida atrás dele

 

- Porque está com as mãos atrás das costas? O que tá escondendo?

- Nada, me deixa passar, tô cansado

- Tá meu rei

 

Ele me puxou de lado para eu não bater naquele homem

 

- Pronto, salvos

 

O quarto também era enorme

 

- Vocês por acaso tem ouro?

- Err, não, mas dá pra viver bem

- Mais que bem - Ele se levantou, entrou em um mini quarto e eu entrei junto, ele começou a mexer em algumas roupas - O que está fazendo?

- Ah, acho que você deveria tomar um banho, tô vendo algumas roupas que possam caber em você, e...aqui está - Ele me entregou uma blusa grande e uma..

- O que é isso?

- É uma cueca..... box

- Box?

- Cueca

- Cueca?

- Cueca box!

- Ata, não tem calcinha?

- Aqui só vivem homens, não temos roupas femininas!

- E partes de baixo?

- Não tenho nada que caiba em você, ao não ser que use um cinto, mas essa blusa é bem grande, quase como um vestido, aqui tem uma toalha e todo o resto que precisa no banheiro...Porque está me encarando! Vai logo!

- Desculpa.. - Eu entrei no banheiro e era do mesmo jeito, grande, tinha uma banheira e um chuveiro, eu enchi a banheira, tirei o vestido e entrei na banheira, estava tudo ótimo, relaxei bastante, acabou por deixar uma coisa dentro de mim, mas eu não sabia o que era...Depois de um tempo eu saí, me enxuguei, coloquei a blusa e a cueca, box - Terminei! - Ele estava sentado em uma mesa mexendo num aparelho - O que tá fazendo?

- Tô baixando o programa pra poder preparar a música, olha, eu vou ter que pedir ajuda pro Yoongi

- Aquele garoto que a gente encontrou no corredor?

- Sim, O que significa que você vai ter que se mostrar pra ele, mas não precisa se preocupar, ele é fiel

- Se você diz...- bocejo..

- Tá com sono?

- Um pouco..

- Vem cá - Ele me pega  no braço e me leva pra cama dele - Pode dormir aqui - Ele me deita na cama e me cobre com os lençóis

- Eu não sou nenhum bebê

- Eu pensei que eu seu te tratasse bem você me concederia três desejos

- Eu sou um anjo, não um duende

- É por que eu ainda não estou acreditando

- A onde você vai dormir?

- Eu durmo no chão mesmo - Ele se levanta e apaga a luz - Boa noite - Ele pega alguns lençóis e se deita no chão

 

Depois de tudo que ele fez por mim não posso o deixar dormir no chão, o quarto é dele

 

Levantei-me e puxo-o pelo braço

- O que tá fazendo?

- A cama é grande o suficiente pra nós dois

- Eu não posso!

- Se não deitar nessa cama eu vou embora

- Já tô indo...

 

Jimin PV ON

Eu me levantei do chão e me deitei na cama junto com ela, isso era meio constrangedor, a blusa que eu havia dado pra ela tinha subido um pouco, e ainda por cima ela ficava me olhando

- Para...

- Com o que?

- De me olhar...

- É que é você é muito bonito, só tô admirando

Me virei pro outro lado

- Você me disse que tinha sido punida quando caiu, que tipo de punição? - Um pequeno silêncio se fez entre nós e eu acabei me virando, quando eu a olhei ela estava com lagrimas nos olhos - Não, não, não, não chora - Eu acabei me deixando levar e abracei-a - Te deixei triste?

- Triste?

- Sim, ficou triste com o que eu disse?

- Triste, é um sentimento?

- Essa foi sua punição? Não sabe mais o que são sentimentos? Nem quando ele vem?

- Não...

- Porque você chorou?

- Por que me lembrei da minha casa nós céus, do Chung...aí as lágrimas acabaram saindo, de novo..

- Isso é um sentimento, você ficou triste, e talvez esteja com saudades do seu amigo

- São todos sentimentos? Então quando eu chorar é por que eu estou triste?

- Bom, nem sempre choramos por estarmos tristes, choramos de alegria às vezes

- Não sei o que é me sentir alegre

- Poxa, acho que você vai ter que descobrir de novo, e eu posso te ajudar

- Pode?

- Sim, mas agora vamos dormir - Eu tentei me virar, mas ela me apertou forte - Err ,(S/N)...

- Não, eu quero ficar assim....

Isso acabou me deixando mais vermelho, mas acabei cedendo

- Ate que eu gosto de ficar assim com você..

Jimin PV OFF


Notas Finais


Espero que vocês tenham gostado
Agradeço o apoio :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...