História Descobrindo os Mistérios do Amor - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Saint Seiya
Personagens Afrodite de Peixes, Aiolia de Leão, Aioros de Sagitário, Aldebaran de Touro, Camus de Aquário, Hades, Helena, Julian Solo, June de Camaleão, Kanon de Gêmeos, Marin de Águia, Mascára da Morte de Câncer, Miho, Miro de Escorpião, Mitsumasa Kido, Pandora, Perséfone, Personagens Originais, Ryuho de Dragão, Shaina de Cobra, Shaka de Virgem, Shion de Áries, Shunrei, Shura de Capricórnio, Sorento de Sirene, Thetis de Sereia
Tags Saint Seiya
Visualizações 34
Palavras 377
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Obrigada a todos que visualizaram e comentaram essa história.

Capítulo 2 - Submundo



          Hades

       Há séculos imaginei que nunca  teria uma família, eu tinha certeza que eu não poderia ter filhos, afinal era casado há muito tempo e como naquela época mesmo se quiséssemos não existia como evitar uma gravidez, conclui que o meu casamento era um fracasso pois não era capaz de dar os filhos que Persefone sempre desejou.
      Com isso, as nossas brigas tornaram-se frequentes e insuportáveis, foi nessa época que entrei em guerra contra Atena pela primeira vez e Persefone me abandonou, ela foi morar no Olimpo e eu fiquei com ódio de todos, mas no fundo, era o único culpado por ter perdido o amor da minha esposa.
          Mas felizmente isso não é mais a minha realidade, faz 20 anos que vivo tranquilamente no submundo com a minha linda esposa e os nossos três filhos.
             A infância deles não foi fácil, afinal criar três deuses dá muito trabalho, nem sei contar quantas vezes eles usaram seus poderes indevidamente e me deixaram maluco e com muitos danos no submundo, os três tem poderes de destruição muitos fortes.
       O que me alegra é que agora são todos adultos e tem juízo.
         Faz alguns meses que meus filhos me fizeram um pedido que achei muito estranho, eles queriam viver um tempo com os humanos, não entendi porque esse pedido se aqui nunca lhes faltou nada, mas infelizmente eu não sei recusar um pedido deles.
      Conversei com Poseidon e os três viveram um tempo na terra com o tio, deixei bem claro que ele cuidasse bem das minhas meninas, eu não quero nenhum humano perto delas.
         Minhas filhas são deusas puras e se algum homem ou deus as tocar, sou capaz de matar esse indivíduo.
           Hoje é o dia que eles partem para a terra, eu abraço os três, peço para terem juízo e ao meu filho peço que proteja as suas irmãs, ele garante que faria isso.
          Eu fico um pouco mais tranquilo e os teletransporto para a casa de Poseidon, mas estarei sempre acompanhando a mudança de intensidade dos cosmos deles e se sentir que eles corre algum risco, irei imediatamente para a terra e os protegerei nem que eu entre em alguma guerra, meus filhos são o que mais importa na minha vida, eu os amo muito.


Notas Finais


Abraços a todos.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...