História Descobrindo quem eu sou - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 8
Palavras 1.103
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Ficção, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Sobrenatural, Survival, Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Desculpem por não postar antes (tava sem criatividade) e obrigada por ler

Capítulo 4 - Um pouco sobre Kuro e floresta encantada.


Fanfic / Fanfiction Descobrindo quem eu sou - Capítulo 4 - Um pouco sobre Kuro e floresta encantada.

Kuro Natsume estava sozinha no quarto de Bei WeiWei quando ela acordou.

Kuro Natsume- Bom dia dorminhoca…

Bei WeiWei- Por quantas horas eu estou dormindo?

Kuro Natsume- Horas? ~ Sorri. - você está dormindo a 4 dias.

Bei WeiWei- O que?

Kuro Natsume- Você me deu um pouco de trabalho.

Bei WeiWei- Desculpe…. Posso te fazer uma pergunta?

Kuro Natsume- Não, tudo bem eu estou brincando e sobre a pergunta, pode sim.

Bei WeiWei- Como é ser uma mulher de verdade? Eu sinto que não sei muita coisa... Só coisas de lutas, poderes e como matar alguém.

Kuro Natsume sorrir fraco - Não seria justo você perguntar pra uma mulher?

Sasha Bei- An? Eu tô perguntando…

Kuro Natsume- Mais eu não sou uma mulher! ~ Kuro tira sua camiseta - Viu?

Bei WeiWei- Você engana muito bem.…

Okuri entra no quarto - Oi.... O QUE VOCÊ TA FAZENDO?

Kuro Natsume- Mostrando pra ela que eu não sou mulher.

Okuri Ghost- Ata….. pera, QUE?

Kuro Natsume- Você é surdo?

Okuri Ghost- COMO ASSIM VOCÊ NÃO É UMA MULHER

Kuro Natsume- NÃO SENDO! para de gritar porra.

Okuri Ghost- Quando você ia me contar?

Kuro Natsume- Precisava?

Okuri Ghost- Então por que contou pra ela?

Kuro Natsume- Ela me fez uma pergunta, que só mulheres podem responder, BAKA. ~ Ele começa a chorar.

Okuri Ghost- O que foi agora?

Kuro Natsume- Você não sabe como é acordar todo dia preocupado com o amanhã.

Okuri Ghost- Como é?

Kuro Natsume- Não sabe o que é acordar tentando imaginar o porque seus pais te abandonaram na rua.

Okuri Ghost- ….

Kuro Natsume- Você não pode imaginar como é perder uma única pessoa que se preocupava com você.

Okuri Ghost- Realmente, eu não posso imaginar… mais você pode me falar certo? Me conta o que tá acontecendo Kuro.

Bei WeiWei- Vocês quer que eu saia?

Kuro Natsume- Não precisa.… Quando eu era mais novo minha mãe me vestia como se eu fosse uma menina, ela sempre quis ter uma menina.

Kuro veste sua roupa e olha para ele - Desculpa por não te contar, é um assunto delicado.

Okuri Ghost- Você sabe pra que existe amigos? Pra ajudar nos momentos difíceis, dar conselhos e apoiar.

Kuro Natsume- entendo..

WeiWei faz uma cara fofa - Isso significa que eu posso casar com você?

Kuro e Okuri arregala os olhos. Okuri Ghost- acho que ela ainda não tá bem.

Kuro Natsume- Verdade, tirou até a inocência dela porra.

Okuri Ghost- Hahahahah Boa noite cinderela seria bom nessas horas, imagina como ela ia acordar.

Okuri e Kuro começa a rir

WeiWei- O que é boa noite cinderela?

Okuri Ghost- Vai por mim, você não vai querer saber. Voltando sobre aquele assunto, sabe Kuro… quando eu era mais novo os meus pais perderam um filho, o meu irmão mais velho está preso e meu pai se recusou a tirar ele de lá ou falar o porque dele estar lá…

Kuro Natsume- Nossa… não sabia disso.

Okuri Ghost- Esse é o problema, ninguém sabia…. Eu sou o filho mais novo porém eu tenho muitos anos a mais que WeiWei, por isso eles aceitaram o casamento…. Se o meu irmão não tivesse preso ele que ia ter a oportunidade de se casar com ela.

WeiWei- Eu sinto muito Okuri Ghost…. Não sabia, aliás eu não sei de muitas coisas sobre você, mais com o tempo a gente vai se conhecendo não é? ~ Ela faz uma cara fofa.

Okuri Ghost- Sim e tudo bem, já tem muitooooo tempo.

Kuro Natsume- Como eu não sabia disso?

Okuri Ghost- Mano, como assim? Eu não sabia que você era homem…. Por que tá reclamando?

Kuro Natsume- Acontece.

Okuri Ghost- é por isso que as vezes você aparecia sem a parte de cima? Como eu nunca prestei atenção nisso?

Kuro Natsume- Você é lerdo Lu....

Okuri Ghost- Como assim? Meu nome é Okuri, não Lu

Kuro Natsume- Desculpe…. O seu jeito me faz lembrar de uma pessoa que eu conheço muito bem ~ Ele solta um sorrisinho e sai dali - WEIWEI DURMA MAIS UM POUCO…. VOCÊ NÃO TA BEM.

WeiWei- Okay né… vou dormir então

Okuri Ghost- Tchau, vou dar uma saída pra pensar bem.

WeiWei- Tudo bem e toma cuidado…

Okuri Ghost- Pode deixar

WeiWei sente uma dor forte no coração… - Ai…. Que dor, acho que tô cansada…

Okuri Ghost tava andando distraído quando ver Kuro segurando uma foto.. ele encosta onde ela tá.

Okuri Ghost- Quer conversar?

Kuro Natsume olha pra ele, ele tava chorando - Não importa…. Por favor não me faça falar sobre isso.

Okuri Ghost- Sabe, tudo bem se você não quer falar sobre… eu respeito isso e esconder uma coisa que tá te magoando a anos não ajuda sabe?

Kuro Natsume- Sei….

Okuri Ghost- Eu vou na floresta encantada, quer ir lá?

Kuro Natsume- Claro... Nunca fui lá mesmo.

Okuri Ghost- Como assim? Você não é desse mund….

Kuro Natsume- Vamos logo né ~ Fala ele interrompendo Okuri Ghost terminar.

Okuri Ghost- Okay…

Eles vão na floresta encantada e aparece um elfo…

Elfo- Oi príncipe dragão, Oi Bruxa Kuro…. O que fazem aqui?

Okuri Ghost- Oi…. Pera, Elfo?

Kuro Natsume- Oi…. Não sabia que aqui no reino dos dragões existe elfo ; ;

Elfo- Como? Hihihi você não está no reino dos dragões seu bobo, agora você está no reino dos elfos, na floresta encantada… a muitos anos atrás fizemos um acordo de que os dragões poderiam vim aqui na floresta encantada mais em troca vocês iam deixar nos em paz.

Okuri Ghost- Meu pai você quis dizer?

Elfo - Seu pai? Hihihi, seu pai é um idiota, prendeu seu próprio filho….

Kuro Natsume- Como é seu nome?

Elfo- Meu nome é Filip.

Kuro Natsume- Elfo Filip como você sabe sobre isso? Você sabe o motivo dele estar preso?

Elfo Filip- Sei… mais não vou contar, volte pro seu canto dragãozinho filho da puta e se você voltar aqui atrás de brigas fique sabendo que o acordo acaba.

Okuri Ghost- Cansou de ser nosso empregado elfinho?

Kuro Natsume começa a rir escandalosamente e Okuri Ghost ri da risada dela. Eles voltam pro reino.

Okuri Ghost- Tá…. Agora me conta o que aconteceu.

Kuro Natsume- Quando eu era mais novo meu pai ia me estrupar e eu matei ele…

Okuri Ghost- Você só tava se defendendo.

Kuro Natsume- infelizmente depois que eu matei ele uma marca apareceu em mim, essa marca é invisível e a noite ela aparece ~ Kuro mostra seu ombro para Okuri Ghost

Okuri Ghost- Nossa, sinto muito eu não sabia…. É por isso que você sempre rejeitava dormir no palácio…

Kuro Natsume- Sim…

Okuri Ghost- Sabe, por mais que seja uma marca de dor, ela é bem bonita… parece uma tatuagem

Kuro Natsume solta um sorriso largo - Obrigado Okuri Ghost ~ Okuri da um abraço nele.


Notas Finais


Espero que tenha gostado ❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...