História Descobrindo Você - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Akamaru, Deidara, Fugaku Uchiha, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Jiraiya, Kakashi Hatake, Karin, Kiba Inuzuka, Minato "Yondaime" Namikaze, Nagato, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Obito Uchiha (Tobi), Personagens Originais, Rin Nohara, Rock Lee, Sai, Sakura Haruno, Sasori, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Suigetsu Hozuki, Temari, TenTen Mitsashi, Tsunade Senju, Yahiko
Tags Depressão, Feminismo, Machismo, Masoquismo, Narusasu, Naruto, Romance, Sadismo, Sadomasoquismo, Sasunaru
Visualizações 328
Palavras 1.726
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Lemon, Orange, Romance e Novela, Shoujo-Ai, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Sexo, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Gente, aqui estou eu!!! E olha o meu novo/maior capítulo!! XD
Narração especial do Suke-chan :3
100 favoritos :') Adoro vocês!! ;D
Acho que agora ficou óbvio que o Minato vai ficar com...
Bem, eu estou fazendo uma nova fanfic com uma princesa guerreira (adoro princesas guerreiras :3) e vou o link nas notas finais!! ;)
Até as notas finais e boa leitura!!!

Capítulo 11 - Convite Para Jantar


Capítulo Anterior:


"E com essa descoberta vindo à tona, possivelmente, você irá aprender à desabar, se reerguer, e outras coisinhas à mais..!" _Pensou Deidara, com um de seus incontáveis sorrisos travessos adornando os lábios.


Capítulo Atual:


P. V. O. Sasuke


Após sairmos da sala, Itachi foi até o telefone e passou a discar números aleatórios. Me dirigi lentamente à mesa, sentando-me em uma cadeira posta ao lado da mesma. Ouvi Itachi pedir três pizzas, uma de calabresa, uma de chocolate e outra de seis queijos. Ao terminar de fazer os pedidos, ele desligou o aparelho e se virou, ficando com o corpo de frente para o meu.
- O que ele queria? - Perguntei, encarando o rosto esbranquiçado de Itachi.
- Como assim? - Se fez de desentendido, olhando para um ponto qualquer.
- O Fugaku não é de fazer algo sem um propósito por trás. - Afirmei, fazendo com que o Uchiha passasse a me encarar.
- Ele queria conversar conosco. - Falou o mais velho, olhando-me como se eu fosse ataca-lo à qualquer momento.
- Conversar? - Indaguei, com uma de minhas sobrancelhas arqueadas e um péssimo pressentimento afligindo-me.
- Sim.. E-ele nos convidou para um jantar em sua casa. - Contou-me com a voz falhada e leve gagueira. - Ele disse para levar o Naru..
- Não! - Exclamei, olhando profundamente para os olhos de Itachi. - Eu nunca mais quero vê-lo.. Aquele velho insuportável!
- Otouto! - Ele me chamou a atenção, me encarando severamente. Suspirou em seguida, passando as mãos pelos cabelos e colocando-os para trás. - Sasuke, mesmo que você não o considere, ele ainda é seu pai e, como filho, você o deve respeito.
- Haha! Devo encarar isso como uma bronca..? - Questionei debochadamente, sentindo a acidez em minhas palavras corroer grande parte da minha racionalidade.
- Claro que não, Sasuke. - Ele explicou, tocando o dedo indicador e o médio em minha testa, afastando as mãos rapidamente. Como consequência, eu cruzei meus braços e murmurei um "idiota". - Mas eu acho que seria bom você ir nesse jantar; sabe, para esclarecer as coisas e tentar se resolver com o papai. - Ele me olhou docemente, fazendo com que eu acabasse por repensar se deveria, ou não, acompanhá-lo.
Eu não gostava de negar as coisas para o Itachi, e com o mesmo já sabendo disso, ele tenta se aproveitar de minha compaixão perante si.
- Ele disse para levar o Naruto? - Perguntei, soltando um longo suspiro, dando-me por vencido.
O Uchiha abriu um largo sorriso, confirmando com a cabeça e começando à tagarelar.
- Sim! O convite foi feito pelo próprio! Ele disse que ficaria muito feliz caso O Deidara, você, o Naruto e eu comparecêssemos.. Eles vão ficar tão animados!
- "Eles"? - Perguntei confuso, não esperava que mais alguém fosse estar conosco nesse dia.
O Uchiha mais velho me encarou, seus olhos estavam arregalados e sua expressão era de puro choque. Por sua reação pude perceber que ele, provavelmente, me contou algo que não deveria.
- Bem, ele convidou uma pessoa para..
- Quem? - Perguntei, olhando-o seriamente e vendo o mesmo engolir seco.
- E-eu não sei! - Despejou as palavras, fazendo com que minha desconfiança aumentasse consideravelmente. - A única coisa que ele disse é que ele e  essa pessoa estão em um relacionamento sério. - Ele me contou, fazendo com que eu ficasse pasmo.
Fugaku está namorando novamente?! Sem dúvidas isso iria ser problemático, pois ele sempre namora com vadias esnobes, interesseiras, superficiais e sem sal.
- Que problemático.. - Comentei, percebendo o olhar surpreso de Itachi pairar sobre mim.
- Nossa..! Eu pensei que você iria surtar e desistir de ir após descobrir isso. - Ele compartilhou a informação comigo, fazendo com que, involuntariamente, um sorriso de canto invadisse meus lábios.
- Eu sou muito mais maduro do que pensa, aniki. - Desfiz o sorriso rapidamente, desviando os olhos para um lugar qualquer.
- Sasuke.. - O encarei e pude perceber o espanto em sua face. - Você está de bom humor! - Acusou-me, com um sorriso brincalhão estampado em sua face, me deixando vermelho de raiva.
- C-claro que não! - Fechei a cara, ouvindo o entregador de pizza se anunciar. - Eu vou pegar as pizzas. - Falei, estendendo minha mão. Ele entendeu o recado e me deu uma nota de 5.000 ienes.
- É bom vê-lo de bom humor, irmãozinho. - Ele falou, zombeteiramente.
Virei e saí da cozinha à passos pesados. Percorri o corredor e fiquei de frente para porta. Ao abrir a mesma, peguei as pizzas com um senhor que aparentava estar na casa dos 40. Paguei pelo alimento em seguida, fechei a porta e fui em direção à sala. Ao me aproximar do cômodo, pude ouvir um pedaço da conversa dos rapazes.
- Larga o meu loiro, Naruto! - Ouvi a gargalhada do Deidara, que não aparentava ter levado à sério a exigência do meu irmão.
- Mas eu 'tô carente...! - Pude ouvir o dobe falar, com a voz carregada de manha.
- Não fale merda, Uzumaki! - Ordenei ao chegar na sala, podendo ver o imbecil deitado sobre a Barbie falsificada e seus braços em volta da cintura fina.
- Se você 'tá carente, não é problema meu! - Afirmou meu irmão, tentando tirar o dobe de cima do namorado. - Vai pegar a sua namorada e deixa o meu em paz!
Paralisei. O Uzumaki arregalou os olhos, fazendo uma expressão tão melancólica, que eu tive que me segurar para não abraça-lo. Os membros dourados aumentaram o aperto na cintura do loiro afeminado.
- Bem.. - Balbuciou o Namikaze. Ele estalou a língua no céu da boca e passou à fitar as mãos do Yamanaka. - Nós terminamos. - Contou ao imbecil, que arregalou os olhos e empalideceu.
- Eu.. eu não sabia. - O Itachi murmurou, olhando para o companheiro, e viu o mesmo balançar a cabeça em negação.
- Não precisa se preocupar. - Naruto disse, sorrindo fracamente. - É ela que está perdendo um ótimo namorado; eu só estou perdendo uma parceira de cama! - Ele afirmou, com o rosto levemente corado e um sorriso no rosto, dessa vez, sincero.
O encarei. Acabei por estagnar novamente no lugar em que estava. Eu tenho plena certeza de que o disse isso ontem.. mas por que ele fez questão de lembrar disso? E ainda por cima ficar corado dessa forma.. tão fragilizada. As vezes eu não sei como reagir ao Naruto.
- Só um momento. - Falou o Uchiha mais velho, passando à olhar para mim. - Não me diga que.. é por isso que você está de bom humor? - Peguntou-me, com um sorriso perverso e os braços cruzados.
- Exatamente, Tachi! - O loiro andrógeno confirmou, fazendo com que minha paciência se esvaisse.
- Vão se ferrar! - Falei alto, com o rosto vermelho de raiva (e vergonha).
- Como assim? - Perguntou o Uzumaki, com seu rosto voltado para o casal e a confusão estampada em sua testa.
- É que o Sasuke gosta de..
Corri para perto dos jovens e tapei a boca do Itachi. Ouvi o Deidara rir, sendo acompanhado pelo Uchiha. Tirei minhas mãos do rosto do moreno e puxei o corpo do dobe, fazendo com que ele saísse de cima do rapaz metrossexual. Saí arrastando o loiro comigo, ainda podendo ouvir as gargalhadas altas, e levei-o para o outro sofá. Esse sofá era menor que o outro, tendo lugar apenas para três pessoas. Eles estavam à um metro de distância do sofá, pois haviam duas poltronas entre os mesmos. Naruto se sentou na mobília, nos olhando com um sorriso tímido.
- Tem algum palhaço aqui pra vocês estarem rindo?! - Questionei, sentindo vontade de arrancar-lhes o focinho.
- É melhor comermos logo a pizza, ou ela vai acabar esfriando. - Falou o Itachi após recuperar o fôlego.
Senti meu braço ser puxado com força, acabei perdendo o meu equilíbrio e me deparei com as almofadas do sofá sob meu corpo. Olhei para o lado, podendo ver, e ouvir, o dobe soltar uma risada.
- Não se estresse tanto, teme! Vai acabar ficando com o cabelo branco.. - Ele implicou, sem parar de me encarar. - E eu quero que me explique o conteúdo dessa conversa, porque eu não entendi nada. - Falou, obviamente se referindo à tentativa bem sucedida de Itachi me irritar.
O loiro ainda estava com uma mão envolvendo meu pulso, e ao perceber isso, ele me soltou, com o rosto vermelho.
- Você é muito lerdo.. - Disse, impressionado com o qual devagar era a percepção sentimental do Uzumaki.
- Verdade! - O casal concordou em uníssono, enquanto comiam a pizza e bebiam a Coca-Cola que já estava na sala.
- Nossa.. Depois dessa vou até comer a  pizza. - O Namikaze foi até uma das caixas, onde à massa estava recheada de chocolate e pegou uma fatia. - Tem momentos em que eu penso..
- E você pensa? - Perguntou o Itachi, ocasionando uma série de risadas.
- Não me confunda com você! - Naruto exclamou, sentando-se ao meu lado no sofá. - Tem momentos em que penso: o único que me dá o devido valor é o meu pai.
- Claro..! - Falei sarcasticamente, sentindo raiva do loiro por não notar o óbvio. - Ele nem te perguntou se você concordava com o noivado..
- O tio Minato está noivo?! - O Itachi disse, com animação na voz.
- Sim. - Confirmei, lembrando-me de que deveria dizer uma coisa ao loiro burro. - Falando em relacionamentos, o Fugaku convidou à nós quatro para jantarmos com ele e sua nova paquera. - Informei com desgosto, esperando que o loiro pronunciasse algo.
- Você vai? - Naruto me perguntou, com a boca suja de chocolate.
O olhei por alguns segundos, com pensamentos nada puritanos pairando pela minha mente.
- Si..
- Então eu vou! - Cortou-me o Namikaze, sorrindo animadamente, me fazendo corar por alguns segundos e o meu coração acelerar.
Eu estava bastante feliz. Finalmente eu teria a oportunidade de conquistar o meu loirinho! Finalmente ele havia se livrado daquela prostituta com olhos de cega.. e não importa o quão difícil seja; eu vou fazer o que for preciso para conquistar o Naruto, e triste será o destino daqueles que tentarem me atrapalhar.


Continua..


Notas Finais


Esse é o link: https://spiritfanfics.com/historia/as-duas-faces-de-uma-princesa-7445392
Espero que tenham gostado e tenham lido as entrelinhas.. :3
Para aqueles que já sabiam das verdadeiras intenções do Suke, parabéns e para quem não sabia, agora sabe!! ;D
Comentários serão respondidos e agradeço de verdade aos 100 favoritos!! 😘😘
Beijokas e baybay ~^×^~


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...