1. Spirit Fanfics >
  2. Desde o primeiro sorriso >
  3. A pessoa certa

História Desde o primeiro sorriso - Capítulo 36



Notas do Autor


Annyeong, leitores lindos! ^^

Preciso explicar uma coisinha :3 A partir desse capítulo, as falas vão ser indicadas com travessão, e não com "Nome do personagem:". Achei melhor fazer desse jeito porque o Spirit exige que as fanfics sejam bem escritas :') isso aqui é das diretrizes de conteúdos do site:

"Histórias que apresentarem escrita de baixa qualidade poderão ser editadas ou excluídas e, o usuário poderá ser advertido ou banido, conforme a gravidade e/ou reincidência;"

Eu imagino que algumas pessoas preferem que as falas sejam indicadas pelo nome dos personagens, e algumas outras preferem os travessões... E é verdade que tem muita fanfic mal escrita no Spirit, e não acontece nada com elas... mas eu não quero arriscar que a MINHA, que eu estou há TANTO TEMPO escrevendo, seja excluída do site :') Prefiro me garantir do que me arrepender. Eu e a minha incrível leitora beta/editora S2PatFagundesS2 estamos editando os capítulos anteriores pra ficarem desse jeito também, então eventualmente 100% dos capítulos vão estar bonitinhos assim <3

Espero que vocês continuem gostando da história, independente de como as falas são indicadas.

Boa leitura! ^^

Capítulo 36 - A pessoa certa


“Argh… que barulheira é essa? Por que tão falando e pisando tão alto?”

“Minha cabeça tá doendo…”

Estava tentando voltar a dormir quando ouvi batidas na porta e a voz da Yumi:

— Vocês não vão levantar, não?

“Nãooo…”

Com dor e sono demais pra responder em voz alta, apenas me aconcheguei mais no abraço do JK pra continuar ali.

Pouco depois, ouvi batidas na porta mais uma vez.

— Vocês ainda tão dormindo?

JK então grunhiu mais do que falou:

— Nyang-ah… temos que levantar…

Apenas continuei deitada. Então, a voz da minha amiga ficou mais alta:

— Tô entrando!

“Entrando?”

Pude ouvir a voz do Taehyung, do lado de fora do quarto:

— Yumi, espera!

Logo em seguida, a porta se abriu.

— S-ssaem!! — Jungkook rapidamente nos cobriu inteiros, até a cabeça. Sua agitação me fez acordar totalmente, mas agora só podíamos ficar escondidos embaixo do cobertor, pois ainda estávamos sem roupas.

Senti então algo macio como uma almofada atingindo meu quadril e ouvi a voz da Yumi:

— Vocês dois, se estiverem pelados, se vistam! Já tá todo mundo comendo! Não quero ter que voltar aqui dentro!

Sem esperar nossa resposta, ela fechou a porta novamente.

“Precisava falar tão alto? Minha cabeça...”

— Ufa… — Jungkook abaixou as cobertas até o peito — Achei que ela ia vir e puxar a gente pra fora da cama…

Não respondi. Emitir sons ia doer. 

Senti os lábios do JK na minha testa, me dando um beijo suave.

— Vamos, Nyang-ah… temos que levantar…

Ele acariciava minha bochecha, me dando menos vontade ainda de sair dali.

— Vamos… — ele repetiu enquanto apoiava um braço na cama e me envolvia com o outro, me puxando em um abraço até que eu ficasse sentada. Eu ainda estava de olhos fechados.

— Acorda, princesa…

“Vou precisar me comunicar…”

— Tô acordada…

— Tá com dor de cabeça?

— Tô… 

Jungkook me deu mais um beijo carinhoso na testa.

— Vamos lá pra você beber água, comer e tomar um remédio…

Forcei um sorriso pra mostrar que, mesmo cheia de dor, ficava feliz com o carinho e a preocupação dele. Então, com muito sacrifício, me levantei pra me vestir.

Coloquei uma roupa qualquer só pra poder sair do quarto e comer com os outros. Quando chegamos na mesa da sala, onde a Yumi tinha posto o café da manhã pra que todos pudessem comer juntos, o barulho foi demais pra mim.

— Finalmente! — minha amiga falou.

— A gente já tá até terminando de comer! — Jin disse em tom de reclamação.

— Café da manhã brasileiro é muito bom!! — J-Hope anunciou, escandalosamente.

“Por quê. Tão. Alto?”

Acho que ele percebeu como eu estava, porque logo depois falou baixinho:

— Desculpa…

— Vem, Nan, senta aqui. Bebe água e toma isso… — Yumi pegou pra mim um remédio da cartela que já estava na mesa. Algum dos meninos também deve ter tomado. 

JK puxou a cadeira pra mim e se sentou ao meu lado enquanto a minha amiga me entregava o comprimido e um copo d’água.

— Obrigada…

Todos conversavam baixinho durante o café da manhã, tentando não me causar dor. 

Bem, a mim, ao Jimin e ao Namjoon. Eles estavam quietinhos e na deles assim como eu, então deviam estar de ressaca, também. 

E os dois já tinham terminado de comer. Queria saber se tinham se alimentado direito…

Mas não falei nada. Apenas ouvia a conversa dos outros enquanto comia e bebia o máximo de água que conseguia, tentando compensar a desidratação causada pelo álcool. 

Pelo menos funcionou. Quando estava terminando de me arrumar para o trabalho, a dor já tinha diminuído. Estava ruim, mas suportável. 

— Não quer mesmo que eu espere pra ir com você? — JK perguntou, no quarto comigo, já com a mochila nas costas enquanto eu terminava de me maquiar. — Eu posso ir com você a maior parte do caminho, e me afastar pra ir na frente só quando estivermos perto da Big Hit… 

“Fofo!”

— Não precisa, meu anjo. Eu já tô melhor. E a Yumi vai comigo!

Ele ainda parecia preocupadinho, então me aproximei dele pra dar um beijo na sua bochecha e falei com um sorriso:

— Pode ir com seus hyungs. Eu tô bem, não se preocupa!

— … Então tá… 

Ele me deu um selinho.

— Até mais tarde, minha princesa!

— Até mais tarde!

Os meninos saíram, e pouco depois eu e Yumi também fomos para mais um dia de trabalho.

***

Dei as aulas da manhã me sentindo ruinzinha, mas acho que consegui não transparecer. Quando chegou a hora do almoço, a dor já era pouca, apenas um incômodo.

Enquanto comia, me lembrei de perguntar pra Yumi:

— O Jimin e o Namjoon comeram bem no café da manhã?

— Olha… 'beeeeem' não… O Namjoon comeu metade de uma torrada com geleia, e o Jimin disse que tava enjoado demais pela ressaca e comeu só uma maçã. Mas comeram!

Suspirei e esfreguei as têmporas, frustrada.

— Aaahh e você perdeu! — ela continuou. — Quando eu cheguei na sala de manhã, os meninos ainda tavam dormindo. Mas o Yoongi já tava acordado, e tava com o Brigadeiro todo aninhado no colo dele!

— Jura?

"O Brigadeiro deve ter ficado carente porque não dormiu no quarto comigo."

— Sim! Ele tava olhando pro Brigadeiro todo encantado, e dando carinho pra ele!

— Aaaww!! — sorri, imaginando a fofura da cena.

— Siiim! Mas quando eu fui apertar a bochecha do Yoongi, o Brigadeiro se assustou e saiu do colo dele… — minha amiga fez beicinho.

— Aahh, Yumiii, você deve ter chegado toda escandalosa! Devia era ter tirado foto pra registrar esse momento!

— Eu seeei… me desculpaaa… — ela fez voz e cara de choro.

Pensar no Yoongi me fez lembrar da noite anterior.

Eu ainda não tinha parado pra pensar direito nisso, mas… eu fiquei muito bêbada.

"Puta que pariu. Eu apertei as bochechas do Yoongi e abracei ele na frente de todos."

"Eu beijei o JK de língua. E fiquei provocando e passando a mão nele. Na frente de todo mundo."

“O que eles devem ter pensado?!”

— Ahm… Yumi…

— Hm?

Criei coragem pra perguntar:

— Eu… passei muita vergonha ontem?

Minha amiga pressionou os lábios juntos, arqueou as sobrancelhas e desviou o olhar.

— Entããããoo…

“Lá vem…”

Yumi continuou:

— Talvez... só um pouquinho assim… — ela estendeu os braços bem abertos, fazendo gesto de “esse tanto”.

Enterrei o rosto nas mãos, envergonhada. Ela apenas começou a rir.

— Mas tá tudo bem! Foi engraçado!

Isso não me tranquilizava muito.

— Quer que eu diga o que você fez?

— Eu lembro de tudo. Eu só… não tava conseguindo perceber as reações dos outros muito bem. Não tenho ideia do que eles tão pensando de mim, agora…

— Ah… você só deixou a noite de todo mundo mais divertida! Hahahaha!

— Hm… — continuei cabisbaixa, desejando não ter bebido tanto.

Acho que a Yumi ficou com peninha, porque logo em seguida mudou o tom pra tentar me consolar:

— Nan… todo mundo tava meio alterado. E ninguém vai deixar de ser amigo por causa disso. Pelo contrário, isso só fortalece amizades. — ela colocou a mão no meu braço e balançou de leve, querendo que eu olhasse pra ela. — Você se soltou e mostrou ser uma pessoa alegre e carinhosa. Isso é uma coisa boa. Você não tem nada com o que se preocupar!

O jeito que ela via a situação era tão positivo e fofinho que até me emocionou.

— Obrigada… — sorri pra ela, e ela correspondeu o sorriso.

Talvez ela esteja certa… e eu esteja apenas mais próxima dos meninos, agora.

Talvez eu devesse relaxar um pouco mais, mesmo. 

***

Depois do almoço, voltei pra sala. Ainda faltavam alguns minutos para a aula dos meninos quando ouvi batidas na porta. Em seguida, o JK a abriu:

— Ssaem? — ele me chamou, cauteloso por estarmos na Big Hit.

— Pode entrar, Jungkookie.

Ele entrou e fechou a porta.

— Como você tá? Melhorou? — ele perguntou.

— Melhorei! A dor já passou quase completamente!

— Que bom! — ele sorriu. — Então…

Jungkook se aproximou de mim e colocou os braços em volta de minha cintura antes de continuar a falar, ainda sorrindo:

— Vou fazer você se sentir amada pra passar totalmente

 Ele estava se referindo à outra vez que eu tive dor de cabeça, e melhorei porque ele mostrou preocupação comigo!

“Que amorzinho!”

Perguntei, fingindo que não sabia a resposta:

— Ah, é? E como você vai fazer isso?

— Assim…

Ele se inclinou e me beijou.

Seu beijo era suave e cheio de sentimento... Não tinha dor de cabeça que resistisse às endorfinas que meu corpo liberava por estar assim com ele.

— Melhorou?

— Hm, ainda não… — brinquei. — Acho que preciso de mais um…

Jungkook deu um sorriso e em seguida me beijou novamente, um beijo mais rápido dessa vez, porém ainda tão bom…

Olhei nos olhos dele e sorri de novo, ainda em seus braços. Aproveitei então o momento pra puxar um assunto:

— Ehm… Jungkookie… — estava um pouco sem graça, mas perguntei. — Eu… não fiz você passar muita vergonha ontem não, fiz?

— Vergonha?! — ele franziu o cenho. — Não! Por que você acha que me fez passar vergonha?

— Ah… eu… te beijei de língua na frente de todo mundo… 

Desviei o olhar, tímida. Ele inclinou a cabeça, buscando contato visual comigo.

— Eu parecia estar com vergonha?

— Não, mas… você tava bêbado também. Achei que pudesse estar com vergonha agora

— Mas não estou. — sua voz era calma e segura, o que me fez ver que era sincero. — Nem um pouco. Eu tô é feliz...

Isso me tranquilizou, mas… logo depois, me lembrei de algo que me fez rir um pouco.

— O que foi? — ele perguntou depois de também dar uma pequena risada.

— Nada… só tô me lembrando de quando você ficava todo travado só por eu chegar perto de você!

— Eeei! Eu não “ficava todo travado”!

— Ficava sim! — retruquei, segurando mais uma risadinha. — Na primeira vez que eu sentei do seu lado numa aula de reforço você nem conseguia olhar pra mim!

Ele desviou o olhar, fazendo cara de emburrado.

— Eu só não tava esperando… só isso…

Ele estava se mostrando tão confiante antes, e segundos depois fazia essa carinha de bebê…

Tão fofinho!”

Não me segurei e dei mais um selinho nele, que logo virou mais um beijo.

— Nyang-ah… — pelo jeito que ele interrompeu o beijo pra me chamar, já sabia o que ele ia dizer. Estávamos abusando da sorte, de novo.

— … Tá…

Soltamos o abraço, os dois respirando fundo pra conter a vontade de continuar.

Quando olhei para o JK novamente, ele parecia pensativo. Então, levou a mão ao pescoço, como que pra tirar a própria tensão.

— Hm… Nyang-ah… 

Ele voltou a olhar pra mim, mas agora parecia inseguro… como se tivesse algo específico pra dizer, e estivesse tentando criar coragem.

— … Você-

Antes que ele pudesse terminar a frase, Namjoon e Seokjin entraram na sala. 

— Hello, teacher! — Seokjin me cumprimentou de um jeito animado, como sempre. 

— Ah… hello! — respondi.

— Annyeong haseyo. — o cumprimento do Namjoon foi mais contido.

Olhei para o JK, que apenas sorriu com o canto da boca e assentiu discretamente com a cabeça. Deu pra entender que ele achava melhor continuar o assunto depois. Ele então se sentou com os hyungs. Logo os outros meninos também chegaram, e eu dei início à aula.

***

Quando cheguei em casa, me deparei com uma triste realidade: toda a louça da noite anterior e do café da manhã pra lavar. Era tanta coisa que mal cabia na pia. 

Fiquei olhando pra louça, a louça olhando pra mim…

“A Yumi teve a maior parte do trabalho ontem, e hoje de manhã também… ela serviu o café da manhã pra todo mundo…”

“Talvez, se eu tomar muito cuidadinho, eu consiga lavar tudo sem quebrar nada antes dela chegar em casa… pra dar menos trabalho pra ela…”

Lavei com todo o cuidado, carinho e paciência do mundo, e consegui! Lavei toda a louça e não quebrei nada!! Nem as coisas de VIDRO!

Fiquei tão orgulhosa de mim mesma!! Esperei ansiosamente até o momento em que a Yumi chegou em casa. E assim que ela entrou pela porta, a puxei pela mão.

— O que foi? — ela questionou.

— Só vem!

A puxei até a cozinha e mostrei entusiasticamente a pia vazia e limpa. Ela arregalou os olhos, então logo a tranquilizei:

— Eu não quebrei nada dessa vez! Pode conferir! — abri o escorredor pra mostrar que tudo estava inteiro.

Minha amiga então se ajoelhou no chão e levou as mãos para o alto.

— Obrigada, Deus, por me deixar viver pra ver esse dia!! — ela fingia que chorava de felicidade. — O dia em que a deusa da destruição lavou toda a louça e não destruiu nada!! Isso precisa entrar pra história!!

Ela estava zoando com a minha cara, mas… era verdade, então precisei rir. Estava alegre demais pra me irritar, de qualquer forma.

Em seguida, ela se levantou e me deu um abraço.

— Obrigada, Nan! Yaaaay! — seu agradecimento era sincero, agora.

— De nada, amiguinha! Você teve muito mais trabalho do que isso! Todo mundo se divertiu e comeu bem por sua causa! Então, obrigada também!

O sorriso da Yumi era muito bom de ver!

Minha missão tinha sido um sucesso! Estava orgulhosa de mim mesma! 

Depois, fizemos um lanche e eu tomei um banho rápido. Assim que saí do banho, com o corpo relaxado pela água quente, já queria dormir. Ainda era cedo, mas eu tinha dormido muito pouco na noite anterior. Já estava cheia de sono.

Coloquei o pijama de couple. Já fazia alguns dias que eu tinha dado ele de presente pro Jungkook, mas ele ainda não tinha usado… primeiro dormiu sem roupas aqui, depois deve ter voltado pra casa bêbado do jantar com os hyungs e o manager, depois dormiu aqui de novo…

“Bom, vou usar de qualquer forma. Foi um presente pra ele ficar feliz, então não vou ficar insistindo pra ele usar. Ele usa quando estiver a fim.”

Fui pro meu quarto e me deitei na cama, que o JK tinha deixado arrumada de manhã enquanto eu me vestia, mesmo eu insistindo que não precisava. Foi muito lindo da parte dele, mas… eu tô começando a achar que ele tem mania de organização mais do que quer me agradar…

Enquanto o Brigadeiro se aninhava no meu colo, ouvi notificação de mensagem. Era do grupo com os meninos e a Yumi.

Taehyung:
E aí, gente? Todos melhoraram da ressaca? :3

 

Bem, ele poderia ter perguntado para os outros meninos pessoalmente, então… provavelmente a pergunta era direcionada pra mim.

Eu:
Sim, Taehyungie ^^ obrigada por se preocupar!

Jimin:
A Nanhyang-ssaem foi a que ficou pior, tadinha kkkkk

Eu:
Não precisa me lembrar disso, Jiminie ;-;

Jimin:
Desculpe, ssaem ;;

Hoseok:
Você ficou tão ruim quanto ela, Jimin kkkkkkkkk

Taehyung:
É verdade

Seokjin:
Ok, precisamos estabelecer algumas regras para as próximas vezes que sairmos!

Seokjin:
1- Jimin está proibido de beber

Jimin:
Pq?? ._.

Seokjin:
2 - JK e Nanhyang-ssaem prometem manter a língua fora da boca um do outro 100% do tempo.

Jungkook:
Não

 

“Bom… já que ele vai responder assim…”

Eu:
Não

Seokjin:
3 - A Nanhyang-ssaem poderá me ensinar piadas em inglês sem ouvir reclamações

Yoongi:
Não

 

Imaginei a cara de desprezo do Yoongi e tive que rir! 

Hoseok:
Kkkkkkkkkkkkkkk

Yumi:
Eu tb quero ouvir as piadas! t.t

Seokjin:
4 - Jimin está proibido de beber.

Namjoon:
De novo?

Jimin:
Pq eu estou proibido de beber, hyung?? ;;

Yoongi:
Não é óbvio?

Jimin:
??? Não....

Seokjin:
Pq vc passa vergonha e fica com ressaca no dia seguinte. Estou sendo um bom hyung ao cuidar de você.

Yoongi:
Ele tá com vergonha pq vc revelou a crush dele.

Eu:
KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

Seokjin:
ELA NÃO É MINHA CRUSH

Jimin:
Desculpa, hyung ;;

Hoseok:
Sinceramente… se vc queria esconder isso, pq contou pro Jimin? Kkkkkkkkk

Jimin:
Ei!!!!

Namjoon:
Jiminie, vc precisa admitir… vc não sabe guardar segredo.

 

Ignorei esse assunto pra focar no que realmente importava:

Eu:
Jiiiiin vc tem q se confessar pra elaaaaa

Seokjin:
ELA

Seokjin:
NÃO É

Seokjin:
MINHA CRUSH

Yumi:
Não sei se ele deve confessar… preciso avaliar melhor a Soi pra ver se ela é boa o suficiente pro nosso worldwide handsome u.u

Jimin:
Eu sei sim guardar segredo!!! Eu guardei todos os seus segredos!!

Hoseok:
Até vc ficar bebado… kkkkkkkk

Yoongi:
Não precisa ficar bêbado. Ele espalha segredos qd tá sóbrio tb.

Namjoon:
Eu já aprendi a não contar nada pra ele a não ser que a Big Hit inteira possa ficar sabendo.

 

… Bem.. isso é um tanto quanto preocupante, considerando que ele sabe de dois namoros que ninguém da Big Hit pode saber.

Eu:

Jungkook:

Taehyung:
… ._.

Yumi:
t.t

Namjoon:
… ah.

 

“Acho que todos pensaram o mesmo que eu.”

Jimin:
Eu não contei pra  N I N G U E M  do namoro de vcs!! Viu, eu sei sim guardar segredo!!!

Yoongi:
Foi por sua causa q eu fiquei sabendo q o Taehyung e a Yumi-ssaem estavam namorando.

 

“… Isso é sério?”

Jimin:
Eu só deixei escapar pq pensei q vc já soubesse!!! TT

 

“... Hora de estabelecer mais uma regra.”

Eu:
5 - Jimin terá sua memória apagada diariamente.

Seokjin:
Sim

Jungkook:
Sim

Taehyung:
Sim

Yumi:
Sim @[email protected]

Yoongi:
Sim.

 

“Oxi!”

Eu:
Vc tb, Yoongi? Qual segredo seu ele contou?

Yoongi:
Prefiro não dizer.

Taehyung:
KKKKKKKKKKKKK

Hoseok:
Sério, pq vcs ainda contam as coisas pra ele? Kkkkkkkkkk

Jungkook:
Acho q é pq ele é o q mais entende a gente

Taehyung:
Sim! Ele nos conforta, e os abraços dele são os melhores! ^^

 

“Aw!”

Jungkook:
Ele faz as pessoas se sentirem seguras

Seokjin:
Aí vai lá e me apunhala pelas costas…

Seokjin:
E BEM NA MINHA FRENTE!!!!

Yumi:
Kkkkkkkkkkkkkkkk

Yoongi:
Então vc admite que ele revelou sua crush?

Seokjin:
NÃO PERA

Eu:
KKKKKKKKKKKKKKKKKKK

 

Ri alto depois dessa! 

Mas minhas pálpebras já estavam pesadas. Já ia mandar uma mensagem de boa noite pro JK quando ele foi mais rápido:

Jungkook:
Nyang-ah! 

 

Ele me mandou então uma selfie dele usando o pijama de couple

Abri um sorriso enorme!

Eu:
^^ Tava pensando em você agora, meu anjo!

 

Também mandei uma selfie mostrando que eu tava usando o pijama.

Jungkook:
*-* Linda!!!

Jungkook:
Eu tô sempre pensando em vc <3

 

“Que amor!”

Jungkook:
Mas então…

Jungkook:
Sobre o que eu queria te falar antes dos hyungs entrarem na sala...

 

“Ih, é! Já tinha me esquecido disso!”

Eu:
Pode falar!

Jungkook:
Nyang-ah...

 

A mensagem seguinte demorou um pouco mais pra chegar.

Jungkook:
Você se lembra de tudo que fizemos ontem?

 

Comecei a pensar em tudo que tínhamos feito na cama. Feito e falado.

Foi tão bom

Eu:
Sim, meu amor. Lembro de tudo.

 

Novamente, a resposta demorou pra chegar:

Jungkook:
E você gostou de tudo?

 

“Isso era realmente uma dúvida?!”

Eu:
Não ficou claro pelos meus gemidos??? Kkkkkkkkkk

Jungkook:
Sim… na hora…

Jungkook:
Mas você tava bêbada…

Jungkook:
Pode ter mudado de opinião…

 

“Aaahh agora eu entendiii!” Ele tá tentando me perguntar delicadamente se eu tô envergonhada por alguma coisa, que nem eu tinha feito com ele!

Eu:
Não, não mudei.

Eu:
Eu te perguntei mais cedo se você tava com vergonha de eu ter te beijado de língua porque isso foi na frente de todo mundo. O que nós fizemos quando estávamos sozinhos é diferente.

Eu:
Jungkook...

 

Achei que ele iria gostar de ouvir. Bom… ler:

Eu:
Ontem foi incrível pra mim! <3

 

Fiquei com as bochechas quentes me lembrando daquela noite maravilhosa...

Será que ele estava do mesmo jeito que eu?

Jungkook:
Foi incrível pra mim também! <3

 

Algo me dizia que estava.

Jungkook:
E não só por causa do sexo…

Jungkook:
Eu senti que você se soltou completamente comigo!

Eu:
Bem… o álcool faz isso kkkkkkkk

Jungkook:
Sim, mas

Jungkook:
Eu vi o quanto você realmente é carinhosa, e carente, e grude <3

Jungkook:
E safadinha também ;3

 

“Aish…”

Eu:
Eu não tava com vergonha antes, mas assim eu vou ficar… :’)

Jungkook:
Nãooooooo

Jungkook:
Não é pra ficar com vergonha!!

Jungkook:
Eu GOSTEI!

Jungkook:
Você não precisa beber pra ser assim comigo!

Jungkook:
Pode ser carinhosa, carente, grude e safadinha o quanto você quiser!

Jungkook:
Eu AMO <3

 

Foi impossível não sorrir! 

Eu:
Ok… <3

 

A Yumi estava certa, afinal. Eu ter me soltado foi uma coisa boa!

E escolhi a pessoa certa pra poder ser eu mesma!

 

RM POV

Estava sentado no meu quarto, procrastinando pra voltar a escrever o solo do Jimin. Só ficava mexendo no celular, sem motivação.

"… Seria bom se… a ssaem me mandasse uma mensagem…"

Já estava sentindo falta disso. Qualquer que fosse a mensagem. 'Hey, Namjoonie! Comeu direito hoje?' já seria o suficiente.

As que ela mandava no grupo não eram a mesma coisa...

Me peguei abrindo a nossa conversa pra reler as últimas mensagens que tínhamos trocado:

Eu:
E ele saiu de casa animado pra te ver! Espero que vocês possam passar um tempo agradável juntos, e que todos esses problemas fiquem pra trás.

Teacher:
Obrigada, Namjoonie! ^^ Vou tentar animar ele com certeza!

Eu:
Que bom! ^^

 

"… Nossa última conversa foi sobre o Jungkook..."

"A quem eu estou enganando? Eu devo ser a última coisa na cabeça dela, agora." 

"Assim como ontem à noite…"

Queria que o álcool tivesse me feito esquecer de tudo, mas não fez. Queria não me lembrar do momento em que ela puxou o Jungkook pro quarto dela, mas ainda me lembrava.

Queria principalmente poder apagar da minha mente o gemido dela, que eu ouvi quando era o único ainda acordado. 

Esfreguei os olhos e a cabeça, querendo conseguir arrancar essa lembrança do meu cérebro e tacar longe.

Então, ouvi notificação de mensagem. Aproveitando qualquer oportunidade pra me distrair e parar de pensar naquele gemido, abri o Kakao.

Meu coração acelerou quando vi quem era!

Teacher:
Namjoonieee preciso te contar!

Teacher:
Hoje eu lavei a louça INTEIRA, de ontem e de hoje, e não quebrei NADA!!

Teacher:
A Yumi nem acreditou! Ela fez o maior drama, se ajoelhou no chão e agradeceu pelo dia em que a “deusa da destruição” não destruiu nada kkkkkkkkkkkkk

Teacher:
Mas ela ficou feliz, então isso que importa! ^^

 

Ela já me fazia sorrir tanto só com isso...

"Argh, qual o problema comigo?!" Eu não posso ficar assim! Não posso ficar pensando nela, querendo falar com ela…e muito menos sorrindo que nem idiota por qualquer coisa que ela diga pra mim!

Ela é a namorada do Jungkookie!

"Eu definitivamente sou o pior hyung do mundo..."

Não posso mais me permitir isso. Não devia nem ter me aproximado dela, em primeiro lugar. Se eu não tivesse falado pra ela que estava deprimido, nada disso teria acontecido.

A culpa disso tudo é minha. Desde o início. Desde não ter perdido peso suficiente antes de sair o teaser, até a reação que eu tive quando soube do namoro do Taehyung, até ter escolhido a Nanhyang-ssaem pra conversar quando estava me sentindo mal. Eu fiz tudo errado.

"Preciso fazer algo certo, uma vez na vida."

Eu:
Que bom, ssaem!

Eu:
Desculpe, não posso falar agora. Estou escrevendo uma música.

 

Eu ainda não estava, mas não importa.

Teacher:
Ah, desculpa te atrapalhar!

Teacher:
Bom trabalho! ^^ Depois vou querer ouvir a música!!

 

Não respondi essas.

Não vou mais ficar conversando com ela. De agora em diante, mesmo que ela me mande alguma mensagem, eu vou só responder o mínimo necessário e encerrar o assunto. É melhor assim.

… E mesmo que não seja… eu preciso fazer isso.

Também preciso parar de enrolar e terminar logo o solo do Jimin. Já estou demorando demais.

Me forcei a levantar da cadeira, pegar um energético na geladeira e ir pro estúdio. Abri o que já tinha da música e me lembrei do porquê eu estava enrolando pra terminar: era uma música chamada Serendipity, que significa 'a ocorrência de coisas positivas por acaso'. Era sobre a descoberta de se estar apaixonado.

O tema já tinha sido decidido pelos produtores. Eu não podia mudar.

"Que. Inferno."

"…"

"Não dá. Não vou conseguir fazer isso. Não agora."

Pra não me sentir um completo inútil, decidi trabalhar em outra música. Ainda precisávamos de uma para a rap line do grupo, então comecei a escrever. Poderia trocar ideias com o Hoseok e o Yoongi-hyung depois que já tivesse pelo menos alguma coisa pra mostrar.

Já tínhamos uma noção do que queríamos fazer. Tínhamos até pensado em fazer um jogo de palavras entre tear, significando 'partir' ou 'rasgar', e tear, como em 'lágrima'. Essa música seria sobre arrependimento, decepção, e a dor da desilusão. 

Essa seria fácil.


Notas Finais


Espero que tenham gostado, leitores lindos! ^^

Já me seguiu no instagram? Eu posto prints das mensagens de texto que os personagens trocam ao longo da fic, e também interajo bastante com vocês! :3 Me segue lá! ^^~ https://www.instagram.com/nankookprints/

Se eu te fiz sorrir com esse capítulo, por favor deixe um comentário pra que eu possa sorrir também!! ^^ <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...