1. Spirit Fanfics >
  2. Desejo ardente ( Imagine Jeon Jungkook ) >
  3. Chapter 48.

História Desejo ardente ( Imagine Jeon Jungkook ) - Capítulo 48


Escrita por:


Notas do Autor


Boa tarde anjinhos 💜estão bem? Espero que sim.

Voltei mais rápido dessa vez. Mas, eu não sei se na próxima eu vou aparecer rápido, possa ser que sim e, possa ser que eu demore.

Obrigada por todos os comentários do capítulo passado, eu amei lê-los e responder todos💜✨

Perdão pelos erros ortográficos.
Boa leitura 📖✨

Capítulo 48 - Chapter 48.


 

POV’S KIM TAEHYUNG.

 

— Sinto muito, mas eu não tenho dinheiro então, não posso te ajudar. 

 

— Taehyung! Eu imploro.

 

— Você quer que eu faça o que porra? Roube um banco?

 

— Eu só quero ajuda.

 

Respirei fundo contando até três para não cometer uma besteira.

 

— Eu prestes a ser preso por assassinato. - Digo me soltando dela. — O que você e o Jeon fizeram não ter perdão. A (S/N) nunca faria isso com ele, ou, com qualquer outra pessoa.

 

— Eu já disse que não temos mais nada!

 

— Não importa! Essa merda começou no maldito club de stripper, e eu não apoio isso e se eu pudesse contaria toda a verdade para ela, mas a obrigação de fazer isso é o do, Jeon.

 

— O que eu posso fazer se eu sou melhor que ela, uh?

 

— Ai que você se engana, Yerin. Você não passa de uma tremenda aproveitadora que rouba o marido das mulheres. Vem cá, você faz isso porque sente prazer ou quer tentar se achar a melhor? Pois, se for isso sinto em lhe dizer, mas você não é melhor do que ninguém, você não passa de uma vadia procurando por atenção.

 

— E você? O pobre coitadinho que sempre teve olhos para a (S/N), mas a perdeu para o Jeon. - Ela ri sínica. — Aquele sim é um homem de verdade, você precisava ver o que ele fazia comigo quando transávamos.

 

A raiva que eu tentava esconder foi subindo à minha cabeça.

 

— Saía daqui.

 

— Tae...

 

— SAÍA! - Segundos depois eu escutei o barulho da porta se fechando e soltei meu ar preso.

 

Desgraçada. Eu espero que quando a (S/N) descobrir ela não faça nada, embora, eu quisesse muito que ela acabasse com a vida da vagabunda da, Yerin.

 

Por muito tempo eu escondi a verdade, e não sei se vou conseguir aguentar por mais. Maldito dia em que ela o conheceu, eu nunca apoiei essa relação, pois, nunca consegui ver confiança no Jeon. Se eu tivesse essa mulher do meu lado, eu faria de tudo para mantê-la comigo saudavelmente.

 

E a filha dele? Será que ele não parou pra pensar nisso? 

 

A família dele está prestes acabar e eu vou fazer questão em rir da cara dele. Não pela, (S/N), e sim por ele, por aquele imundo. Eu sei que assim que ela descobrir, vai deixá-lo e ser livre com a pequena Sohye. O problema é que ele vai fazer de tudo para não deixar isso acontecer, eu conheço o tipinho do Jeon. Só tenho medo dele tentar tirar Sohye da, (S/N) por pura birra, só para chantageá-la e fazer com que ela volte pra ele.

 

Foi por isso que eu também à beijei, foi errado? Sim. Mas eu estava com tanta raiva por vê-la tão vulnerável, inocente e grávida, enquanto ele estava de boa e mentindo pra ela.

 

 

POV’S (S/N).

 

 

— Eu estou pouco me importando se você é rico e tem o mundo em suas mãos, se eu estou com você é porque eu te amo de verdade. Mas, eu estou chegando ao meu limite e ele está me levando a querer tomar um decisão que não será tão agradável. - Jeon ficou atônico, ele definitivamente não esperava por isso.

 

— Você não vai me deixar, amor. - Jeon parou na minha frente segurando ainda segurando a pequena.

 

— Não dúvida de mim. 

 

— Vamos para de falar sobre isso.

 

— Tudo bem... Eu acho que vou ver meu pai. - Falei um pouco pensativa.

 

— Fica comigo hoje, amanhã você vai.

 

— Não. Eu realmente combinei com ele, e você vai junto.

 

— Ah, claro. Então, vamos.

 

— Da banho na Sohye e arrume ela que, enquanto isso eu tomo o meu.

 

— Mandona.

 

— Sou mesmo. - Dei com a língua.

 

— Qual roupa vai querer pra Sohye.

 

— Escolhe lá.

 

— Ok.

 

 

[...]

 

 

No banho eu refletia sobre tudo, a água morna caia sobre meu corpo relaxando-me por completo. Resolvi sair para não me atrasar, me sequei no banheiro e vesti minhas peças íntimas, me enrolei na toalha branca e sai indo para o quarto.

 

Parei em frente ao grande espelho que havia do quarto e me assustei quando contemplei minha imagem no espelho, olhei-me novamente no espelho e ali estava uma mulher magra, pálida e desgastada, meu corpo que antes tinha curvas acentuadas agora mostra mais magreza.

 

Eu sei que tudo isso é por conta da amamentação, mas eu estou ficando tão pra baixo, embora, amamentar pra mim seja a melhor horinha do meu dia.

 

Sinto um nó se formar em minha garganta e seguro o choro. Me apressei em me trocar, pois, já estava anoitecendo. Sequei meus cabelos molhados e passei uma maquiagem para poder dar brilho ao meu rosto. Me perdi dos meus pensamentos e olhei pela janela vendo alguns vizinhos conversando.

 

— Está pronta? - Fui tirada dos meus devaneios com o timbre rouco do Jeon.

 

— Estou. - Respondi sem ânimo. 

 

Me afastei da janela e sai para fora do cômodo sendo seguida por ele. Coloquei Sohye no bebê conforto e me ajeitei no banco de trás, Jeon me olhou do retrovisor e sorriu.

 

— Você é linda, amor.

 

— Obrigada. - Sorri minimamente.

 

— Eu estava falando com a minha irmã sobre nosso casamento. 

 

— O que tem?

 

— Você acha melhor esperamos mais um pouco? 

 

— Eu realmente não sei... Faz alguns meses quê estamos noivos. - Respondi. 

 

Eu realmente estou um pouco receosa sobre o casamento, não por estar com dúvidas sobre amá-lo, ou não, mas está acontecendo tantas coisas que eu nem sei o que eu quero pra minha vida. Tem casais que optam por esperar, outros que se casam rápido e por aí vai. 

 

— Sabe que eu não tenha pressa. - Ele diz.

 

— Eu também não tenho. - Respondi baixinho. — Amor. - O chamei.

 

— Uhm?

 

— Você acha que eu estou muito magra?

 

— Não amor, não acho. Porque? Você acha que está?

 

— Sim, eu estou me achando até demais. Eu não era assim, Jeon.

 

— Você é perfeita do seu jeitinho. O meu amor por você nunca vai mudar. - Escutar isso me deixou tão bem. — Faz assim, marca uma consulta com o nutricionista e amanhã eu não vou trabalhar e fico com Sohye pra você.

 

— E se ela chorar? Sabe que Sohye não pega a mamadeira facilmente.

 

— Confia em mim, amor. 

 

 

[...]

 

 

— Jeon, quanto tempo! - Papai o abraçou fortemente. — Você parece mais grandão, ou é impressão minha? O que minha filha anda te dando pra comer? - Eu ri, apreciando às piadas do papai, ou a tentativa de fazer uma.

 

— É muito exercício físico. - Jeon respondeu. — Eu e (S/N) só estamos vivendo a base de alimentos saudáveis.

 

Papai soltou uma risada alta esticando seus braços pra pegar Sohye, em seguida a namorada dele apareceu e nos cumprimentou.

 

Voltar na minha casa me fez ter boas lembranças, fico feliz em ver meu pai confortável e bem aqui.

 

Nos direcionamos até a mesa e sentamos. Pedi  Sohye para papai e a coloquei deitada no bebê conforto em uma cadeira ao meu lado. 

 

— Cheguei. - Olhamos para a entrada da cozinha vendo o filho da namorada do meu pai. Yeonjun.

 

— Olá. - Curvei para o mesmo e Jeon fez o mesmo. Ele sentou de frente pra mim e me olhou sorridente.

 

Bem, eu o vi algumas vezes e quase nunca conversamos. 

 

— E como andam as coisas na empresa, Jeon? - Papai inicia a conversa.

 

— Um pouco complicadas. Estamos tentando investir em novos projetos, mas por conta de uma pequena crise tivemos que adiar.

 

— Oh! Crise? - Papai indaga surpreso. De certo não esperava por isso, já que a família Jeon tem muito dinheiro. Mas se não fosse pela burrice do meu noivo em gastar e se envolver em dívidas, talvez, nada disso estaria acontecendo.

 

— Sim. Então, essa semana vamos ter uma nova reunião a respeito dos novos produtos a serem lançados. E resolveremos esse pequeno problema.

 

“ pequeno problema “, um pequeno problema que custou muito dinheiro e digamos que foram  15,0002,000 wons. Jeon não soube separar o pessoal com o profissional, pois, existe o seu dinheiro e o dinheiro da empresa. No entanto, se misturar essas duas coisas acaba não dando certo. Basta um pequeno descuido e finanças pessoais e empresariais se tornam uma coisa só, causando um enorme estrago. E foi exatamente isso que ele fez. Isso dificultou o controle financeiro do negócio, desde a gestão dos materiais da empresa até o fluxo de caixa. E agora eles não estão conseguindo investir em novos negócios.

 

Não sei qual desculpa Jeon deu ao pai dele, deve ter sido uma bem boa porquê ele perdeu muito dinheiro.

 

Totalizando a quase um milhão.

 

Eu já desisti de tentar ajudá-lo, Jeon se envolveu em confusões por causa disso, mentiu pra mim e me magoou então, pra mim não faz mais diferença alguma, e eu quero é mais que ele se lasque sozinho.

 

Eu realmente o amo, mas ultimamente ando pensando em terminar nosso relacionamento, não sinto mais aquela magia do começo, parece que tudo foi se apagando aos poucos. Descobrir que ele me esconde às coisas me deixou dilacerada por dentro, tudo bem, que atire a primeira pedra quem nunca mentiu, mas o Jungkook passou dos limites e isso só me entristece. Ele é atencioso, brincalhão e um bom pai, mas suas atitudes comigo estão sendo ridículas, não parece um homem de vinte e cinco anos e sim um moleque rebelde.

 

Eu só preciso ver o que ele tem naquele celular e quando eu descobrir, se for algo que ando pensando, eu vou sumir da vida dele.

 

Terminarei com Jungkook, mesmo que doa muito.

 

 


Notas Finais


Espero que tenham gostado💜em breve a confusão vem...

15,0002,000 wons, em reais fica 712,065.84 ou seja muito dinheiro👀Jeonzinho se ferrou bonito. Sn ta determinada hein, é só ela descobrir o que ele esconde e o que tem naquele celular e pow pow pow. Esperem ansiosamente para esse capítulo chegar que vai ser bombástico, já estou planejando ele na minha cabeça ahaha para depois passar a limpo e não vai demorar pra isso acontecer🔥👀

Sn ta desgastada e cansada, Jeon ta vacilando feio né? A situação está crítica no relacionamento deles.

E o Tae? Hmm

Comentem para a tia Ge 💜

Obrigada por todo o apoio eu amo vocês meus anjinhos🥰✨

Até a próxima.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...