História Desejo indomável - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Got7
Personagens Jackson, Mark
Tags Drama, Hot, Jackson Wang, Mark Tuan, Markson
Visualizações 68
Palavras 564
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Lemon, LGBT, Romance e Novela
Avisos: Homossexualidade, Incesto, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Mark : 16 anos
Jackson : 19 anos

Capítulo 1 - Babyboy


Jackson on

Desde pequeno admirava meu irmão ,uma admiração entre irmãos soaria até normal mas o meu tipo de admiração é um tanto que tentadora ,desde menor Mark usava roupas curtas dentro de casa que se baseava em meias coloridas e blusas até metade das coxas ,eu tentava segurar meu desejo sabendo que isso é errado e tentava me virar trancado no quarto.

Até considerava o menor bem inocente para sua idade nunca o vi bebendo ou fumando ,só vivia com doces e pirulitos na maioria das vezes de cereja.

Meus pais resolveram tirar umas férias e com a desculpa de que eu já sou maior de idade deixou a casa por minha conta ,gostos bastante da ideia já que o que faltava para eu agarrar meu próprio irmão seria uma oportunidade e acho que um mês é o suficiente

                           [•••]

Estou Esparramado no sofá procurando algo que preste na tv quando escuto passos leves e aveludados seguido de um barulho vindo da geladeira e um resmungo em seguida.

-jackie-  falou manhoso se sentando ao meu lado propositalmente em cima de minhas pernas me encarando com um bico. Fiz questão de encara-lo de cima a baixo estava um tanto sexy com uma meia branca  indo até os joelhos e um moletom rosa claro até metade das coxas e um tecido fino que conseguia sentir em contato com minhas coxas obviamente sua box ,e aquela voz ,aquela voz que me deixa duro só de pensar ela saindo chorosa enquanto o fofo sem dó - Jack ? - sem ao menos perceber acabei viajando em pensamentos e quando volto vejo seu rosto confuso e acabei rindo fraco.

- fala - disse calmo enquanto levava uma de minhas mãos até sua coxa a pousando lá sentindo Mark se aproximar ,agora eu tinha minhas dúvidas de sua inocência invejável.

- a geladeira está vazia e eu estou com fome - falou de uma vez me fazendo bufar encostando minha cabeça nas costas do sofá sentindo um peso em meu colo me assustando um pouco quando vejo o menor la franzi o cenho vendo ele sorrir gentilmente levando suas mãos até minha cintura me abraçando ,como sempre muito carinhoso, retribui o abraço não aguentando e levando meu rosto até seu pescoço inalando seu cheiro que era um pouco doce pelo perfume que passava todos os dias ,acabei por deixar um beijo no local e descer minhas mãos até o começo de sua bunda acariciando o local.

- não seja tímido Jackie - escuto oque o menor fala e acabo mordendo meus lábios apertando sua bunda escutando um arfar próximo de meu ouvido.

Separei o abraço segurando em sua nuca e o puxando para um beijo que foi correspondido ,se querer foder Mark é um pecado acho que depois dessa já posso ir para o inferno.

Finalmente cheguei onde queria e não vou parar tão cedo ,se essa é a chance de agarrar o meu prêmio de uma vez não irei escitar em desperdiça-lo.

- eu vou te fuder até suas pernas ficarem bambas - falei já posicionando o garoto de quatro no sofá levantando seu moletom e deixando o meu quinto tapa em sua bunda.

- é tudo que eu mais quero Jackie - sua voz saiu fina e manhosa me fazendo deixar mais um tapa em sua bunda descontando meu tesão.

E eu consegui satisfazer todo o meu desejo acumulado por anos agora podia chamar ele de meu ,somente meu babyboy.






Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...