1. Spirit Fanfics >
  2. Desejo Insano por um Kurosaki (IchiRuki) >
  3. Seu toque outra vez

História Desejo Insano por um Kurosaki (IchiRuki) - Capítulo 8


Escrita por:


Notas do Autor


vamos continuar?
aproveitando o tempo que temos agora. rs
tentarei atualizar minhas fanfics
bjsss

Capítulo 8 - Seu toque outra vez


Fanfic / Fanfiction Desejo Insano por um Kurosaki (IchiRuki) - Capítulo 8 - Seu toque outra vez

Ichigo faz uma visita surpresa à Rukia...

Rukia: Desgraçado! Como sabia onde eu morava?

Ichigo: Sei lá, meu hollow devia saber, ele fica louco com você. Vim forçado, só pra avisar.

Rukia: Forçado? Depois de me golpear me vem com esse papo? Deve estar brincando com minha cara!

Hollow: Brincando? (segura o pescoço de Rukia) Talvez sim, mas nem eu e nem Ichigo conseguimos ficar muito longe da sua pele e desse seu sangue que eu adoraria derramar em minhas mãos! 

Rukia: Que coisa mais romântica de se ouvir, em uma merda de noite como essa! Me solta! 

Hollow: Bem que eu queria!!!

 

Hollow arrasta Rukia até o quarto, jogando ela na cama, nua e pega de surpresa, Rukia tenta pensar rápido para se livrar de seu inimigo e maldito cabeça de cenoura.

Rukia: Seja direto, o que quer de mim?

Ichigo: AH! MALDITO! PORQUE FAZ ISSO? (Dizia ichigo socando o próprio rosto)

Rukia: Mas?? O que é isso?

Ichigo: Ham? Puta merda! O que esse maldito imbecil fez com você?

Rukia: Hum, entendi. Era seu hollow não é? Ichigo Kurosaki

Ichigo: Droga, ele me controla e me tira do sério mesmo! Bem, vista sua roupa. Isso foi ideia dele, não minha!

Rukia: Acha que vou perdoar por isso? 

Rukia usa magia, logo uma zanpakutou surge em sua mão. Seu olhar assassino fica evidenciado, ela então parte pra cima de Ichigo

 

Rukia: Não vou te perdoar seu merda de cabeça de cenoura!! 

Ichigo: Idiota!

 

Ichigo segura sua zanpakutou com as mãos, se afasta e consegue retirar das mãos de Rukia, levando ela a uma luta corpo a corpo

 

Ichigo: Não acha injusto isso? Me atacar desarmado?

Rukia: Olha quem fala! Pode vim então!

Ichigo: Confesso que vai ser um pouco complicado me segurar, você esta sem roupa, isso está me desconcentrando.

Rukia: Como é que é?

 

Ichigo usa um passo relâmpago, jogando ela de volta a cama, desta vez segurando fortemente seus pulsos contra a cama. Olhava fixamente em seus olhos que tinham um olhar assassino apaixonante, aqueles malditos olhos violetas que ele viu desde a primeira vez, queria arrancar eles para si. 

Ichigo: Como consegue?

Rukia: Consegue o quê?

Ichigo: Ser linda, sexy e assassina ao mesmo tempo?

Rukia: Hum, delirou de vez cenoura?

Ichigo: Talvez um pouco, estar nua também não colabora

Rukia: Se quer me matar, faça isso. Eu sei que você já descobriu meu segredo.

Ichigo: E o que tem isso com a situação atual?

Rukia Qual é o seu problema? Está na minha frente! Tem todas as vantagens para me matar! Eu sou sua inimiga, a pior delas! Se me der brechas eu arranco sua cabeça! Te levo como troféu! Eu não pertenço a este lugar, este mundo! Só vim para investigar você, pois atrapalha meu serviço!

Ichigo: Você fala muito sabia?

Rukia: Ora seu..

Ichigo chupa levemente os labios de Rukia, puxava para si com paixão, tesão, arrancava suspiros e o fôlego de Rukia, Se contorcia por baixo dele, tentava negar a si mesmo os desejos. Seus pulsos presos por ele, levemente ele soltava, segurou suas mãos, apertava com força, os beijos eram mais intensos, até ela soltar-se, prendeu em seus cabelos, "abraçava" a cintura de Ichigo com suas coxas, com força e excitada, Ichigo a correspondia, arranhava seu abdômen, mordia seu pescoço, descendo até seus seios, enquanto Rukia gemia em seus ouvidos, mudou sua posição. Ela por cima, tapeava seu rosto, o beijava chupando seus lábios, transitava sua língua por seus beiços, Ichigo puxava seu cabelo, não queria se desgrudar de forma alguma, apertava seu pescoço, estapeava também Rukia...

Ichigo: Caralho, como pode isso? Me deixa louco sua maldita!

Rukia: Desgraçado também! Eu vim para matar você!

Ichigo: Faça o que quiser então, de mim você nunca vai fugir!

 

Ichigo fica sentado na cama, olhava para ela com ódio, raiva, sabia que tinha que matá-la também, mas não conseguia, era uma maldita atração fatal que sentia por ela, Rukia se sentia da mesma forma, se ela não o matasse sua associação para qual trabalhava iria querer sua cabeça. Era ela ou ele, era maldita aquela decisão, ainda assim não resistia, começou a tirar a roupa de Ichigo, deixou ele nu também, ficou sentada nele, se esfregava nele, ele revirava os olhos, já estava ereto e muito dolorido de tesão que sentia, pegou em seu dotado e passeava sua cabeça na intimidade de Rukia que dava pulos mordendo os lábios. Ele a masturbava chupando sua boca, Rukia na empolgação e tesão, acabou sentando de vez em seu dotado, ambos gritaram ao mesmo tempo. Ela se segurou em seu pescoço, enquanto ele a segurava fortemente parados, ele sentia em seu membro algo descendo, passou a mão e viu sangue, mordeu seu pescoço sentindo ela tremer.

Ichigo: é a primeira assassina virgem que encontro. Você é jovem pelo visto.

Rukia: Idiota, aqui nesse lugar eu sou nova, mas no meu local de origem já tenho mais de 100 anos.

Ichigo: Então você é uma velha virgem? Qua piada. Haha

Rukia: Imbecil, isso dói.

Ichigo: Corajosa você, eu não resistiria também se fosse você.

Rukia: Hum, você é o assassino mais idiota que conheci.

Ichigo: Não deu certo com os anteriores?

Rukia: Não, porque eu matei todos antes de qualquer coisa

Ichigo: Porque comigo você esperou?

Rukia: Não sei

Ichigo: ?? Como não sabe??

Rukia: Na Soul Society sempre lia sobre seus registros, desde pequena eu treinei, matei e exterminei muitos alvos. Precisei treinar muito para que chegasse a seu nível para poder matar pessoas do seu tipo. Mas, toda as vezes que via suas fotos eu sentia desejos. Intensos até demais, eu não entendia. Me diziam que podia ser "paixão de adolescente". Nunca vi alguém tão interessante como você, mesmo que sendo meu inimigo. Eu não entendia mais nada, mas sabia que um dia queria ter você, nem que tivesse que matá-lo para isso acontecer.

Ichigo: Verdade, acho que eu sou um interessante assassino..

Rukia: Droga, você é convencido.

Ichigo: Convencido sim, mas agora, seu.

Rukia: Meu?

Ichigo: Sim, teu sangue derramado em mim, faz de mim tua propriedade.

Rukia: Você arrepia a alma que não tenho.

Ichigo: Imagino que sim, sua alma agora é minha. Até chegar o dia que nos mataremos pra valer.

Rukia: Idiota..

 

 

 

...

 

 


Notas Finais


Olá meus queridos! Vamos aproveitar e nos prevenir diante essa crise?
cuidem-se e beijos carinhosos à vocês!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...