1. Spirit Fanfics >
  2. Desejo Proibido - St. Van >
  3. Dia de sorte

História Desejo Proibido - St. Van - Capítulo 3


Escrita por:


Capítulo 3 - Dia de sorte



Depois de uma hora ouvindo minha mãe me avisando sobre as festas e os rapazes, ela finalmente vai embora.
Com sua despedida habitual, um beijo e um abraço rápido, saiu do quarto e disse para Jooheon que ia esperá-lo no carro.

_Vou sentir falta de ter você por perto todos os dias.- ele diz baixinho e me puxa para os seus braços. Inalo seu perfume, o que lhe comprei no Natal e solto um suspiro. Vou sentir falta desse cheiro.

_Eu também vou sentir saudades, mas vamos nos falar todos os dias.- digo e o abraço apertado.- Eu queria que estivesse aqui este ano.- digo acariciando seu pescoço. Jooheon é apenas alguns centímetros mais alto que eu, mas gosto disso, ele não é como uma torre sobre mim. Ele me dá um beijo de despedida quando minha mãe toca a buzina do carro. Ele dá risada e se afasta.

_Sua mãe... ela não dá uma folga.- Jooheon me dá um beijo no rosto e sai apressado dizendo: Ligo para você hoje à noite.

Desfaço as minhas malas e me deito na cama. Já me sentindo sozinha e a minha companheira de quarto ter desaparecido também não ajuda. Tenho a sensação de que ela não vai passar muito tempo por perto. Porque eu não podia ter uma colega de quarto que iria adorar ficar aqui e estudar comigo? Bem, acho que isso pode ser uma coisa boa, porque assim vou ter este pequeno quarto para mim.


Antes de dormir tiro a minha agenda e escrevo o meu horário escolar para este semestre e as possíveis reuniões para o clube literário que estou pensando em aderir. Amanhã vou sair do campus pra comprar mais algumas coisas para o meu quarto. O fato de ainda não ter carro vai tornar a saída um pouco difícil, talvez devesse procurar um. Tenho dinheiro suficiente de presentes da graduação, só não quero o estresse de já ter um carro. Estou vivendo no campus, por isso há muitos ônibus que circulam por aqui. Fecho minha agenda e adormeço.

Na manhã seguinte, Lisa não está na cama dela. Gostaria de conhecê-la, mas é pouco provável se ela for do tipo de pessoa que fica fora de casa a noite toda. Talvez um aqueles dois rapazes fosse namorado dela. Espero que seja o loiro. Pego minha necessaire e caminho até o banheiro. Uma das minhas coisas menos favoritas sobre a vida num dormitório são os chuveiros, porque cada quarto não pode ter o seu próprio banheiro em comunidade? É embaraçoso, mas pelo menos não há misturas. É o que eu havia pensando até chegar na porta, vejo dois adesivos colados, um representando um homem e outro uma mulher....
Ughh. Rapazes no banheiro vai ser estranho. Vou ter que acertar o meu alarme para acordar mais cedo, pode ser que assim encontre o banheiro vazio.


O chuveiro leva muito tempo para aquecer e eu fico paranoica com a ideia de que alguém vá puxar a cortina fina que separa meu corpo nu de uma sala de ambos sexos.
Todos pareciam estar confortáveis apenas do fato de que não deveriam estar. A vida universitária é estranha até agora. A cabine do chuveiro é pequena, com uma pequena prateleira para pendurar as minhas roupas enquanto tomo banho. Eu me pego pensando em Jooheon e nos meus amigos em casa, estou distraída e quando me viro bato o cotovelo nas roupas fazendo-as cair no chão encharcado. A água continua caindo sobre elas, molhando elas completamente.

_Só podem estar brincando comigo! - resmungo para mim mesma.


Desligo a água e enrolo a toalha em mim, agarrando a minha pilha de roupas pesadas e encharcadas e corro pelo corredor, esperando desesperadamente que ninguém me veja. Chego ao meu quarto e enfio a chave na porta, relaxo instantaneamente, até que me viro e vejo o rapaz de cabelos castanhos deitado na cama da Lisa. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...