História Desejo realizado - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias TWICE
Personagens Chaeyoung, Mina
Tags Chaeyoung, Inktober, Michaeng, Mina, Uso De Drogas, Wowspearb
Visualizações 25
Palavras 500
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), FemmeSlash, LGBT
Avisos: Drogas, Homossexualidade, Suicídio
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Os triggers dessa história estão nos avisos, por favor fiquem atentos antes de prosseguir com a leitura. O tema de hoje no Inktober era "Vícios" e o grupo sorteado foi Twice, então... Me perdoem por isso.

Capítulo 1 - Único


O corpo magro de Chaeyoung nos braços de Mina causavam-lhe uma enorme sensação de desespero. A mais velha não sabia mais o que fazer para tentar ajudá-la. Todas as suas alternativas haviam sido esgotadas e suas tentativas foram falhas. Por isso, tudo o que podia fazer era abraçá-la até que fosse tarde demais.

Naquele momento, a Son dormia. Daquela forma, em seu sono, era o único momento em que parecia em paz, por isto Mina passou a amar estes momentos. Costumava amar o tempo que passavam juntas. Porém, conforme o problema de Chaeyoung evoluía, mais ela lamentava não ter mais a sua menina consigo.

Aquela não era mais a Chaeyoung que havia conhecido tantos anos antes. Havia restado apenas uma sombra da mesma para que amasse. Aquela garota magra, pálida e com o rosto raquítico que deixava claro que havia algo de muito errado consigo, ela de certo não era a menina alegre e feliz que havia conhecido.

Mas muitas coisas haviam acontecido no decorrer daqueles anos. Ambas haviam sofrido muitas perdas, mas tinham maneiras diferentes de lidar com tudo o que acontecia.

Chaeyoung havia escolhido a mais difícil das maneiras, e Mina só pensava no quanto aquilo a destruía enquanto ouvia sua respiração falha e irregular, levantando a mão para limpar um pequeno resquício de pó branco embaixo do nariz da mais nova. Só gostaria de poder salvá-la daquilo, mas não sabia como, por isso só podia tentar ajudá-la da maneira que estivesse ao seu alcance.

Levantou-se da cama que dividiam, indo conferir a água que havia colocado para ferver. Terminou então de fazer a sopa, colocando-a em um prato e deixando-a na mesa de cabeceira ao lado da mais nova. Não podia ficar ali por muito mais tempo. Sabia que, se ficasse, quando Chaeyoung acordasse iria expulsá-la dali. Provavelmente ficaria brava com a intromissão da Myoui, mais uma vez. E se recusaria a comer qualquer coisa que ela tivesse feito. Por isto, a mesma aparecia apenas na madrugada, quando a outra estava em seu sono profundo que mais se assemelhava a um coma. Tinha suas dúvidas se ela comia o que lhe deixava quando saía, mas preferia acreditar que sim. Afinal, ela ainda estava viva, certo?

Mina não tinha a menor ideia do quão enganada estava.

Pois, assim que acordava, a Son jogava fora qualquer coisa que tivesse em sua mesa de cabeceira. Então, ia andar pela vizinhança, tentando descobrir o que venderia naquele dia para conseguir manter seu vício. E, quando voltava, alimentava-se apenas da droga até não ser capaz de continuar em pé.

Mas aquela havia sido a última vez.

A sopa ao seu lado iria esfriar, até que esta azedasse e as moscas a encontrassem. Mas ela não seria jogada fora. Ficaria ali até a próxima madrugada, quando Mina voltasse na casa para fazer mais comida e descobrisse que a mais nova não havia passado daquela noite.

Naquela manhã, Son Chaeyoung não acordou. Finalmente havia realizado seu desejo de abraçar a morte, como julgava merecer.


Notas Finais


Não usem drogas, crianças.
Jornal explicando o projeto: https://www.spiritfanfiction.com/jornais/inktober-but-im-a-writer-17592712

Até a próxima


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...