História Desejo secreto - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Supernatural
Tags Jared Ackles, Jensen Padalecki, Revelaçoes, Romance Drama
Visualizações 73
Palavras 1.087
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção, Lemon, Romance e Novela, Slash, Violência
Avisos: Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


boa noite minha gente,tudo bem?
vamos descobrir o que aconteceu com o loirinho gostoso?
vamos a mais um capitulo,boa leitura.
ps...nao me matem kkk

Capítulo 5 - Desilusao


Fanfic / Fanfiction Desejo secreto - Capítulo 5 - Desilusao

        dia da conferéncia.

o loiro se mexeu na cama e foi acordando aos poucos sentindo uma dor de cabeça aconpanhado de uma ressaca,mais o que mais o loiro estranhou foi que não estava em seu quarto.-vo...voce?falou ao ver a pessoa na sua frente.

-bom dia.

-on...onde eu estou?

-finalmente acordou.falou e deu um beijo nos labios do loiro.-achei que tinha entrado em coma alcolico.falou sorrindo.

-o...o que fez comigo?

-hey eu não...nós fizemos.falou pegando um copo em cima da mesinha.-toma vai lhe fazer bem.

-eu...eu não quero.falou recusando o copo.-como foi que eu cheguei aqui?perguntou levantando.

-não se lembra mesmo do que aconteceu?

-eu

-voce me trouxe para cá meu querido depois de nós beijamos loucamente no seu quarto de hotel

-eu não...eu...onde estão minhas roupas?

-eu mandei elas para a lavanderia do hotel querido.

-eu...eu tenho que ligar para o meu marido...eu preciso

-amor voce está bem?

-amor?

-eu

-o que fez comigo?perguntou colocando um rob azul.

-querido eu sei que bebemos ontem além da conta...mais eu não faria nada que te machucasse...eu te amo...meu marido.

-o...o que?

-amor eu

-EU  NAO SOU SEU AMOR...SEU LOUCO DE UMA FIGA...EU NEM SEI QUEM É VOCE.

-não foi o que voce falou na festa de halluncar depois de me possuir.

-EU NÃO SEI DIREITO O QUE ACONTECEU...MAIS EU NUNCA OLHARIA PARA UM CARA QUE NEM VOCE.

-COMO ASSIM UM CARA COMO EU?

-QUE VAI PARA CAMA DE UM DESCONHECIDO.

-MAIS EU CONHEÇO VOCE...SEU GROSSO VOCE ESTEVE FUNDO DENTRO DE MIM A POUCAS HORAS.

-VOCE É MALUCO...EU NUNCA TE VIR ANTES...VOCE COM CERTEZA MIM DROGOU É A UNICA EXPLICAÇÃO PARA ISSO.

-EU NÃO TE DROGUEI PORRA!FOI SÓ UM CALMANTEZINHO.falou segurando o loiro com força pelo braço

-FICA LONGE DE MIM.falou e o socou bem no meio da cara.-SE VOCE CHEGAR DE NOVO PERTO DE MIM...OU DE QUEM EU AMO...EU JURO QUE EU MATO VOCE.

-ESTÁ MIM AMEAÇANDO?

-PENSE COMO QUIZER.

meia hora na recepção o loiro tentava entender a todo custo o que tinha acontecido.

-senhor eu não tive culpa.

-claro que não.

-vamos nós até aos fatos.falou o delegado de policia que também foi chamado.-o senhor tem certeza que esse senhor e voce não são amantes?

-esse cara está mim estalquiando desde a festa de halluncar.

-insiste em dizer que está sendo seguido?

-ele veio parar aqui sem ser convidado...é eu vou continuar insistindo.

-mais ele disse que trabalha na mesma empresa que o o senhor.

-eu mal o conheço...ele deve ser....nao sei um estagiario?

-ele disse que está no lugar do senhor lourenço llamas

-llamas é o meu secretário que tirou ferias recentemente.

-ele afirmou que o senhor o procurava intimamente.

-o que?

-e que o senhor vivia dando a ele esperanças de ficarem juntos.

-eu nunca falei nada desse tipo para esse sugeito...ele é louco.

-seu amante falou que

-ELE NÃO É MEU AMANTE CARAMBÁ.

-mantenha a calma senhor....estamos tentando entender os fatos...como ele entrou no quarto do senhor por exemplo

-o fato é o seguinte...esse cara é louco...e está me seguindo...e ele entrou no meu quarto por que o pessoal desse hotel e um bando de incopentente.

-ele falou que era o seu marido.falou a recpcionista.

-se ele falasse que era o presidente voce tambem teria acreditado.

-senhor ackles...

-eu só quero ele longe de mim delegado.falou e olhou para a porta de entrada por onde entrava o moreno que parecia muito triste e tinha lagrimas nos olhos.-jay.sussurou.

-jen.falou o abraçando.

-meu amor.falou e tomou posse dos labios do moreno.

-voce está bem?

-eu

-estou tentando falar com voce desde ontem...e hoje me ligaram para falar que voce tinha sofrido um acidente...eu fiquei louco...eu só queria te ver...está com voce eu

-te amo.falou e o beijou apaixonadamente.-eu estou bem amor...foi só um mal entendido.

-por que os policias?

-eu

-o que houve amor?

-é que

-olá eu sou o delegado islas.falou o delegado ao se aproximar do moreno.-mauricio islas.

-esse é o meu esposo.falou o loiro.-jared ackles padalecki.

-como vai?perguntou o moreno o comprimentando com a mão.

-bem obrigado...como ficou sabendo o ocorrido com o seu marido senhor padalecki?

-eu recebir um telefonema de ontem para hoje....mim falaram que ele...que ele tinha sofrido um acidente...eu não conseguia mais ouvir...peguei o primeiro aviao e vir para ca...tinha que ter certeza que ele estava bem.falou olhando para o loiro.

-o senhor tem conhecimento que seu marido estava sendo seguido?

-eu...eu o que?

-amor eu

-voce não contou a ele

-não quiz preocupa-lo e

-meu Deus jen...é a sua segurança que está em jogo...como pode não ter mim contado sobre isso?

-amor eu

-senhor padalecki a pessoa que está supostamente seguindo o

-não é supostamente.falou o loiro.-ele está me seguindo.

-bem...voltando...a pessoa que está seguindo seu marido afirma com todas as letras que seu marido e ele tem

-tem o que?

-delegado não.pediu o loiro com lagrimas nos olhos.-eu lhe rogo...suplico para que não fale mais nada...por favor.

-e o que ele não pode me dizer?

-eu sinto muito senhor...eu não posso deixar nada fora de lugar...nada fora de contexto.

-alguém pode me explicar o que está acontecendo?falou o moreno.

-ele diz ter provas de que ele e seu marido...eles era...eram amantes.

-o...o que?falou o moreno sem conter as lagrimas.

''como eu vou negar isso...se nem eu sei o que aconteceu lá dentro...minha cabeça está uma confusão só.''-amor eu

-por...por favor me diz...diz que nao e verdade.falou ja com o rosto banhado pelas lagrimas.-jen...diz que e mentira.

''o que aconteceu comigo?por que tinha que acontecer justamente comigo...e eu nao posso nem falar qualquer coisa...muito menos me defender,pois nao sei do que eu teria que mim defender''pensava o loiro olhando para o moreno.

-um...uma facada em me...em meu coração doeria menos.falou o moreno ao ver que o loiro continuara calado.-ad...adeus jen.falou saindo.

-jared espera!chmou mais o moreno não lhe ouvia mais pois tinha saido tão rapido quanto tinha chegado.-jay.

(Choram as rosas
Porque não quero estar aqui
Sem seu perfume)
Porque já sei que te perdi
(E entre outras coisas)
Eu choro por ti

Falta seu cheiro
Que eu sentia
Quando você me abraçava
Sem teu corpo
Sem teu beijo
Tudo é sem graça

Lágrimas que invadem meu coração
Lágrimas, palavras da alma
Lágrimas, a pura linguagem do amor

(Choram as rosas
Porque não quero estar aqui
Sem seu perfume
Porque já sei que te perdi
E entre outras coisas)
Eu choro por ti

Choram as rosas
Porque não quer estar aqui
(Sem seu perfume)
Porque já sei que te perdi
(E entre outras coisas)
Eu choro por ti

 

 

 


Notas Finais


?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...