História Desejos - Capítulo 10


Escrita por:

Postado
Categorias Eden Hazard
Tags Hot, Interativa, Jogador De Futebol
Visualizações 292
Palavras 1.313
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai, Literatura Feminina, Romance e Novela
Avisos: Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Comentem e fav amores é importante p mim. Boa leitura!!! cap 10 😱🙌

Capítulo 10 - Eu tomo minhas decisões


Fanfic / Fanfiction Desejos - Capítulo 10 - Eu tomo minhas decisões

 

Não sei por quanto tempo ficamos nos recuperando em silencio, um silencio delicioso tomado apenas por nossas respirações se acalmando. Roço minha bochecha na barba do moreno que sorri confuso.

‘’Que foi Gabi?’’

Sorrindo respondo:

‘’É gostoso, gosto da sua barba’’

Ele sorri beija minha cabeça.

‘’Não costumo deixar, mas se minha mulher gosta’’

Sorrio ainda boba, sou sua mulher e isso me faz sentir deliciosa aquela sensação capaz de levar meu corpo levitar a qualquer momento, o que esse homem fez comigo? Eu estava tão bem, tinha meu trabalho, ficava tranquila as noites, saia às vezes, me divertia, bebia e ate pegava uns caras normais, mas depois os deixava pra lá e era bem mais fácil. Agora me vejo no meio de uma enrascada e nem faço ideia de como sair. Se é que quero sair.

‘’Adorei que tenha vindo para ca’’

‘’Você já disse isso jogador’’

Ergo-me um pouco para fitar seu rosto sonolento. Também fica lindo assim.

‘’Dorme meu amor, vou escrever um pouco, preciso me distrair’’

Hazard me segura impedindo de sair da cama e me abraça apertado contra seu peito quase me deixando sem ar.

‘’Você disse meu amor’’ ele sorri.

Acho que estamos muito apaixonados melhor pular essa parte. Espero-o dormir e me levanto de vagar, embora sair da cama e deixa-lo ali não seja tão fácil, minha cabeça esta a mil e não vou conseguir dormir tão cedo. Abro minha mala pegando meu note sentando-me no sofá na sala evitando fazer barulho. Londres...estou em Londres, quem diria. Olho pela janela, não há muito que ver esta escuro e as cortinas fechadas. Volto a me concentrar em minha carta de demissão. Não vou me deixar ser demitida por um idiota como meu chefe.

Respondo a mensagem de Suzy surpresa por eu estar em Londres. Digo que estou bem e que foi uma decisão e tanto.

‘’Você ta mesmo caidinha por ele, cuidem-se.’’

Um tempo depois volto para o quarto, mas sinto pena em acorda-lo então pego uma coberta e fico no sofá. Quando o dia amanhece sinto cheiro de café e ao abrir meus olhos vejo Hazard e seus lindos olhos azuis me fitando de pé.

‘’Não devia ter dormido aqui’’

Sento-me lentamente sentindo um incomodo nas costas e no pescoço, acho que não mesmo.

 ‘’Era uma tática para você me fazer uma massagem’’

Hazard sorri gostando da minha ultima palavra e me entregando a xicara com café quente e fresquinho.

‘’O que come de manhã?’’

‘’Qualquer coisa comestível’’

‘’Notei seu bom apetite, qual o segredo para se manter em forma senhorita Gabi?’’

Provo do café sem conseguir evitar a sorrir.

‘’Eu malho bastante’’

‘’Hm..’’ Hazard senta-se na mesinha ficando mais perto de mim tocando minhas pernas deixando suas mãos paradas ali de forma sutil. ‘’Eu nunca te vi malhando’’

‘’Não?” digo indignada.

Ele solta uma gargalhada ao entender de que tipo de malhação estou falando.

‘’Preciso ir fazer umas compras, quer me acompanhar?’’

‘’Claro’’ digo animada, conhecer Londres vai ser ótimo para me fazer esquecer um pouco que seja da situação precária em minha vida.

Tomo um banho e me visto com calça, botas e casaco, apesar do sol fraco lá fora faz dezoito graus. Hazard esta usando também uma calça, um moletom e boné deixando-o perfeitamente fodastico. Como eu sou louca por esse homem. Isso nem preciso dizer.

De mãos dadas passamos por vários locais e lojas, compramos muita coisa de comer, varias vezes o deixava nos fotografar, e em outras o jogador tirava alguma foto com alguns funcionários das lojas que o reconheciam. Esta sendo um dia perfeito, mas ele disse que pode melhorar.

Duas horas depois colocamos as coisas em seu carro e voltamos para sua bela casa. Com direito a beijinhos em cada farol vermelho.

‘’Amanha podemos ver um filme’’ ele diz indo para a cozinha guardar as sacolas, o sigo.

‘’Vai ser uma ótima ideia’’ digo e me calo surpresa ao ver a mãe dele sentada na mesa com um jornal aberto.

Sinto meu coração disparar.

‘’Mãe, como entrou?’’

‘’Eu tenho uma copia, não se lembra de quando eu tinha que vir aqui te acordar e expulsar as vadias com as quais você dormia?’’

Meus dedos tremem, não de medo dela, ate fui com a cara da mãe dele, mas por que ela esta agora dizendo essas coisas?

‘’Você precisa focar no treino filho, os jogos pelo chelsea logo recomeçam’’

Isso não é coisa que um agente diria? Mas descubro minutos depois que a mãe dele é também sua agente.

‘’Mãe! Ela e eu’’ Hazard vem mais para o meu lado e segura minha mão. ‘’Estamos juntos e dessa vez é serio’’

Ela sorri, não gosto do jeito que me olha dessa vez me jugando ainda mais do que quando me viu no hotel semi nua. Talvez naquele dia pensou que a gente seria um caso passageiro.

‘’Acho melhor eu ir embora’’ digo quase sem voz.

Hazard não solta minha mão.

‘’De jeito nenhum, você fica. Me espera no quarto’’

‘’Me deixa falar com ela um momento filho, por favor’’

Hazard me fita, faço que sim com a cabeça e ele lentamente nos deixa a sós. Olho o jornal na mesa, as manchetes do esporte dizem que o jogador Belga esta envolvido com uma brasileira.

Dou de ombros começando a não me importar mais com isso.

‘’Sabe o que é isso?’’

‘’Seu filho esta feliz’’ digo ainda de pé. A mulher me encara, esta lindona em um salto e casaco de pele, mas sua arrogância no olhar me incomoda e muito.

‘’Não tenho absolutamente nada contra você, mas esta atrapalhando a vida dele’’

‘’No que estou atrapalhando exatamente senhora?’’

Ela puxa a cadeira sentando-se e levando a mão ao rosto.

Não me deixo levar por seu drama.

‘’Ele é meu melhor filho’’ ela diz me pegando de surpresa, sei que Hazard tem mais dois irmãos e que um deles também joga profissionalmente.

‘’Digo,’’ ela corrige levantando seus olhos em minha direção ainda parada em pé, só não estou segurando as sacolas porque antes de Hazard sair as pegou deixando-as no chão perto do armário. Penso em começar a arrumar, mas mudo de ideia prestando a atenção na mulher. ‘’Ele é meu melhor jogador, eu o amo.’’

‘’Sei que o ama, mas qual o problema dele estar comigo?’’

Cruzo meus braços estou desafiando-a, quero que diga na minha cara o que exatamente pensa, que sou uma oportunista interesseira?

 

Quando a conversa termina, o que não demora muito, sigo ate o quarto, Hazard esta sentado na cama de forma tranquila olhando o note em seu colo com um fone no ouvido.

Ao me ver tira o fone.

‘’Sua mãe me disse sobre sua possível transferência, não deveria estar focado nisso?’’

‘’Acabo de digitar minha resposta ao real Madrid, não irei mudar de time agora.’’

Sento-me na ponta da cama me sentindo um pouco confusa com tudo isso.

‘’Por que não tem um agente de verdade? Sua mãe não a torna fria e calculista?’’

‘’Ela é assim, e por isso gosto dela cuidando dos meus assuntos.’’

Faço bico ele se aproxima segurando meus ombros.

‘’O que ela te disse? ‘’

‘’Pra te deixar focar em sua carreira’’

‘’Tenho direito a ter uma família, filhos...  a vida não é só futebol’’

Me surpreendo com sua forma de pensar e isso faz meu corpo relaxar um pouco, gosto de como ele pensa sobre o futuro.

‘’Te devo uma massagem...’’ ele sussurra beijando meu ouvido deslizando seus dedos por meus ombros massageando-os, fecho meus olhos me rendendo ao toque de seus dedos.

‘’Ela já foi?’’ ele sussurra e eu sorrio.

‘’Safado’’

‘’Não viu nada, e nem imagina o que eu pretendo fazer com você já que esta na minha cama.’’ ele beija meu pescoço me deixando sentir a macieis de sua boca e o roçar de sua barba em minha pele sensível, já sinto minha intimidade responder...

 

 

 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...