1. Spirit Fanfics >
  2. Desejos Impuros - Imagine Jeon Jungkook ( Incesto ) >
  3. Beijo com sabor de pecado

História Desejos Impuros - Imagine Jeon Jungkook ( Incesto ) - Capítulo 3


Escrita por:


Notas do Autor


Olá meus anjinhos!!!! Como vocês estão? Espero que estejam bem ^-^.
Sinto muito pela demora, tive uns problemas pessoais e não conseguia pensar no capítulo.

Sem mais nem menos, boa leitura meus bebês :3

Capítulo não revisado, caso tenha algum erro, me perdoem

Capítulo 3 - Beijo com sabor de pecado


Observava os lábios de minha irmã, eram rosados, extremamente macios e tão bem delineados. Estava prestes a beijar a menor até ouvir o barulho da porta sendo destrancada, coloco a pequena sentada no estofado da sala saindo do cômodo as pressas ao lembrar da loucura que iria fazer. Entro em meu quarto com a respiração ofegante fechando a porta de meu aposento, colando minha testa na madeira fria.

-Meu Deus, minha irmã está me enlouquecendo. Ah é um perigo ficar com ela sozinho.

Murmúrio baixo indo em direção a minha cama, deito no colchão macio refletindo meus atos, percebendo o quão eu estava hipnotizado por aquela garota. Ah queria tanto joga-lá nessa cama e foder aquela menina, marcar sua nuca com as minhas chupadas e a fazer minha, porém infelizmente não seria possível já que a mesma é minha irmã. Com a cabeça cheia decido ir tomar uma ducha gelada para ver se me acalmava e colocava meus pensamentos no lugar devido. Removo as peças que cobriam meu corpo andando nu até o banheiro que havia em minha suíte, adentro o pequeno local indo em direção a banheira que havia lá, ligo o registro aguardando  o recipiente encher de água, fechando a torneira assim que preenche quase toda a banheira, entro na mesma respirando fundo, desejando novamente a Jeon deixando um gemido sôfrego escapar de meus lábios.

-Maldita garota, se eu pegar ela irei direto para o inferno?

-Quem é a maldita garota Kook?

Olho para a porta vendo ____ encostada na batente com os braços cruzados abaixo de seus seios, ajeito minha postura vendo a menor se aproximar da banheira fazendo com que minhas mãos fossem diretamente para o meu íntimo, fazendo a pequena rir nasal.

-Não precise ter medo Jeon, eu já vi seu pau a muito tempo.

A garota diz num tom provocante e divertido removendo as peças que utilizava, ficando apenas com roupas íntimas. A mesma adentra a banheira onde eu estava sentando de frente para mim, dando uma mordida em seu lábio inferior.

-Ande Jungkook, me fale quem é essa garota! Por acaso sou eu? 

A menor balbuciou retirando seu sutiã,  ação que me fez olhar diretamente aquele par de seios, os quais eu queria massagear, chupar, mordiscar.

-Não é da sua conta ____. 

Rebato num tom rude fazendo-a rir baixinho a menor engatinha até onde eu estava, retirando minhas mãos de meu mastro, sorrindo ladino.

-Como cresceu maninho, quem diria que o garotinho com o pau pequeno viraria um homem com uma rola tão grande. Ah estou ficando com água na boca.

Não aguentando mais as provocações decido atacar, puxando a mesma pela cintura ação que fez nossos íntimos chocarem e seus seios baterem em meu rosto. Com a destra dedilho a carne macia de ____ dando um tapa na bunda da mesma, que soltou um pequeno gemido.Com a canhota eu segurei a nuca dela selando nossos lábios em um ósculo lento que aos poucos ia intensificando, a garota começa a rebolar em meu colo de maneira lenta e torturante fazendo com que eu maltrata-se aqueles lábios com sabor de morango. Assim que a falta de ar se fez presente distanciei minha boca da dela, deixando um último selar naqueles lábios tão atraentes.

-Beijo com sabor de pecado  

____ sussurra sorrindo boba. Percebo o que nós estávamos fazendo retirando a de meu colo, saio da banheira pegando a toalha e enrolando o pano em minha cintura.

-Por favor, se vista e saia.

A menor me olha confusa saindo da banheira, ela pega suas roupas vestindo-as e se retirando. Suspiro pesado apoiando meus braços na pia, olho meu reflexo no espelho mordendo com força meu lábio inferior. Eu realmente havia beijado minha irmã e não saberia o que aconteceria caso continuássemos se pegando aqui na banheira, seco meu corpo indo até a minha cama me jogando na mesma, eu estava nu e não me importava, eu não poderia ficar mais aqui, precisava sair. Lembro que Taehyung disse que daria uma festa hoje, eu precisava me saciar e esquecer o que aconteceu minutos atrás, vou até meu guarda-roupa a procura de uma roupa para eu ir, opto por uma camisa branca transparente e uma calça preta de couro, visto a roupa separada calçando o meu coturno preto, pego meu perfume favorito, borrifando em meu pescoço e punhos. 

Devidamente arrumado pego meu celular, carteira e chave do meu carro, saindo de meu quarto descendo a escadaria correndo, vejo ____ sentada no sofá e a mesma pergunta aonde eu iria. Respondo que não era do interesse dela e que era para a menor ficar em casa, saio de casa indo até a garagem, entro em meu automóvel dando partida no mesmo e dirigindo em direção a casa do Kim. Ao chegar pude notar o volume alto e diversas pessoas entrando na casa de Tae, saio de meu carro trancando o automóvel, vou até a moradia de meu amigo vendo-o já o anfitrião com aquele típico sorriso quadrado.

-Jungkook que bom que você veio! Vem vamos beber e ver umas gatas que vieram para a festa.

Rio nasal acompanhando o moreno pela casa, indo até a geladeira e pegando uma Budweiser, abrindo a mesma dando um longo gole na cerveja.

-Vamos nos divertir Tae!

...

Estava na minha quinta lata de cerveja e me encontrava um pouco alterado, estava na pista de dança, rodeado por algumas garotas as quais se esfregavam em mim. Vejo uma garota curvilínea vestindo um vestido preto colado que valorizava o corpo da mesma, vou até ela pegando-a pela cintura grudando nossos corpos ouvindo um gemido baixo e manhoso. Sorrio ladino passando minha destra pelo corpo da mesma, parando minha mão na barra do vestido da mulher, ela se vira ficando de frente para mim, se assustando ao me ver. Olho minha irmã com fogo nos olhos, pegando em seu braço com brutalidade.

-____ o que você está fazendo aqui?

-Vim curtir a festa, minha amiga me chamou e eu vim.

Saio da casa do meu amigo as pressas puxando a minha irmã ouvindo-a resmungar. A mesma puxa seu braço se desfazendo do meu aperto, puxo-a novamente prensando seu corpo no meu.

-Jeon eu não vou ir embora.

-Cala a sua boca ____, você vai embora comigo. Entra nesse carro agora!

-Não vou Jungkook, me deixa!

Ela tentou se desvencilhar do meu aperto, entretanto segurei com mais força, obrigando a olhar para mim.

-Não estou pedindo, estou mandando! Entre no carro e em casa conversamos.

A Jeon entra no carro bufando mostrando a língua para mim através do vidro, entro no meu automóvel dando partida no mesmo dirigindo até a minha casa. Ao chegar lá, ela sai do carro batendo os pés adentrando a casa, respiro fundo saindo do carro, entrando na minha moradia andando em passos largos até o quarto de minha irmã, entro no aposento da mesma vendo que ela não estava, sento na cama da pequena aguardando a mesma aparecer, depois de 15 minutos a menor aparece apenas de roupas íntimas, me olhando um pouco apreensiva.

-O que você foi fazer naquela festa ____, diga a verdade?

- Eu fui para me divertir e talvez transar.

Me levanto da cama aproximando da mesma, vendo-a recuar até encostar na parede, seguro na lateral do rosto da mais nova deixando uma carícia no local. Junto nossos lábios em um ósculo lento e sem malícia, sentindo suas pequenas mãos acariciarem minha nuca, quando a falta de ar se fez presente distanciei meus lábios dos dela, podendo ver um sorriso envergonhado surgir no local que acabará de beijar.

-Você não irá transar com ninguém, apenas comigo baby. 



Notas Finais


Até o próximo capítulo ♡.

Beijo da tia @Sky_Blue


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...