História Desejos proibidos - Capítulo 11


Escrita por:

Postado
Categorias Diabolik Lovers
Personagens Ayato Sakamaki, Azusa Mukami, Kanato Sakamaki, Kou Mukami, Laito Sakamaki, Personagens Originais, Reiji Sakamaki, Ruki Mukami, Shin Tsukinami, Shu Sakamaki, Subaru Sakamaki, Tougo Sakamaki "Karlheinz", Yui Komori, Yuma Mukami
Visualizações 76
Palavras 1.752
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Drama (Tragédia), Ecchi, Harem, Hentai, Luta, Romance e Novela, Sobrenatural, Universo Alternativo
Avisos: Adultério, Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Desculpa a demora

Capítulo 11 - Surpresas da vida


Lara-toda noite elas vem pra me atormentar, não aguento mais — fala chorando — eu deveria ter morrido naquele hospital assim tinha me poupado das lembranças

Reiji-não fala isso — abraçou-a forte

Lara-por sete anos ignorei essas lembranças, mais depois que vim pra cá e te conheci não consigo mais ignora-las, elas vem todas noite pra me lembrar que não posso ser feliz e o quando aqueles homens me deixaram suja, eu não consigo mais suportar, eu tentei esquecer meu passado mais é inútil, ele vive em mim 

Reiji-ela sempre fala isso — pensou — como assim? 

Lara-por causa dos abusos não posso ter filhos, por culpa daqueles monstros sou uma mulher inútil que nem pode ter uma família completa, agora você entende porque não consigo esquecer meu passado, quando eu estava noiva tony, ele não ligou que não podia dar um filho pra ele porque o mesmo é estéril, mais agora é diferente 

Reiji-diferentes como?

Lara-porque você é jovem e mesmo sendo um vampiro vai querer ser pai algum dia e eu não posso te dar um, por isso que não aceito ficar com você de vez  — fala e se levanta — eu não posso fazer isso com você, não temos futuro se ficarmos juntos, você merece coisa melhor do que eu — fala e se afasta pra trás

Reiji- você não sabe o que eu quero — se levanta — não me importo se não podemos ter filhos e também a outros meios de sermos pais, tudo que eu preciso é você — fala e vai até ela 

Lara-o que eu faço pra você entender que isso é impossível

Reiji-nada é impossível — abraçou-a — você apareceu na minha vida e bagunçou ela o mínimo que você poder fazer é ficar comigo pra sempre, eu sinto muito por tudo que aconteceu com você no passado se eu tivesse te conhecido naquela época, nunca deixaria eles te machucarem, mais infelizmente não tem como eu voltar no passado e mudar isso a única coisa que posso fazer é ficar ao seu lado pra sempre 

Lara-reiji — fala e abaixa a cabeça

Reiji-você não faz ideia do quanto mudei depois que você apareceu na minha vida e não me arrependo por ter mudado, você precisou viajar no tempo pra me conhecer, isso pra mim é destino — fala e leva a mão no rosto dela — você pode dizer que está suja, pode dizer que é uma mulher inútil, mais pra mim isso não é verdade, pra mim você é a mulher que eu amo e não vou desistir de tê-la, quando eu quero uma coisa a consigo — sorriu vitorioso

Lara-convencido — fala e o mesmo começa a rir — pare de rir — fala brava 

Reiji-você é minha, eu sou seu dono e se falo que você vai ficar comigo pra sempre, tem que ficar quieta e obedecer a minha ordem — sussurra no ouvido dela 

Lara-você é muito teimoso, garoto — fala e se afasta — te dei uma chance de se livrar de mim e você jogou fora ela — fala e fecha os olhos e suspira 

Reiji-odeio quando você me chama de garoto ou pirralho — fala e segura o braço dela — mais esse pirralho consegue tirar seu ar — fala e a mesma fica vermelha

Lara-eu vou pro inferno quando morrer — pensou — cala boca — fala envergonhada

Reiji-porque só estou dizendo a verdade, você ama esse garoto e o mesmo sabe o quanto te deixa excitada, mais mesmo assim trata me como um pirralho maldito 

Lara-sou oito anos mais velha que você — fala com a voz falha ao sentir os lábios dele no pescoço dela 

Reiji-se ver eu sou muito mais velho que você, já que sou um vampiro 

Lara-reiji — geme ao sentir as presas dele entrando na sua pele 

Reiji-te deixei excitada, como você é pervertida 

Lara-idiota — empurra ele — para de brincar comigo, pirralho maldito — fala brava 

Reiji-minha doce Lara, você precisa ser punida por me chamar de pirralho maldito — pegou-a no colo e jogou-a na cama e o mesmo sobe encima dela

Lara-droga! Porque não consigo resistir a você — fala e fecha os olhos — tudo em você me deixa louca 

Reiji-será porque essa mulher durona me ama e não consigo viver sem mim — sorriu 

Lara-não seja convencido, garoto 

Reiji-admita logo, lara — sussurra no ouvido dela — não comecei e você já está molhadinha — fala ao levar a mão na intimidade dela 

Lara-espera, Reiji — fala ao segurar a mão dele 

Reiji-então fala que vai ficar comigo pra sempre

Lara-isso não vale — fala e geme ao sentir as carícias dele na sua intimidade — eu aceito, então pare de me torturar 

Reiji-nem comecei ainda — sorriu malicioso

Lara-pirralho maldito 

Reiji-esse pirralho maldito, vai te dar o melhor os prazeres 

Lara-eu desisto, quero que você me leve nas nuvens, meu vampiro 

****

Lara-você tem certeza que quer ficar comigo? — pergunta ao deitar na cama

Reiji-chega de sofrer sozinha, estou aqui e nunca vou te deixar sozinha, o que faço pra você acreditar em mim

Lara-eu acredito em você, só que não quero que se arrependa mais tarde 

Reiji-isso nunca vai acontecer — abraçou-a 

Lara-então está tudo bem que não posso ser mãe?

Reiji-só ter você ao meu lado já é o suficiente — abraçou-a

Lara-mais 

Reiji-você está preocupada por não poder ter filhos, mais sabe que tem meios de ser mãe

Lara-eu sei 

Reiji-então não fica triste, se um dia você querer ser mãe, eu farei de tudo pra realizar esse sonho 

Lara-eu te amo, reiji

Reiji- também te amo — beijou-a

Três meses depois

Reiji

Lara aceitou ser minha definitivamente, confesso que foi difícil conseguir essa mulher já que a mesma era dura na queda...O tempo passou rápido e a mesma levou sua coisas pro meu quarto ao meu pedido, ela sofre por causa das lembranças e se eu estiver do seu lado posso ajudar e faz dois meses que ela não está tendo mais pesadelos, Lara mudou após aceitar ficar comigo está mais carinhosa e ciumenta na escola ela tem ataque de ciúmes quase o tempo todo, até que eu gosto de vê-la toda brava, mais isso não é bom e prejudica as pessoas, ela machucou duas garota só por ter segurado meu braço, os outros ficaram de boca aberta por vê-la daquele jeito, "ei Reiji segura a sua fera pra ela não fazer mais merda" ayato falou isso pra mim e tive que sair com ela no colo porque a mesma queria enforca-lo...Hoje na escola foi do mesmo jeito, ciúmes e briga, ela fica linda quando está com ciumes mais a mesma está exagerando.Chegamos na mansão e Lara desce primeiro e entra na mansão e vai direto pro nosso quarto 

Reiji-você está exagerando — fala ao entrar no quarto

Lara-odeio me passar por adolescentes e ainda tenho que aguentar àquelas pirralhada olhando pro meu vampiro — fala brava 

Reiji-que linda — pensou — esse vampiro só tem olho pra essa mulher super brava — vai até ela e a mesma puxa ele fazendo-o deitar na cama

Lara- você é só meu, entendeu 

Reiji-minha humana é obsessiva e possessiva quem diria 

Lara-esta arrependido agora?

Reiji-isso nunca vai acontecer — fala e sobe encima dela 

Lara-até quando vou ter que aguentar ver aquelas pirralhada de olho no que é meu

Reiji-você fica tão linda quando está com ciúme — fala e começa beijá-la e escuta baterem na porta 

Lara-quem é? — pergunta e a porta se abre

Laito-a Marcela está passando mau e está te chamando, Lara 

Lara-onde ela esta? — pergunta e sai da cama 

Laito-no quarto dela

Lara- vamos lá — fala e sai do quarto e vai até o quarto da Marcela e entra e vê ela na cama deitada — o que você está sentindo, Marcela? — pergunta ao sentar na cama

Marcela-está tudo virando e hoje na escola chamei o Juca 

Lara-quando foi a última vez que veio pra você?

Marcela-um mês 

Lara-droga

Marcela-você acha que estou grávida? — pergunta ao sentar na cama

Lara- vocês usam proteção?

Laito-marcela não gosta, diz que incomoda ela 

Lara-mais que merda, Marcela — fala brava 

Reiji- Lara — entra no quarto

Lara-Reiji, vamos na farmácia pra comprar um teste de gravidez pra minha irmã irresponsável — fala e sai do quarto 

Reiji- se acalma — toca no ombro dela

Lara-marcela está na minha responsabilidade 

Reiji-ela não é mais criança, sabia que ficaria grávida se não usa-se proteção isso não é sua culpa — abraçou-a 

Lara-tudo bem, vamos — fala e começa a andar

Marcela-Lara está brava comigo — fala e começa a chorar 

Laito- Marcela — abraçou-a — isso não é só sua culpa é minha também e se você estiver grávida, vou assumir não se preocupe vai dar tudo certo

Marcela- minha mãe vai me matar se um dia eu voltar pra casa — pensou 

**** 

Lara

Fomos na farmácia e compramos vários testes de gravidez e depois voltamos pra mansão, estou decepcionada com a Marcela achei que pelo menos ela estava se cuidando, se ela estiver grávida o que vamos fazer... Ao chegar na mansão vou no quarto dela e falo pra ela ir no banheiro e usar os teste após terminar ficamos esperando uma hora..Laito fica andando de um lado para o outro é isso está me deixando irritada 

Lara- você poderia parar de andar está me deixando irritada — fala brava e o mesmo senta na cama

Reiji-ela esta brava com sua irmã — pensou — já deu a hora — fala e pega o primeiro teste — esse deu positivo 

Lara- este aqui também — fala ao pegar outra teste — os outros também está dando positivo

Marcela-estou grávida, o que vou fazer, lara — fala chorando — sou muito nova pra ser mãe

Lara- pensasse bem antes de fazer sexo sem proteção, agora seja mulher e assumir as consequências — fala friamente 

Laito-eu vou assumir responsabilidade, não se preocupe, lara

Lara-mesmo se não assumisse, eu ia fazer você assumir a força — fala brava — agora esse problema é só dos dois 

Marcela-você não vai me ajudar

Lara-o que eu posso fazer, a cagada já está feita o mínimo que você tem que fazer é assumir sua irresponsabilidade — fala e sai do quarto 

Marcela-Lara está brava comigo, decepcionei ela — fala e começa a chorar 

Reiji- se acalma, sua irmã está se culpando por você está grávida, ela é a mais velha e deveria ter ficado de olho em você, de um tempo pra ela — fala ao tocar no ombro dela 

Marcela-tudo bem — fala e enxuga as lágrimas

Reiji-cuide dela, laito — fala e sai do quarto e vai atrás da Lara 





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...