1. Spirit Fanfics >
  2. Desejos proibidos (Naruhina) >
  3. Olhares

História Desejos proibidos (Naruhina) - Capítulo 20


Escrita por:


Notas do Autor


Eu sei que vocês devem estar querendo me matar mas.... aqui estoy novamente. Me sinto envergonhada e não mereço as visualizações que tive nesses últimos tempos que estive longe, mas peço que apreciem mais um pouco, ainda tem muito o que acontecer nessa fic. Enfim, estou de volta!!
Esse capítulo é pra eu ter uma noção de pessoas que ainda estão acompanhando. Eu amei escrever ele, é pra quem ainda está aqui, muito obrigado ❤️

Capítulo 20 - Olhares


Toneri saía de seu quarto de hotel temporário, usara ele apenas para poucas horas de sono, já que ao dia ocupava seu tempo com o pai bolando planos de como encontrarem a família hyuga novamente e ter a confiança deles de novo, e ao chegar da noite as baladas e festas onde o álcool e drogas eram a atração principal da noite. As várias garotas com quem saía também era algum tipo de diversão para o homem, mas ao final da transa dizia que era comprometido e que a amava, algumas não davam a mínima, mas outras ousavam até alguns tapas estalados no rosto do homem de cabelos brancos. Toneri não ligava para as mulheres com quem fazia sexo todas as noites mas sim para aquela que sempre quis, Hinata, sua Hinata!

 

Naquela manhã Toneri havia se decidido, daquela semana não passava! Encontraria Hinata e teria o que queria, teria a garota de volta para si, ela querendo ou não. 

Seu pai o alertou sobre isso ao telefone e pediu para que o encontrasse em um café para conversarem melhor, e assim o fez. 

 

-

 

Naruto acordara com disposição para dar 100 horas de aula em um dia que contém 24, pois é, ele achava que naquele momento podia fazer até o impossível. 

Estava tão feliz, feliz em ter a vida estava tendo, pela felicidade de conhecer a mulher mais linda, pura e autêntica que já conhecera na vida. Depois de se despedir de sua namorada e descansar mais um pouquinho, decidiu que iria comprar um café da manhã reforçado e fazer compras para um almoço especial, afinal ele estava feliz como nunca estivera antes, o motivo era aquela garota dos olhos envergonhados e de franja lisa que o fazia querer acariciá-la por toda a noite e o dia se fosse possível.

 

Naruto andava por todo o café a procura de lanches para a viagem e cappuccino, levaria um para Hinata em seu trabalho, faria o seu máximo como namorado. 

Por um momento sentiu um frio percorrer sua barriga e sua intuição pediu para que olhasse ao redor, tudo o que vira foram pessoas conversando enquanto tomavam seu café e conversavam de forma informal, mas duas pessoas chamaram sua atenção. Dois homens, um mais velho e o outro mais novo. Conversavam de um jeito formal, até demais, sérios demais. Os gestos do mais velho pareciam ser de súplica enquanto o mais novo olhava em tédio enquanto bebericava seu café. 

Seus olhos azuis pousaram sobre o mais novo de cabelos esbranquiçados e tentou seu o mais discreto possível. Aquele homem lhe passava uma sensação estranha, mas devia ser apenas imaginação, não é mesmo? 

Pensando assim Naruto foi atendido e fez seus pedidos, enquanto aguardava em uma das banquetas o homem de cabelos brancos desviou seu olhar do mais velho para as orbes azuis, os dois se encararam e Naruto podia dizer que sentiu algum tipo de estranheza por parte do outro, como se o homem o olhasse de forma superior e aquilo o irritou, mas seus pensamentos foram cortados pela voz da mulher que havia o atendido e entregando sua encomenda. Naruto foi até o caixa não desgrudando seus olhos dos orbes brancas do outro e fazia o mesmo, tiveram que desvencilhar ao ter que direcionar seu olhar até o atendente e pagar o que foi pego. Naruto saiu do café desconfortável com o acontecimento e pensando que encontraria aquele homem uma hora ou outra. Mas talvez fosse sua imaginação de novo, não era?

 

 

-

 

Hinata se sentia incomodada pelos olhares lançados para si vez ou outra, será que poderia ser por causa do pai? Tivera feito algo de errado no trabalho? Em alguma das suas tarefas? Checou tudo e não havia nada, nenhum erro sequer, então por que estavam olhando pra ela daquela maneira?

Pensou em perguntar a Sakura mas essa sempre desconversava quando tentava tocar no assunto. 

 

Já era perto das 10:30 da manhã e Hinata já sentia sua barriga apertar pelo pouco de fome que sentia. Pensou em pedir para que Ino buscasse pelo menos um café para que aliviasse um pouco sua fome, mas não queria incomodar sua amiga, mesmo que essa tarefa também fosse parte de seu trabalho. 

 

Cinco minutos se passaram e Hinata teve um sobressalto com seu telefone tocando, Ino estava elétrica dizendo nada com nada quando a porta de seu escritório foi aberta por quem ela menos imaginava estar ali. 

Naruto estava com duas sacolas de papelão e dois copos do que parecia ser café. Um sorriso brotou em seu rosto junto com as bochechas vermelhas pela vergonha de ver seu namorado assim, sem nenhum aviso.

Naruto adentrou a sala depois de 10 segundos parado apreciando o sorriso envergonhado de sua Hinata e logo fechando a porta. 

A morena meio sem jeito saiu de sua cadeira ao encontro do loiro que a cada segundo se aproximava mais, esse colocando suas sacolas sobre qualquer lugar quando foi pega desprevenida por Naruto a erguendo e a colocando sobre sua cintura. Seus rostos estavam colados e suas respirações a cada segundo se descompassavam, seus corações batiam como se fossem um. Era impressionante como aquilo estava acontecendo, ter sido bombardeado por tantos sentimentos bons em tão pouco tempo, sentiam que foram sim feitos um pro outro. Podiam estar errados eles sabiam, mas esse era apenas um detalhe, por que estavam apaixonados demais para verem o lado negativo disso tudo. 

 

O loiro deu um selinho curto mas cheio de carinho em Hinata que fechou os olhos apreciando o contato, parecia um sonho tudo o que estava acontecendo.

 

-Oi, princesa.- Naruto sorriu grudando suas testas - estava com saudades-

 

-Mas você me viu a menos de 4 horas Naruto-kun- Hinata riu envergonhada pelo olhar carinhoso que Naruto a lançava- Eu também estava, amor.- 

 

Naruto agraciou seus ouvidos com aquelas palavras. Soltou Hinata e mostrou as sacolas que havia deixado na mesa com um largo sorriso.

 

-trouxe pra você! Imaginei que estava com fome ou sei lá, mas se você não quiser você pode comer depois ou eu posso levar emb-

 

Hinata abraçou Naruto com carinho o impedindo que continuasse.

 

-É claro que eu quero Naruto-kun, e mesmo se não estivesse com fome, deixaria tudo ao meu lado pra a cada vez que visse me lembraria que foi um presente seu- Hinata sorria ao dizer.

 

Foi vez de Naruto ficar com suas bochechas vermelhas, não esperava aquelas palavras de Hinata, já que fora sempre tão tímida, estava encantado ainda mais pela evolução de seu relacionamento.

 

-Ora Hinata, não diga isso- Naruto disse vermelho enquanto coçava a nuca.

 

Hinata tombou sua cabeça para o lado rindo mínimo para a expressão de seu namorado, era a primeira vez que vira ele daquela forma e hum.. havia gostado?? 

Na verdade não, ela havia amado, não só a expressão, mas estava o amando!

 


Notas Finais


E foi isso, foi tão gostosinho escrever essas cenas naruhina que nem vi o tempo passar, eu amo demais esse casal! Espero que tenham gostado, não foi tudo aquilo não é??? Aguardo vcs no próximo ❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...