História Desesperada Paixao - Capítulo 38


Escrita por:

Postado
Categorias Jensen Ackles
Personagens Jared Padalecki
Tags Padackles
Visualizações 89
Palavras 1.396
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Famí­lia, Fantasia, Luta, Mistério, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


MAIS UM CAPITULO GALERA..
ESPERO QUE GOSTEM..
CAPITULO CHEIO DE EMOÇOES
SORRY PELOS ERROS
BOA LEITURA

Capítulo 38 - Nosso filho chutou jay


Fanfic / Fanfiction Desesperada Paixao - Capítulo 38 - Nosso filho chutou jay

-sabia que te amo.disse o moreno apos romper o beijo.

-tambem te amo..meu moreno.

-entao vem ca.jared o beijou ao mesmo tempo que o guiava ate a cama onde o deitou.-te amo..te amo.

-tambem te amo..eu te amo jared.

-meu amor..

-minha vida é voce.

-jay.. jensen o beijou com paixão antes de sussurrar em seu ouvido.-Eu estou esperando um bebê.

-o..o que? jared o olhou nos olhos

-es..estou esperando um filho..um filho seu.

-jen..

-estou gravido jared.

-um..um filho.

-sim eu.. nao terminou de falar pois jared o calou com um beijo apaixonado e quente.

-nosso filho.

-jay..

-nosso filho. jared entrou com a mao por dentro da camiseta do loiro,tocando sua barriga.-tem um bebê nosso..aqui..

-sim,um bebê..nosso jay..nosso filho.

-eu te amo.jared o beijou.

-aii! jensen rompeu o beijo

-o que foi amor?perguntou o moreno.

-aii!acho que ele..ele..

Seus olhos se moviam rapidamente sob suas pálpebras fechadas tão suave, luz solar dourada lentamente iluminava o quarto.

-jay..sussurrou o loiro ao acorda por completo

Dando lugar a um suspiro suave  jensen lentamente rolou de costas e olhou para o teto do quarto.

-preciso de voce..eu te amo.. o loiro piscou ainda mais até que os seus olhos entraram em foco completo. Ele olhou para o teto por alguns momentos antes de ele virou a cabeça na direção da janela a luz do sol estava vindo. -mas.. jensen sentiu uma leve dor no estomago

Tomando uma respiração profunda e tremor jensen estendeu a mão em direção ao seu estômago inferior e pressionou a palma suavemente sobre o inchaço.

-Meu Deus..Sussurrou jensen olhando  para seu estômago..uma colisão do bebê.

bobby e rufus olharam procupado pro moreno mesmo estando de mascara dava pra ver seu estado.

Jared havia emagrecido visivelmente, estava abatido e seu olhar era sempre triste. O sorriso Padalecki havia desaparecido de seu rosto.

Cabeça dura.. pensou bobby pois assim como ele todos sabiam que a felicidade do moreno estava no andar de baixo ele so precisava perdoar e tomar aquele homem de volta..mais ele nao ia fazer isso..ia?

Dizem que o tempo cura tudo, mas Jared achava que quem inventou esse provérbio nunca amara tão profundamente como ele amava Jensen. Uns meses sem toca-lo..sem ver aquele rosto sardento..aquela voz grossa e sex, Jensen ainda era a primeira pessoa em quem Jared pensava ao acordar e a última pessoa em quem pensava antes de dormir.

-é isso.disse chad o tirando de seus pensamentos.-nao ouviu nada do que eu disse né?

-eu..

-claro que não.rufus sorriu.

-o que voce disse.jared sorriu.-me desculpa cara mais..

-tudo bem.chad sorriu.-concordo com roger.disse olhando pra roger que estava sentando em uma das cadeira olhando pro mar.

-em que?jared quis sabe.

-eu disse que nunca me imaginei está no meio de tantos..

-PAI!  O grito do loiro chamou atençao de todos

jared sentiu o copo tremer achava que podia viver sem ele, mas bastou ouvir a sua voz, gritando de pelas cabines, para sentir o seu coração pular em seu peito. Com o segundo grito, sentiu fisgadas em seu estômago. 

Quando finalmente o loiro adentrou no "proa", ele precisou se apoiar na parede para não perder o equilíbrio.sentiu a necessidade urgente de abraçar o loiro e nunca mais o soltar. Mas sabia que não podia agir assim..nao estava pronto pra isso.

-O que foi filho?procupou-se roger em meio ao um sorriso,seu filho saiu do quarto.

-ele mexeu.jensen sorriu emocionado.

-o que?roger perguntou sem entender

-ele..o meu bebê.jensen deixou as lagrimas cairem.-o meu filho..meu filho chutou

-oh meu Deus!Roger abraçou o filho em meios as lagrimas.

-me..meu filho.sussurrou o moreno com os olhos lagrimejados.-meu..me filho chutou.

-tudo bem?rufus se aproximou de jared tocando em seu ombro.-é melhor entrar antes..

-ELE MEXEU PAI!jensen gritou sorrindo.-o meu filho mexeu. jensen tocou na barriga.

-filho eu..

-seu..seu mexeu jay.. jensen olhou pro mar.-seu filho mexeu amor..nosso filho..

-jen.. sussurrou o moreno antes de sair praticamente correndo.

-nosso filho. jensen falou alisando a barriga.-estou esperando um filho dele pai..do meu amor.

-filho.. roger o abraçou novamente.

jared entrou na cabine com o coraçao na mao todo seu corpo tremia.

Nao esperava ver o loiro..nao daquele jeito..lindo.jensen estava radiante..simplesmente perfeito..gravido..de um filho seu..seu.

-jensen..jared sussurrou segurando a vontade de gritar o nome do loiro.-eu..eu te amo..eu te amo.

Se eu não te amasse tanto assim

Talvez perdesse os sonhos

Dentro de mim

E vivesse na escuridão

Se eu não te amasse tanto assim

Talvez não visse flores

Por onde eu vi

Dentro do meu coração

-estava morrendo de fome.jensen falou apos terminar de lanchar.

-filho eu..

-o que houve?porque essa cara?

-é o que cris ele..

-o que tem ele?

-filho ele..

-fala pai.

-ele ja sabe..da gravidez.

-antes tarde do que nunca. foi a resposta dada pelo loiro.

-então..

-uma hora iam ficar sabendo..

-nao que estava gravido,mais sim que tinha um filho

-pai..

-eu so..

-ele ficou muito chocado?

-um pouco..mais prometou nao contar pra 

-ele é um grande amigo.jensen sorriu.

-bom agora descance.

-nao to..

-precisa descansa jen.

-eu sei.

-mais tarde volto.

-eu te amo pai.jensen o abraçou.

-tambem te amo meu filho.

jensen tomou um longo banho e deitou com se sentindo mais leve.

-me perdoa filho..me perdoa por ter desejado aquilo.falou o loiro tocando na barriga.-por ter achado que nao tinha motivo pra viver,quando na verdade tenho..voce.Voce é metade dele..uma parte..parte da nossa historia..historia de amor.jensen deixou as lagrimas cairem.-amor,porque eu amo..amo seu pai..e sempre vou ama-lo,mais agora é so nós dois..nós dois filho.vou te proteger meu bebê..obrigado por me trazer de volta..meu filho.

A noite se aproximou todos jared tomou um rapido banho e foi ate a proa ande encontrou bobby e rufus conversando animadamente.

-tudo bem jay?perguntou bobby

-sim eu..ta muito calor.jared respondeu olhando pro mar.-nao conseguir dormir.

-tem certeza que é por isso.retrucou rufus.

-eu nao..

-sera que não é pelo fato de te-lo visto

-rufus nao..

-sabe que seu filho..

-por favor rufus nao..

- se trancou no quarto e saiu so agora?bobby falou

-bobby..

-é o seu amor garoto.falou rufus.-sei que..

-nao quero falar sobre isso.jared falou antes de sair.

-mas..tentou bobby mais ja era tarde jared ja havia sumido de vista.

-ele precisa de tempo.rufus falou 

-eu sei.bobby suspirou cansado.-ele ta sofrendo 

-eu sei querido.rufus o abraçou pela cintura.-e nos sofremos junto com ele nao é?

-sim.bobby o beijou.-obrigado por te falado com o chad

-a ideia do bebê foi dele.rufus falou sorrindo.-eu so disse como andava as coisas

-quem diria que nosso ruivinho ia fazer isso.

-pois é.rufus beijou o ombro de bobby.-é por isso que tenho certeza que tudo vai ficar bem.

-sera?

-bobby..

-tenho medo..por eles..por todos.

-nao precisa..vou te proteger.

jared ia em direçao ao proprio quarto,mais quando percebeu ja estava em frente a cabine do loiro.

-não..sussurrou o moreno pra ele mesmo,mais quando deu por sim estava ja dentro do quarto.

Seu coraçao palpitou jensen estava dormindo..um sono profundo

sobre a luz da abaju o moreno o olhava jensen estava perfeito..lindo..parecia um anjo.

O moreno se aproximou da cama seu corpo ficou tenso quando viu a barriguinha saliente do loiro.

-jen.. o moreno com cuidado sentou na beira da cama e com as maos tremulas começou abrir os botoes da camisa de jensen..

cada botão que abria uma lembraça..uma nova lagrimas..o primeiro beijo..as declaraçoes..as noite de amor..a descoberta..a revelaçao(bebê)

-jen.. sussurrou o moreno antes de tocar levemente na barriga do loiro.-me..meu filho..

O coraçao do moreno acelerou quando sentiu um solavanco de leve da barriga do loiro..um chute.

-me..meu filho..jared sorriu entre as lagrimas.-eu te amo...meu bebê...meu filho..meu. 

jared nao resistiu e encostou os labios na barriga do loiro que apenas gemeu sem se mover.

-eu te amo filho.sussurrou o moreno emocinado.

jared voltou a dar um beijo na barriga do loiro e sem resitir ate porque ele nao queria mesmo resistir levou a mao no rosto do amado..numa leve caricia

acariciou de leve os cabelos de Jensen antes de acaricar a sombrancelha direita um pouco depois a esquerda..os olhos..  cílios longos..o nariz..enfim chegou naquela boca..a boca que tentanto sentia saudade..que nao sai de seus sonhos.

-Eu te amo tanto.. Jared sussurrou e beijou de leve os lábios de Jensen.-tanto meu amor.

É eterno pra quem ama

Bem maior que a própria chama

Não precisa de calor

Mas eu sei que esse amor

É eterno pra quem ama

Bem maior que a própria chama

Esse amor que nao pede mais nada

 

 


Notas Finais


O QUE ESTAO ACHANDO?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...