História Desesperada Paixao - Capítulo 39


Escrita por:

Postado
Categorias Jensen Ackles
Personagens Jared Padalecki
Tags Padackles
Visualizações 26
Palavras 1.999
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Famí­lia, Fantasia, Luta, Mistério, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


GENTE CHEGOU A HORA..O BEBÊ DOS JS VAI NASCER.
CAPITULO EMOCIONANTE
SORRY PELOS ERROS
BOA LEITURA

Capítulo 39 - Parto


Dia Seguinte:

-bom dia jay.falou chad entrando na cabine.

-bom dia.jared sorriu.-eu preciso..

-que carinha é essa?

-o que?do que ta..

-o que andou aprontando?perguntou o ruivo.

-eu..

-jay o que..

-chad eu..

-fala cara.

-depois.jared falou pensativo.

-mas..

-me chame o bobby por favor.

-jay o que ta..

-depois chad..agora me me chame o bobby..preciso falar com ele..é urgente!

-ok!

o beijo havia começando calmo mais aos poucos foi ganhando intensidade.

 bobby agarrou as nádegas de rufus e o puxou para si, suas ereções se esfregando, seus corpos colados e suas bocas unidas num beijo apaixonado.

-bobby..eu amo voce.disse rufs alisando o rosto de bobby.

-ahh....amor..gemeu quando rufus começou a beijar seu pescoço.

-voce é meu baby..

-sim..

os movimentos começaram lentos mais nao demorou estavam na mesmo sicrinonia gemendo em meio das estocadas.

-isso..isso rufus..ahh...

-bobby..bobby...eu te amo...bobby...eu te amo...

-ahhh...eu te amo tambem...te amo meu amor....

bobby  beijou rufus desesperadamente ao mesmo tempo que gozava rufus veio logo atras.

com cuidado o bobby saiu de dentro do outro eo puxou pra perto de si.

-maravilhoso.bobby falou o puxando pra um beijo quente.

-sim.ofegou o negão(kkK,nao resistir).-bobby?

-o que?

-quero mais.falou rufus o puxando pra um beijo molhado que foi interrompido pela batidas na porta.-mas..

-bobby!sou eu!falou chad batendo na porta.-o jay quer falar com voce.

-ja estou indo!bobby falou segurando o riso pela cara emburrada de rufus.-voce ouviu

-fazer o que?rufus o beijou.

-eu..

-vou ver o lorinho.rufus levantou.

-quem diria que ele ia se animar.

-se nao fosse pelo filho.

-pois é.bobby falou pegando a toalha de banho.-espero que agora tudo se ajeite.

-eu tambem.

Roger entrou na cabine do filho e nao pode evitar um sorriso,jensen estava cantando baixinho..cantando pro filho ao mesmo tempo que acariciava a barriga.

-seu pai adorava cantar essa musica.roger falou chamando atençao do filho.

-pai..

-pensei que tinha esquecido.

-nunca.jensen sorriu.-ate porque ele cantou ate meus quinze anos 

-e por pouco na sua formatura.

-verdade.jensen suspirou.

-eu..voce ta bem?

-sim.jensen sorriu..um sorriso verdadeiro que roger nao via á meses.-estou feliz

-eu..

-sonhei com ele..com meu amor

-filho..

-ele veio..veio aqui pai e..

-o que?roger frangil a testa

-no sonho.jensen segurou as lagrimas.-ele entrou..beijo minha barriga..nosso filho

-eu..

-disse que nos amava e..

-e..?roger logo entendeu que nao era um sonho,ate porque tinha visto alguem sair de madrugada da cabine do filho,mais acho que fosse bobby

-me..me beijou. jensen tocou nos proprio labios.-e juro que posso sentir..os labios dele..o cheiro

-filho eu..acho que..

-e quando ele tocou na minha barriga..eu tremir..me arrepiei..e quando ele disse que me ama meu coraçao quis salta

-jensen eu..é melhor voce..

-atrapalho?rufus entrou na cabine.-bom dia.

-bom dia!disseram os ackles

-pai me deixe um minuto com o rufus.

-claro.roger abraçou o filho e saiu deixando os dois sozinho

-me parece bem melhor.rufus falou vendo o semblante mais relaxado de jensen.-e ta com um brilho e..

-obrigado.jensen pegou o homem de supresa dando um abraço forte nele.

-eu..

-obrigado por nao fazer  o que pedir.

-voce ta falando sobre..

-me..me matar. jensen falou apos romper o abraço.

-entao voce..

-falei aqui no momento de desespero.

-eu sei..fico feliz que tenha acordado pra realidade.

-meu bebê me ajudou.

-eu..

-sei tambem que so poderei sair daqui quando ele nascer

-isso é verdade.concordou o homem.-é pelo bem de voces.

-eu sei.jensen falou.-e tambem sei que o chad

-jensen nao..

-ele nao quer me ver e..se me visse..

-ele..

-mais eu preciso falar com ele

-o que?

-na verdade preciso falar com todos..com todos voces

-sim os mais chegado nele..no jay.

-eu..tem certeza?

-a unica.falou com convicçao.

-amanha ok.

-ok.obrigado.

ENQUANTO ISSO..NA CABINE DO MORENO GOSTOSO..

-VOCE O QUE?gritou bobby apos ouvir o que o moreno havia dito

-é o unico jeito de..

-FICOU LOUCO GAROTO!

-bobby..

-VOCE NAO VAI JARED!

-ESTOU SIMPLESMENTE AVISANDO!NAO PEDINDO SUA OPINIÃO.

-NAO ESTÁ EM CONDIÇOES!retrucou bobby ingnorando o que moreno havia dito.-LEVOU UM TIRO E SEU PONTOS

-EU SEI DROGA!MAIS EU PRECISO

-NAO JARED!

-PPRECISO SIM!ISSO TEM QUE ACABAR E..

-NÃO FAZ ISSO

-bobby.. jared abaixou a voz.-sabe que nao posso

-esquece eles..por favor nao..

-eles me trairam.falou irritado.

-mais nao é so por isso que quer encontrar o mark nao é?

-eu..

-é pelo loirinho

-bobby..

-eu so..

-é por ele sim.confessou o moreno.-por ele e pelo meu..nosso filho

-jay..

-nao posso..saber que quando eles sairem daqui..nao vão ter sossego

-filho..

-mark vai vim com tudo..sabemos disso

-e voce quer

-atacar antes claro

-mas..

-mais primeiro tenho que achar onde ele está..e com quem?

-thales.

-tambem acho.jared falou pensativo.-mais thales é peixe pequeno o que quero mesmo é o tubarão.

-jay isso é arriscado

-bobby por favor nao..

-voce nao está bem..

-nao to dizendo que vai ser amanha.

-então..

-so to dizendo que é isso que vou fazer

-jay..

-nao se preocupe.jared forçou um sorriso.-sei que estou fazendo.

-jared..

-nao vou volta atras..sabe disso.

-infeslimente.

A noite se aproximou jensen dormia um sono pesado devido a gravidez

O moreno sorriu e com cuidado deitou ao lado dele colando uma das maos em sua barriga.

-eu te amo.sussurrou o moreno

-jay.. jensen mesmo dormindo se aconchegou no corpo do moreno que se arrepiou todo.

jensen acordou sentindo novamente aquele sensaçao de felicidade novamente havia sonhando com seu amado.

-eu tambem te amo.sussurrou o loiro ao lembrar da declaraçao do moreno.-sempre vou te amar

-podemos entrar?rufus bateu na porta da cabine.

-claro.jensen abriu a porta.

-estamos aqui.disse bobby entrando apos rufus.

-eu preciso..chad.jensen engoliu em seco ao ver o ruivo atras de bobby.-eu..

-o que voce quer ackles? chad perguntou rispido

-eu..que bom que veio

-nao tenho o tempo todo.

-eu sei.

-o que foi jen?bobby quis saber.

-eu..

-nao se preocupe que ele nao vai te matar.disse rufus olhando pra chad que revirou os olhos.

-ate porque nao quero morrer.jensen falou mais relaxado

-fico feliz em saber disso.chad falou pra supresa de todos.-pelo jay é claro,ele nao ia querer isso

-eu.. jensen sentiu o coraçao acelerar ao ouvir o nome do moreno.-quando..quando entrei nessa missão meu unico proposito era acabar com ele. confessou o loiro..o clima ficou pesado

-mas que.. chad falou mais foi interrompido pelo loiro.

-sou um policial chad!jensen falou orgulhoso.-e essa era minha missão..prender os assassinos..o assassino do meu..

-ele nao fez isso..nao o matou.falou rufus 

-eu sei..agora eu sei.jensen segurou as lagrimas.-como tava dizendo tinha entrando la com esse intuito mas..

-mas.. bobby fez sinal com a mao pra ele continuar.

-nao esperava me apaixonar..por ele.

-nao vamos te matar,nao precisa mentir jensen

-nao estou mentido.jensen falou olhando pro ruivo.-sei que é dificil de acreditar depois de tudo mas..amo..me apaixonei por ele..de uma forma que nunca tinha me apaixonado antes. jensen nao pode mais segurar as lagrimas.-e sei que sempre..sempre vou ama-lo..ele faz parte de mim..minha metade..meu coração.

-acreditamos em voce.rufus falou.

-mais infelismente é tarde.chad falou mais calmo.-ele nao ta mais aqui

-chad..tentou bobby

-o que?so to dizendo á verdade

-mais nao..

-ele ta certo bobby.jensen falou.-jay nao está mais aqui..

-jen.. rufus sentiu o coraçao em pedaço so em ver o choro sofrido do loiro.-precisa se forte..pelo filho de voces

-nosso filho.jensen tocou na barriga.

-quando ele nascer vao embora daqui.disse chad.-nao precisa se preocupar

-eu..

-quando seu bebê nascer vamos procurar o mark e..

-eu vou com voces.falou o loiro pra supresa de todos

-o que?claro que nao.roger entrou no quarto aponto de ouvir o que jensen disse

-pai..

-voce nao vai jensen.falou bobby

-é claro que ele nao vai.roger olhou serio pro filho.

-pai por favor nao..

-o mark nao é assunto seu.roger disse irritado.

-claro que é problema meu!retrucou o loiro.-ele me sequestrou 

-pense no seu filho.

-pai..

-vamos esquece esse mark e..

-nao pai!nao posso esquece.jensen se desesperou.-ele..ele me tirou..tirou ele de mim..o meu amor

-filho..

-jared morreu tentando me salvar

-filho nao..

-e preciso saber quem matou o meu pai

-filho nao vamos..

-nao quer descubrir o que aconteceu com ele?

-nao se isso for tirar o que me restou dele..voce!

-pai!

-voce nao vai jensen..nao vai..ja perdir seu pai..nao vou ter perder tambem.roger saiu batendo a porta

-essa briga nao é sua jen.falou rufus.

-é claro que é!retrucou o loiro.

-pense no seu filho.chad falou.-ele ja perdeu um pai quer que ele perca outro.

uma semana depois e bobby entrou em desespero quando entrou na cabine do moreno e o mesmo nao estava la apenas deixou um bilheite

-nao garoto!disse desesperado.

-o que houve?perguntou roger entrando na cabine.

-ele..ele foi.bobby entregou o bilheite pra roger.

-ele foi atras do mark!

bobby,
por favor nao fique bravo comigo,mais precisava fazer alguma coisa,nao posso deixa-los assim dai com mark á solta..
Cuide deles pra mim.. se cuida
jay..
Os dias foi passando dando lugar a mais alguns meses roger ainda tentava converser o filho a nao procurar por mark.
jensen ja sentia sinais de contraçoes ja estava com sete meses e meio.
-ta tudo bem meu anjo..sussurrou o loiro mesmo sabendo que era tudo coisa da sua cabeça, aquela sensação de que tinha algo de errado, de que perderia tudo
Sabia que precisava afastar o passado da sua cabeça se quisesse voltar a viver, mas como? Como se livrar desta sensação terrível de que não merece ser feliz novamente?nao sem jared.
-vai ficar tudo bem..papai ta aqui e.. o coraçao do loiro disparou quando sentiu a calça molhada.-na..não..aii!
As mãos do loiro deslizavam pela cintura e pelas costas de Jared, apalpando e sentindo cada músculo.
-jen..eu te amo..
-meu moreno..meu amor..
Jensen viu-se prensado contra a parede pelo corpo de Jared, sentindo quanto o outro também já estava excitado. Seus corpos se esfregavam, roçando suas ereções e arrancando gemidos um do outro.
Jensen sentiu as mãos grandes de Jared apertarem suas nádegas e então o erguerem do chão, momento em que envolveu suas pernas em torno da cintura do moreno e deixou-se ser carregado até a cama.
Após deitá-lo, Jared o beijou, então desceu seus lábios pelo pescoço, ombros e peito de Jensen, lambendo e provando seu gosto.
Jensen agarrou Jared pelos ombros e rapidamente inverteu as posições. Beijou o pescoço e o peito do moreno, demorando-se um pouco mais em seus mamilos, lambendo e deixando-os enrijecidos.
Desceu sua língua pela barriga de Jared e então abriu sua calça, puxando-a para baixo junto com a boxer preta, deixando-o completamente nu. Segurou seu membro com a mão direita e passou a massageá-lo devagar, arrancando gemidos do moreno.
-eu te amo tanto..
-jared...
-jensen..
-me..me ajuda.
-o que?
-me..me ajuda. pediu o loiro deixando as lagrimas cairem.-me ajuda..preciso de voce..
-JENSEN!jared acordou com os proprios grito.
Jared tomou um rapido banho nao ia perder mais tempo jensen precisava dele.
-Jared!gritava o loiro em meio ao trabalho de parto
-Empurra jen..empurra garoto!pediu bobby que fazia o parto.-empurra so mais um pouco
-pai..ta doendo..jared..
-so mais um pouco.roger falou segurando a mao do filho
-ta..ta doendo.. chorava o loiro.-jared..jared..
-mais um pouco filho.roger deixou as lagrimas cairem.
-pai..mei bebê..jared..jared..jay..JAY!
   Enquanto isso..No anda de cima.
-o que vamos fazer?perguntou chad andando de um lado pro outro.
-nao sei.respondeu rufus.-quer dizer esperar
-esperar serio?
-chad..
-o jay devia está aqui.
-eu sei mais..
-nao acredito que ele vai perder isso.
-eu..
-perder o que? perguntou o moreno ao entrar no barco
-jay!chad o abraçou.
-oi eu..perder o que?perguntou novamente.
-o que faz aqui?rufus o abraçou.-achou o mark?
-eu..
-ta sangrando?falou chad ao ver mancha de sangue na camisa do moreno.-jay..
-eu..como ele..preciso..
-JARED! o grito do loiro o fez tremer
-ta nascendo jared.falou chad o abraçando.
-o..o que?
-seu filho mano..seu filho ta nascendo.
-me..meu bebê. falou o moreno antes de perder a conciencia.
-JARED..JARED!TA DOENDO PAI..
-empurra so mais um pouco.falou bobby segurando as lagrimas.-es..estou vendo a cabeça
-jay,jay.. falava o loiro entre uma respiraçao e outra.
-respira..respira garoto..respira.
-jared.. jensen apertou forte a mao do pai e com empurrou com toda força.-JAY!
-nasceu!falou roger emocionado ao ouvir o choro do bebê..seu neto.
-parabéns,é um lindo menino.disse bobby
-filho.. jensen desmaiou com um lindo sorriso no rosto.
 
 
 
 
 
 

Notas Finais


gostando?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...