História Despacito - Capítulo 10


Postado
Categorias Emily Bett Rickards, Isabelle Drummond, Jaden Smith, Justin Bieber, Kylie Jenner, Liam Payne
Personagens Emily Bett Rickards, Isabelle Drummond, Jaden Smith, Justin Bieber, Kylie Jenner, Liam Payne, Personagens Originais
Tags Armas, Arrow, Ballet, Emily Bett, Felicity, Fotografia, Isabelle Drummond, Jaden Smith, Justin Bieber, Kylie Jenner, Liam Payne, Luta, One Direction, Romance, Sexo, Trafico
Visualizações 57
Palavras 5.767
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, Lemon, Luta, Musical (Songfic), Orange, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Terror e Horror, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Self Inserction, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 10 - Angel


Logo depois que Giovana saiu para se arrumar para seu encontro com o Shawn, todos na casa perceberam que o clima entre eles ficaram meio pesado, obviamente, por causa do loiro mas mesmo assim decidiram terminar a tarde, rindo e bebendo ainda na beira da piscina, depois iriam entrar tomar um banho e ficar na sala enquanto esperavam pela chamada da amiga e decidiriam o que iam fazer o resto da noite.

- meu deus - Aninha disse enquanto saia do banho sendo logo interrompida por Justin.

- o que você quebrou agora garota? - ele disse e fez todos os demais rirem.

- nossa que calúnia, só ia fala que eu amei seu chuveiro, "marrento" - ela disse fazendo aspas só pra provocar ele e os outros se seguraram para não rir 

- nem vou fala nada - ele bufando logo caminhando em direção da cozinha.

- acho que alguém pego ar - Sil murmurou   baixinho.

- deixa eu fala uma coisa pra vocês - Aninha disse tentando mudar de assunto

- você tá com fome, nós sabemos - Jaden disse olhando pra ela como se a tivesse consolando.

- estávamos falando que seria a primeira coisa que você ia fala quando saísse do banheiro - Sil completou com uma explicação para a amiga que estava de boca aberta sem entender nada.

- nossa vocês tão com uma visao tão errada da minha pessoa - ela disse com cara de triste

- vou pedir umas pizzas - Liam disse e ela sorriu pra ele 

- não se iluda não Liam - Justin disse saindo da cozinha com uma garrafa de Jack na mão - esse sorriso não foi pra você não, foi pra pizza - ele completou e todos riram confirmando parando apenas quando o celular de Sil tocou chamando a atenção de todos.

- oi Gio - ela disse e o Justin olhou rapidamente  para ela - tá bom estou indo, vou ir busca a Gio, pedem aí e bem provável que quando a gente chega tenha comida ainda

- ou não - Aninha disse e fez com que todos olhassem assustado - tô brincando gente

Algumas horas antes...

A garota estava parada na frente do hotel com a bolsa vermelha em mãos, no corpo um vestido preto e rodado, uma sapatilha também vermelha assim como os lábios. Seus cabelos estavam soltos e ainda meio úmidos, fora o melhor que ela conseguira no tempo que teve, ela estava recuperando o folego de toda a corrida quando viu o carro de Shawn estacionar na frente do hotel.

-Você esta linda - ele disse assim que saio do carro para poder abrir a porta para ela - Imagino você quando formos ter um encontro de verdade - finalizou com um ar de brincadeira.

-Teremos um encontro de verdade Sr.Mendes? - a garota riu enquanto entrava no carro.

-Só se você quiser - a menina negou ainda sorrindo, observando o garoto em suas calças jeans pretas apertadas, uma camisa cola V de manga longa na cor azul e um all star branco, e o topete alinhado em seu cabelo.

-Você esta lindo também - ela disse assim que o garoto entrou no carro.

O parque em que Shawn levou a garota era bem simples, com alguns brinquedos "móveis", barracas de comida e outros tipos de brinquedo, o garoto ate ganhou um ursinho para ela no "acerte a argola", depois caminharam pelo local comendo e conversando, apenas se conhecendo melhor, Giovana se sentia bem e feliz ao lado do garoto, mas certos olhos dourados não saíram da sua cabeça a noite inteira.

-Acho que você está meio aérea - Shawn brincou enquanto os dois se alongavam na barra da academia.

-Só pensando - a garota trocou de perna assim como o garoto e deitou sua cabeça em seu joelho encarando o menino pelo espelho - Acho que você conhece Ariana Grande.

-Aquela cantora baixinha? -o comentário do garoto fizera a menina rir e assentir - Sei o que tem ela?

-Sabe que ela é bailarina? -abriu espacate e se curvou para frente alcançando seu pé com sua mão e o joelho com a testa.

-Essa é nova pra mim - Shawn murmurou terminando seus alongamentos.

-Tem uma musica muito boa que a gente pode usar - ela se levantou e caminhou ate o celular - Acho que não vou ter aqui, mas o nome é Dont be gone too long -ela passou os olhos pela playlist - achei.

Os dois escutaram a musica algumas muitas vezes antes de se levantarem e começarem a mostrar suas ideias um para o outro. Pela primeira vez na noite a garota viu um lado de Shawn que ela nem imaginava, o lado profissional ele estava todo serio e concentrado, ela deixou o pensamento de lado mas o garoto ficava sexy daquele jeito.

-O que acha? - ele perguntou assim que terminou de fazer as sequências.

-Acho que esta muito muito bom, vamos tentar colocar em pratica junto com a musica - ela sorriu preparando o celular e o lugar onde começariam a coreografia. Obvio que não deu muito certo na primeira vez, então eles pararam a música e fizeram tudo apenas com contagem

- acho que eu posso descer abrindo espacate entre suas pernas e quando você for se afastar me puxa pela mão e eu levanto.

-Acho que vai ficar legal - Shawn sorriu animado se colocando na posição, segurou a cintura da garota enquanto a mesma segurou nos ombros do garoto e lentamente começou a descer enquanto abria espacate, no fim as mãos de Shawn seguravam os braços da garota e os dela faziam a mesma coisa e com isso fora fácil para Shawn puxa-la ate que estivesse em pé inclinada com o corpo contra o de Shawn.

-Acho melhor a gente treinar a parte em que eu volto a ficar em pé - ela riu enquanto tentava se levantar com a ajuda do menino - cuidado da próxima eu caio em cima de você - ela brincou ao ver como os dois acabaram ficando perto demais.

-Talvez eu goste disso- a garota ate pensou em perguntar o que ele queria dizer com aquilo mas assim que ela se virou para encara-lo os lábios macios de Shawn já estavam pressionados contra os seus e a mão dele segurava sua nuca. Por alguns segundos ela deixou se entregar aquele beijo, sem língua só lábios mas no momento seguinte empurrou o garoto.

-Acho que esta muito cedo pra você tentar isso comigo - ela brincou se afastando do garoto indo direto para o celular discar o numero da amiga - Sil, você pode vir me buscar?- Shawn suspirou fundo enquanto via a garota assentir - Tchau.

-Desculpa se eu estraguei a noite - o garoto murmurou.

-Não estragou - ela sorriu confiante - é so que eu não quero me envolver assim com ninguém.

-Não precisamos envolver sentimentos nisso se não quiser - o garoto deu ombros rindo sendo acompanhado pela menina.

-Você esta parecendo minha amiga - ela negou - Que deve estar chegando e eu preciso me arrumar - o garoto assentiu vendo a mesma caminhar ate o banheiro.

...

-Awn ele ate te deu um ursinho - Aninha brincou com a pelúcia enquanto as garotas estavam na cozinha de Justin arrumando os pratos e copos para comer.

-O que aconteceu? Você ficou calada o caminho inteiro - Sil perguntou baixinho para que os meninos não ouvissem.

-Olha, não quero que gritem - ela olhou pra Aninha que fez careta - Ele meio que me beijou-  Aninha colocou a mão na boca e pulou animada.

-Vocês se beijaram? - Sil perguntou animada.

-Ele me beijou, não teve língua é eu logo afastei ele - a garota suspirou - Nosso segredo em - as meninas assentaram com sorrisos no rosto - Vamos para sala Sil - Gio a chamou assim que viu Liam entrando na cozinha.

-então, as meninas aceitaram a proposta bebê - Aninha disse assim que os dois ficaram sozinhos.

-vocês vão querer ir pra lá quando? - Liam perguntou animado.

-amanhã, pode ser? Essa noite a gente dorme aqui no Justin - ela tombou a cabeça - Já falei com a Sil sobre isso.

-ele sabe que vocês vão dormir aqui? - Liam perguntou confuso.

-você acha que ele vai reclamar se a Gio não fizer cu doce? - ela perguntou de forma brincalhona.

-se ela fizer cu doce ela dorme lá fora - Liam concluiu fazendo os dois rirem para enfim se beijarem.

-então Justin, não sei se você sabe, mas assim - Sil começou assim que as duas entraram na sala.

-vocês vão dormir aqui né? - ele respondeu como se fosse obvio, e bom, pra ele era.

-sim, mas só se você deixar - Sil tentou amenizar arrancando uma risada baixa de Jaden e Gio.

-vocês ainda precisam de “sim ou não” - Justin perguntou confuso.

-vou considerar isso um sim - ela deu ombros e sorriu.

-bom, eu to com fome, o que vocês acham de mc? - Gio perguntou trocando de assunto.

-eu topo - Sil respondeu sem nem pensar.

-se a Sil vai eu também vou - Jaden respondeu logo em seguida.

-to dentro, vou chamar o Liam, já vão indo pro carro - Justin apontou com a cabeça - depois vou direto pegar a moto.

-Eu vou com você - Gio falou fazendo os demais a encararem curiosos - Qual é gente, não estou nem um pouco afim de ficar de vela.

-Te entendo marrenta - ele sorriu - me espera lá fora - piscou indo direto pra cozinha -Liam, vamos pro mc, vocês podem se pegar depois.

-pedindo com carinho assim, tenho nem como negar - Liam brincou fazendo Aninha rir - Então vai nós quatro no carro? -Liam perguntou assim que viu Justin entregar um capacete para Gio.

-Sim, dispenso ser vela de vocês - ela brincou enquanto se arrumava em cima da moto, arrumando o vestido para que não mostrasse mais do que deveria.

-Sei - Aninha olhou para amiga maliciosamente.

-A gente está indo - Justin rapidamente acelerou fazendo com que a garota se segurasse firmemente em sua cintura.

-Você precisa levar essa arma pra todo lugar? - a garota perguntou assim que sentiu o objeto na cintura.

-Já pensou que pode não ser minha arma? - ele perguntou fazendo a garota rir.

-Acho que não é tudo isso Justin - ela negou o fazendo revirar os olhos e terminar o curto caminho até o MC.

-Sil, Gio, vem comigo no banheiro - Aninha disse assim que elas se sentaram á espera do lanche que haviam pedido.

-Por que meninas sempre vão no banheiro juntas? - Jaden pergunta o que todos os meninos queriam saber, mas tudo o que as meninas fizera fora negar e seguir para o banheiro.

Gio e Sil resolveram que ficariam no espelho e lavariam suas mãos enquanto Aninha ia usar o banheiro, mas elas não tiveram tempo nem para abrir a torneira, a amiga saiu do box rindo de desespero enquanto segurava a tampa da descarga, ou melhor, daquele lugar que você pressiona para dar descarga.

-Aninha o que voce fez? - Gio pergunta rindo mas impressionada com o dom da amiga

-Aninha não faz nem 1 minuto que a gente ta aqui no banheiro e você já fez isso?  - Sil pergunta assustada.

-Meninas, eu não sei como eu fiz isso, o que eu faço? - Perguntou enquanto ria junto com as amigas e olhava para o objeto em sua mão como se fosse explodir a qualquer momento.

-Como você tirou isso dali pra começar? - Gio perguntou curiosa.

-eu não sei só me deu vontade de ver o que tinha lá e eu tirei, mas acho que quebrou - ela respondeu simples, e isso as fizeram rir ainda mais, se é que era possível.

-coloca isso lá é vai em outro- Sil falou essa frase com muita dificuldade pois não conseguia parar de rir 

-não contém para os meninos - ela pediu assim que as três saíram do banheiro.

-gente a Aninha quebrou a privada - fora a primeira coisa que Gio disse quando elas se sentaram na mesa junto com os meninas.

-Giovana eu pedi pra não contar - ela murmurou fazendo todos estavam rindo e se perguntando como ela fez isso.

- porque vocês não fazem que nem eu? Calem a boca e come - Aninha disse revirando os olhos.

 -nossa grossa - Jaden disse fazendo biquinho.

- gente vou no banheiro - Justin levantou da mesa 

-cuidado pra não ser a aninha da vida marrento - Gio disse o que fez a aninha taca uma batata com katchup na cara da amiga

-filha da mãe - Gio disse enquanto se limpava

- gente ninguém reparou que a aninha tá com dois lanche ? - Justin perguntou impressionado logo que volto do banheiro

- olha querido, eu queria o brinquedo do MC lanche feliz, só que o lanche é muito pequeno - Aninha justificou 

- gente teve um role que a gente foi - Silvania começou a falar já rindo, e na troca de olhares com a Giovana a garota já sabia do que cê tratava - os meninos pediram esfiras, e todo mundo comeu 1 ou 2 no máximo e a aninha, comeu 3 

- Mas esfiha e pequena - Liam defendeu a aninha

- pequena ? - Gio e Sil disse juntas 

- era maior que uma mini pizza - Giovana completou - e todos riram e olharam pra ela

- qual é, eu só tava com fome - Aninha disse e virou o olho 

- tá fudido Liam - Jaden disse - acho bom você abastece a geladeira e o armário da sua casa amanha, se não você fica sem tinta na parede 

- hahaha engraçadinho - Aninha disse

- mas é bom ter comida o suficiente mesmo - Gio disse

- ainda mais porque o aniversário da Queen tá chegando - Sil disse

- tá ? - Liam perguntou 

- sim, dia 13, tem 10 dias ainda - Gio disse

-verdade né Queen- Sil disse disfarçando mas aninha não deixa passar 

- é bonita, vai achando que eu esqueci, o seu é dia 22- Sil revira os olhos 

- desde que eu conheci vocês duas dezembro é o pior mês pra mim- Gio diz com uma voz triste 

- nossa, por que?

- porque eu dou pt dois dias do mesmo mês.

Assim que Justin e Gio já estavam prontos para ir embora , com Sil e Jaden no banco traseiro e ela no passageiro, Aninha teve a melhor ideia que ela poderia ter em dias.

- tive uma ideia - Aninha disse assim que saiu do MC 

- não vamos passa no mercado compra comida - Justin disse 

- não é comida, e cachaça, vocês dois vão na frente e a gente passa compra, pode ser? - Aninha disse

- pode sim, Gio disse pegando o capacete.

- vamos então - Justin disse dando partida na moto e deixando o carro para trás.

- a gente não vai no mercado não

- não ? Jaden perguntou 

- não vamos pra casa do liam, e vamos deixar esses dois sozinhos, pra ver se rola algo, porque tá difícil 

- mano, cê é um gênio - Sil disse 

- vamos então - Liam disse enquanto todos riam do plano malefico da aninha

We was just a moment, nothing serious

(Nós fomos apenas um momento, nada sério)
Never really paid it no mind

(Nunca me importei realmente)
Drop the back side and paying attention

(Deixe o passado e preste atenção)
Shakin' all that, ah

(Estou deixando tudo pra lá, yeah)
Should’ve never not kept your word

(Você não devia ter mantido sua palavra)
Woulda had a reason to keep mine

(Eu nunca tive razão para manter a minha)
You was too inconsistent

(Você era muito inconsistente)
Shakin' all that, ah

-Sera que eles vão demorar muito? - Justin perguntou enquanto jogava o capacete em um dos sofas e a chave no prato de porcelana que ficava na mesa de centro.

-Quer saber o que eu acho? - Gio perguntou enquanto imitava Justin, mas se livrava das sapatilhas quase tendo um orgasmo quando sentiu seus pés tocarem o chão gelado.

-Acho que quero - Justin riu enquanto se apoiava no encosto do sofa, onde a garota havia se jogado minutos antes.

-Eles não vão voltar, pelo menos não hoje - ela deu ombros e abriu os olhos, vendo que Justin se encontrava com o rosto bem em cima do seu -Eu conheço minha amiga, a Queen deve ter armado tudo pra nos deixar sozinhos e ver se rola o que eles tanto querem que role - a garota explicou revirando os olhos.

-Acho que começo a gostar um pouco mais da Queen agora - Giovana se perdeu tanto nos olhos dourados de Justin que nem ao menos percebeu quando a mão dele tocou sua panturrilha - Mas sabe marrenta - ele circulou os lábios com a língua enquanto subia lentamente com sua mão passando por seu joelho, indo ate sua coxa - Se não quiser dar razão pros seus amigos, toma cuidado - sem entender o que Justin queria dizer a garota franziu o cenho assim que a mão do mesmo tocou a barra do seu vestido e o abaixou - Eu vou tomar banho - ele disse,por fim, se afastando da garota que so naquele momento percebeu que estava segurando o ar.

-Me empresta uma camisa? - ela rapidamente perguntou enquanto se levantava a tempo de encontrar o garoto no segUndo degrau da escada - Essas roupas não são confortáveis para dormir -ela olhou sugestivamente para duas roupas assim que notou a confusão do garoto, que logo a chamou com um sinal de cabeça.

-Bom tem um banheiro nesse quarto - Justin disse assim que abriu a porta de um dos inúmeros quartos de hospedes do local - tem toalha, roupão, enfim o que precisar - a garota apenas assentia sem saber o que falar ou fazer - Meu quarto fica bem.

-Na ultima porta do corredor, a do meio, eu sei - ela cortou ele dando um sorriso sem graça no final - Juro que não entramos nele, apenas abrimos a porta e fechamos - ela disse rapidamente vendo o garoto assentir sorrindo.

-Enfim se você sair do banho antes de mim me procura lá, se não eu deixo a roupa pra você aqui em cima da cama - o corredor estava escuro, os dois próximos demais um do outro, eles apenas balançavam a cabeça e olhavam para os lados ainda meio perdidos e envergonhados com a situação - Bom é isso vou pro banho - ele finalmente falou alguma coisa.

-Yeah, eu também - tudo aquilo já tinha sido constrangedor demais para a garota, tudo o que ela fez no instante seguinte foi dar as costas e entrar no banheiro rapidamente o trancando - Respira fundo - ela disse pra si mesma enquanto se afastava da porta e ia ate a frente do espelho - vocês são so duas pessoas, sozinhas em uma casa com MUITO espaço, logo vai ser outro dia e você vai poder matar a Queen e depois voltar a ama-la como sempre faz - a garota disse para o reflexo, arrumou a postura e foi até a banheira montando o registro da mesma - Um banho de banheira sempre resolve - murmurou enquanto tirava a roupa e voltava pro espelho pra prender seu cabelo - Azul fica muito melhor na Queen, quero meu natural de volta.

Isso fora a ultima coisa que a garota murmurou antes de entrar na banheira, como planejado ela não ficou muito tempo lá, lavou seu corpo e retirou todo resquício de maquiagem, e ficou um pouco enquanto a agua ainda estava morna, mas assim que sua pele e dedos começaram a enrugar ela resolveu se levantar, esticar a mão para pegar a toalha branca que estava ao seu lado, rapidamente ela secou sua parte superior e então saio da banheira se colocando em cima do tapete para poder secar a parte inferior, por fim ela se enrolou no roupão passou uma ultima vez no espelho para soltar seus cabelos e conferir se seu rosto realmente estava sem maquiagem.

-Okay ele foi mais rápido - ela sorriu de lado ao ver a camisa dobrada em cima da cama - Okay um ponto pra você Bieber, blusa branca esperto - ela riu enquanto pegava a peça na mão para colocá-la no corpo - malha fina, dois pontos pra você - retirou o roupão e vestiu a blusa se colocando na frente do espelho - Okay menos meio ponto já que meus piercings só estão marcados - ela deu uma volta constatando que a camisa era.curta demais, como se tivesse a melhor das ideias Giovana abriu todas as portas e gavetas do quarto ate encontrar o que procurava. Cuecas novas, ainda estavam dentro do plástico então ela apenas vestiu a menor delas que serviu como um shorts curto, mas era bem melhor que mostrar a bunda - acho que esta dois e meio a um - ela brincou voltando a atenção para o quarto.

Ela nem pensou em ficar nele, sentiria se dissesse que sim, ela não estava com sono e não estava nem um pouco afim de ficar sozinha naquele quarto então quando já estava vestida começou a caminhar ate o quarto do Justin, fazendo careta ao sentir um cheiro de queimado forte vir de dentro do local

-Justin? - ela praticamente gritou enquanto abria a porta.

-Merda que susto garota - ele respirou profundamente deixando o que parecia ser um cigarro em cima da pequena mesa ao lado de um copo de Jack, o mesmo se encontrava na poltrona sentado apenas de bermuda - Pensei que já tinha ido dormir - ele explicou.

-Pelas roupas que você me deixou lá imagino que não tenha pensado isso - ela fechou a porta se encostando na mesma enquanto via o garoto tragar o cigarro e logo soltar a fumaça - pena eu ter estragado sua brincadeira - ela sussurrou ao desencostar da porta Olhando para suas pernas discretamente.

-Não toda - ele devolveu com um sorriso malicioso e um olhar que queimava a região dos seios da garota.

-Maconha Bieber? SERIO? - ela perguntou na tentativa de mudar de assunto.

-Se for pra reclamar já sai - ele respondeu sem paciência

-Da isso aqui - a garota andou ate ele é estendeu a mão - Da um trago logo garoto - a menina recitou os olhos assim que viu que o garoto estava meio confuso com as ações dela.

-Quer dizer que a princesinha do papai fuma maconha? - ele riu enquanto passava o beck para a garota que se ajeitava na cama ao lado da mesa - Que coisa você esta sempre me surpreendendo marrenta - Justin molhou os lábios enquanto observava a garota dar sua segunda tragada.

-Estava esperando eu engasgar? - ela perguntou enquanto passava o cigarro para o garoto que ainda a encarava surpreso - Você ainda não me conhece Bieber - ela riu.

- É que eu esperava isso da Queen, mas de você? - ele negou enquanto estendia o copo de Jack para a garota

-Todo mundo pensa isso - a menina deu um gole generoso - Mas não é bem assim que o baile segue Justin - agora ela estava novamente com o cigarro, e eles passariam a noite assim revezando - e mais uma coisa, você tem que decidir se vai me chamar de princesinha do papai ou marrenta- ela gargalhou enquanto se levantava rapidamente - acho que os dois não da - ela pegou a garrafa de Jack deixando o copo de lado.

-Você é os dois - ele deu ombros do quase tombo da menina que - Você é uma princesinha de papai marrenta - ele disse fazendo os dois gargalharem.

-Sem graça Justin, é isso que você é - ela fez bico enquanto aumentava o som do quarto.

-Eu sou um amor, você que é sem graça - ele se defendeu se segurando para não rir dos passinhos que a garota inventava, talvez se ele não estivesse chapado ate que seriam bonitos.

- Eu sou linda e gostosa - ela gargalhou com o que disse.

- Só provando pra saber - ele deu ombros entrando na brincadeira.

-Aproveita que a maconha me deixa safada - assim que disse isso a garota arregalou os olhos e tampou a boca com as duas mãos, como se tivesse acabado de falar algo que não deveria -Não aproveita não porque eu sou uma menina indefesa - o garoto tentou levar aquela conversa a serio, mas no momento em que ela começou a rir, ele também começou.

Should've never crossed that line with ya

(Nunca deveria ter cruzado essa linha com você)
Everything was cool, just drinkin’ with ya

(Estava tudo bem em só beber com você)
Way too young to be up in handcuffs

(Eu sou muito nova pra me prender em alguém)
Wasn't tryna spend my life on the phone with ya

(Eu não estava tentando passar minha vida presa com você)
Gotta keep it on one hundred with ya

(Devo ser verdadeira com você)
The original me wouldn't fuck with ya

(Meu verdadeiro eu não foderia com você)
And I was beginning to fuck with ya

(E eu estava começando a foder com você)

-Indefesa? É a ultima coisa que você é - ele conseguiu dizer assim que conseguiu recuperar o folego - Se eu fechar os olhos - ele os fechou - ainda sinto sua mão acertando minha boca - Justin e Gio não conseguiram conter as risadas seguintes, que só pararam quando o toque de Angel começou a ecoar alto pelo quarto.

-Vem, vamos dançar - ela disse enquanto puxava o garoto pelas maos.

-Eu não sei Dançar - ele estava mentindo, ele sabia dançar mas não à dois ou aquele tipo de musica.

- Eu te ajudo - aquilo também foi mentira, ela não o ajudou, na verdade os dois criaram mais uma encenação para a musica enquanto bebiam e fumavam e ali no meio da musica, quando eles haviam decidido cantar, dançar e pular na cama, Justin havia devido que gostava do jeito que os cabelos da garota se mexiam, do jeito que seus quadris sempre acompanhavam a musica apesar de todo o corpo dela estar chapado assim como a mente, de como era gostoso e bonito o som da gargalhada dela - Espero que não seja cara - ela quebrou seus pensamentos apontando para a mancha de bebida na camisa - eu não sou eu se não sair cheia de bebida do rolê - a garota trabalhou mais uma vez.

-Essa camisa é velha - ele deu ombros descendo da cama.

-Imaginei - ela semicerrou os olhos - suas camisas pegam no seu joelho como essa pode pegar na minha bunda? - ela perguntou indignada enquanto seguia o garoto para a varanda, onde ela pode perceber o quanto o céu estava bonito naquela noite e o quanto aquela leve brisa era agradável aos seus corpos quentes.

-Que bunda? - Justin brincou

- Essa que você ficou secando a noite toda - ela olhou para sua bunda rindo ao ver o garoto negar fingindo indignação - falando em ficar secando - ela mordeu seus lábios - Você ta gostoso pra porra hoje - ela disse olhando nos olhos dele.

-Mas eu estou so de bermuda - ele encarou seu próprio corpo.

- Esse é o ponto, quanto menos roupa melhor - ela tocou o ombro do garoto e piscou para ele rindo - Agora vamos la dentro pra mim te ensinar a bater em alguém - ela gritou animada correndo de volta para dentro do quarto se posicionando no meio do mesmo na em posição de defesa.

- Eu tenho uma arma e eu tenho o Liam -  Justin revirou os olhos para a garota.

-Alguém treinado pode te derrubar com apenas um golpe, Liam não vai estar sempre com você e, alguém com técnica sabe desarmar outro alguém - Justin riu e assentiu ao ver a pose de superior da garota.

-Vou começar te pegando e vendo como você faz pra escapar das minhas mãos marrenta - no momento em que disse aquilo o loiro começou a correr pelo quarto atrás da garota que ria desesperada, tenta do fugir das mãos de Justin - To quase - ele gargalhou assim que sua mão tocou o pano da camisa que ela vestia - E JUSTIN VENCE MAIS UMA AMIGOS- ele gritou enquanto arrumava a garota em seu ombro e rapidamente a jogava na cama, prendendo os braços da garota em cima de sua cabeça enquanto ainda ria.

-Você esqueceu das minhas pernas Justin - ela sorriu vitoriosa.

-O que suas pernas podem fazer? - ele perguntou confuso.

-Se eu fosse só uma lutadora, talvez não muita coisa, mas como eu sou bailarina - Justin só teve tempo de arregalar os olhos pois no momento seguinte a perna da garota estava ao lado de seus rostos e a mesma chutou seu braço o forçando a soltá-la, e como se ele não fosse nada ela o colocou sentado na cama, estando em seu colo ela prendia as mãos do menino atrás dele com suas próprias.

-Caralho - ele arregalou os olhos - Me ensina a fazer isso - ela riu mais uma vez.

-É preciso muita flexibilidade pra isso Justin - ela negou vendo o garoto sorrir malicioso - Por que vocês meninos só pensam nisso? - Justin começou a gargalhar fazendo a garota se calar por alguns minutos - Gosto da sua risada, você quase nunca gargalha - ela sorriu pra ele que sorriu de volta.

-Eu quase nunca tenho motivo - ela soltou a mão do garoto que colou sua testa com a da menina - espero muito que não me bata agora - ela nem ao menos teve tempo para pensar no que aquelas palavras significavam, a boca de Justin já estava contra a sua lhe mostrando o quando macia ela podia ser, as mãos do garoto seguraram as laterais do rosto da menina pressionando mais seus lábios partindo para o próximo passo quando sentiu as delicadas mãos em volta de seu pescoço.

Yeah, won't lie, say I don't lie

(É eu não vou mentir que eu não minto)
Yeah, I might've told a few lies, yeah

(É talvez eu tenha contado algumas mentiras)
Won’t lie, say I didn’t try

(Eu não vou menir, eu tentei)
But you're only worth a few tries, yeah

(Mas você só merece algumas tentativas)
Track star, think you’re running these streets

(Estrela das ruas, acha que domina as ruas)
You ain't the only one running the streets

(Mas você não é o unico dominando aqui)
They're making ground like I only wear cleats, yeah

(Eles abrem espaço pra mim e eu nem preciso me esforçar)

No momento em que Justin deslizou  sua lingua para dentro da boca da garota os dois arfaram, aquele desejo que eles estavam se reprimiram naqueles dias estava saindo ali, com os dois praticamente sem roupa, bêbados e drogados sem nada para impedir o que estava pra vir. O primeiro beijo estava sendo cheio de carinho apesar de todo o desejo, o beijo ainda seguia calmo, os dois estavam apenas conhecendo a boca um do outro, a mão da garota corria pela nuca do loiro, arranhando o local, descendo pelo ombro exposto apertando o local suspirando quando sentiu as mãos firmes e fortes do garoto subir por suas coxas.

Quando o ar começou a faltar, Justin jogou o cabelo da garota para o lado e desceu seus beijos pelo pescoço da garota, acompanhados de chupões, lambidas e mordidas, enquanto ela rebolava lentamente no colo do garoto, aproveitando alguns momentos para poder deixar marcas no garoto, em suas costas e pescoço. Em um movimento rapido Justin virou a garota na cama, deixando a mesma no meio do local e colocando seu corpo entre suas pernas. Giovana o puxou para voltar para mais um beijo, dessa vez mais ardente, mais rapido, os dois praticamente gemiam enquanto seus corpos se movimentavam em sintonia fazendo com que seus quaadris se encontrassem, causando um prazer enorme,

A mãos de Justin subiram a camiseta que a garota usava, até que a mesma estivesse na altura de seus seios, ele manteve suas mãos massageando os seios da garota enquanto descia com a boca pela barriga da menina, até chegar na barra da cueca que ela usava. Seus olhos dourados estavam focados na imagem da garota jogando a cabeça atrás e gemendo baixo seu nome, ele não lembrava de nada mais excitante.

-Acho que devemos uma a Queen - Justin murmurou quando voltou a beijar a menina, que naquele momento voltou a si.

-Espera, Justin - ela afastou o garoto - Não posso continuar.

-O que? Por que? - ele franziu o cenho.

-Sabe eu não estou pronta pra ficar como a Aninha e dar o próximo passo em tudo isso - ela disse assusta, por alguns momentos ela tinha esquecido das promessas feitas pra ela mesma.

-Depois do beijo? Tá falando do sexo? Você é virgem? - ele perguntou ainda mais confuso e isso fez com que a garota revirasse os olhos.

-Claro, o que eu esperava de você Bieber? Você é babaca - ela bradou.

-Não é a primeira a falar isso princesa - Justin desdenhou.

-Boa noite - ela disse simplesmente dando as costas e batendo a porta.

-Mas o que eu fiz agora? - ele se perguntou voltando a sentar na cama - Igual a Aninha, não é sexo - ele pensou consigo mesmo - Porra sentimentos, ela estava falando de sentimentos Bieber - ele se jogou na cama e fechou os olhos - Burro é isso que você é...


Who said I was an angel?
(Quem disse que eu era um anjo?)
(Didn't know the real me, I'm far from an angel)

(Não ache que você realmente me conhece, estou longe de ser um anjo)
(Never took the time out, never had time to figure me out)

(Nunca tirou tempo pra mim, nunca tirou tempo pra ame conhecer)
(When you look at me)

(Quano você olha pra mim)
When you look at me, what do you see? (Oh, what do you see?)

(O que você ve?)
Open your eyes, I'm more brilliant than you'll ever be

(Abra seus olhos eu sou mais brilhante do que você jamais será)



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...