1. Spirit Fanfics >
  2. Despedida >
  3. Até nunca mais

História Despedida - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Como dizem " quem é vivo sempre aparece "

Desculpe os erros ortográficos, não revisei a fic.

Espero que gostem ❤


Boa leitura !

Capítulo 1 - Até nunca mais



Essa sensação de amargura que não me abandona. Esse frio que percorre todo meu corpo, não só o corpo, como a alma. Mais não posso fraquejar agora, não enquanto ele estiver em perigo. Preciso garantir sua segurança. Tenho que aguentar só mais um pouco. Mais minha consciência já não me obedece. Já não tenho forças. Começo a pedir forças a qualquer deus que esteja me escutando nesse momento ? São isso que alguns humanos fazem nessa situação?. Já não sei que caminho irei trilhar. Não quero partir, só quero me deitar e descansar como nos velhos tempos. Escutar a voz alegre de Naruto outra vez. Aquela voz que encanta qualquer um ao seu redor. O seu carisma que fazem todos querer sua companhia. Não quero me desfazer dessa companhia. Mas acho que neste momento não estou em posição de escolha. 

Já estava ciente do resultando. Não deixaria aquele sol brilhante se escurecer antes da hora. Mais também não o queria deixar só. Me sinto responsável pela sua vida. Aquela que se tornou minha. Meu coração dói mais que a sensação de morrer, só de imaginar meu dia sem aquele sorriso que tanto alegrava minha alma. Purificava meu coração, relaxava minha mente. Sinto uma dor incontestável pelo meu corpo adentro. Está é a sensação de morrer. Ela antes estava vagando pelo além, agora nesse exato momento, está na minha porta com os braços abertos para mim. Seus olhos já estavam alegres. Mais uma vítima irá fazer hoje. 

- kurama eu prometo mudar você, tirar todo esse ódio que você carrega -  Essas serão minhas últimas lembranças ? Vai valer a pena ceder o sono profundo. Não queria esquecer de sua companhia, seu jeito de mudar o coração e alma das pessoas a seu redor. Já estou perdendo controle da minha consciência. Sentindo um peso enorme sobre meu corpo. 

-  Por favor kurama reage. 

  já não vejo nada. Ele está chorando como nunca. Meu coração já não doía tanto assim a anos. Já não caiam lágrimas de meus olhos a anos. Se ao menos tivesse uma chance, uma que fosse de sobreviver. Sobriveria. 

- Ele está perdendo a consciência. Não tem mais jeito. 

- Sakura, faça o possível e impossível, mais não deixe a kurama ir. Olha pega um pouco do meu chacra, pega o quanto quiser. Sakura vamos. Não temos tempo. Por favor, alguém.... alguém faça alguma coisa. 

- Naruto se acalme. Não tem muito o que fazer a não ser se despedir. Nem seu chacra nem o de ninguém vai fazer ele voltar a vida, e você mais do que ninguém sabe disso.  

- Mais shika-

- naruto, você está bem ? Se machucou ? - o queria seguro - não se esforce muito daqui em diante - o queria seguro - não terá mais minha ajuda daqui em diante - o queria seguro - não se meta muito em confusões, não estarei aqui para ajudá-lo - o queria seguro, mais ele queria ser o Porto Seguro do loiro. Não se acostumou com a idéia de o deixar só, naquele  mundo cheio de predadores. O queria proteger como se fosse um pai enciumado de sua criança. Era isso que sentia, um pai. Um pai protetor. Passaram tanto tempo juntos, que esse vínculo tornou impecável. 

- não se esforce tanto kurama. Descanse um pouco está bem. Você precisa se acalmar. - disse o loiro todo desesperado. 

- você sabe que eu já não tenho outro caminho... Naruto... o único que precisa se acalmar aqui - dizia a raposa pausadamente por fraqueza - É você.... Meu filho. 

- meu filho ? - perguntava Naruto com olhos arregalados, enquanto lágrimas caiam sem aviso - v-você não pode fazer isso comigo, você... Você deveria ter deixado eu ir em seu lugar- apertou a mão contra  o coração se ajoelhado para perto de sua querida raposa - você deveria... por ao menos uma vez deixar eu salvar você. - abraçou a raposa em um movimento rápido. 

- você já me salvou... salvou várias vezes... Naruto - fechava os olhos sentido o calor do abraço do garoto a sua frente percorrer pela sua alma - Eu sou muito grato por isso. Mais já está na hora de dizer... adeus - sentiu Naruto o abraçar mais forte, e gritar entre longos pelos. 

- por favor - repetia incontáveis vezes - não me deixe. 

- naruto - preciso lhe falar isso, preciso me desculpar por isso - escute - o loiro parou de abraça- lo e encarou a raposa com os olhos já vermelhos - me desculpe por tirar seus pais de você, eu vi o quanto sofreu por minha culpa, me perdoa por favor. 

- meus pais ainda estão comigo, você não levou ninguém kurama, eles estão aqui dentro - apontou para o coração - e aqui dentro - apontou para sua cabeça. Não se sinta culpada. 

- eu me sentia como um pai pra você... Naruto. Mais não estava no direito desse papel - ja não estava mais aguentando abrir seus olhos. Sabia que sua hora estava perto. Estava chegando bem perto de abraçar a morte que ainda não tinha saído da porta de seu coração. 

- você é como um pai pra mim. Eu... Eu. 

- eu te amo... Meu filho. - Essas foram as últimas palavras. A última vez que escutou a voz de Naruto. A sua última lembrança do sorriso do loiro. Não queria ter que partir. Mais se fosse por Naruto, não ligaria de tal coisa. 

- não me deu a chace de dizer que amo você também, por favor volte e escute... kurama por favor. Não me deixe. - correu e voltou a abraçar a raposa. Já estava aos gritos olhando para o céu, recorrendo a pedidos de ajuda de algum deus. Já não se importava qual deles o ajudaria. Só queria kurama de volta. Mais já não tinha outra escolha a não ser aceitar esse destino que já amaldiçoava mentalmente. Sabia que a kurama tinha feito isso por ele. Sequer deu tempo de pensar em alguma outra escolha. 

- você nem me deu sequer uma chance. Volte e escute. Volte e escute. - Gritava entre os pelos da raposa - volte e me escute por favor - dizia mais cabisbaixo.


- eu te amo kurama - e ali ficou abraçados um bom tempo. 


Notas Finais


Gente nunca escrevi uma fic triste, muito menos de despedidas ou algo do tipo. Me perdoem se ficou ruim ou uma escrita nada agradável. Mais eu queria escrever sobre nossa kuraminha.

( algumas partes vai ficar em terceira pessoa, peço perdão por isso)

E não vou pagar terapia pra ninguém 👉👈😖


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...