História Despreparado para mudanças - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Visualizações 2
Palavras 1.765
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


E ae galera mais um capítulo; suas dúvidas serão saciadas e novas dúvidas surgirão

Capítulo 4 - Confusões


Fanfic / Fanfiction Despreparado para mudanças - Capítulo 4 - Confusões

Assim que cheguei à casa de Felipe, bati na porta e a mãe dele abriu

- Ah.......... É você.... - disse me olhando com uma cara não muito amistosa - entre vou chamar o Felipe.

- Ok então........... - disse meio constrangido e confuso - bem...... Com licença.

A mãe de Felipe fechou a porta e foi em direção ao quarto de Felipe, a casa de Felipe era bem grande e tinha um segundo andar, mas, era somente o quarto dos pais dele e uma suíte, o quarto de Felipe era no andar de baixo, junto com a cozinha, sala, um banheiro pequeno e a sala que era enorme.

Eu fiquei ali parado perto da porta esperando,depois de uns 2 minutos avistei a mãe de Felipe vindo em minha direção.

- Bem........ pode entrar ele esta te esperando - disse apontando em direção ao quarto dele.

Fui me aproximando do quarto de Felipe e percebi que a porta estava entre aberta antes de entrar dei umas batidinhas da porta e escutei ele reponder.

- Entre.......

Abri a porta devagar e vi que ele estava sentado na cama com os olhos vermelhos, como se tivesse chorado a pouco.

- Ahn........ O que aconteceu? - perguntei, já que não havia me lembrado do que havia acontecido na festa.

Felipe fechou a cara e olhou pra mim, parecia que estava com raiva de mim, o que me levou a pensar que eu havia feito algo muito ruim à ele.

- Não se faça de desentendido você sabe muito bem o que aconteceu - disse cruzando os braços.

- Eu...... não me lembro do que aconteceu na festa - disse não sabendo onde esconder a cara.

- Bem......... Talvez você se lembre disso - disse virando-se de costas e levantando a camisa.

Foi quando eu me lembrei do que havia acontecido; -"Assim que eu acabei de ter aquela conversa com Emily desci até a sala que era onde todos estavam curtindo a festa, algum tempo depois Emily também desceu pra curtir a festa, conversei um pouco com Felipe e descobri que os pais de Emily apenas arrumaram a festa e saíram pra uma viagem de negócios, o que eu achei estranho já que Emily tinha me falado que seus pais estavam prestes a se divorciar, mas foi então onde tudo começou. Os amigos mais velhos de Emily começaram a cantar alto e gritar, mas até aí tudo bem só estavam tentando ser engraçados, um pouco depois do parabéns, já passava das meia noite, estava somente eu, Felipe, Sarah, Emily e alguns amigos de Emily, foi quando um deles apareceu com uma garrafa na mão :

- Sera que nós podemos ter alguma diversão de verdade aqui? - disse gritando e levantando a garrafa.

Achei estranho pois nem todos que ali se encontravam eram maiores de dezoito ou seja não podiam beber, fui até Emily.

- Emily você não acha que isso é um pouco exagerado - disse à ela tentando fazer com que ela desistisse dessa ideia maluca.

- Mas..... Você não disse pra gente aproveitar o tempo que eu ainda tenho aqui - disse a mim tentando fazer com que eu entrasse na brincadeira.

- Ok......

Logo no primeiro gole daquela bebida meu corpo quis rejeitar, mas, depois de algum tempo comecei a me acostumar com aquilo e depois de algumas horas já estava completamente bêbado.

Felipe que não havia concordado em fazer parte daquilo, estava em um canto da sala meio chateado pois nós estávamos o excluindo. Depois de algum tempo vi um dos amigos de Emily cochichando com outro foi então que ele deu a seguinte ideia.

- E aí galera o que vocês acham da gente fazer uma brincadeira - disse sorrindo maliciosamente.

E eu na curiosidade perguntei - E o que seria essa brincadeira.

- VERDADE OU DESAFIO?

Todos que estavam ali bebendo concordaram inclusive Emily, Felipe ainda estava no mesmo canto, olhei ao redor e vi que Sarah já havia ido embora, então, decidi chamar Felipe para "brincar" com a gente.

- E aí bora participar?

- ahn.... Não sei não, você não perece muito bem pra "brincar" disso, pode acontecer alguma coisa ruim e você talvez nem se lembre - disse preocupado.

- Não se preocupe, além do mais eu estou em perfeito estado - disse batendo em meu peito - e o que pode acontecer de tão ruim?

- Ok mais só desta vez - disse levantando-se de onde estava sentado.

- Venham - disse um dos amigos de Emily estendendo um dos braços e nos chamando - já que todos estamos aqui vamos começar, às regras todos tem que escolher VERDADE, se não quiserem responder vocês podem escolher DESAFIO e se não quiserem fazer nenhum dos dois tem que tomar um copo dessa bebida - disse ele pegando uma garrafa que se encontrava atrás dele, parecia uma mistura de várias bebidas, tinha uma cor meio esverdeada - bem.... Que começe - disse girando a garrafa.

Tudo estava indo bem ainda não havia caído em mim ou na Emily muito menos no Felipe, estávamos rindo e nos divertindo muito com as coisas que os amigos de Emily falavam ou faziam, até que a garrafa girou e caiu em Emily e Felipe, e Emily fez a pergunta.

- Felipe sempre tive a curiosidade de saber de quem você gosta - disse ela com um olhar sério.

- Bem.... e o desafio? - disse Felipe com uma cara de indecisão, me assustei não pensei que Felipe fosse escolher DESAFIO só pra manter um segredo.

- Bem..... - disse Emily com uma cara maliciosa - eu te DESAFIO a beijar o Henry - (Henry era um dos amigos de Emily o que havia tido a ideia de fazer essa brincadeira) - ah....e se você não quiser fazer nenhuma dessas coisas você ainda tem a terceira opção - disse levantando um copo e a garrafa onde se encontrava a bebida.

- Passa essa garrafa pra cá - disse Felipe pegando a garrafa com a bebida estranha; Felipe foi o primeiro a experimentar aquela bebida - ugh.... Tem gosto de café coado em uma meia suja - disse Felipe com uma cara muito ruim.

O jogo continuou e as coisas começaram a esquentar. Passaram-se várias rodadas até que a garrafa parou em um dos amigos de Emily, - o mais mau encarado deles - e ele teria que fazer a pergunta à mim, foi então que ele me perguntou :

- Você é Peter não é?

- Sim, pelo menos foi esse nome que minha mãe me deu - disse rindo.

- VERDADE ou DESAFIO?

- Ahn... eu tenho que saber sobre o que eu vou ter que falar a VERDADE e qual é o DESAFIO primeiro - não que naquele momento eu estava me importando com isso.

- VERDADE, Felipe é seu melhor amigo certo? Então ele deve ter te falado de quem ele gosta, quero saber quem é - disse com um sorriso malicioso - agora se vc quiser DESAFIO, eu te desafio a quebrar essa garrafa em algum dos seus amigos - disse pegando uma das garrafas que estavam no chão

Felipe não conformado com aquilo veio conversar comigo:

- Peter você não acha melhor a gente parar por aqui?

- Aaa... Que isso, é só uma brincadeira.

- Então suponho que você irá beber mais um gole certo?

- É claro não vou falar seu segredo e nem vou machucar ninguém

Quando fui para pegar a garrafa para dar um gole acabei percebendo que a garrafa estava vazia.

- Opa!.. parece que esqueci de te avisar que a bebida acabou - disse o amigo de Emily tirando sarro da minha cara.

Felipe já não estava mais querendo fazer parte daquilo.

- Ahn.... eu já estou indo embora - disse Felipe se levantando e indo em direção à porta.

Aquele amigo de Emily vendo que não ia conseguir nada cegou perto de mim e cochichou algo em meu ouvido, assim que terminou de falar ele se afastou e me mostrou um canivete que escondia debaixo da camisa, peguei a garrafa e fui atrás de Felipe.

- Felipe!! - gritei mais ele me ignorou - Felipe espera!!!!

- Se você quer que eu volte pode continuar esperando - disse virando-se para mim e voltando a abrir a porta

- Me desculpe por isso

- Desculpar pelo o que?

Assim que ele terminou de falar quebrei a garrafa em suas costas, Felipe caiu desacordado no chão, Emily, que não havia participado daquela rodada, pois havia ido ao banheiro, chegou na sala e se deparou com aquela cena.

- Peter o que você fez? - disse indo na direção de Felipe.

- Era um DESAFIO eu só cumpri com ele - disse tentando me explicar.

- Mais você não podia ter falado a verdade? - me olhou com raiva - qual é o problema de vocês garotos - revirou os olhos - vamos, me ajude aqui temos que levá-lo para casa - disse tentando levantá-lo.

A casa de Felipe não era muito longe da casa de Emily, ao chegarmos na casa de Felipe sua mãe nos atendeu.

- Mas o que é isso, o que vocês fizeram com meu filho? - disse desesperada.

- Foi culpa minha - disse totalmente arrependido - me desculpe.

A mãe de Felipe o colocou para dentro e fechou a porta com violência"-

- Você tinha razão eu me lembro, m-me desculpe - disse a ele querendo voltar no tempo e desfazer tudo.

- Eu só queria entender porquê você fez isso - disse abaixando a camisa.

- O amigo de Emily me pressionou, disse que se eu não falasse a VERDADE ou não cumprisse o DESAFIO ele ia fazer mau à Emily - disse explicando o acontecido.

- Mas por que você não me disse nada, poderia tentar te ajudar de algum jeito.

- Eu não pensei nisso, estava bêbado só pensei em proteger ela, me disculpe eu sou um péssimo amigo - disse colocando as mãos no rosto.

- Não diga isso, você tem razão, você estava bêbado não conseguia pensar direito - disse se levantando e colocando as mãos em meus ombros, na intenção de me consolar - eu perdoo você.

- Sério!! - disse surpreso, pois pensei que ele nunca fosse me desculpar.

- Sim, mas primeiro você tem que admitir que eu estava certo em não fazer parte daquela brincadeira - disse sorrindo pra mim.

- Ok, você tinha razão e eu fui um idiota em não escutar você - fui embora bem mais feliz da casa de Felipe, principalmente por saber que ele tinha me perdoado, mas a felicidade não durou muito tempo, pois assim que eu virei a esquina do quarteirão de Felipe, alguém me puxou para um beco. 


Notas Finais


Vou fazer com q essa fic seja interativa a partir de agora me deem sugestões


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...